Documents

A política e a economia latino-americana nos anos 1980

Description
Paper escrito em 2014 para a disciplina de História das Relações Internacionais
Categories
Published
of 3
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  A política e a economia latino-americana nos anos 1980 Celso Assis Dezembro de 2014   Na década de 1980 os países da América Latina atravessaram a pior crise de sua história, e como solução renegociaram a dívida externa para se reestruturarem e colocaram em prática ajustes fiscais com o objetivo de saldar a dívida com os países credores. Para que essa renegociação acontecesse esses países foram obrigados a concordarem com as condições impostas pelas instituições financeiras multilaterais, como FMI e Banco Mundial, tanto para conseguirem um novo empréstimo, quanto para conseguirem maiores prazos para o pagamento da dívida. Como consequência disto ficavam mais dependentes, houve estagnação econômica e crise em todos os setores da economia, um aumento significativo de desemprego e a diminuição do poder de compra do salário. Um dos fatores agravantes que contribuíram para essa estagnação foi o aumento da taxa de juros dos EUA entre 1978 e 1982, que resultou numa crise da dívida externa e uma situação de insolvência nos países latino-americanos e uma baixa muito grande da taxa média anual do PIB. Já entre 1980-1985 numa fase de recessão, a taxa média anual do PIB desses países crescia em média 0,6%. Entre 1985 e 1990 numa fase de recuperação o PIB não cresceu mais que 1,9%, mesmo com a liberação comercial e renegociação da dívida externa citado no início, as importações continuavam a subir chegando à 9,7% anual.  A inflação no Brasil nessa época chegou a 100% ao ano, época na qual o Cruzeiro desvalorizou 30% (1979). Em uma tentativa de mudar esse cenário, em fevereiro de 1986 criou-se o Plano Cruzado, que congelava os preços e o salário. Sem sucesso, os governos continuaram a criar outros planos governamentais para diminuir a inflação, como o Cruzado II ou Cruzado Novo, o Plano Bresser e o Plano Verão no início de 1989. Todos  fracassaram. A década de 1980 encerra-se com uma hiperinflação média de 80% ao mês, onde a inflação só veio a ser controlada na década seguinte com o Plano Real. Esta foi uma das piores crises econômicas latino-americanas e ficou denominada como a década perdida , segundo Simiqueli (2008). Ele escreveu que esta posição de subdesenvolvimento, no contexto mundial, pode se perpetuar, caso não seja tomada alguma medida. (…) tal dependência atingiria níveis crônicos, se levada adiante. Conforme os meios de produção evoluem, maior torna-se a desigualdade entre os países centrais (fornecedores de tecnologia) e os periféricos (usuários/consumidores, sem o domínio das técnicas de produção).   A dialética da crise    Apesar da grande crise econômica, houveram sim alguns ganhos. Sob o ponto de vista político, ocorreram o fim da ditadura, a redemocratização e a promulgação da constituição de 1988. Em Os ganhos da década perdida    a autora Maria Izabel Mallmann deixa claro esta conquista:   Pode-se dizer que a democracia foi um dos ganhos políticos da década economicamente perdida. (...) Outro ganho foi o surgimento e consolidação de um espaço regional de coordenação de políticas, cujos desdobramentos positivos ainda fazem-se presentes. Apesar das dificuldades, a década de 1980 foi marcada por acontecimentos relevantes no que diz respeito à aproximação dos governos latino-americanos.  Sob o ponto de vista econômico, pode-se dizer que a grande crise financeira, a hiperinflação e a dívida externa (que poderia vir a ser crônica), levaram o Brasil a buscar soluções, estas que vieram a surtir efeito somente na década de 1990. Referências MALLMANN, Maria Izabel. Os ganhos da década perdida : Porto Alegre, EDIPUCRS, 2008.   PEREIRA, Luiz Carlos Bresser.  A crise da América Latina: consenso de Washington ou crise fiscal?  In: Pesquisa e Planejamento Econômico, Rio de Janeiro, 1991, pp 3-24.  Acesso: http://ppe.ipea.gov.br/index.php/ppe/article/viewFile/883/820 
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks