Magazine

A(s) Ciência(s) de um Crime: Hematologia Forense

Description
A Hematologia forense é um ramo da Biologia forense, que estuda manchas, salpicos, gotas de sangue, com o intuito de fornecer informações como: ã tipo de arma,…
Categories
Published
of 19
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
A Hematologia forense é um ramo da Biologia forense, que estuda manchas, salpicos, gotas de sangue, com o intuito de fornecer informações como: • tipo de arma, que provocou a hemorragia; • número de golpes deferidos; • origem do sangue, a sua velocidade e o seu ângulo de impacto; • posição e movimentos da vítima e agressor; • ordem cronológica dos ferimentos; • há quanto tempo o crime foi cometido; • se a morte foi imediata, ou não. Apesar do estudo do sangue, não ser recente, evoluiu muito, devido a avanços tecnológicos na medicina e na genética. 2 A área de estudo da hematologia é o sangue. O sangue, que circula pelos vasos sanguíneos devido às contracções do coração, é um líquido composto por: • água, nutrientes e substâncias dissolvidas – o plasma; • elementos figurados:  glóbulos vermelhos (transporte de oxigénio)  glóbulos brancos (intervêm na defesa do organismo)  plaquetas (participam na coagulação do sangue). 3 Nos glóbulos vermelhos existem uma espécie “marcadores” que determinam o nosso grupo sanguíneo e que auxiliam aos hematólogos forenses a determinar a quem pertence aquela amostra sanguínea, baseando-se na comparação dos testes realizados com o leque de suspeitos. Grupos Sanguíneos existentes: A, B, AB, O Tipo A: Marcadores A Tipo AB: Marcadores A e B Tipo B: Marcadores B Tipo O: ausência de marcadores A Hematologia permite, também, fazer uma estimativa do tempo decorrido após a morte, através da coagulação do sangue. A coagulação é um processo orgânico onde as plaquetas, presentes no sangue, cobrem a parede de um vaso sanguíneo danificado, de maneira a parar a hemorragia e ajudar a reparar o vaso danificado. A coagulação sanguínea inicia-se, normalmente, 20 segundos após a lesão ocorrer, demorando 5 a 15 minutos até o sangue coagular completamente. Ao se analisar sangue presente no local do crime é possível fazer uma estimativa do tempo decorrido após a morte, com base na coagulação do sangue. 4 Na cena de um crime, a hematologia forense procura explicar a origem, a direcção, a velocidade de possíveis manchas de sangue. O sangue, devido ao seu comportamento enquanto líquido, permite recriar a cena do crime, através de ângulos, forma do sangue, etc. Este ao abandonar um corpo, fica sujeito às leis do movimento e da gravidade, que lhe conferem uma forma esférica, devido à tensão superficial - propriedade que lhe permite manter as moléculas unidas na sua superfície, de maneira a ocupar o menor espaço possível. Uma gota de sangue demora, em média, 0,05 segundos a adquirir a forma esférica. 5 Tensão superficial Tempo 6 O tamanho das gotas de sangue depende da natureza da superfície que atingem (textura, forma, porosidade) e da distância que percorrem. Os valores descritos referem-se ao valor da altura a que a gota caiu. . . . . Gota numa superfície Regular e Macia Gota numa Superfície Irregular 7 Na presença de manchas de sangue, estas podem ser classificadas segundo o mecanismo que a originou:  Manchas de sangue de Baixa Velocidade  produzidas por objectos que “viajam” a uma velocidade inferior a 1,5 m/s;  gotas com 4 a 8 mm;  resultantes, apenas, da gravidade;  provocadas por: - quando uma gota de sangue cai sobre outra, provocando um salpico irregular – “splash”; - “poça” de sangue, à volta de um cadáver; Splash 8 Exemplos de manchas de sangue de baixa velocidade 9 Podem também ser criadas, pelo movimento da arma.  O 1º golpe diferido provoca a hemorragia;  O golpes subsequentes contaminam a arma com sangue;  O sangue é, então, expelido tangencialmente ao arco provocado pelo movimento de subida e/ou descida;  O padrão e a intensidade do fluxo de sangue dependerá da arma, da quantidade de sangue que aderiu à arma, e pelo movimento de subida/descida; Tecto Simulação de uma mancha de sangue criada pelo movimento ascendente de uma arma 10  Manchas de sangue de Média Velocidade  produzidas por objectos que “viajam” a uma velocidade entre 7,5 e 30 m/s;  diâmetro da gota entre 1 a 4 mm  resultam de esfaqueamentos (precisos e rápidos); fortes pancadas (tacos de basebol, objectos pesados), que provocam traumatismos graves. Fluxo de sangue provocado por uma facada 11 Jacto de sangue, provocado pelo esfaqueamento da artéria carótida 12  Manchas de sangue de Alta Velocidade  produzidas por objectos que “viajam” a uma velocidade superior a 30 m/s, apresentando uma quantidade extrema de energia;  diâmetro das gotas inferior a 1mm, provoca um mancha com um padrão semelhante a uma névoa provocada por um spray;  resultam de tiros, explosões, maquinaria pesada (motosserras, etc), também pelo acto de tossir e espirrar; Padrão spray 13 No caso de um tiro, as manchas de sangue assumem um padrão único, originando: • a mancha de entrada  provocada pela entrada da bala no corpo;  possui uma forma afunilada;  mancha a arma e o atirador (mãos e braços), criando um “espaço vazio” no padrão da mancha;  a sua existência depende da velocidade da bola (caso esta diminua, pode não haver formação deste tipo de mancha). • a mancha de saída  provocada pela saída da bala do corpo, tendo uma forma cónica;  a quantidade de sangue é muito maior que na mancha de entrada;  o sangue expelido adquire a direcção da bala;  este tipo de mancha é visto em qualquer tipo de tiroteio, não estando dependente nem do tipo de arma, nem da velocidade da bala;  mancha todos os objectos, pessoas e paredes próximas da vítima. Mancha de entrada: forma afunilada Mancha de saída: forma cónica Bala Bala penetra no corpo Bala abandona o corpo 14 Direcção da bala / sangue 15 Mancha de entrada atingiu a mão do atirador Mancha de saída numa parede 16  Manchas de sangue de Transferência Passiva:  provocadas pelo contacto entre algo ensanguentado e uma nova superfície;  De: mãos, braços, cabelo, sapatos, objectos, a arma;  Para: paredes, tecidos, roupa, objectos;  produzem uma imagem-espelho do objecto ensanguentado, tornando possível distinguir qual o objecto que deixou a impressão. 17  Ângulo de impacto Uma gota de sangue ao atingir uma superfície produz uma mancha orientada num certo ângulo consoante a posição da superfície. É possível calcular o ângulo de impacto, através da largura e do comprimento da gota : 90 10 70 2030 60 50 40 80 Comprimento (eixo maior) Largura (eixo menor)  Elongação da gota Quando uma gota cai, sob a influência de um ângulo, é originada uma elongação, com a mesma direcção da gota-mãe. Quanto menor o ângulo de impacto, maior a elongação da gota. a 18  Ponto de Convergência (Representação 2D) As manchas de sangue também nos fornecem informações sobre o local onde foram originadas. Após serem documentadas todas as medidas das gotas de sangue é possível calcular o local de onde estas foram expelidas. Para isso, são criadas linhas rectas, através de softwares próprios, provenientes de cada gota. A intersecção de todas as rectas dá-nos o ponto de onde foram expelidas as gotas.  Área de Convergência (Representação 3D) Com base nas medidas das gotas de sangue e no valor dos seus ângulos de impacto, é também possível determinar a área de convergência, ou seja, a estimativa da altura máxima e local de onde possam ter sido expelidas. Estas 2 estimativas envolvem complexas operações matemáticas sendo, por isso, realizadas mais rapidamente em computador com softwares próprios. 19 Bibliografia: • http://en. wikipedia. org/wiki/Bloodstain pattern analysis#Projected bloodstains • http://www. dundee. ac. uk/forensicmedicine/notes/Bloodspatter. htm • http://bloody2. com • http://science. howstuffworks. com/bloodstain-pattern-analysis2. htm A Ciência de um Crime – 12º E
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks