Magazine

A(s) Ciência(s) de um Crime: Toxicologia Forense

Description
TT OO XX II CC OOOO LL OO GG II AA A Toxicologia é um ramo da Farmácia (envolvendo conhecimentos de Farmacologia, Biologia, Bioquímica e Química) que estuda os…
Categories
Published
of 15
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
TT OO XX II CC OOOO LL OO GG II AA A Toxicologia é um ramo da Farmácia (envolvendo conhecimentos de Farmacologia, Biologia, Bioquímica e Química) que estuda os efeitos de toxinas, venenos, xenobióticos, tóxicos, drogas (medicamentos, substâncias ilícitas) e venenos - com origem vegetal, animal, mineral ou sintetizadas em laboratório, nos seres vivos, podendo levar à sua intoxicação ou à própria morte. As intoxicações podem ser criminais (com o intuito de matar ou ferir alguém),As intoxicações podem ser criminais (com o intuito de matar ou ferir alguém), legais (pena de morte), acidentais (alimentares, mordedura de animais, absorção acidental e medicamentosas) ou voluntárias (lesões auto-infligidas, toxicodependência ou terapêutica). Todas as substâncias são venenos; não há nenhuma que não seja veneno. A dose correcta distingue o veneno do remédio. Paracelsus (1493-1541) 2 Xenobiótico Substância estranha ao organismo Agente Tóxico Agente causador de efeitos nocivos em organismos vivos Veneno Agente tóxico causador de efeitos graves, por vezes, mortais Terminologia básica em ToxicologiaTerminologia básica em Toxicologia Veneno Agente tóxico causador de efeitos graves, por vezes, mortais Toxina Substância natural com efeitos tóxicos Toxicidade Acumulação de danos em períodos de tempo curtos ou longos que torna um organismo incapaz de funcionar dentro dos limites da adaptação ou de outras formas de recuperação Adaptado de Rozman et al (2001) “Dose, time and other factors influencing toxicity” In Handbook of Pesticide Toxicology” (Krieger, R. , ed. ) p. 7, Academic Press 3 Os toxicólogos trabalham na determinação de valores aproximados da DL50 (Dose Letal) de todos os produtos e substâncias existentes, e é com o valor desta propriedade de cada substância, que os peritos determinam se a morte/intoxicação foi acidental ou foi propositada. Exemplos de DL50 (valores aproximados): • Sal de cozinha: 3g / kg • Arsénio: 0,07g / kg • Álcool etílico: 10g / kg • Paracetamol: 325mg / kg • Aspirina: 1,5g / kg • Cafeína: ± 70 chávenas de café ingeridas de uma só vez Símbolo universal para “Tóxico” 4 CLASSIFICAÇÃO DA TOXICIDADE Extremamente tóxico: < 1 mg/kg Muito tóxico: 1 - 50 mg/kg Moderadamente tóxico: 50 - 500 mg/kg Ligeiramente tóxico: 0,5 - 5 g/kg Praticamente não tóxico: 5 - 15 g/kg Relativamente inócuo: > 15 g/kg Até ao século XX, a toxicologia forense limitava-se a estabelecer a origem tóxica de um determinado crime; o “toxicologista” actuava directamente no cadáver com a mera intenção da pesquisa e identificação do tóxico. Actualmente, o campo de acção desta ciência é mais vasto, estendendo-se desde as perícias no vivo e no cadáver até circunstâncias de saúde pública, tais como aspectos da investigação a nível da actividade laboral ou do meio ambiente. 5 EXAMES EM CASOS DE SUSPEITA DE MORTE POR INTOXICAÇÃO Local • Vómitos (corpo, chão) • Cheiros, odores • Janelas fechadas ou abertas • Gás / braseiras / exaustão de gases • Seringas, agulhas, algodão • Garrafas suspeitas, fracos com tóxicos (pesticidas, etc. . . ) • Medicamentos (comprimidos, líquidos) Ingestão de • Lesões cáusticas (queimaduras) na boca, esófago, estômago: - negras: ácido sulfúrico Corpo da Vitima (Lesões) Ingestão de tóxicos - negras: ácido sulfúrico - amareladas: ácido nítrico • Perfuração gástrica • Lesões na árvore respiratória (traqueia e brônquios) Arremesso de cáusticos: o mais comum é o arremesso de ácidos, com o intuito de desfigurar, situação potencialmente mortal, pelas complicações que podem surgir. Informações que vem ser recolhidas • Fármacos habituais? Quais? Quantidades? Desde quando? • Drogas? Tipo? Vias? Desde Quando? • Tentativas de suicídio? Métodos? Quantas vezes? • Bilhetes ou cartas de despedida? Ameaças recebidas? • Doenças? 6 Os toxicólogos forenses analisam sangue, cabelo, unhas, pele, saliva, conteúdo estomacal, urina e resíduos químicos para determinar a presença de um tóxico. Por vezes, durante uma autópsia, são também analisados diversos órgãos ou tecidos – que nos podem informar sobre o modo de exposição ao tóxico (ingestão, inalação, absorção, injecção) - como: • cérebro (por ser altamente vascularizado, estar num compartimento isolado, e por ter um metabolismo mais lento do que o das outras células, o seu ritmo de decomposição é muito lento e não se inicia logo após a morte; tornando assim possível analisar as substâncias que “atacaram” o Sistema Nervoso, induzindo convulsões, hemorragias fatais, entre outros) • pulmão (intoxicação por gases ou vapores que provocam queimaduras) • rim (órgão excretor que filtra as substâncias presentes no organismo; intoxicação por metais pesados) • fígado (certas substâncias acumulam-se no fígado, pois este não as consegue destruir – são cumulativas) • humor vítreo (substância gelatinosa que constitui o olho e que vai acumulando substâncias ao longo da vida) 7 ANALISE TOXICOLÓGICA Testes Preliminares • Recolha das características da substância (se possível) • Realização de um “teste de cor”: coloca-se uma amostra da substância, em contacto com um determinado reagente, o que provocará uma alteração na sua cor Ex: a cocaína em contacto com o Tiocianato de Cobalto (II) adquire uma tonalidade azul-esverdeada Toxicólogos dissolvem substâncias, em soluções ácidas ou alcalinas, e de seguida usam um dos seguintes procedimentos: • Cromatografia Líquida de alta eficiência • Cromatografia Gasosa Algumas das Técnicas utilizadas • Cromatografia Gasosa A cromatografia envolve uma série de processos de separação de misturas, sendo possível determinar a concentração ou a massa dos componentes da amostra • Espectrometria de massa: é um método para identificar os diferentes átomos que compõe uma substância, bombardeando-a com electrões produzindo iões, ou átomos electricamente carregados. Os iões atravessam um campo magnético que altera as suas trajectórias de modos diferentes, dependendo de suas massas. A análise destas alterações fornecemos um espectro de massa (característico de cada átomo), que nos permite identificar a substância analisada. • No caso de disparos, é possível analisar resíduos de pólvora e de gases presentes na roupa, mãos do criminoso, através da utilização de um Microscópio electrónico de Varrimento - capaz de produzir imagens de alta resolução (3D) da superfície de uma amostra 8 Exemplo de relatório toxicológico 9 Curiosidade O cabelo é um dos melhores bioindicadores da presença de venenos no organismo. Um fio de cabelo é constituído por milhões de microfibras presas a um folículo capilar. Uma substância venenosa, presente no sangue, é transferida para o folículo, uma vez que este é irrigado pela corrente sanguínea, ficando assim armazenada essa pequena quantidade num fio de cabelo (que cresce 1 a 1,5cm por mês). 10 À esquerda: reacção da heroína com o Reagente de Marquis (mistura de formaldeído com ácido sulfúrico concentrado) À direita: reacção da cocaína com o Tiocianato de Cobalto (II) Ectasy encontrado no local de um crime 11 Cromatografia Gasosa – Espectrómetro de Massa Recolha de resíduos de pólvora 12 Espectro de Massa da molécula Teobromina (constituinte do Cacau) m/z: massa do ião a dividir pelo módulo da respectiva carga 13 Pólvora vista ao Microscópio Electrónico de varrimento Microscópio Electrónico de varrimento 14 Bibliografia: • www. dqb. fc. ul. pt/cup/44324/pdfbiotox/aula2. pdf • http://en. wikipedia. org/wiki/Forensic toxicology • http://www. all-about-forensic-science. com/forensic-toxicology. html • http://www. westchestergov. com/labsresearch/ForensicandTox/forensic/chemistry/forchemframeset. htm • http://medicina. med. up. pt/legal/NocoesGeraisCF. pdf A Ciência de um Crime – Área de Projecto 12ºE 15
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks