Magazine

A territorialização do Assentamento Santa Fé - Chã Preta/AL

Description
ANAIS 2011 - ISSN 2179-1082 Em visita exploratória forma detectados os seguintes fatos Infra-Estrutura ãOs assentados não participam de nenhum movimento social…
Categories
Published
of 2
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
ANAIS 2011 - ISSN 2179-1082 Em visita exploratória forma detectados os seguintes fatos Infra-Estrutura •Os assentados não participam de nenhum movimento social pela luta do campo. •As condições de acesso dependem do tempo atmosférico, sendo assim no inverno apenas trator consegue percorrer por todo o assentamento. •A água é um elemento bastante abundante na região, restando à população a posse de bombas para puxá-la as suas casas. •Os lixos produzidos pelos assentados são despejados nos próprios quintais. •As casas de todos são de alvenaria, cujos materiais foram adquiridos na época do acesso a terra frente ao financiamento dado pelos órgãos competentes. É comum também as casas de taipa e também casas feitas de forma inacabada ou mal construída, sendo estas dos filhos dos assentados, que constroem no lote dos pais. •O fornecimento de energia elétrica é feito pelo próprio município. Educação •Há uma escola apenas. Metodologia Introdução Tipo do Trabalho Primeiramente foi feito uma revisão bibliográfica dos assuntos abordados para ter uma base teórico-conceitual a fim de fundamentar o trabalho, como: metodologia sistêmica, reforma agrária no Brasil, assentamentos rurais e a territorialização do espaço pelos assentamentos. Em seguida foi feito uma pesquisa de campo, baseada em observar a estrutura do assentamento (produção, relação social, educação, saúde), como também seu processo de ocupação. Os resultados da pesquisa de campo são necessariamente empíricos, não se buscou um levantamento quantitativo. Foram realizadas entrevistas com alguns assentados, onde colocaram seus pontos de vista em relação ao assentamento. Expondo desta forma os benefícios e também as dificuldades encontradas ao longo dos anos em quanto assentados. Neste trabalho procuramos abordar a questão agrária no campo alagoano através dos assentamentos rurais. Dando ênfase no município de Chã Preta localizado na Zona da Mata do Estado de Alagoas. Os assentamentos rurais é uma forma de fixar o homem no campo, de modo que sua locação tem feito com que muitos agricultores de Chã Preta permaneçam no campo e não migrem para as cidades em busca de sobrevivência. A importância destes assentamentos é refletida não só neste aspecto de fixar o homem no campo, mas também faz com que a terra passe a ter sua função social, consequentemente estabelece uma nova configuração ao território. Tendo em vista que no modo de produção capitalista esta é vista como mercadoria, favorecendo o “processo de monopolização do território pelo capital monopolista. ” (OLIVEIRA, 1999, p. 106), nesse sentido “quando o capital monopoliza o território, ele cria, recria, redefine relações de produção camponesa, portanto familiar. ” (OLIVEIRA, 1999, p. 106) Para explorar este tema iremos mostrar o caso do assentamento Santa Fé localizada em Chã Preta/AL, e mostrar como a política de assentar o homem do campo no campo estabelece as relações não capitalistas de produção criando e recriando o campesinato, como também os assentamentos dão uma nova dinâmica ao território A TERRITORIALIZAÇÃO DO ASSENTAMENTO SANTA FÉ - CHÃ PRETA/AL Resultados TCC-GRADUAÇÃO Título do Trabalho •Os alunos do assentamento dirigem-se a pé, já os alunos do assentamento que estudam na cidade dependem do transporte escolar fornecido pela prefeitura, que no inverno não vai até a sede do assentamento. Fazendo com que os alunos percorram uma pequena distancia ate um ponto existente no assentamento •A escola possui uma boa estrutura física, tem um grande espaço interno, tanto as salas de aula como os materiais didáticos são bastante conservados. Assentamento RuralPalavra chave 1 : Permanência no Campo As conclusões parciais dessa pesquisa apontam que os assentamentos rurais tem em sua capacidade produzir alimentos de subsistência. De modo que para um pequeno município isso seja um fator de grande importância, pois ao mesmo tempo em que os assentados geram renda na terra e garantindo consequentemente a sobrevivência de sua família, eles favorecem os demais habitantes do município, como também a economia através de feiras livres, assim, segundo Buth e Corrêa “[. . . ] os assentamentos são espaços que iniciam uma nova dinâmica de apropriação do espaço ao promoverem um rearranjo do processo produtivo. As mudanças provocadas pelos assentamentos são perceptíveis pela substituição de grandes propriedades rurais por pequenas unidades de produção plurifuncionais, na dinamização da economia local, na geração de emprego e renda, entre outros (BUTH & CORRÊA, 2006, p. 34)”. Nesse sentido analisar o impacto de um assentamento rural é de sumo interesse para as ciências humanas, precisamente para a Geografia. De maneira que o processo de territorialização do assentamento aglutina diversas unidades, como: econômica, política, social, ambiental, tecnológico. Conclusões Palavra chave 2 : Palavra chave 3 : Reforma Agrária Participantes cadastrados conforme prioridade definida NomePapel LUCAS FIGUEIREDO DE VASCONCELOS ALMEIDAAPRESENTADOR CIRLENE JEANE SANTOS E SANTOSORIENTADOR "Campus A. C. Simões, BR 104 Norte – Km 96,7 – Tabuleiro do Martins – 57072-970 – Maceió-AL. " "Telefone: (82) 3214-1087 – Fax: (82) 3214-1660" Emitido pelo sistema do Congresso Acadêmico 2011 em 21/2/2012 Núcleo de Tecnologia da Informação - NTI
Search
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks