Documents

A - Texto - Aula 10 - Métodos e Técnicas de Pesquisa

Description
TEXTO
Categories
Published
of 5
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
    Rua Caetano Marchesini, 952 ●  Portão ●  Curitiba/PR ●  Tel. (41) 3521 2727   1 FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI PÓS-GRADUAÇÃO BAGOZZI NÚCLEO DE CIÊNCIAS DA VIDA E DA SOCIEDADE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO lato sensu     –  ESPECIALIZAÇÃO NEUROPSICOLOGIA Módulo IV: INTERVENÇÕES NEUROPSICOLÓGICAS Disciplina: Integração e Pesquisa AULA 10 MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA Profª Me. Janaína Bacelos Figueiredo A PESQUISA BIBLIOGRÁFICA/CRONOGRAMA/REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Nesta aula, para encerrarmos a discussão sobre a construção do projeto de pesquisa, faremos um aprofundamento sobre as técnicas da pesquisa bibliográfica, uma vez que, como já foi dito anteriormente, ela é a base para o início de qualquer tipo de pesquisa. Para darmos início a essa discussão partiremos da análise das fases da pesquisa bibliográfica apontadas por Marconi&Lakatos(2009). Segundo Marconi&Lakatos (2009, p.44), a pesquisa bibliográfica compreende oito fases distintas: a) escolha do tema; b) elaboração do plano de trabalho; c) identificação - Procurar catálogos de editoras e/ou bibliotecas e/ou periódicos para localizar títulos de trabalhos que possam relacionar-se ao tema pesquisado. - Após ter o material em mãos, fazer o levantamento, pelo sumário ou índice, dos assuntos abordados na obra.    Rua Caetano Marchesini, 952 ●  Portão ●  Curitiba/PR ●  Tel. (41) 3521 2727   2 - Algumas obras possuem o chamado resumo ou abstract, o qual apresenta um resumo analítico do conteúdo. São comuns em artigos, dissertações de mestrado e teses de doutorado. - O último passo da identificação seria a análise da bibliografia utilizada pelo autor da publicação, disposta ao final do trabalho e indicando, em ordem alfabética, todo o material bibliográfico utilizado na pesquisa. d) localização: - após o levantamento bibliográfico e a identificação das obras que possam interessar, passa-se ao trabalho de localizar os lugares em que tais obras podem ser encontradas: bibliotecas públicas e universitárias, espaços culturais, instituições, livrarias, sebos, sites na internet, etc. e) compilação: - reunião sistemática do material identificado e localizado em livros, periódicos, publicações avulsas, etc. f) fichamento: - uma vez que esteja com as fontes bibliográficas em mãos, o pesquisador deve anotar os dados das obras em fichas, o que permite organizar o material conforme o assunto e suas particularidades. Esse procedimento facilita a retomada do material no momento da escrita do texto. Para Marconi&Lakatos (2009, p.51): Como o investigador manipula o material bibliográfico, que em sua maior parte não lhe pertence, as fichas permitem: - identificar as obras; - conhecer seu conteúdo; - fazer citações; - analisar o material; - elaborar críticas. g) análise e interpretação:    Rua Caetano Marchesini, 952 ●  Portão ●  Curitiba/PR ●  Tel. (41) 3521 2727   3 - consiste na análise crítica do material. Para esse item, gostaria de sugerir o modelo de leitura analítica, proposta por Severino (2005), apresentado na aula sobre Referencial teórico. h) redação: - Será determinada pelo tipo de trabalho científico que se deseja apresentar como resultado. Esses tipos podem ser: artigos, monografias, dissertações, teses, etc. Segundo Marconi&Lakatos (2009, p.177):  A redação do trabalho científico consiste na expressão, por escrito, dos resultados da investigação. Trata-se de uma exposição bem fundamentada do material recolhido, estruturado, analisado, interpretado e elaborado de forma objetiva, clara e precisa. Na redação, devem-se observar três aspectos básicos: conteúdo, forma e correção. Dentro dos três aspectos mencionados, ainda deve-se observar quatro critérios: a) Estrutura  –  conjunto articulado das partes, formado pela reunião das mesmas em determinada ordem ou organização, tendo em vista o relacionamento entre elas, determinando a função do todo. b) Conteúdo  –  apresentação de ideias básicas e coerentes. c)Expressão  –  forma e correção. d)Adequação  –  correspondência ao tema proposto. Nesta aula fizemos uma grande compilação dos processos da pesquisa bibliográfica apontados por Marconi&Lakatos por entendermos que as autoras apresentam de forma sucinta e bem direcionada os procedimentos necessários para a realização competente da pesquisa bibliográfica. Para o aluno pesquisador iniciante é importante estabelecer um roteiro que o auxilie a direcionar sua pesquisa, evitando, assim, os equívocos de uma prática de pesquisa desorganizada e superficial, o que acarreta o desperdício do tempo e das leituras feitas. Esse roteiro deverá servir como um ponto de partida para as atividades de pesquisa, pois após exercitar-se nesta prática em função de algumas experiências de trabalhos, cada pesquisador também pode acrescentar a esse    Rua Caetano Marchesini, 952 ●  Portão ●  Curitiba/PR ●  Tel. (41) 3521 2727   4 esquema procedimentos que ele mesmo desenvolveu, em função de seu gosto pessoal, particularidades de seu processo de aprendizagem e necessidades particulares das pesquisas encaminhadas. Para concluirmos a estrutura do projeto de pesquisa, a qual iniciamos na aula 2, ainda é preciso mencionar que após o item Metodologia, o projeto deverá explicitar mais dois itens: o cronograma e as referências bibliográficas. Por esses itens possuírem estruturas bem simplificadas, apresentaremos aqui, de forma sucinta, as suas principais exigências. O item Cronograma tem como função dentro do projeto de pesquisa fazer um planejamento das atividades a serem desenvolvidas no projeto (ações essas que foram enunciadas nos objetivos específicos e na metodologia) dentro de uma organização temporal. No cronograma, que pode ser organizados dentro de uma tabela, deverão ser apresentadas as atividades a serem desenvolvidas e o tempo disponibilizado (dias, meses, anos) para o desenvolvimento de cada uma delas. O cronograma é de fundamental importância para o projeto de pesquisa, uma vez que auxilia o pesquisador a visualizar o tempo disponível para cada atividade, evitando, assim, que haja atrasos que compliquem o processo ou façam com que a pesquisa não seja finalizada. O último item que deverá compor o projeto de pesquisa é aquele que chamamos Referências Bibliográficas. Neste item o pesquisador deverá colocar, em ordem alfabética pelo último sobrenome do autor, todas as obras que foram citadas no corpo do referencial teórico. Essa menção deverá ser feita segundo normas da ABNT para a composição das referências bibliográficas. Um exemplo de como organizar esse item pode ser visualizado nas referências bibliográficas desse material. Finalizamos com essa aula, todos os componentes de um projeto de pesquisa. A organização de cada um dos itens seguindo-se as indicações feitas no decorrer de cada aula, auxiliará o aluno pesquisador na construção de seu projeto de pesquisa. O que foi enfatizado no material aqui produzido dá conta de uma síntese da apresentação desses elementos, podendo e devendo ser feito um aprofundamento sobre eles. Um estudo mais detalhado de cada um desses itens pode ser encontrado nas referências bibliográficas apontadas e na bibliografia complementar indicada em algumas aulas. Outros estudos podem ser
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks