Slides

A Tutela Militar em Sergipe

Description
1. A TUTELA MILITAR EM SERGIPE 1964/1984 IBARÊ DANTAS 2. AUTOR  Nasceu em 1939, no município de Riachão do Dantas (Sergipe);  Licenciou-se em História pela…
Categories
Published
of 13
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. A TUTELA MILITAR EM SERGIPE 1964/1984 IBARÊ DANTAS
  • 2. AUTOR  Nasceu em 1939, no município de Riachão do Dantas (Sergipe);  Licenciou-se em História pela Universidade Federal de Sergipe (UFS - 1970);  Mestrado em Ciência Política pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP - 1979);  Lecionou na Graduação e na Pós-Graduação do Curso de História (UFS);  Aposentou-se em 1994 e atualmente dedica-se inteiramente às suas pesquisas.  Atualmente é presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe;
  • 3. OBRAS  O Tenentismo em Sergipe – Da Revolta de 1924 à Revolução de 1930 (1974);  A Revolução de 1930 em Sergipe – Dos Tenentes aos Coronéis (1983);  Coronelismo e Dominação (1987);  A Tutela Militar em Sergipe, 1964/1984 – Partidos e Eleições num Estado Autoritário (1989);  Além de diversos artigos em anais, revistas e jornais.
  • 4. SÍNTESE  Desenvolvida a partir do projeto de pesquisa apresentado ao Núcleo de Pós- Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (NPPCS);  É uma monografia que está dividida em oitos capítulos;  A ideia principal é mostrar de uma perspectiva histórica-política como um Estado do Nordeste como Sergipe, enfrentou a revolução civil-militar;  O escritor faz um estudo histórico-social desde da Ascensão dos militares ao poder até uma espécie de avaliação final no qual o país foi deixado com o fim da Tutela Militar Brasileira.
  • 5. ASCENSÃO DOS MILITARES E REESTRUTURAÇÃO DO PODER (1964/65)  Desarticulação dos grupos de esquerda, através de prisões e exclusões sob variadas formas;  Competição entre as três agremiações, formando dois grupos contrapostos (PSD+ PR versus UDN)  Primeira fase do Estado Autoritário, foi marcada por tensões até que a rivalidade entre “sorbonistas” e “duros”, criou diferenças entre os moderadores e os radicais;  Com o AI-2, a convivência “pacífica” entre os militares e o sistema multipartidário foi ao fim.
  • 6. A INSTAURAÇÃO DO BIPARTIDARISMO E AS ELEIÇÕES DE 1966  Reorganização Partidária, nascida do AI-2, operou em Sergipe a maior unificação dos grupos dominantes pós-30;  Deslocamento de alguns políticos para o partido governista ARENA (Aliança Renovadora Nacional);  Outros políticos optaram pelo MDB (Movimento Democrático Brasileiro), sendo um núcleo de resistência no Estado;  Indicação para Governador estadual era feita através do Presidente da República, o que dificultava a oposição ocupar o Executivo;  As eleições de 1966 teve como resultado a vitória em massa de ex-udenistas.
  • 7. REARTICULAÇÕES POLÍTICAS E A MOBILIZAÇÃO ESTUDANTIL (1967/68)  A Nova Ordem Institucional e as Rearticulações;  Mobilização Estudantil sob a hegemonia do PCB (Partido Comunista Brasileiro) desenvolveu ações mais moderadas em Sergipe;  Os movimentos estudantis como DCE (Diretório Central dos Estudantes) e DEE (Diretório Estadual dos Estudantes);  Crise de 1968.
  • 8. EXACERBAÇÃO DO AUTORITARISMO E AS ELEIÇÕES DE 1970  O Novo Ciclo Repressivo veio com a edição do AI-5 significando a vitória da linha dura sobre os moderados o que proporcionou uma nova fase do Estado Autoritário;  Em Sergipe, após a edição do AI-5 recomeçaram as prisões. E os primeiros intimados foram os estudantes da UNE (União Nacional dos Estudantes);  Reorganização Política, os políticos da ARENA e do MDB permaneceram obedientes às regras estabelecidas pelos militares;  O Governo Garcez e as Eleições de 1970.
  • 9. EXPANSÃO DAS IDÉIAS AUTORITÁRIAS (1971/73)  Aceitação na Sociedade Civil, ou seja, essas iniciativas partiam tanto da sociedade política, quanto de setores da sociedade civil (por exemplo: Imprensa e a Igreja Católica);  Vida Política e as Eleições de 1972, consolidou o predomínio dos governistas sobre os oposicionistas;  A tendência à Acomodação e a ADESG (Associação dos Estagiários da Escola Superior de Guerra);  O “Milagre Econômico” e o Auge do domínio militar, ou seja, eles subordinavam o Estado e a sociedade, não obstante a excludência e a intolerância.
  • 10. A DISTENSÃO INSEGURA E AS ELEIÇÕES (1974/78) O General Geisel e os Acenos de Abertura; Ventos da Distensão em Sergipe, os temas políticos foram ganhando mais espaço; As Eleições de 1974; Operação Cajueiro: as ações repressivas foram intensificadas a partir de fevereiro de 1976; A Continuidade da Distensão e as Eleições de 1976; A Sucessão Estadual e as Eleições de 1978.
  • 11. VOLTA DO PLURIPARTIDARISMO, AS ELEIÇÕES DE 82 E O FIM DA TUTELA MILITAR General Figueiredo e a Continuidade da Transição; Inquietações na Sociedade Civil; Reorganização dos Grupos Partidários; Governo Augusto Franco As Eleições de 1962; O “Pôr-do-sol” da Tutela Militar.
  • 12. BALANÇO E EPÍLOGO  Durante a dominação autoritária, vimos que de 1966 a 1982 o eleitorado e os votantes duplicaram, o que superou os percentuais do Estado Populista, o que indica que houve progresso;  A partir dos anos 70 o Estado passou por um grande surto de crescimento;  O Estado Autoritário atravessou quatro períodos mais ou menos diferenciados: o 1ª fase foi de reestruturação do poder e da economia no triênio 1964/66; o 2ª alteração foi decorrente da criação do novo sistema partidário; o 3ª fase é da relativa adaptação à ordem autoritária ao que deu um respaldo a legitimidade à dominação; o E a 4ª e última fase, é compreendido pelas duas primeira fases de transição, e abrange aos anos de 1974 a 1985, quando sai da presidência da república militarista e passa aos civis novamente.
  • 13. FONTES  DANTAS, Ibarê. A Tutela Militar em Sergipe, 1964/1984: partidos e eleições num estado autoritário. Rio de Janeiro, Ed. Tempo Brasileiro, 1997. 363 p.  http://abbm3001.blogspot.com.br/2011/01/dezembro-de-2010-general- figueiredo-o.html  http://www.palacioolimpiocampos.se.gov.br/programacao/homenagens- aos-ex-governadores-albano-franco-e-augusto-franco  http://fontesdahistoriadesergipe.blogspot.com.br/2010_05_01_archive.ht ml
  • Search
    Similar documents
    View more...
    Related Search
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks