Documents

A Utopia de Um Sísifo Feliz

Description
trab disciplina conhecimento, poder e ética - mestrado em engenharia de produção - UFRJ
Categories
Published
of 9
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
     _ a utopia de um sísifo feliz  Monique Bezerra da Silva Tópicos Especiais em Conhecimento, Poder e Ética _ professor Roberto Bartholo    2    _ considerações preliminares O presente trabalho visa estabelecer uma relação com a obra “ A Escrita: Há futuro para a escrita? ” , de Vilém Flusser. Para tanto, haverá aqui uma breve reflexão sobre a escrita e as relações humanas na era digital, que muitas vezes transformam narrativas em gestos. Os manuscritos aqui utilizados são de autoria da artista Mana Bernardes 1 , como forma de usar a poesia para ilustrar o transbordamento da escrita através da imagem. Que o desejo de liberdade que dribla o destino inevitável seja maior que os apelos subliminares midiáticos que nos bombardeiam continuamente. Que a nossa liberdade de escolha não seja condicionada a seguir os padrões de comportamento que nos é imposto sutilmente. Que a inventividade inata ao ser humano seja capaz de produzir diversas formas significativas de ser e estar no mundo e que a pedra carregada seja o tempero para tal criatividade. 1  Mana Queiroz Bernardes é artista, poeta e design de jóias. Filha da artista plástica Rute Casoy e do cineasta Sergio Bernardes.Para saber mais, acesse: http://manabernardes.com/    3    _ novas formas de ser e estar no mundo   As novas tecnologias de comunicação permitem uma escrita ininterrupta. Escrita que, muitas vezes, esbarra em tentativas de dar sentido a um mundo sem sentido. Porém, a escrita na era da reprodutibilidade técnica possibilita a transformação de narrativas em gestos, pois o sentido se produz, se inventa. A produção cultural e suas diversas liguagens nos proporcionam isso. (...) “ o infinito é realmente um dos deuses mais lindos ”  - acabar com os ciclos é um equívoco. As repetições são inevitáveis, o que muda é a forma como se encara a repetição, com que lentes se vê o mundo, se “ carrega a pedra ” . A questão é: parar de sofrer com a repetição, pois é possível ser feliz independente do carma  que se tem.E, assim como um diamante, que só pode ser lapidado por outro diamante, vamos produzir cada vez mais sentidos com as repetições que nos alimentam. É da natureza dos seres humanos que o “eu” pode se desenvolver somente com a consciência do “outro”; nós enriquecemos nossa personalidade, observando o “outro”. A intensa i nteração espiritual  —   incluindo aquela marcada pelo conflito  —   é fundamental se quisermos crescer, amadurecer e nos tornar realmente humanos. i      4   Flusser não presenciou os avanços tecnológicos atuais, mas foi visionário e refletiu sobre as profundas mudanças que isso causaria no comportamento humano. Refletir a partir das provocações de Flusser se tornou uma forma de reconhecer e respeitar a possibilidade do “ outro ”  para se tornar “ eu mesmo ” . Ele incita os interlocutores à reflexão, numa escrita de complementos que provoca diálogos em uma escrita plural, que retrata esse projeto existencial.

INChap008

Aug 1, 2017
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks