Documents

Análise Bandeja de Proteção

Description
Análise Bandeja de Proteção
Categories
Published
of 6
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
   Eng. Democracildo Cardoso Kilpp / Contato: 051 84351931. Email:  Cidem_engenharia@hotmail.com  Site: www.cidemengenharia.com.br Rua José Serafim de Souza, 524, Bairro Santo Antônio- Capão da Canoa/RS DOCUMENTO: ANÁLISE DE RISCOS TRABALHOS EM ALTURA ACIMA DE 2 METROS MONTAGEM E DESMONTAGEM DE BANDEJA DE PROTEÇÃO CLIENTE: MARIANTE DE JESUS CORUJA Emissão: _______/_______/________ Construtora: MARIANTE DE JESUS CORUJA Obra: Edifício Residencial/Comercial Município: Tramandaí/RS Eng. Civil e Eng. de Segurança do Trabalho Democracildo Cardoso Kilpp CREA 121068-D   Eng. Democracildo Cardoso Kilpp / Contato: 051 84351931. Email:  Cidem_engenharia@hotmail.com  Site: www.cidemengenharia.com.br Rua José Serafim de Souza, 524, Bairro Santo Antônio- Capão da Canoa/RS Aprovação: CIDEM Engenharia Revisão: 01 Atividade: Mntagem de bandeja de proteção Funções: Carpinteiro Local especifico da atividade: Periferia Quantidade de trabalhadores: _______ Procedimentos de segurança na Atividade colocação de bandeja de proteção : *Para todas as atividades executadas, o trabalhador estará utilizando cinto de segurança e talabarte em y com absorvedor de impacto. Esse sistema, estará ancorado em linha de vida, com cabo de aço de 12mm. Conforme projeto de segurança da Cidem Engenharia. *A linha de vida estará a uma altura que possibilite o trabalhador alcançar o limite da bandeja;Não será permitido utilização de mais de um talabarte; * Estará usando luva de raspa;  *Para fixação da bandeja, usará martelo preso ao seu pulso por meio de corda para que não haja risco de queda de ferramenta; *      A plataforma deve ser instalada logo após a concretagem da laje a que se refere e retirada, somente, quando o revestimento externo do prédio acima dessa plataforma estiver concluído.   * Içamento da madeira ao nível de trabalho através de elevador de carga; Atividade: Retirada ou desmontagem de bandeja de proteção Funções: Carpinteiro Local especifico da atividade: Periferia Quantidade de trabalhadores: _______    A desmontagem da bandeja será feita com trabalhador em andaime suspenso;    Andaime suspenso, fixado na laje onde a viga metálica tipo I estará entrelaçada por cabos de aço 3/8. corda de segurança fixado na laje, por meio de ferro 8mm,    Trava-quedas estará conectado a linha de vida vertical para andaime;    Trabalhador irá utilizar martelo amarrado em seu pulso, para evitar queda de material;    A cada tábua retirada da bandeja, o trabalhador irá alcançar ao seu colega que estará do lado de dentro da edificação, esse por sinal estará utilizando cinto de segurança e talabarte, conectado ao cabo de aço 12 mm, fixado em paraboult 12mm , na laje superior; Estará usando luva de raspa; EPCs obrigatórios previamente executados para esta atividade: -Instalação de linha de vida conforme projeto e laudo técnico da Cidem Engenharia - -Projeto e dimensionamento das bandejas elaborados pela empresa Cidem Engenharia, acompanhado de ART; - Equipamentos utilizados:  andaime suspenso, elevador de carga; - Ferramentas utilizadas: martelo, pé de cabra; - Treinamentos Obrigatórios:  Treinamento NR 18, Treinamento de integração; Treinamento para trabalho em altura NR35 com carga horária mínima de oito horas; - Supervisão das atividades:  realizada pelos técnicos de segurança da empresa Cidem Engenharia.   Eng. Democracildo Cardoso Kilpp / Contato: 051 84351931. Email:  Cidem_engenharia@hotmail.com  Site: www.cidemengenharia.com.br Rua José Serafim de Souza, 524, Bairro Santo Antônio- Capão da Canoa/RS CONDIÇÕES IMPEDITIVAS 1. Condições meteorológicas adversas em caso de trabalho externo: 1.1.  Vento com velocidade elevada; 1.2 . Chuva; 1.3 . Descargas atmosféricas; 2 . Superfície de trabalho irregular, instável ou inclinada; 3 . Área de trabalho próxima a redes elétricas; 4 . Trabalhador não liberado pela avaliação diária de condições físicas e psicológicas; Obs 1: O trabalho de execução de montagem e desmontagem de bandeja de proteção só é liberado quando não há nenhuma das condições impeditivas acima descritas. Itens obrigatórios para esta atividade: - Isolamento e sinalização da área de trabalho; - Organização da área de trabalho; - Treinamento para a atividade desenvolvida; - Leitura do Procedimento Operacional da atividade - Uso adequado dos EPI’s indica dos pelo risco; - Permissão para Trabalho - ASO dos trabalhadores contendo claramente a Permissão para Trabalho em Altura - Exames médicos complementares para trabalho em altura definidos pelo PCMSO; - Checklist das ferramentas e máquinas, antes de iniciar as atividades; - Checklist de inspeção de EPI’s - Leitura desta Análise de Risco antes do início das atividades, com assinatura da Declaração de Responsabilidade de todos os envolvidos; CATEGORIAS: FREQUÊNCIA E SEVERIDADE Os cenários de acidente são classificados por categorias de frequência e por categorias de severidade.Frequência é o número de vezes que uma variável aparece, fornece uma indicação da  probabilidade esperada de ocorrência. A categoria de freqüência (F) é apresentada na 6° coluna da Análise de Risco. O quadro abaixo mostra as categorias de frequências: FREQUÊNCIA CATEGORIA DENOMINAÇÃO DESCRIÇÃO A Extremamente Remota Extremamente improvável de ocorrer durante a execução da obra. B Remota Pouco provável de ocorrer durante a execução da obra. C Improvável Esperado de ocorrer até uma vez durante a execução da obra. D Provável Esperado de ocorrer algumas vezes durante a execução da obra. E Frequente Esperado de ocorrer várias vezes durante a execução  Na 7ª coluna da Análise de Risco é apontada a severidade que os riscos identificados podem acarretar sobre os trabalhadores. CATEGORIA DE SEVERIDADE CATEGORIA DENOMINAÇÃO DESCRIÇÃO 1 DESPREZÍVEL SEM LESÕES 2 MARGINAL LESÕES LEVES 3 CRÍTICA LESÕES COM GRAVIDADE 4 CATASTRÓFICA LESÕES GRAVES OU MORTE   Eng. Democracildo Cardoso Kilpp / Contato: 051 84351931. Email:  Cidem_engenharia@hotmail.com  Site: www.cidemengenharia.com.br Rua José Serafim de Souza, 524, Bairro Santo Antônio- Capão da Canoa/RS MATRIZ DE RISCO A matriz de risco é uma técnica que permite fazer uma avaliação relativa dos riscos identificados. É um cruzamento entre a frequência e a severidade indicadas nos eventos indesejáveis, estabelece o nível de risco de cada passo e pode ser utilizada como um indicador para verificar quais passos deve receber  prioridade. A matriz de risco é apresentada na 8ª coluna da Análise de Risco O quadro abaixo mostra a matriz de risco:   CATEGORIA DENOMINAÇÃO DESCRIÇÃO  NC NÃO CRÍTICO Risco considerado aceitável; M MÉDIO Risco considerado aceitável quando mantido sob controle/Controle adicional deve ser avaliado; C CRÍTICO Risco inaceitável com os atuais controles. Implantar outro método para redução de risco; SEVE RI DADE   FREQUENCIA A B C D E 4 M M C C C 3 NC M M C C 2 NC NC M M M 1 NC NC NC NC M
Search
Similar documents
View more...
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks