Slides

Apresentação slide A importância da tecnologia na educação

Description
1. TECNÓFILO Ednaldo Antônio de Oliveira “O processo de informatização da sociedade que já atinge o Brasil caminha com espantosa rapidez e parece ser…
Categories
Published
of 10
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. TECNÓFILO Ednaldo Antônio de Oliveira “O processo de informatização da sociedade que já atinge o Brasil caminha com espantosa rapidez e parece ser irreversível. Temos a responsabilidade de nos preocupar em oferecer a melhor preparação possível para que os nossos alunos, inclusive da rede pública, possam viver e atuar numa sociedade informatizada.” ( CHAVES, Eduardo O.C.)
  • 2.  Por que a informática na sala de aula tem o seu papel como uma Informática Educativa, ou seja, é colocada como suporte ao professor, ferramenta a mais em sua sala de aula. Ela é utilizada a serviço da educação emancipadora, o aluno ganha em qualidade de ensino e aprendizagem;  Porque a Internet na Educação funciona como uma ponte de acesso á informação igualitária pra todos. Ela democratiza o acesso ao conhecimento, às tecnologias da informação e da comunicação, para a formação continuada dos professores, seja para o enriquecimento da atividade presencial de mestres e alunos;
  • 3.  Porque escola passa ao oferecer o acesso ao computador e com isto promove a inclusão sócio- digital dos alunos, trazendo a realidade de fora para dentro da sala de aula. Isto faz com que as aulas sejam mais interessantes e atrativas;  Para preparar nossos alunos para viver e atuar profissionalmente no século XXI, como cidadãos familiarizados com os mais básicos desenvolvimentos tecnológicos;
  • 4.  Para acompanhar as escolas particulares, que vem introduzindo o computador no processo de ensino e aprendizagem. Se este acompanhamento não acontecer, como consequência, o ensino público cada vez mais vai se distanciar da educação oferecida nas escolas particulares. Seria oferecer oportunidades iguais.  Porque há diversas possibilidades e modalidades de se trabalhar com as tecnologias dentro da escola, seja no aprendizado da arte, da musica, de línguas (materna e estrangeira) etc. .
  • 5.  Porque o contato regrado e orientado da criança com o computador em situação de ensino- aprendizagem contribui positivamente para o aceleramento de seu desenvolvimento cognitivo e intelectual, em especial no que esse desenvolvimento diz respeito ao raciocínio lógico e formal, à capacidade de pensar com rigor e sistematicidade, à habilidade de inventar ou encontrar soluções para problemas.
  • 6.  Porque a utilização deste, pode auxiliar no processo pedagógico com atividades de: Instrução Programada, Simulações e Jogos, Aprendizagem por Descoberta e Pacotes Aplicativos.  Porque o professor se torna o criador de ambientes de aprendizagem e o facilitador do processo de desenvolvimento intelectual do aluno.
  • 7.  Alegações de que há outras prioridades Decidir o que é prioritário e o que não é, ou o que é mais prioritário, é algo complicado, em que todos nós corremos o risco de procurar impor nossas preferências pessoais.  O contato constante com o computador pode levar a criança a pensar de forma mecanizada. Há experiências de que este estilo de pensamento, para algumas dificuldades que tem algumas crianças, é apropriado e útil. Outra vantagem é a questão de que, se desde ela está em contato com o computador, ela terá a capacidade de separar o que é e o que não é mecânico.
  • 8.  Nem toda e qualquer forma de utilização do computador pode ter efeitos pedagógicos benéficos. O que também não significa dizer que qualquer forma de contato com o computador terá exatamente as mesmos resultados. Cabe uma adaptação para cada tipo de resultado. Algumas formas de utilização serão mais adequadas ao desenvolvimento de certas habilidades, outras se adaptarão melhor à consecução de outros objetivos educacionais.
  • 9. 1 – Custo – compra de equipamento dos fabricantes nacionais; 2 - Software educacional de qualidade: através de incentivos às "software- houses" ou convênio com universidades que tenham envolvimento com escolas de primeiro e segundo graus; 3 - Recursos Humanos: Cursos de especialização, aperfeiçoamento, extensão, com o objetivo de preparar os profissionais interdisciplinares de que necessitamos; 4 - Resistência das escolas: Programas nos meios de comunicação de massa com envolvimento de educadores e dos demais agentes da educação; 5 - Falta de paciência: É preciso que o governo continue a incentivar a pesquisa séria nas universidades.
  • 10. BIBLIOGRAFIA CHAVES, Eduardo O.C. O Computador na Educação. Disponível em: <http://www.ich.pucminas.br/pged/db/wq/wq_pmv/index.htm> Acesso em: 07/03/2015 ROCHA, Sinara Socorro Duarte. O uso do Computador na Educação: a Informática Educativa. Disponível em: <http://www.ich.pucminas.br/pged/db/wq/wq_ pmv/ index.htm> Acesso em: 07/03/2015
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks