Documents

Homilia No III Domingo Do Tempo Comum a 2017 Final

Description
Homilia
Categories
Published
of 42
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  MONIÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO III DOMINGO COMUM A 2017  Saudação iniia! P. De Belém para Nazaré! De Nazaré para Cafarnaum! Jesuscomeça a Sua vida pública, na alileia dos povos, e escole en#eumilde, pobres pescadores nas mar ens do la o. Jesus desa$a%nos a colocar as periferias no cen#ro da nossa a#enç&o e acomeçar pelos mais pobres e desprezados. 'le é a (uz, )ue Selevan#a e resplandece sobre a nossa escurid&o, para nos liber#ardas #revas da #ris#eza, do pecado e da mor#e. Nes#e *.+ s-bado  /0.+ dia domin o  da Semana de 1raç&o pela 2nidade dos Cris#&os,peçamos ao Senor o dom da reconciliaç&o en#re os Seusdisc3pulos. ' con$emo%nos 4 Sua miseric5rdia. A o #$ni $nia! P. Senor Jesus, Luz dos povos , )ue iluminais as #revas dos nossosmedos, S$n%o&' $nd$ #i$dad$ d$ n()* 6.P. Cris#o Jesus, Cabeça deste Corpo ferido , por causa das nossasdivis7es, C&i) o' $nd$ #i$dad$ d$ n()*  6.P. Senor Jesus, Palavra de Vida , )ue nos liber#a de #odas as redes)ue aprisionam, S$n%o&' $nd$ #i$dad$ d$ n()*  6. +ino do G!(&iaO&ação Co!$ a , cf. 8issa pela 2nidade dos Cris#&os   8issal, p. 9:;* Li u&-ia da Pa!a.&a  9.< (ei#ura = Salmo = :.< (ei#ura = >clamaç&o = 'van elo + OMILIA   NO  III D OMINGO  C OMUM  A 20171/  ? surpreenden#e e escandalosa a es#ra#é ia pas#oral de Jesus!> #&i$i&a )u&#&$)a $)anda!o)a é )ue Jesus n&o inicia a Suavida pública em Jerusalém, o cen#ro reli ioso, social e pol3#ico de@srael. > Sua miss&o começa numa zona periférica, numa re i&odesprezada pelos Audeus piedosos, devido 4 presença de diversaspopulaç7es es#ran eiras por isso o profe#a @sa3as a indica como Galileia dos povos  @s E,:F , #erra de pa &os. Jesus enfren#acoraAosamen#e es#e ambien#e urbano, es#a mis#ura de raças,cul#uras e reli i7es. Sai ao seu encon#ro, na cer#eza de )ue Deusabi#a na cidade, a começar pelos pobres. Sai para Se encon#rar,para ouvir, para abençoar, para caminar com as pessoasG 2/  Hambém n5s es#amos oAe imersos numa  Galileia dos povos .Dominados pelo medo, somos #en#ados a cons#ruir recin#osfecados, condom3nios privados, para a3 nos sen#armos esen#irmos mais se uros, mais pro#e idos, fazendo, por eIemplo,da par5)uia, “um grupo de eleitos que olham, para si mesmos, enão um centro de constante envio missionrio  ', :E . Par#indoda alileia, Jesus ensina%nos o con#r-rioK par#ir da periferia, dosúl#imos, dos pobres, dos res3duos, dos n&o cren#es, dos dis#an#es,dos )ue procuram, para alcançar a #odos! ?, pois, ur en#e  sair do pr!prio conforto e ter a coragem de chegar a todas as periferias que precisam da luz do vangelho  ', :; . /  ' - uma )$-unda )u&#&$)a $)anda!o)a*  Jesus começa aSua miss&o por pessoas, )ue se diriam oAe  de per#l bai$o .Para escoler os Seus primeiros disc3pulos e fu#uros ap5s#olos,  n&o Se diri e 4s escolas dos escribas e dos dou#ores da (ei, mas4s pessoas umildes e simples, )ue se preparam com empenopara a vinda do 6eino de Deus. Jesus vai cam-%los l- onde eles#rabalam, nas mar ens do la oK s&o pescadores. Cama%os eeles se uem%nL1 imedia#amen#eK a sua vida #ornar%se%-, com Jesus, uma aven#ura fascinan#e. /  Mueridos irm&os e irm&sK o Senor cama #ambém oAe! 1Senor passa pelas es#radas da nossa vida di-ria. 1 Senor passapela nossa praça. ' cama%nos a se ui%lL1, para andar com 'le,para #rabalar com 'le pelo 6eino de Deus, nas alileias dosnossos #empos. DeiIemo%nos alcançar pelo Seu olar, pela Suavoz, e si amo%lL1, para )ue a ale ria do 'van elo ce ue a#odos  e nenhuma periferia #que privada da sua luz   ', :EE . 3/  Se uindo o eIemplo de Cris#o, é preciso mudar #oda a nossaes#ra#é ia pas#oral. Su eria apenas duas pis#as mui#o simples,mas revolucion-riasK P&i$i&a4 n&o $)uemos sen#ados nos bancos da i reAa 4 esperade )uem ce a, mas saiamos ao encon#ro de )uem n&o vem.@rm&o, irm&K sai pelas ruas da cidade, ao encon#ro dos maispobres, dos s5s e fr- eis, mas #ambém a#en#o aos )ue va ueiame procuram, sem sosse o, uma luz para a sua vida. Sai aoencon#ro das pessoas, para caminar com elas, para as ouvir econversar, e assim les facili#ares e provocares o encon#ro com o#eu Senor! S$-unda4  n&o façamos proseli#ismo, como )uem procuraan ariar s5cios para um clube. 'van eliza por a#raç&o ' 9* , por
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks