Documents

Resumo Do Livro a Vida Na Escola e a Escola Da Vida

Description
CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ROSEMAR PIMENTEL CURSO DE LETRAS APRECIAÇÃO CRÍTICA DO TEXTO A VIDA NA ESCOLA E A ESCOLA DA VIDA Volta Redonda, 02 de Maio de 2011 CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ROSEMAR PIMENTEL APRECIAÇÃO CRÍTICA DO TEXTO A VIDA NA ESCOLA E A ESCOLA DA VIDA Trabalho elaborado pela aluna Ariadne de Freitas Batista, do primeiro ano do Curso de Letras, sob a orientação da Professora Simone de Medeiros, como nota parcial d
Categories
Published
of 3
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASEFUNDAÇÃO EDUCACIONAL ROSEMAR PIMENTELCURSO DE LETRAS APRECIAÇÃO CRÍTICA DO TEXTOA VIDA NA ESCOLA E A ESCOLA DA VIDA Volta Redonda, 02 de Maio de 2011  CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASEFUNDAÇÃO EDUCACIONAL ROSEMAR PIMENTEL APRECIAÇÃO CRÍTICA DO TEXTOA VIDA NA ESCOLA E A ESCOLA DA VIDA Trabalho elaborado pela alunaAriadne de Freitas Batista, doprimeiro ano do Curso de Letras,sob a orientação da ProfessoraSimone de Medeiros, como notaparcial da disciplina Sociologia daEducação. Volta Redonda, 2 de Maio de 2011  Neste livro, os autores nos mostram diferentes motivos e situações que diferenciam a escola para os alunosde diferentes classes sociais, as dificuldades enfrentadas pela sociedade em geral se reflete na educação.Os problemas são os mais variados, indo desde a pobreza do aluno e sua família, a capacidade do alunoem aprender, até as dificuldades que a própria sociedade impõe.Essas dificuldades referem-se principalmente às crianças pobres, que não tem condições de vidafavoráveis aos estudos. Muitos precisam trabalhar e estudar, e as escolas não levam em consideração asdificuldades que esses alunos tem para chegar á escola, fazer os deveres e trabalhos, sem contar asdiferenças culturais, dos alunos. Os alunos que vêm de classe média têm mais condições de se saírem bemna escola, pois os pais ajudam em suas dificuldades, eles tem maior acesso a livros, revistas, internet.Esses alunos entendem o vocabulário dos professores, pois em seu meio convivem com a mesmalinguagem em casa, nos livros e filmes que assistem. Com isso esses alunos conseguem dispor de umconhecimento e vocabulário amplo, o que torna mais fácil sua permanência na escola. Enquanto os alunosvindos de classes menos privilegiadas não contam com esse tipo de cultura. Seu modo de falar, de sevestir e de se comportar reflete o ambiente em que ele vive, assim como as crianças de classe média,porém esse ambiente é totalmente diferente.Os pais dessas crianças pobres muitas vezes não sabem ler e não podem ou não tem tempo para ajudarseus filhos com o dever de casa. Muitas crianças pobres têm que trabalhar e estudar, e quando chegam àescola já estão cansados, muitas vezes sem ter tido tem tempo de fazer os deveres de casa. O vocabulárioque o aluno, que foi aprendido em seu meio é corrigido pelos professores, e acaba desestimulando o alunoa falar com a professora, com medo de ser corrigido, criticado pelo professor na frente de seus colegas,que geralmente riem dele, colocando apelidos. Como isso o aluno acaba se distanciando dos outros alunose dos professores, até desistem de ir à escola. O professor utiliza maneiras de falar que alguns os alunosnão conseguem entender, por mais que o aluno se esforce não conseguem entender e acabam se sentindodecepcionados.A escola deveria trabalhar de maneira a aproveitar o conhecimento que esse aluno traz da vida familiar ede seu trabalho, para enriquecer e estimular cada vez mais seu interesse pela escola. O que o aluno traz deseu aprendizado da escola vida, não é levando em conta, não é aproveitado, é visto por todos como algosem importância sem valor e cada vez mais ele se sente diminuído, desprezado e sem auto-estima. Aescola é sinônimo de ascensão social, mas geralmente só consegue um bom padrão de vida as crianças declasse média, que tem melhores condições de estudo. Os menos privilegiados muitas vezes precisamabandonar os estudos para trabalhar em tempo integral para ajudar a sua família. É preciso que a escolasaiba atender as diferenças sociais individuais respeitando as raízes de cada aluno, pois muitos têm umgrande potencial, basta saber inserir e aproveitar essas diferenças para que cada indivíduo possa terverdadeiramente uma chance, para que possa ter uma concorrência honesta nas disputas que eles terão queenfrentar na sociedade, por universidades e depois no mercado de trabalho.Para mudarmos essa situação, a sociedade tem que se unir para defender seus direitos, ao invés de cadaum ficar em seu canto esperando que algo aconteça. Agindo jutos, estamos aprendendo como funciona omundo em que vivemos, que somente unidos conseguiremos conseguir resultados, e mostraremos que aeducação acontece em todos os lugares, a cada nova experiência que temos.Muitas coisas que sabemos hoje, aprendemos com a vida, que nos traz tantas experiências que a escola jamais poderiam ensinar.
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks