Documents

91703-O_mito_ante_a_filosofia_na_antiga_Grécia_2

Description
O mito antecede a filosofia na antiga Grécia O pensamento mítico buscava explicar a realidade recorrendo ao sobrenatural, ao mistério, ao sagrado, à magia. Os Deuses, os espíritos, o destino, governam a natureza, o homem,a própria sociedade. No século VI a. C. desenvolve-se o pensamento filosófico-científico na antiga Grécia  Filosófico-científico porque é construído a partir da própria racionalidade humana que observa e interpreta o mundo ( não mais recorrendo ao mito). Trata-se do desenvolv
Categories
Published
of 12
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Share
Transcript
  O mito antecede a filosofia na antigaGrécia O pensamento mítico buscava explicar a realidaderecorrendo ao sobrenatural, ao mistério, aosagrado, à magia.Os Deuses, os espíritos, o destino, governam anatureza, o homem,a própria sociedade.  N o século VI a. C. desenvolve-seo pensamento filosófico-científico naantiga Grécia  F ilosófico-científico porque é construído a partir daprópria racionalidade humana que observa einterpreta o mundo ( não mais recorrendo ao mito).Trata-se do desenvolvimento de uma forma depensar que também abre caminho para o que nósconhecemos academicamente como ciência, tendoem vista a busca por verdades mais confiáveisalcançadas por métodos mais consistentes;racionais.  ‡ E mbora o século VI a. C. seja bastante citado (por várioshistoriadores) como o de início da filosofia, tendo opensador Tales de Mileto como o primeiro dos filósofos, é justo lembrar que o pensamento filosófico não surge derepente, como se viesse de um nada histórico; ‡ N a antiga Grécia, desde o período homérico (XII-VIII a. C.)e, principalmente, o período arcaico (final do séc. VIII aoinício do séc. V a. C.), vários fatores sociais já vinham,pouco a pouco, contribuindo para a crescente formação deuma racionalidade exigente em busca de verdades maisconfiáveis; ‡ Qu ais eram esses fatores fomentadores de u ma crescenteracionalidade q u e favorece u o s u rgimento da filosofia ?  ‡ T ais fatores eram os seg u intes: ‡ Desenvolvimento da Cidade-Estado (a Polis ) , onde os adivinhos e poetas já nãosão vistos por todos como Mestres da Verdade; ‡ S u rgimento da moeda e do comércio, com incentivo aos cálc u los matemáticos (ea matemática contrib u i para o desenvolvimento da racionalidade ) ; ‡ A sociedade grega vai se tornando citadina e u rbana; as crenças na mitologia,embora não desapareçam totalmente, vão cedendo l u gar às explicações maisracionais (e estas serão chamadas, mais adiante, de F ilosofia ) ; ‡ Valorização da arte do diálogo, desenvolvida nas assembléias de g u erreiros, comarg u mentos q u e não recorrem aos mitos; nesses espaços, as disp u tas passam aser travadas através de disc u rsos racionais e não pelo u so de espadas; ‡ Contato com o u tras c u lt u ras q u e passam pelo porto de Mileto e trazem s u ascrenças distintas entre si, mostrando q u e a mitologia grega não é o único modopossível de explicar o m u ndo; ‡ N u ma sociedade escravocrata, a existência de u ma aristocracia com tempo livrepara o ócio, o u seja, com tempo livre para refletir e prod u zir o pensar filosófoco; ‡ A partir do séc. VI, o desenvolvimento da democracia em Atenas; A TRADIÇÃO DA CRÍTICA: com o desenvolvimento da Filosofia, torna-se cada vez maiscomum o discipulo criticar seu mestre, sem que isso implique necessariamente em inimizade;
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x