Conceitos da revisão bibliográfica
Biodiversidade
 – biodiversidade ou diversidade biológica compreende a totalidade de variedadede formas de vida que podemos encontrar na Terra (plantas, aves, mamíferos, insetos,microrganismos...).
Bioma
 uma unidade biológica ou espa!o geográfico cu"as características específicas sãodefinidas pelo macroclima, a fitofisionomia, o solo e a altitude, dentre outros critrios. #ão tiposde ecossistemas, $abitats ou comunidades biológicas com certo nível de $omogeneidade.
Magnoliopsidas
 – tambm c$amadas de dicotiled%neas, que são plantas com flor, cu"o embriãocontm dois ou mais cotildones. &ossuem rai' aial e fol$as com nerva!ão reticulada.
Distribuição cosmopolita
 – m biogeografia, di'*se que um grupo de seres vivos possui umadistribui!ão cosmopolita se ele pode ser encontrado praticamente em qualquer lugar do mundo.Tambm se fala, por eemplo, em g+nero cosmopolita, família cosmopolita, etc.
Filogenia
 – proposto por illi -enning, a filogenia estuda as $ipóteses de rela!es evolutivas,ou se"a, rela!es filogenticas, entre grupos de organismos. / a $istória evolutiva dos grupostaon%micos.
Período Terciário
 – 0esaparecidos os grandes rpteis que $abitaram o planeta durante a erameso'óica, os mamíferos se espal$aram rapidamente no período terciário, caracteri'ado por umaintensa atividade geológica, que deu srcem a algumas das principais cordil$eiras atuais, como o-imalaia, os 1lpes e os 1ndes. 0urante o terciário, ocorreu um progressivo esfriamentoclimático (muito intenso nos mares), alternado com fases de aumento sensível da temperaturanos continentes. Caracteri'ou*se ainda pela intensidade dos fen%menos geológicos, sobretudoorog+nicos, vulc2nicos e ligados 3 eleva!ão e rebaiamento das placas continentais.
Eoceno
 – 1 temperatura mdia da Terra era bem maior que a atual, devido ao 4áimo trmicodo &aleoceno*oceno, um aumento s5bito da temperatura global que marcou o final do&aleoceno e o inicio do oceno. 1s altas temperaturas favoreceram o desenvolvimento de bosques tropicais, que se espal$aram por todo o globo, at os polos. &orm, em meados dooceno, o clima come!ou a passar por mudan!as bruscas. &arte destas mudan!as teria sidoocasionada pela rápida separa!ão da 1ustrália e da 1ntártida, ocasionada pela deriva continental.6 isolamento da 1ntártida ocasionou o vento 1'olla, que diminuiu rapidamente a temperaturaglobal e iniciou o processo de glacia!ão antártica. ste esfriamento global, tambm tornou oclima mais seco, diminuindo a distribui!ão dos bosques tropicais e substituindo*os por planíciesmais abertas em diversas regies do mundo. 4uitos especialistas associam o surgimentos destasáreas abertas com a evolu!ão dos primeiros grandes mamíferos.
Paleoceno
 – o mundo do &aleoceno continuou muito semel$ante ao do período Cretáceo, aece!ão de que todos os grandes animais $aviam sido etintos na etin!ão 7*T. 6s continentescontinuavam sua lenta marc$a rumo as posi!es atuais8 embora ainda estivessem em uma forma bem distinta da atual. 1 1mrica do #ul e a 1ustrália permaneciam unidas a 1ntártida, a 9ndia
 
ainda se deslocava em dire!ão 3 :sia, sendo separada desta pelo 6ceano Ttis. 6 sul da uropa enorte da :frica eram um amontoado de il$as na liga!ão entre os oceanos Ttis e 1tl2ntico e a1mrica do ;orte e a :sia permaneciam unidas por uma ponte de terra em <ering. 6 clima erarelativamente mais quente que o atual e parecia seguir a tend+ncia de esfriamento, iniciada noinício da era meso'oica, porm no final do &aleoceno $ouve um s5bito aumento na temperaturado planeta, evento con$ecido como 4áimo trmico do &aleoceno*oceno, que marcou o fimdeste período e o início do oceno.
Bioprospecção
 – pesquisa e eplora!ão da biodiversidade de uma região, dos seus recursosgenticos e bioquímicos de valor comercial.
Prospecção
 uma palavra com origem no latim
 prospectione
 que significa a a!ão de prospectar ou pesquisar.
Gondwana
 – 6 supercontinente do sul que incluía a maior parte das 'onas de terra firme que$o"e constituem os continentes do -emisfrio #ul, incluindo a 1ntártida, 1mrica do #ul, :frica,4adagáscar, #eic$eles, 9ndia, 1ustrália, ;ova =uin, ;ova >el2ndia, e ;ova Caledónia.
aurásia
 6 supercontinente do norte que incluía os continentes que $o"e constituem o -emisfrio ;orte, incluindo a 1mrica do ;orte, uropa e :sia do ;orte.
!pomor"ias
 – características atuais que são derivadas de características primitivas de umaespcie ancestral.
#inapomor"ia
 – o prefio ?sin? indica que uma determinada apomorfia  compartil$ada por umdeterminado grupo.
Plesiom$r"ico
 o características primitivas. .@ a aus+ncia de coluna vertebral nosvertebrados uma característica
 plesiomórfica
, enquanto que a presen!a  uma característica
apomórfica
.
Mono"il%tico
 – grupo de indivíduos cu"os descendentes são de mesmo ancestral.
Para"il%tico
 – grupo do qual foi retirado um ou mais grupos monofilticos internos.
Dendrograma
 – qualquer representa!ão em forma de árvore que organi'a fatores e variáveis emvários ramos do con$ecimento. m filogenia c$ama*se dendrograma qualquer diagramaramificado que conecta espcies (1morim, ABB). 1tualmente tambm se utili'a o termoD:rvores EilogenticasF especificamente para os dendrogramas da Eilogenia, apesar de algunsautores utili'arem Dárvore filogenticaF como sin%nimo de Eilograma.Cladrograma – topologia de rela!es entre os táons terminais, ou se"a, o comprimento de seusramos não representa unidades de tempo ou mudan!as decorridas. ;ódulos $omólogos, não*$omólogos –
of 2