Computers & Electronics

A TRANSDISCIPLINARIDADE E

Description
A TRANSDISCIPLINARIDADE E A INTERDISCIPLINARIDADE EM ESTUDOS DA LINGUAGEM Ida Lucia Machado Jerônimo touro Emília Mendes organizadores Primeira edição FALE/UFMG Belo Horizonte CONSELHO EDITORIAL
Published
of 6
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Share
Transcript
A TRANSDISCIPLINARIDADE E A INTERDISCIPLINARIDADE EM ESTUDOS DA LINGUAGEM Ida Lucia Machado Jerônimo touro Emília Mendes organizadores Primeira edição FALE/UFMG Belo Horizonte CONSELHO EDITORIAL Dylia Lysardo Dias - UFSJ Emília Mendes - UFMG Ida Lucia Machado - UFMG Patrick Dahlet (UAG - Univ. das Antilhas e da Guiana) Rosane Monnerat - UFF Serge Borg - UFC- França Sophie Moirand (Paris III/França) 2013, IDA LUCIA MACHADO, JERÔNIMO COURA, EMíLlA MENDES Faculdade de Letras da UFMG Núcleo de Estudos sobre Transgressões, Imagens e Imaginários Avenida Antônio Carlos, Pampulha. CEP elo Horizonte - MG Tel.: (31) Ficha catalogr.!lfica elaborada pscs Bibliotecérios da Biblioteca FALEnJFMG m2 A trensdisciplinaridade e a Interdisciplinarldade em estudos da linguagem I Ida lucia Machado, JerOnlmo Colr8. EmlUa Mendes, organtzadores. Belo Horizonte: FAlElUFMG, p.: H. tebe. graf!; (p&b). - (Estudos do NETII; 1) Vários autores. Indul referências. ISBN: Análise do discurso. 2. Abordagem interdisciplinar do conhecimento. I, Machado, Ida lucia. 11.cccra, Jerõnlmo Mendes. Emnla. IV, Trtulo. V. Série, coa: 418 Pedidos de livros podem ser feitos pelo SUMÁRIO 125 Análise de autobiografias de alunos da Educação de Jovens e Adultos: ética, estética e alteridade Cláudio Humberto Lessa 143 Do significado lexical à ação discursiva 13 A transdisciplinaridade e a interdisciplinaridade em estudos de linguagem Ida Lucia Machado, Jerônimo Coura Sobrinho, Emília Mendes 17 Por uma interdisciplinaridade focalizada nas ciências humanas e sociais Patrick Charaudeau 53 Análise do discurso e análise do discurso teatral - um estudo dos modos de organização do discurso em Hamlet de W. Sharespeare na encenação de Peter Brook com o ator Adrian Lester (2001) Marcelo Cordeiro 67 Jean Peytard, textos literários e livros didáticos de Português Língua Adicional Regina Péret Oel'lsola e Luiz Prazeres 79 Discurso, Argumentação e Modalização dos processos avaliativos Wander Emediato HugoMari 173 Narrativa de vida como elemento de captação no discurso religioso Mônica Santos de Souza MeIo 193 Ligações perigosas entre Lautréamont, seu texto, o narrador e o leitor Renato de Mello 209 Considerações sobre as emoções e o discurso midiático: interlocuções entre psicanálise e análise do discurso Cássio Eduardo Soares Miranda 239 Nuances discursivas da entrevista: um diálogo com Peytard e Moirand Sônia Caldas Pessoa 253 Três estereótipos de formadores João Bôsco Cabral dos Santos 271 Sobre autores e organizadores 103 Análise discursivo-crítica da naturalização do corpo hegemônico em matérias jornalísticas brasileiras Maria Carmen Aires Gomes 276 Sobre tradutores 277 Sobre a revisão dos capítulos A transdisciplinaridade e a interdisciplinaridade em estudos da linguagem A coerência do conjunto de artigos que compõem esta coletânea não resulta do fato de os autores terem recebido de seus organizadores um tema comum para, a partir dele, compor e apresentar seus pontos de vista, traduzindo-os sob a forma de artigos ou capítulos do livro, mas sim do fato de que todos que aqui publicam compartilham um universo de crenças e saberes interligados que privilegiam a linguagem, sua prática e seu uso. O título do livro poderá parecer intrigante. Mas, no mundo linguageiro, o que não é intrigante? Ao trabalhar com a linguagem, estamos sempre agindo em interseção com diferentes faces do fenômeno que pode revestir variadas formas: as do texto literário; as do texto de imprensa; as do texto narrativo; as de desenhos, imagens ou figuras. Mais ainda: em nossa área de conhecimentos há um constante vai-e-vem entre disciplinas diferentes, que contribuem para formar os conceitos e teorias aqui apresentados. Porém, todos compartilham interesse semelhante pelo mesmo objeto: as diferentes formas de comunicar algo a alguém, dentro de um determinado contexto e obedecendo a determinadas circunstâncias. O artigo de Patrick Charaudeau, aqui traduzido e publicado, poderá ajudar o leitor a identificar o fio condutor que nos levou a propor o título do livro. Ninguém melhor que esse Mestre - nosso parceiro infatigável na grande aventura de ousar interpretar e analisar textos, buscando alguns de seus possíveis interpretativos - para explicar algumas das perspectivas que nos levam a indagar como e por que nosso objeto de estudo pode ser inter-, trans- ou pluri-disciplinar. Outro grande Mestre perpassa pelo livro e se detém mesmo em alguns dos seus capítulos, ajudando os autores em seu trabalho conceitual. Trata-se de Iean Peytard, nossa outra fonte de inspiração para o título supra citado. O linguista dirigia um laboratório de pesquisas na Faculdade de Letras da Université de Franche-Comté, laboratório este que, em seu início, foi denominado GRELIS. Tivemos a ocasião de prestar uma homenagem a este precursor dos estudos discursivos, grande estudioso no domínio da Gramática textual e da didática no ensino de línguas, em março/2012 ao organizarmos um evento na cidade barroca de Mariana- -MG, em uma proveitosa reunião de um grupo de analistas do discurso e pesquisadores da linguagem da UFMG, da UFV, do CEFET-MG, da UFU, da UFSJ, da UNIVAS, da Aliança Francesa de Belo Horizonte e de Ouro Preto (entre outros) com colegas do Instituto de Ciências Humanas e Sociais da UFOP. Esta empreitada foi fruto da ideia e incentivo que recebemos do Serviço Cultural da Embaixada da França, na presença do atuante e entusiasmado Professor Serge Borg; não poderíamos também negligenciar o auxílio que órgãos de fomento tais como a FAPEMIG e a CAPES, bem como o CENEX e o Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da FALE/UFMG nos deram para tal evento. À CAPES, entre outras coisas, agradecemos a publicação desta Coletânea. Note-se que o evento contou com a participação de vários pesquisadores franceses, alguns deles tendo sido alunos ou colegas de Iean Peytard na urc/prança, como Sophie Moirand, por exemplo, além de pesquisadores brasileiros de renome. Grande parte das produções deste grupo já foi publicada na revista do GERLFLINT, Synérgies Monde n- 10, em marçol2012. Restava-nos publicar outros artigos, oriundos de comunicações realizadas em algumas de suas mesas redondas ou fruto de pesquisas que são, de certo modo, a ele ligadas. É o que fazemos agora. Os organizadores da coletânea, que sempre se sentiram livres e felizes ao trabalhar com a Análise do discurso, observaram também, graças ao evento supracitado, que as propostas iniciais de Iean Peytard, já apresentadas no primeiro número de sua Revista Semen, em 1983, já apontavam para esta inter- ou trans-disciplinaridade linguageira que é, no fundo, um encontro harmonioso de saberes. O GRELIS sempre se constituiu como um ponto de encontro para o estudo de diferentes teorias semióticas e linguísticas, aplicadas em diferentes textos, levando em conta tanto as modalidades quanto as circunstâncias da aparição destes. Esse trabalho inter-, trans-disciplinar foi o que encontramos na Análise do Discurso do Centre d'analyse du Discours de Paris XIII e nos escritos de seu Diretor, o Professor Patrick Charaudeau. Com sua teoria Semiolinguística, Charaudeau mostra-se um adepto das trocas conceituais entre parceiros, sejam estes vindos da Linguística discursiva e textual, da Sociologia, da Literatura, da Antropologia, etc. No Brasil, ampliamos esta interface nela incluindo a Psicanálise (cujo estudo não era estranho ao grupo de Peytard) e, mais recentemente, os discursos transgressivos e as narrativas de vida, entre outros. Muito devemos aos dois Mestres franceses. Uma vez no Brasil, suas teorias e conceitos encontraram um terreno favorável para ampliação: não dizem que o sol dos Trópicos faz as plantas crescerem mais que o sol europeu? Essa metáfora quer apenas simbolizar o feliz encontro de teóricos e teorias abertas vindos de outras terras com um grupo de pesquisadores brasileiros que enxergam nesta abertura um espaço de crescimento e integração e mais ainda: de construção de identidades que se respeitam e sentem prazer na colaboração mútua. Os pesquisadores que contribuem para a realização deste livro nele apresentam, pois, sem receio, suas diferentes concepções dos objetos linguageiro e discursivo. Este livro é um livro aberto, diríamos, parodiando o título de uma das primeiras publicações de um teórico italiano. Um livro aberto onde não foram impostas regras rígidas: cada pesquisador(a)/ autor(a) se debruçou sobre um de seus temas de pesquisa. Ao leitor, a tarefa de escolher nessa diversidade livre de entraves - e logo, transgressiva, de modo positivo -, as abordagens que mais coadunam com seus pontos de vista. Ou passear entre todas as temáticas e possibilidades. Mais não diremos: deixemos a aventura da descoberta da coletânea para o leitor. Belo Horizonte, verão de Ida Lucia Machado [erônimo Coura Sobrinho Emília Mendes (Organizadores)
Search
Similar documents
View more...
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x