Documents

Análise Das Demonstrações Financeiras

Description
Análise Das Demonstrações Financeiras
Categories
Published
of 13
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Share
Transcript
  1. ANALISE DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRA 2.3.4.5.6.1. Qual é a condição elementar para que uma organização se mantenha viva e saudável, portanto contínua em sua operação?O valor econômico dos produtos e serviços gerados seja suiciente para repor, minimamente, o valor dos recursos consumidos para o!tenção destes produtos e serviços #s $ontes de %normaç&es ''''''''''''''''''''''''' é realizada dentro da entidade pelos seus pr(prios ''''''''''''''''''''''''''''''''' visando inormar  ''''''''''''''''''''''' au)iliando nas ' c)interna,próprios empregaos, aministraores, tomaas e ecis!es Quais são as atividades econômicas que podem ser classiicadas no setor terciário ?#tividades relacionadas * atividade de serviço+omo podemos deinir a e)pressão mercado para as empresas que atuam no regime capitalista-. o local onde se eetuam as transaç&es de compra e venda ou troca de ativos %ndique, de acordo com as alternativas a!ai)o, qual a principal característica de um sistema a!erto, no que concerne ao sistema de inormaç&es de uma empresa-# troca constante de inormaç&es com o am!iente ao seu redor   +omo pode ser deinido o processo decis(rio que !usca respostas através dos modelos dos relat(rios contá!eis o!rigat(rios e não o!rigat(rios presentes no mercado, assim como !aseado nas variáveis econômicas e)istentes-#nálise $inanceira  2.3.4.5.6. /ma qualidade essencial das inormaç&es apresentadas nas demonstraç&es contá!eis é que elas sejam prontamente entendidas pelos usuários 0ara esse im, presume1se que os usuários tenhamum conhecimento razoável dos neg(cios, atividades econômicas e conta!ilidade e a disposição de estudar as inormaç&es com razoável dilig2ncia 3odavia, inormaç&es so!re assuntos comple)os que devam ser incluídas nas demonstraç&es contá!eis por causa da sua relev4ncia para as necessidades de tomada de decisão pelos usuários não devem ser e)cluídas em nenhuma hip(tese, inclusive so! o prete)to de que seria diícil para certos usuários as entenderem 5stamosdiante da 6o7 seguinte característica qualitativa das demonstraç&es contá!eis-compreensi!ilidade8# demonstração de resultados do 5)ercício é um relat(rio que evidencia-O lucro ou prejuízo gerado num determinado período8O undamento te(rico da #nálise $undamentalista consiste na tese de que-5)iste uma correlação l(gica entre o valor intrínseco de um ativo de mercado e seu preço de negociação89elacione a primeira coluna com a segunda de acordo com os usuários e suas necessidades de inormaç&es contá!eis: 1 ; 1 < 1 = 1 >   #purar ou calcular índices é uma tarea !astante simples, tendo em vista que as (rmulas já se encontram padronizadas O que se precisa é meramente um conhecimento de matemática !ásica ou inanceira e sa!er classiicar e e)trair as contas das demonstraç&es a im de aplicá1las *s (rmulas O grande desaio do pro!lema em questão é justamente a análise ou interpretação destes cálculos ou dos índices e)traídos +alcular é muito simples, mas não é uma atividade que se encerra em si mesma %ndispensável é reorçar a necessidade de !em interpretar os dados e inormaç&es +om relação * análise inanceira, a airmação acima está- +ompletamente correta    1.2.3.4.5.6.1. +onsidere as seguintes airmativas com relação ao processo de tomada de decisão- % 1 # partir da análise dos demonstrativos contá!eis ormalmente apurados pelas organizaç&es, conorme as dierentes e)pectativas de seus usuários e)traem1se inormaç&es so!re a posição passada, presente e utura de um empreendimento %% 1 # preocupação do analista centra1se nas demonstraç&es contá!eis da sociedade, das quais são o!tidas conclus&es a respeito de sua situação econômico1inanceira, que determinam ou inluenciam suas decis&es %%% 1 # l(gica da análise desenvolve1se por meio de técnicas oriundas de dierentes áreas de conhecimento, sorendo, periodicamente, um processo natural de aprimoramento e soisticação 5stá6ão7 correta6as7 a6s7 airmativa6s7-%, %% e %%%endo o #tivo 3otal de 9@ <AA,AA, o 0atrimônio Bíquido de 9@ >CA,AA e o 0assivo Dão +irculante de 9@ CA,AA, o passivo +irculante será de -9@ ><A,AA   $echado o ano iscal :A); a +ia #E+ apresentou os seguintes valores- o controller da empresa sinalizou que o ativo de curto prazo cresceu em relação ao ano anterior em ? #no :A):- estoque @=A, veículos @ FA, ornecedores @=A, clientes @>>A, capital @:AA #no :A); estoque @ CA, veículos @ >=A, ornecedores @ >:A, clientes @ ><A, capital @ :=A<GH# análise horizontal e vertical ão métodos de análise comparativa entre períodos que permite identiicar a movimentação dos itens- 0atrimoniais e de resultados e comparar com os resultados do setor para situar a empresa e disparar as medidas de correção, caso sejam necessárias Quando !uscamos encontrar a relação percentual de um elemento com o todo de que az parte, estamos utilizando o método de análise de !alanço denominado-análise vertical # principal inalidade da análise por quociente é- esta e#ecer inicaores e sit$a%!es espec&'cas re(errentes aos aspectos econmico e 'nanceiro e $ma empresa* #s principais técnicas de #DIB%5 +OJ0#9#3%K# das demonstraç&es inanceiras são-#nálises Lorizontal e Kertical, análise de Mndices ou Quocientes e análise do +apital de Niro   2.3.4.5.6.1.2. # interpretação do índice de Biquidez +orrente é de-quanto maior, melhor o seu resultado # empresa DOK# #J9%+# apresentou no ano de :AP< um aturamento de 9@ >;A,A Jilh&es , ante aos 9@ >:A, Jilh&es veriicado em :AACR # partir dessa inormação e)traída do um 9elat(rio #nual dessa empresa, a variação percentual dada pela #nalise Lorizontal é de -G,GFH   /ma empresa possui as seguintes inormaç&es e)traídas de seu Ealanço 0atrimonial e Semonstrativo de 9esultado em :AAF # sa!er- O Bucro Bíquido em :AAG, :AAC e :AAF oi de 9@ >< CAA8 9@ :: :AA e 9@ :F AA, respectivamente O 0atrimônio Bíquido em :AAG, :AAC e :AAF de9@ ;G AAA8 9@ >>> AAA e 9@ >C= AAA, respectivamente O #tivo 3otal em :AAG, :AAC e :AAF de 9@ G< AAA8 9@ <<< AAA e 9@ G<A AAA, respectivamente 5ntão pode1se dizer que-O controller ao analisar os demonstrativos da empresa, pode controlar o desempenho da mesma airmando que a 9enta!ilidade do +apital 3otal em cada e)ercício está em declínio, uma vez que os índices oram de :AH, =H e <H devido ao crescimento de %nvestimentos no #tivo da empresa /m índice de endividamento geral, de ;AH, indica que- A empresa 'nancia +- os se$s ati.os com capita# e terceiros* O índice de endividamento geral mede a proporção dos ativos totais da empresa inanciada pelos credores, desta orma podemos dizer que-Quanto maior or este índice, maior será o montante de capital de terceiros, que vem sendo utilizado para gerar lucrosuponha que a S95 de uma determinada empresa apresente os seguintes valores de receita operacional líquida- 5)ercício de P>T9@: AAA,AA 5)ercício de P: T9@; =AA 5)ercício de P; T 9@= AAA 5)ercício de P< T 9@G AAA 5)ercício de P= T 9@F =AA Desse caso, escolhendo o e)ercício P= como !ase, t2m1se os seguintes nUmeros percentuais correspondentes aos e)ercícios P>, P:, P;, P< e P=-:>H, ;GH, =;H, G<H, >AAHO índice inanceiro, tam!ém conhecido como margem de lucro, indica como as vendas se convertem em lucro . denominado- Retorno so re as .enas/
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x