Slides

1a. aula o que é umbanda e amaci

Description
1. Nossa Casa, espírita desde sua fundação,começou a receber a visita de Espíritosligados ao movimento umbandista, atravésde vários médiuns. Então,…
Categories
Published
of 62
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Nossa Casa, espírita desde sua fundação,começou a receber a visita de Espíritosligados ao movimento umbandista, atravésde vários médiuns. Então, resolvemosestabelecer um estudo sistemático no 1º.Domingo do Mês para conhecermos o tema:O que é a Umbanda?Umbanda tem fundamento?É preciso estudar a Umbanda para entenderesta Doutrina?O que é o Ritual do Amaci.1ª. Aula.
  • 2. Contudo, qualquer processo ritualísticorequer um instrumento poderoso decondução que é evocação, o pedido, aprece. Me refiro a prece como umpedido feito com desejo, com a força docoração, com a fé, e nãonecessariamente algo decorado ou lidosem nenhuma emoção.Também é importante lembrar quealcançar o que foi pedido, dependerá dograu de merecimento de cada um.
  • 3. Na Umbanda o Anjo da Guarda não éconsiderado um Guia ou Orixá, massim um Espírito Celestial, iluminado, deessência pura e de energiapoderosíssima. Eles auxiliam noequilíbrio essencial do médium e osmantêm envolvidos por uma energiapura e divina.
  • 4. A principal função de um Congá écriar um magnetismo, uma ligaçãoentre a espiritualidade e a matéria.É um ponto de força poderoso dolocal, funcionando eletricamentecomo um portal, irradiador deenergias positivas e facilitando ocontato com esferas espirituais edimensões paralelas à nossa.
  • 5. O branco na verdade não é umacor, e sim o somatório de todaselas e, por isso, traz consigo aspropriedades terapêuticas detodas elas além de seressencialmenterefletora, inclusive de cargasastrais. O branco tambémfavorece a mente estimulandopensamentos mais puros esublimes.
  • 6. O ato de bater cabeça representa umato de humildade, obediência eresignação aos preceitos religiosos daUmbanda. Deve-se, em uma rápidaprece mental, pedir a licença paratrabalhar “neste chão” e pedir auxílio aDeus, aos Orixás e aos Guias espirituais,para maior proteção e melhordesempenho de nossas funçõesmediúnicas.
  • 7. Os pontos cantados são, dentro dosrituais de Umbanda, um dosaspectos mais importantes para seefetuar uma boa gira.Os verdadeiros pontos cantados, sãoos chamados de raiz (são os pontosensinados pelas próprias entidades).O ponto cantado com fé e devoçãoevoca imagens fortes e atingem ládentro do coração e da emoção averdadeira fé, pura e simples.
  • 8. Ao baterpalmas, descarregamos ascargas negativas e aindaativamos e abrimos oschacras das palmas dasmãos, preparando-as para aemissão e captação deenergia, preparando-as para otrabalho em si.
  • 9. Mediunidade de OgãSer Ogã é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo doTerreiro, tocando músicas bonitas para as entidades,médiuns e assistentes.Ser Ogã é participar de forma efetiva e consciente nostrabalhos. Isso exige conhecimento, concentração,responsabilidade e mediunidade. Sim, mediunidade. O Ogãtambém é médium, sabia? É o médium responsável pelocanto, pelo toque, pela sustentação e equilíbrio harmônicodos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogãpode incorporar, porém a sua mediunidade manifesta-senormalmente de forma diferente do restante do corpo
  • 10. mediúnico. Manifesta principalmente através da suaintuição, das suas mãos, braços e cordas vocais onde osGuias responsáveis pelo toque e pelos cantos imantam osseus médiuns, tal como fazem os demais, e comandam todosetor da curimba. Esses mestres da música atuamativamente, mas de forma pouco perceptível à grandemaioria dentro do ritual de Umbanda e, muitas vezes, sãopoucos lembrados ou sequer é conhecida a sua existência.Mas não é verdade que todos os Guias da casa saúdam “osatabaques” quando incorporados nos seus médiuns? Narealidade, eles estão saudando seus “colegas anônimos” deTrabalho. A magia e força lá assentada e que se manifestaatravés de seus médiuns (ogãs) que os representam junto aoatabaque.
  • 11. Porém, às vezes, essa atuação “passiva” desses guardiões domistério do som torna-se “ativa” e acontece uma espécie de“incorporação”: o Ogã toca um ponto ou um toque por eleaté então desconhecido e depois esquece-o. Isto deve-se aofato de todos os Ogãs trabalharem de forma ativa emediúnica em parceria com esses mentores, profundosconhecedores dos mistérios do som ou da música.Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativadospelos Ogãs, são verdadeiros instrumentos de auxílioespiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar eirradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelopróprio Ogã como pelas entidades de trabalho para os maisdiversos fins.
  • 12. Considerando que a matéria é energiacondensada "em descida" vibratória do mundooculto, a defumação representa uma operaçãoinversa ou libertação de energias, as quaispassam a repercutir nos planos etéricos eastrais de onde se originaram.A queima de ervas defumadoras tambémobedece a uma determinada disciplina mental econcentração, além da limpeza espiritual doambiente.
  • 13. A fumaça do fumo ouincenso condensa asidéias, desencadeiam oprocesso detransferência dos planose os sons seharmonizam com osciclos da natureza,trazendo oumovimentando muitasforças
  • 14. O batismo é uma consagração muito importante emqualquer religião, e na umbanda não é diferente.Aliás, é indispensável, pois só após o batismo omédium terá uma vida religiosa completa. O Batismoé o condão de iniciação onde o iniciante e iniciado,recebem a benção dos Orixás e dos Mentores de Luzdentro do contexto espiritual umbandista que lheabrirão as portas da evolução no caminho de nossafé. É o florescimento e a coroação do umbandistacomo prova de sua religiosidade e dedicação.
  • 15. Conhecidas também como "Cordão de Santo","Colar de Santo" ou "Fio de Contas".São compostas de certo numero de elementos(contas de cristal ou louça, Lágrimas de NossaSenhora, dentes, palha da costa, etc..),distribuídos em um fio de Aço ou Barbante,(que sejam condutores de energia) obedecendoa uma numerologia especifica e uma cronologiaadequada, ou ainda, de acordo com asdeterminações de uma entidade em particular.
  • 16. Amaci é o ritual que desperta oconsciencial do médium,ativando o chakra coronárioabrindo a mediunidade, aconsciência e a visão espiritual.Através da lavagem de cabeça,limpa-se o campo energéticodo médium para a melhoraproximação de energias dosespíritos mais elevados daUmbanda.
  • 17. As fases da lua são de grandeimportância nos trabalhos daespiritualidade, pois exercem forteinfluência sobre todas as esferasenergéticas do planeta. Percebemosclaramente o reflexo desta influênciano comportamento dos seres comoanimais, plantas e em nós mesmos.De Nova a Crescente, ela está sempreem estado positivo.
  • 18. Toda operação ritualística de ordem elevada, comopreceitos, batismos, afirmações, confirmaçõesdiversas, trabalhos para fins materiais, descargaspor demandas, e que envolvam oferendas,confecções e preparações sobre “guias ou colares”,talismãs ou patuás diversos, só devem sermovimentados ou executados dentro destaquinzena.A Lua Cheia é favorável para qualquer tipo deafirmação, já a Minguante está sempre cominfluenciação no aspecto passivo ou deencerramento, para todos os trabalhos.
  • 19. O cambone é um secretário das entidades. Elezela pelo bom atendimento, ajuda a dinamizaras consultas, facilita o trabalho das entidades eserve também como ponte de comunicaçãoentre o guia e o consulente. É o responsávelpela manutenção do padrão vibratório duranteo trabalho, portanto deve ter grande firmezade pensamento e sentimento, a fim de evitardesequilíbrios emocionais e espirituais.Portanto ele dedica a mesma responsabilidade,comprometimento e dedicação que os médiunsostensivos.
  • 20. Os pontos riscados são traçadosgeralmente com um giz de calcário,conhecido como Pemba. Esse gizmineral além de ser consagradopara ser utilizado para escritasagrada também, pode sertransformado em pó e utilizado deoutras formas em preparações oucerimônias ritualísticas.
  • 21. Tudo é feito da mesma energia, nossocorpo, nossa alma até o Cosmos.Os órgãos de nosso corpo desprendem ondaseletromagnéticas constantemente, impregnandotudo a nossa volta, nos objetos e nos seres vivos.Desta forma, o homem está sempre cercado dasvibrações emanadas dosminerais, vegetais, enfim, de toda criação doUniverso, o próprio ser humano já é um serirradiante de vibrações, nos mais diferentes grausde fluidez, intensidade ou vitalidade.
  • 22. As oferendas são fontesenergéticas utilizadas em váriosrituais, e quando essas energiasse projetam nos elementos físicosse condensam até se dissiparemno campo vibratório, onde seentrecruzam e se transformamem nova energia.
  • 23. Os banhos de ervas podemdeslocar ou eliminar as cargasnegativas que ficamimpregnadas no corpo etéreo deuma pessoa, ou absorveralgumas energias específicas, ouainda, o banho pode precipitarem maior elevação energéticados fluídos etéreo-físicos domédium e seu mentor espiritual.
  • 24. Os banhos de ervas são rituais quefazem parte do processo damediunidade, pois são veículos depurificação do corpo e do espírito. Umapessoa pode ter vários fluídos pesadosem seu corpo, e através dos banhosestes fluidos são descarregados. Para odescarrego, normalmente utilizam-seplantas e ervas medicinais conhecidasdesde os mais longínquos tempos.
  • 25. Cada linha compõe-se de setelegiões, tendo cada legião o seuchefe. Cada legião divide-se emsete grandes falanges, que porsua vez também tem um chefe ecada falange divide-se em setesub-falanges e assim por diante,obedecendo a um critério lógico.
  • 26. Características dos filhos dos Orixás:Os Filhos de Fé não recebeminfluência de apenas um ou doisOrixás. Podemos receberinfluências de outros Orixás(como se fossemprofessores, avós, tios, etc).O fato de recebermos essasinfluências não quer dizer quesomos filhos ou afilhadosdesses Orixás. Trata-se apenasde uma afinidade espiritual.Uma pessoa, às vezes, não se dámelhor com uma tia do que com
  • 27. Assim como na Umbanda existem sete Orixás Menores Chefes delegião, na Kimbanda (que muitos confundem com Magia Negra)existem sete Exus Guardiões da Luz para as sombras que são:Paralela ativa = UMBANDA Paralela passiva = KIMBANDAORIXÁS EXUS GUARDIÕESORIXALÁ EXU Sr. DAS 7 ENCRUZILHADAS.OGUM EXU Sr. TRANCA-RUAS.OXOSSI EXU Sr. MARABÔ.XANGÔ EXU Sr. GIRA MUNDO.Yorimá EXU Sr. PINGA-FOGO.YORI EXU Sr. TIRIRI.YEMANJÁ EXU Sra POMBA-GIRA
  • 28. AS TRÊS FORMAS DE APRESENTAÇÃO:As 3 formas de apresentação dos mentores espirituais, são:· PRETOS VELHOS (PAI PRETO)representando a HUMILDADE, SABEDORIA.· CABOCLOS (de ORIXALÁ/ OXOSSI/ XANGÔ/ OGUM/YEMANJÁ), representando a SIMPLICIDADE, a FORTALEZA.· CRIANÇAS,representando a PUREZA, o AMOR.
  • 29. CONTATOS:portaldaredencao@gmail.comEnd: Go-070 (Saída p/ Goianira- Inhumas),Km 07, à direita, Estrada de São Jorge,Glebas 451/454, Parque Maracanã,Goiânia-Go. Ref.: Passar policia rodoviária,Condominio Morumbi, Espaço Vivara eentrar na estrada de São Jorge (ao lado doPortal Place).Responsável p/ aula: Zenaide da Luz
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks