Documents

A paisagem e o geossistema como possibilidade de leitura da expressão do espaço sócio-ambiental rural.pdf

Description
A paisagem e o geossistema como possibilidade de leitura da expressão d... https://confins.revues.org/10?lang=pt Revue franco-brésilienne de géographie / Revista franco-brasilera de geografia 1 | 2007 : Número 1 A paisagem e o geossistema como possibilidade de leitura da expressão do espaço sócio- ambiental rural
Categories
Published
of 20
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  Revue franco-brésilienne de géographie / Revista franco-brasilera de geografia 1 | 2007 :Número 1 A paisagem e o geossistemacomo possibilidade de leitura daexpressão do espaço sócio-ambiental rural D J  S L  Entradas no índice Index de mots-clés : paysage Index by keywords : Landscape Índice geográfico : Curitiba, Paraná Texto integral   A Geografia como ciência de caráter eminentemente ambientalista permite no estudoda relação entre os homens e o meio natural a análise da expansão dos sítios urbanos erurais, instalação de núcleos de colonização, implantação de sistemas produtivostecnificados e suas inter-relações com os demais componentes do estrato geográfico. 1 Desde o sucesso da Teoria Geral dos Sistemas, de Bertanlanffy, no início dos anos1950 do século XX, a análise sistêmica extravasara todas as disciplinas. O trabalho deJean Tricart (1965), com a sua classificação ecodinâmica dos meios ambientes, jáassinala o aparecimento da teoria sistêmica na Geografia. 2 Tricart (1977) define um sistema como um conjunto de fenômenos que se processammediante fluxos de matéria e energia. Esses fluxos srcinam relações de dependênciamútua entre os fenômenos. Surge daí uma entidade global nova, mas dinâmica. Para o 3 A paisagem e o geossistema como possibilidade de leitura da expressão d...https://confins.revues.org/10?lang=pt1 de 2004/11/2016 01:55  Paisagem e geossistema autor, esse conceito permite adotar uma atitude dialética entre a necessidade da análisee a necessidade de uma visão de conjunto, capaz de ensejar uma atuação eficaz sobreesse meio ambiente. Através da análise de um sistema, reconhecem-se conceitualmenteas suas partes interativas, o que torna possível captar a rede interativa sem ter desepará-las. “O conceito de sistema é, atualmente, o melhor instrumento lógico de quedispomos para estudar os problemas do meio ambiente” (Tricart, 1977). A polissemia da noção de paisagem apresenta a possibilidade de leitura da expressãoda interação sistemas naturais-sociais através da abordagem sistêmica. Essa propostadesempenha um papel epistemológico, prático e de grande importância na análise daconstrução da paisagem. 4  A evolução da “ciência da paisagem” no âmbito da Geografia conduziu a melhordefinição do conceito a partir do questionamento da dicotomia entre paisagem humanae paisagem natural embora a visão da paisagem natural predominasse como elementoideográfico e descritivo. As escolas alemãs e russas se desenvolveram em torno dessadiscussão srcinalmente e interagiram posteriormente com a escola francesa que sedesenvolvia paralelamente. Esta última trouxe várias contribuições a Geografia brasileira, fornecendo suporte teórico a metodologia. A discussão da noção de paisageme sua evolução na Geografia e a sistematização do conceito de geossistema para comporo método de análise da paisagem foram a base, no Brasil, para os esforços de análisesintegradas na tentativa de articular o maior número possível de correlações dosdiferentes atributos na estrutura de uma paisagem (Monteiro, 2001). O fato da análiseintegrada da paisagem considerar a dimensão natural e social dos sistemas paisagísticospossibilita avaliar como acontece a interação sociedade-ambiente nos diferentesespaços. 5 Neste estudo apresentou-se o resultado da aplicação da análise integrada da paisagempor meio do método de análise geossístêmico, como contribuição da Geografia para otrabalho interdisciplinar da linha de pesquisa dos “Sistemas Sociais, Técnicos eRecursos Naturais de Áreas Rurais” do Doutorado em Meio Ambiente eDesenvolvimento da Universidade Federal do Paraná (2002-2006). A pesquisa teve porobjetivo de compreender os processos que conformam o espaço rural da RegiãoMetropolitana de Curitiba (RMC) e as diferenciações do quadro social-ambiental deseus municípios “rurais”. Neste contexto, a análise da paisagem teve como finalidadeidentificar os possíveis conflitos entre ambiente e sociedade. 6  A RMC é marcada pela heterogeneidade social, econômica e físico-natural. Osmunicípios de São José dos Pinhais, Mandirituba, e Tijucas do Sul apresentamdinâmicas diferenciadas no espaço rural quanto às políticas públicas; sistemasprodutivos; condicionantes ambientais e história de ocupação. Sendo assim, definiu-seos três municípios como ilustrativos desse universo rural da RMC e seus limitesadministrativos como escala de desenvolvimento da pesquisa (Mapa 1). 7  Admitindo-se que a noção de paisagem seja uma interpretação social da interface daterra, mesmo que não-apreendida pela pesquisa científica, seria muito significativa aaproximação da noção de paisagem da noção de meio ambiente. O meio ambienteconsiste no conjunto dos elementos externos que envolvem a sociedade e interagemcom ela; a paisagem é, ao contrário, uma produção interna, nascida da sociedade econfere uma existência social àquilo que se encontra em contato com o envoltórioexterno, ou seja, a interface sociedade-natureza. 8 Bertrand (1968) definiu a paisagem como uma entidade global, que possibilita a visão 9 A paisagem e o geossistema como possibilidade de leitura da expressão d...https://confins.revues.org/10?lang=pt2 de 2004/11/2016 01:55  sistêmica numa combinação dinâmica e instável dos elementos físicos, biológicos eantrópicos (conjunto único e indissociável em perpétua evolução perpétua). O autorsalienta que as escalas tempo-espaciais foram utilizadas como base geral de referênciapara todos os fenômenos geográficos e que todo estudo de um aspecto da paisagem seapóia num sistema de delimitação mais ou menos esquemático, formado por unidadeshomogêneas (em relação à escala considerada) e hierarquizadas, que se encaixam umasnas outras.Este artigo, intitulado  Paysage e geographie physique globale , tornou-se um marcoepistemológico da Geografia, inclusive no Brasil, Nele Bertrand explicita as relaçõesentre paisagem e o geossistema. Naquele momento de discussões epistemológicas eeclosão de um paradigma geográfico, acontece a conferência de Estocolmo (1972),marco da “crise ambiental”, que vai permear todas as discussões políticas, econômicas,e científicas do final do século XX. Conseqüentemente, as noções e os conceitos recebemforte influência do debate ambientalista. 10  A análise sistêmica na Geografia nasceu do esforço de teorização sobre o meionatural, o mais simples e global, com suas estruturas e seus mecanismos, mais oumenos modificados pelas ações humanas, mas independentes do fenômeno direto enão-controlado da percepção. Para Bertrand e Beroutchachvili (1978), essa construçãosó é possível a partir da mensuração. 11  Assim, o ponto de partida seria o conceito de geossistema ou “sistema geográfico”, ou,ainda, “sistema territorial natural”. O conceito de geossistema surgiu na escola russa deum esforço de teorização sobre o meio natural, suas estruturas e seus mecanismos talcomo existem na natureza. O termo geossistema foi utilizado em 1963 por Sotchava(1977) para descrever a esfera físico-geográfica, que apresentava características de umsistema, com base no fato de que as “geosferas” terrestres estariam interrelacionadaspor fluxos de matéria e energia. 12 Segundo o autor, os geossistemas são sistemas territoriais naturais, que se distinguemno envoltório geográfico, em diversas ordens dimensionais, generalizadamente nasdimensões regional e topológica. São constituídos de componentes naturaisintercondicionados e inter-relacionados em sua distribuição e se desenvolvem notempo, como parte do todo. Sotchava (1977) esclarece nesse sentido que, embora osgeossistemas sejam fenômenos naturais, todos os fatores econômicos e sociais queinfluenciam sua estrutura são levados em consideração durante o estudo e a análise (nocaso da escola russa são feitas descrições verbais ou mensurações e cálculosmatemáticos). 13 O geossistema é o resultado da combinação de fatores geológicos, climáticos,geomorfológicos, hidrológicos e pedológicos associados a certo(s) tipo(s) de exploração biológica. Tal associação expressa a relação entre o potencial ecológico e a exploração biológica e o modo como esses variam no espaço e no tempo, conferindo uma dinâmicaao geossistema. Por sua dinâmica interna, o geossistema não apresentanecessariamente homogeneidade evidente. Na maior parte do tempo, ele é formado depaisagens diferentes, que representam os diversos estágios de sua evolução. 14 Com base nessa construção, Bertrand (1972, p. 8-9) propôs um sistema declassificação da paisagem, que comportaria seis níveis tempo-espaciais divididos emunidades superiores (zona, domínio e região) e unidades inferiores (geossistema,geofácies e o geotopo), como se pode ver no Quadro 1. 15 Sob a influência das escolas russa e alemã, Bertrand (1968) propõe uma definição degeossistema e incorpora ao conceito original do “complexo territorial natural” adimensão da ação antrópica. Nessa perspectiva, o geossistema é, para Bertrand, umacategoria espacial, de componentes relativamente homogêneos, cuja estrutura edinâmica resultam da interação entre o potencial ecológico: processos geológicos, 16 A paisagem e o geossistema como possibilidade de leitura da expressão d...https://confins.revues.org/10?lang=pt3 de 2004/11/2016 01:55  Mapa 1 Mapa de localização da área de estudoQuadro 1 Proposta de classificação da paisagem em níveis tempo-espaciais e a relação degrandeza das unidades de paisagem climatológicos, geomorfológicos e pedológicos (a mesma evolução); a exploração biológica: o potencial biótico (da flora e da fauna naturais) e a ação antrópica: sistemasde exploração socioeconômicos. Redefinido nas discussões teórico-metodológicas, ogeossistema aproxima-se do conceito de paisagem como paisagem global, na qual seevidencia a preocupação com a interação natureza-sociedade. Na análise geossistêmica,o geossistema é uma categoria de sistemas territoriais regido por leis naturais,modificados ou não pelas ações antrópicas. A paisagem e o geossistema como possibilidade de leitura da expressão d...https://confins.revues.org/10?lang=pt4 de 2004/11/2016 01:55
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks