Slides

Atps processos adminsitrativos

Description
1. 6 Faculdade Anhanguera EAD – Unidade Belo Horizonte Administração ATPS PROCESSOS ADMINISTRATIVOS Prof. Prof.Tutor Presencial: Eduardo Dias Soares Prof. Tutor EAD:…
Categories
Published
of 27
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. 6 Faculdade Anhanguera EAD – Unidade Belo Horizonte Administração ATPS PROCESSOS ADMINISTRATIVOS Prof. Prof.Tutor Presencial: Eduardo Dias Soares Prof. Tutor EAD: Eduardo Dias Soares Belo Horizonte – MG Junho/ 2014
  • 2. 6 Paloma Gomes de Freitas RA 1299776671 Fernanda Carlos de Freitas RA 1299776645 ATPS PROCESSOS ADMINISTRATIVOS Trabalho apresentando à Disciplina de Processos Administrativos do curso EAD – de Administração Unidade Belo Horizonte da Faculdade Anhanguera. Belo Horizonte – MG Junho/2014
  • 3. 6 Faculdade Anhanguera EAD – Unidade Belo Horizonte Administração AGRADECIMENTOS Belo Horizonte – MG Junho/2014
  • 4. 6 SUMÁRIO 1 – Introdução ao Projeto de Extensão Universitária.............................................................06 2 - Desenvolvimento...............................................................................................................06 2.1-Objetivo Geral..................................................................................................................06 2.2-Objetivo Específico..........................................................................................................07 2.3-Justificativa.......................................................................................................................07 2.4-Método.............................................................................................................................08 2.5-Viabilidade e Cronograma................................................................................................08 3 – Considerações Finais........................................................................................................10 4 – Implicações Éticas............................................................................................................10 5 – Referências Bibliográficas................................................................................................10 Etapa 1 1. – Introdução ......................................................................................................................12 2 – Desenvolvimento ............................................................................................................12 2.1. – Pesquisa Comparativa das Definições de Planejamento ............................................13 2.2 – Confronto dos Artigos de Roberto Shinyashiki e Paulo Barreto .............................14 3 – Considerações Finais .....................................................................................................15 4 – Referências Bibliográficas .............................................................................................16 Etapa 2 1. – Introdução ......................................................................................................................17 2 – Desenvolvimento ............................................................................................................17 2.1– Início das decisões para elaboração de um plano estratégico de extensão universitária .................................................................................................................................. .............17 2.2 – Papel de cada integrante do grupo dentro do Projeto .................................................18 3 – Considerações Finais ......................................................................................................19 4 – Implicações éticas ..........................................................................................................19
  • 5. 6 4 – Referências Bibliográficas .............................................................................................19 Etapa 3 1 – Introdução ........................................................................................................................20 2 – Desenvolvimento .............................................................................................................20 3 – Considerações Finais .......................................................................................................22 4 – Implicações Éticas ...........................................................................................................23 4 – Referências Bibliográficas ..............................................................................................23 Etapa 4 1 – Introdução ........................................................................................................................24 2 – Desenvolvimento .............................................................................................................24 3 – Considerações Finais .......................................................................................................26 4 – Implicações Éticas ...........................................................................................................27 4 – Referências Bibliográficas ..............................................................................................27
  • 6. 6 1 - INTRODUÇÃO AO PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Projeto de Extensão Universitária de Capacitação Profissional para Empreendedores Informais como Forma de Inclusão Social O presente projeto de extensão tem como objetivo geral fornecer educação continuada por meio de orientação e capacitação profissional relacionada ao Empreendedorismo, Marketing e Gestão de Pessoas para os ambulantes, expositores e feirantes que atuam nos Shoppings Populares, Feira de Artesanato da Afonso Pena e Feira de Artesanato do Mineirinho. Estas capacitações fornecerão orientação sobre as práticas das relações humanas no trabalho, capacitações sobre gestão de pessoas no que concerne a qualidade do atendimento ao público, orientações sobre administração de empresas, gestão de estoques, marketing pessoal e empresarial e como abrir uma empresa para Microempreendedor individual (MEI). A metodologia utilizada consistirá no planejamento das ações, capacitação e direcionamento dos envolvidos no processo por meio de treinamentos, cursos e palestras, verificando as necessidades do público-alvo, além de acompanhar as atividades por meio de reuniões periódicas e verificação in loco nos treinamentos oferecidos. Espera-se assistir mais a comunidade (feirantes, expositores e ambulantes), gerando a expectativa de aumentar a contribuição da Universidade Anhanguera para a sociedade no que se refere à educação continuada, além da expectativa de geração de parceiros e desenvolvimento regional. 2- DESENVOLVIMENTO 2.1 OBJETIVO GERAL Fornecer educação continuada por meio de orientação e capacitação profissional relacionada ao Empreendedorismo, Marketing e Gestão de Pessoas para os empreendedores informais que atuam nos Shoppings Populares, Feira de Artesanato da Afonso Pena e Feira de Artesanato do Mineirinho.
  • 7. 6 2.2 OBJETIVO ESPECÍFICO • Fornecer orientação sobre as práticas das relações humanas no trabalho; • Capacitar público assistido sobre Gestão de Pessoas no que concerne a qualidade do atendimento ao público; • Orientar o público-alvo sobre administração financeira e gestão de estoques; • Orientar o público-alvo sobre Marketing Pessoal e Empresarial; • Fornecer informações aos envolvidos sobre abertura de empresa para microempreendedor individual (MEI). 2.3 JUSTIFICATIVA Verifica-se que a missão de uma universidade é desenvolver atividade de Ensino, Pesquisa e Extensão, objetivando a formação profissional de excelência, na perspectiva de um desenvolvimento sustentável, de integração com a sociedade e do exercício da cidadania. Entre 2011 e 2013 a Feira de Artesanato do Mineirinho contava com mais de 400 expositores gerava mais de 4 mil empregos indiretos, Realizada há dez anos nas dependências do Ginásio Poliesportivo do Mineirinho, a feira busca valorizar as artes mineiras e contribuir para o desenvolvimento econômico do estado, gerando empregos e renda para centenas de trabalhadores informais e aquecendo os negócios de micro e pequenas empresas. O evento já é considerado uma atração turística da capital mineira, atraindo, a cada semana, um público de 40 mil pessoas e movimentando cerca de 1 milhão de reais. Diante dos números verifica-se a importância deste projeto para transformar simples expositores em microempreendedores individuais e empregos indiretos em empregos diretos, bem como cumprir ações de Responsabilidade Social para a sociedade e externar a relação da Universidade Anhanguera com o público externo. Pretende-se neste projeto de extensão capacitar o público- alvo nos seguintes temas em 2014: • Gestão de Pessoas- atendimento ao público
  • 8. 6 • Relações Humanas • Noções de Empreendedorismo • Marketing Pessoal e Empresarial • Constituição e obrigações na abertura e constituição de uma firma individual - MEI • Gestão de Estoques • Administração Financeira pessoal e do negócio. 2.4 MÉTODO A primeira etapa do projeto será através do planejamento das ações e capacitação ou direcionamento dos envolvidos no processo. O desenvolvimento do projeto será baseado em treinamentos, cursos e palestras, bem como acompanhamento destes com os seguintes propósitos: • Acompanhar e procurar atender as necessidades dos colaboradores e dos assistidos vinculados as Feiras de Artesanato e Shoppings Populares. • Acompanhar e orientar os discentes envolvidos na execução de suas atividades. • Instruir os colaboradores e os assistidos para o alcance dos objetivos propostos. A metodologia, quanto ao operacional dos grupos, se dará em dois momentos: • Reuniões periódicas nas estruturas da Anhanguera. • Acompanhamento in loco nos treinamentos oferecidos. 2.5 VIABILIDADE E CRONOGRAMA Material de Consumo
  • 9. 6 Canetas, lápis, borrachas, cadernos, calculadoras e todo o material de uso pessoal, disponibilizados pelo Banco Santander, através de patrocínio. Equipamentos e Material Permanente Salas ou mini auditórios para as discussões e palestras. Será disponibilizada pela Universidade Anhanguera (unidades do Centro de BH e Antônio Carlos) já que existem horários de ociosidade, para os discentes e docentes para capacitação e reuniões. Livros e/ ou apostilas feitos exclusivamente para o projeto, e elaborados pelo corpo docente com o auxílio dos alunos envolvidos. ATIVIDADES (2014/2 – 2015/1) Julho à Dezembro ATIVIDADES JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Planejamento dos cursos e treinamentos a serem oferecidos. (alunos e professores) X Diagnóstico da realidade local. (alunos) X Execução e acompanhamento das atividades desenvolvidas (alunos e professores) X X X X X Capacitação profissional do público alvo. (professores) X X X X X
  • 10. 6 Relatórios de atividades e de acompanhamento (alunos e professores) X X Relatório final de atividades. X 3 – CONSIDERAÇÕES FINAIS PROJETO Observa-se que as propostas deste projeto de extensão, atendem as exigências da Anhanguera, já que cumpre o preceito da inclusão social, extensão, ensino e pesquisa, caracterizada pela integração da ação desenvolvida para a formação técnica e cidadã do estudante e pela produção e difusão de novos conhecimentos e novas metodologias, de modo a configurar a natureza de extensão da proposta. 4 – IMPLICAÇÕES ETICAS As ações deste projeto possibilita-se a inclusão social dos expositores e feirantes de Belo Horizonte, formando-se cidadãos mais qualificados e preparados para o mercado de trabalho, aumentando o número de microempreendedores individuais e empregos diretos o que colaborará para o desenvolvimento regional através da geração de um número maior de impostos. 5 – REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS http://www.ebah.com.br/content/ABAAAgDpYAE/administracao-micro-pequena- empresa?part=2, acessado em 28 de maio de 2014. http://www.fara.edu.br/site/servicos/downloads/colecao/marketing.pdfhttps://www.faceb ook.com/feiramineirinhooficial/info, acessado em 28 de maio de 2014. https://www.facebook.com/aefem.aefem, acessado em 28 de maio de 2014. http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2014/05/27/internas_economia,532900/pbh- vai-dobrar-numero-de-feirantes-na-capital.shtml, acessado em 28 de maio de 2014.
  • 11. 6 Etapa 1 1 – INTRODUÇÃO
  • 12. 6 Planejamento é um processo contínuo e dinâmico que consiste em um conjunto de ações intencionais, integradas, coordenadas e orientadas para tornar realidade um objetivo futuro, de forma a possibilitar a tomada de decisões antecipadamente (EDUARDO, Márcio autor do Artigo O que é Planejamento? Disponível em: http://www.administradores.com.br/artigos/administracao-e-negocios/o- que-e-planejamento, acesso em 26 de maio de 2014, às 9:00h). Dessa forma, o planejamento nos ajuda a tomar decisões acertadas quanto ao futuro da organização, sendo também uma forma de gerenciar com inteligência promovendo cada vez mais a integração entre toda a equipe. Nesse relatório apresentamos os conceitos de planejamento estratégico, tático e operacional. Facilitando o entendimento do trabalho, também vamos retratar comparações das definições de planejamento de três autores diferentes, e um confronto dos artigos de Roberto Shinyashiki e Paulo Barreto dos Santos e associar direção e controle como funções do administrador. 2 – DESENVOLVIMENTO Planejamento estratégico, tático e operacional. O planejamento é dividido em estratégico, tático e operacional. O planejamento estratégico é um conjunto de tomada deliberada e sistemática de decisões acerca de empreendimentos que afetam ou deveriam afetar toda a empresa por longos períodos de tempo, tendo como principal característica, envolver a empresa como um todo, abarcando os seus recursos, no sentindo de obter efeito sinergético de todas as capacidades, competências e potencialidade de empresa, a resposta estratégica da empresa deve envolver sempre um comportamento global e sistemático. O planejamento tático se refere ao nível intermediário da organização, ou seja, ao nível dos departamentos ou unidades de negocio da empresa. Como tal, ele é elaborado pelos gerentes ou executivos no tocante ao programa de atividades de seu órgão, tendo como base o planejamento estratégico da empresa e o objetivo de contribuir para que este tenha sucesso. Ele apresenta as seguintes características: o planejamento é sistemático, pois considera a empresa ou o órgão, como uma totalidade, tanto o sistema quanto os subsistemas que o compõem, bem como as relações internas e externas. E, por último, o operacional se preocupa basicamente com “o que fazer” e com o “como fazer” no nível em que as tarefas são executadas. Referem-se especificamente as tarefas e
  • 13. 6 operações realizadas no dia-a-dia no nível operacional. O planejamento operacional focaliza a otimização e a maximização de resultados, ao passo que o planejamento tático esta voltado para resultados satisfatórios, os administradores visualizam e determinam ações futuras dentro do nível operacional que melhor conduzam ao alcance dos objetivos da empresa. 2.1 COMPARAÇÃO DAS DEFINIÇÕES DE PLANEJAMENTO Livro 1 Teoria Geral da Administração – Da Revolução Urbana à Revolução Digital (Antonio Cesar Amaru Maximiano ) Maximiano define planejamento estratégico como um plano que abrange toda a organização, estabelecendo a missão, os produtos e serviços a serem oferecidos, os clientes e mercados a serem atendidos e outros objetivos. O Planejamento tático, como planos funcionais, que traduzem os planos estratégicos em ações especializadas, como: marketing, operações, recursos humanos, finanças. E o Planejamento operacional como atividades e recursos que possibilitam a realização de objetivos estratégicos ou funcionais, como é o caso dos cronogramas e orçamentos. Livro 2 Administrando em Tempos de Grandes Mudanças ( Peter F. Drucker ) Para Drucker o planejamento foi criado para diminuir as incertezas na sociedade e na política, o planejamento é uma previsão baseada em probabilidades. Para ele o planejamento foi criado pelos executivos para tomarem decisões que comprometem o futuro recursos correntes de tempo e dinheiro. Ao fazer o planejamento deve ser perguntar “O que é mais provável que aconteça?” e “ O que já aconteceu que irá criar no futuro?”. Livro 3 Teoria Geral da Administração ( Idaberto Chiavenato )
  • 14. 6 Para Chiavenato planejamento pode ser visualizado como um sistema: começa com os objetivos estabelecidos pelo o planejamento tático, desenvolvem planos e procedimentos detalhados e proporciona informação de retroação no sentindo de propiciar meios e condições para aperfeiçoar e maximizar os resultados, sendo composto de uma infinidade de planos operacionais que proliferam nas diversas áreas e funções da empresa: produção ou operações, finanças, mercadologia, recursos humanos, entre outras. 2.2- CONFRONTO DOS ARTIGOS DE ROBERTO SHINYASHIKI E PAULO BARRETO Os autores Roberto Shinyashiki e Paulo Barreto dos Santos definem visão e planejamento criteriosamente, segundo o primeiro a visão é tida como uma arte de ver oportunidades onde a maioria só vê problemas, a visão transforma você em uma pessoa especial conhecedora de como conseguir chegar ao sucesso através dela, pois como foi dito existe uma minoria limitada que tem esse “dom”: ver além do horizonte e criar competências necessárias para aproveitar as oportunidades no meio das ameaças, conseguindo enxergar um futuro adiante, pois sabem que o futuro é consequência do presente e sendo um vencedor não se acomoda com o sucesso de hoje. Ele sabe que na garupa do sucesso sempre vem o fracasso. E, se não se empenhar, correrá o risco de amargar derrotas no futuro. Segundo o autor Paulo Barreto dos Santos, planejamento é um conjunto de intenções necessárias e suficientes para o atingimento de um propósito. Quando o planejamento consiste em medidas de resultados em longo prazo visando programar estratégias e almejando a vantagem competitiva das organizações e aumentando seu poderio em relação à concorrência, denomina-se o Planejamento Estratégico. O mesmo alega que o planejamento viabiliza a visão antecipada das ações desencadeadas ao longo de um processo, utilizando-se de todos os meios disponíveis para se atingir os fins que se pretende: Eficácia - Fazer o que é certo, Eficiência – fazer mais com menos, Pró-atividade - antecipar-se aos problemas... Prevenir surpresas, obstáculos. Previsão - ter noção das demandas e riscos... Efetividade- fazer o que tem quer ser feito. No planejamento deve- se ter em conta a: Viabilidade Econômica (diz respeito aos custos e receitas envolvidos no projeto, às condições de financiamento, à capacidade de pagamento, etc). Viabilidade Técnica (o planejamento deve ser compatível com a disponibilidade de matéria-prima, equipamentos, know-how e de pessoal especializado etc.) Viabilidade Política
  • 15. 6 e Institucional (considerar a situação legal, a aceitabilidade do plano pelos responsáveis por sua execução e pelos que serão atingidos pelo processo). O autor acabou expõe a seguinte conclusão: o planejamento não é uma iniciativa onde se pretende acertar tudo e sempre, mas sim, minimizar decepções e prejuízos visando maior eficiência e eficácia nos projetos e processos decorrentes, ele define o que, como, por quem, quando e onde as ações devem acontecer. De modo que os autores Roberto Shinyashiki e Paulo Bar acabam tendo a opinião semelhante, pois ambos definem planejamento e visão como um grande método para o futuro e a arma certa para quem quer ser um grande empreendedor. 3 – CONCLUSÃO A partir do desafio proposto e do que foi exposto acima sobre planejamento, conseguimos identificar as diferenças relacionadas em cada tipo de planejamento, sabendo diferenciá-los e onde aplicá-los. Este estudo nos ajudou a sanar todas as possíveis dúvidas sobre a praticidade e a importância do planejamento como ferramenta de gestão, de organização, de controle, como um método para fazer o negócio dar certo. Assim, partindo do que foi exposto pelos autores e de nossa vivência pessoal podemos afir
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks