Slides

ATUALIDADES E SOCIOLOGIA (01) - JORNAL MUNDO 2015

Description
1. JORNAL MUNDO 2015 (01) PROF. BIDU 2. GLOBALIZAÇÃO 2 3. ã O termo globalização designa um fenômeno de abertura das economias e das respectivas fronteiras em…
Categories
Published
of 41
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. JORNAL MUNDO 2015 (01) PROF. BIDU
  • 2. GLOBALIZAÇÃO 2
  • 3. • O termo globalização designa um fenômeno de abertura das economias e das respectivas fronteiras em resultado do acentuado crescimento das trocas internacionais de mercadorias, da intensificação dos movimentos de capitais, da circulação de pessoas, do conhecimento e da informação, proporcionados quer pelo desenvolvimento dos transportes e das comunicações, quer pela crescente abertura das fronteiras ao comércio internacional. guiadicas.com
  • 4. • No final da década de 1980 que o termo globalização começa a ser utilizado, designando não apenas a mundialização da economia, mas também o intercâmbio cultural e a interdependência social e política ao nível mundial.
  • 5. Este pode ser um retrato da globalização
  • 6. https://www.youtube.com/watch?v=7qFiGMSnNjw
  • 7. Algumas das principais características da Globalização 1) mundialização da economia; 2) fragmentação das atividades produtivas nos diferentes territórios e continentes; 3) desconcentração do aparelho estatal; 4) expansão de um direito paralelo ao Estado; 5) internacionalização do Estado; e, 6) desterritorialização e reogarnização do espaço de produção. cienciasociologia.blogspot.com
  • 8. Com a economia mundial globalizada, a tendência comercial é a formação de blocos econômicos. Estes são criados com a finalidade de facilitar o comércio entre os países membros. Adotam redução ou isenção de impostos ou de tarifas alfandegárias e buscam soluções em comum para problemas comerciais. Essa união se chama "Blocos econômicos". Acontece por interesses mútuos e pela possibilidade de crescimento em grupo. Esse crescimento passou a ser bem visto porque logo se percebeu que, por mais forte que fosse uma economia, ela não poderia competir de igual para igual com grupos de economias juntas e unidas entre si.
  • 9. http://blocos-economicos.info/http://blocos-economicos.info/
  • 10. A União Europeia
  • 11. A Europa pós- guerra
  • 12. • Finda a guerra, a Europa encontrava-se em escombros: pontes, estradas, indústrias e cidades destruídas e arruinadas. • Havia ainda a forte sensação de perda e de vazio nas pessoas, pois suas casas, seus empregos e seus parentes haviam desaparecido.
  • 13. PLANOS • Para fazer frente ao “perigo vermelho”, o governo norte- americano lançou a Doutrina Truman e, para fazer frente à questão econômica, ele lançou o Plano Marshall, que alocou para a Europa bilhões de dólares entre 1948 e 1952. • Foi neste contexto que, em 1947, o general Marshall, chefe do Estado-Maior do Exército norte-americano, enfatizou a necessidade de se elaborar um plano de reconstrução da Europa. •
  • 14. Os blocos econômicos • A reconstrução europeia possibilitou a integração econômica por meio da formação de blocos econômicos, cujo principal objetivo foi a uniformização das taxas alfandegárias entre os países-membros.
  • 15. • O primeiro bloco econômico surgiu em 1948 com a união entre Bélgica, Holanda e Luxemburgo: o Benelux. • Em seguida, surgiram: • Ceca: Comunidade Europeia do Carvão e do Aço, composta por Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Itália, França e Alemanha Ocidental • Euratom: Comunidade Europeia de Energia Atômica • MCE: Mercado Comum Europeu, inicialmente conhecido como a Europa dos Seis: Alemanha Ocidental, Itália, França, Holanda, Luxemburgo e Bélgica, criado em 1957, no Tratado de Roma.
  • 16. A União Europeia
  • 17. OBJETIVO: • Os objetivos da União Europeia (UE) são a formação de um mercado único, com um sistema financeiro e bancário único, e a unificação da legislação trabalhista e de imigração.
  • 18. • Em 1999, o euro substituiu as moedas nacionais dos países-membros e a UE colocou em prática a unificação da política externa de defesa, realizando as primeiras intervenções militares, no Congo e na Macedônia, com o envio de “Forças de Paz”.
  • 19. • Chefes de Estado e de governo de 25 países assinaram em 29/10/2004, a primeira Constituição da UE.
  • 20. A União Europeia
  • 21. FUNDAMENTALISMOS
  • 22. CONCEITO Designa-se assim todo e qualquer movimento religioso, de qualquer que seja a religião, que tende a interpretar a realidade de hoje através dos olhos de antigos preceitos religiosos e que renega os valores da modernidade. Para o fundamentalista o fiel deve seguir à risca as páginas dos textos sagrados da sua religião. As Escrituras (sejam elas a Bíblia, o Talmude, o Corão, ou o Hadith dos hindús) foram traçadas por Deus, logo devem ser interpretadas como a Sua vontade. Naturalmente que os fundamentalistas não aceitam o criticismo, isto é, o movimento intelectual teológico moderno (pelo menos desde Spionza para cá) que diz que elas, as palavras sagradas, devem ser interpretadas de acordo com a época e as circunstâncias em que foram escritas e que abrigam uma enorme distância da realidade atual.
  • 23. • Inquisição – Tribunal do Santo Ofício : Era um tribunal destinado a defender a fé católica: vigiava, perseguia e condenava aqueles que fossem suspeitos de praticar outras religiões. Exercia também forte vigilância sobre os comportamentos dos fieis e censurava toda a produção cultural e condenava as inovações cientificas. Se julgados culpados eram torturados até confessar o ‘crime’ e as penas variavam de prisão temporária até morte na fogueira em praça publica. Catolicismo
  • 24. • As cruzadas foram tropas ocidentais enviadas à Palestina para recuperarem a liberdade de acesso dos cristãos à Jerusalém. A guerra pela Terra Santa, que durou do século XI ao XIV, foi iniciada logo após o domínio dos turcos sobre esta região considerada sagrada para os cristãos. Após domínio da região, os turcos passaram impedir ferozmente a peregrinação dos europeus, através da captura e do assassinato de muitos peregrinos que visitavam o local unicamente pela fé.
  • 25. Quem é Jesus para as religiões ? http://www.youtube.com/watch?v=4IPLnWyrq6c
  • 26. TERRORISMO
  • 27. O terrorismo é o nome dado a protestos violentos realizados por grupos ou indivíduos que objetivam transformar ordens do governo, bem como o próprio governo, por meio do pânico, gerando decisões precipitadas e radicais. Acredita-se que atos terroristas são financiados por pessoas bem sucedidas que simpatizam com o movimento, por pessoas ligadas ao governo que tentam secretamente destruir algo e ainda pessoas envolvidas com o tráfico de drogas. Os terroristas utilizam explosivos, gases nocivos, vírus, bactérias, materiais radioativos, armamentos atômicos e ainda sequestros e assassinatos.
  • 28. O que é o terrorismo? • O terrorismo é a forma escolhida por certas organizações para alcançarem os os seus objetivos políticos. Consiste em atos de violência física e/ou psicológica imprevisíveis, cometidos contra Estados, indivíduos, grupos precisos e/ou massas anónimas de modo a instalar um ambiente de medo generalizado.
  • 29. As ações terroristas podem ser de diversas naturezas: • Atentados com Bombas; • Desvio de aviões e navios; • Atos de sabotagem; • Sequestros e assassinatos de políticos, militares e funcionários.
  • 30. TEM ÁGUA AI???
  • 31. https://www.youtube.com/watch?v=TQipDQGAaA0
  • 32. http://super.abril.com.br/blogs/ideias-verdes/dez- filmes-para-voce-entender-mais-sobre-meio- ambiente/ http://www.projetoamazonia.com.br/2014/1 0/10-filmes-sobre-sustentabilidade-e-meio- ambiente/
  • 33. ATÉ A PRÓXIMA!!!!!!!!! PROF. CARLOS BIDU WWW.HISREL.BLOGSPOT.COM
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks