Slides

Case Salvador da Paz - Planejamento, Mídias Sociais e Links Patrocinados

Description
1. Case: Planejamento, Mídias Sociais e Links Patrocinados “Salvador da Paz” 2. Planejamento 3. Salvador da Paz Salvador da Paz é uma campanha encomendada pela…
Categories
Published
of 22
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Case: Planejamento, Mídias Sociais e Links Patrocinados “Salvador da Paz”
  • 2. Planejamento
  • 3. Salvador da Paz Salvador da Paz é uma campanha encomendada pela Prefeitura de Salvador. A proposta da campanha é incentivar pequenos gestos, ações e hábitos para Junto à agência Ideia 3, a PaperCliQ desenvolveu o planejamento das funcionalidades do site colaborativo e da divulgação através de mídias sociais e links patrocinados. O site busca incentivar a participação dos soteropolitanos, que podem ler e enviar mensagens, dicas, fotos e vídeos da Paz no site. Além disso, a publicação de vídeos interativos permite que os visitantes escolham o final ideal de uma situação do cotidiano. A seção “Espalhe a Paz” permite envio de emails com mensagens e apresentações especiais. Ainda é possível baixar wallpapers para computador e celular.
  • 4. Mídias Sociais
  • 5. Salvador da Paz As mídias sociais tiveram um papel importante na Campanha Salvador da Paz. O mix envolveu Orkut, Twitter, YouTube e Facebook. Enquanto as duas primeiras são redes sociais já muito utilizadas pelos brasileiros, o YouTube é o incontestável repositório de vídeos do país. Já o Facebook, que começa a dar passos mais largos no Brasil, já é palco de mobilizações locais em Salvador. Perfis de mídias sociais precisam ser interessantes para ganharam conexões na rede. Portanto, elencou-se um rol de fontes que, junto ao relacionamento com os usuários, foram os insumos de conteúdo da campanha. No slide a seguir.
  • 6. Salvador da Paz - Conteúdo gerado pelo usuário no site:  Dicas  Mensagens  Fotos  Vídeos enviados - Interações dos usuários através das mídais sociais - Vídeos oficiais da Campanha, como anúncios televisivos e cobertura dos eventos - Trechos de documentários sugeridos por uma ONG parceira - Mensagens e poesias de sites repositórios de textos - Posts de blogs mapeados, sobre paz, qualidade de vida, saúde etc - Notícias de portais jornalísticos como o A Tarde e o Correio* - Notícias da SECOM Salvador
  • 7. Orkut: perfil
  • 8. Orkut: anúncios Promova + 16 anúncios criados, sem custo de mídia
  • 9. Orkut: algumas interações
  • 10. Twitter: perfil
  • 11. Twitter: algumas interações + 500 seguidores + 180 usuários interagindo
  • 12. Facebook: perfil e página
  • 13. Facebook: algumas interações
  • 14. YouTube
  • 15. Engajamento - Foram contabilizadas mais de 300 contribuições dos internautas durante três semanas de campanha; - A taxa de engajamento (3%) está em linha com o padrão internacional de campanhas online que envolvam links patrocinados.* - Através do site, os internautas enviaram cerca de 2.700 mensagens da paz para seus amigos. - Dos internautas que enviaram as mensagens do site, cerca de 2300 (85%) vieram através dos links patrocinados.
  • 16. Links Patrocinados
  • 17. Links Patrocinados A campanha de links patrocinados buscou alavancar a visitação e engajamento nos últimos dias de 2009 e primeiros dias de 2010. O investimento focou em trazer usuários soteropolitanos interessados em colaborar com conteúdo.
  • 18. Exemplo de anúncio
  • 19. Exemplo de anúncio
  • 20. Segmentação
  • 21. Contato Renata Cerqueira – (71) 8891-7132 renata.cerqueira@papercliq.com.br www.papercliq.com.br www.papercliq.com.br/blog www.slideshare.net/papercliq www.twitter.com/papercliq
  • Search
    Related Search
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks