Slides

Chamada publica 01 2013-cchla

Description
1. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE/PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES REDE NACIONAL DE…
Categories
Published
of 7
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE/PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES REDE NACIONAL DE FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO DA EDUCAÇÃO BÁSICA PÚBLICA (REDE) CURSO DE APERFEIÇOAMENTO: ENSINO DE HISTÓRIA LOCAL E PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO CHAMADA PÚBLICA 01/2013-CCHLA - SELEÇÃO DE TUTORES Regulamenta o processo de seleção de tutores para atuação junto ao CURSO DE APERFEIÇOAMENTO: ENSINO DE HISTÓRIA PARA OS ANOS FINAIS - Oferta 2013. O Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais e assumindo como parâmetro orientador a Resolução CD/FNDE Nº 045/2011, torna público que se encontram abertas, nos dias úteis compreendidos no período de 22 a 24 de outubro de 2013, as inscrições para seleção de tutores, em regime de formação de cadastro de reserva, para atuação nos polos de Caicó e João Câmara do curso de aperfeiçoamento “Ensino de História para os Anos Finais - Oferta 2013 ”, na modalidade presencial. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. Os valores das bolsas e o período máximo de vinculação dos candidatos selecionados para atuarem junto aos polos de Caicó e João Câmara se orientam pela Resolução CD/FNDE Nº 45/2011 e pelo projeto pedagógico do curso, sendo 8 bolsas, no valor individual de R$765,00, para cada tutor. 1.2. Para concorrer às vagas de tutor do presente curso, o (a) candidato(a) declara conhecer e aceitar tacitamente as regras reguladoras da presente chamada pública. 2. DOS REQUISITOS PARA A CANDIDATURA 2.1. Constituem requisitos para a candidatura à tutoria para o Curso de Aperfeiçoamento “Ensino de História para os Anos Finais - Oferta 2013 ”, na modalidade presencial: a) VÍNCULO COM O SERVIÇO PÚBLICO: ser professor concursado do sistema público municipal ou estadual; ou ser estudante de pós-graduação da UFRN; b) FORMAÇÃO ACADÊMICA: deter formação em nível de graduação em História (modalidade licenciatura) c) EXPERIÊNCIA DOCENTE: possuir experiência comprovada de, pelo menos, 1 (um) ano em atividades de magistério da Educação Básica ou do Ensino Superior. 3. DAS VAGAS 3.1. Ao todo serão ofertadas 4 (quatro) vagas para tutor presencial, distribuídas por município polo para acompanhamento técnico pedagógico e logístico do referido curso, contemplando 2 (dois) tutores titulares e 2 (dois) tutores suplentes, para cada polo. Em caso de impedimento ou desistência do titular, a suplência será chamada em qualquer momento, no período de vigência do curso, para complementar a parte do período a ser ainda executada. POLO (Município / UF) VAGAS CR/JP - 1/ 7
  • 2. CAICÓ (RN) 02 JOÃO CÂMARA (RN) 02 TOTAL GERAL 04 Quadro 1 – Distribuição de vagas para tutor presencial nos polos do curso ofertado pela REDE. 4. DAS INSCRIÇÕES 4.1. O(a) Candidato(a) deve direcionar sua inscrição apenas para um dos municípios polos que apresentam vagas. 4.2. As inscrições ocorrerão, exclusivamente, em cada município polo, Caicó (Sec. Municipal de Educação – SEMECE Prefeitura – sala 110, tel: 3421-1760); João Câmara (16ª DIRED) nos dias úteis compreendidos no período de 22 a 24 de outubro de 2013, mediante o preenchimento do Formulário de Solicitação de Inscrição (vide anexo A), entrega do Curriculum comprovado, e apresentação dos documentos pessoais (RG, CPF, comprovante de residência) e suas respectivas cópias. 5. DO PROCESSO SELETIVO 5.1. A seleção ocorrerá no período de 29/10 a 1/11 de outubro de 2013, constituída em três fases distintas e eliminatórias: I. 1ª FASE : Produção Textual que versará sobre História Local e materiais didáticos. II. 2ª FASE : Entrevista com os(as) candidatos(as) aprovados(as). III. 3ª FASE : Análise do Currículo, com comprovação dos itens a serem avaliados, conforme anexo B . 5.2. A comissão julgadora atribuirá à prova escrita nota de 0,00 (zero) a 10,0 (dez), sendo desclassificado o candidato que obtiver nota inferior a 5,00 (cinco). A divulgação das notas da prova escrita será feita no máximo até o dia 31 de outubro do corrente ano. É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar a publicação do resultado desse processo seletivo na página do blog do Programa Continuum - UFRN ( www.programacontinuum.blogspot.com.br). 5.3. A comissão julgadora atribuirá à entrevista nota de 0,00 (zero) a 10,0 (dez), sendo desclassificado o candidato que obtiver nota inferior a 5,00 (cinco). 5.4. A comissão julgadora atribuirá nota 10,0 (dez) à prova de títulos do candidato que obtiver o maior número de pontos, atribuindo notas aos demais candidatos diretamente proporcionais à da melhor prova. 6. DO ARGUMENTO FINAL DE CLASSIFICAÇÃO E CRITÉRIOS DE DESEMPATE 6.1. A comissão julgadora atribuirá a cada candidato uma nota final classificatória, de acordo com a média referente à soma da prova escrita, da entrevista e da prova de títulos. 6.2. Os(As) candidatos(as) serão sequenciados, em ordem decrescente de classificação, na quantidade de candidatos por polo, de acordo com o quadro a seguir: Quantidade de vagas previstas por polo 2 Número máximo de candidatos aprovados 4 Quadro 2 – Número máximo de candidatos aprovados e classificados, 6.3. Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem a nota final igual ou superior a 5,00 (cinco). CR/JP - 2/ 7
  • 3. 6.4. No caso de empate entre os candidatos para o mesmo polo, serão adotados, sucessivamente, os seguintes critérios para desempate: a) candidato(a) com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, na forma da lei 10.741/2003 (Estatuto do Idoso); b) candidato(a) com maior resultado na 1ª fase (Produção Textual); c) candidato(a) com maior resultado na 2ª fase (Entrevista); d) candidato(a) com maior tempo comprovado de atividades no magistério com vínculo empregatício no serviço público; e) candidato(a) com a maior idade dentre os empatados, considerando ano, mês e dia. 6.5. Os(As) candidatos(as) que se classificarem fora do limite máximo exposto no quadro 2 do item 6.1 serão eliminados no certame. 6.6. A comissão julgadora elaborará uma listagem de candidatos em ordem decrescente de MÉDIA final de classificação por polo, aplicando-se os critérios de desempate descritos no item 6.2, para efeitos de preenchimento das vagas previstas nesta Chamada Pública. 7. DO REGIME DE ATUAÇÃO DO TUTOR PRESENCIAL 7.1. O(A) tutor(a) presencial deverá cumprir jornada de 20 (vinte) horas semanais de trabalho, incluindo aí as 8 (oito) horas presenciais quando da efetivação dos módulos que ocorrerão em dias sábados, conforme cronograma do curso definido pela coordenação. 7.2. Os tutores presenciais selecionados terão, junto aos polos de apoio presencial, as seguintes atribuições: a) Manter intercâmbio com os formadores e demais membros da equipe colaborando no desenvolvimento dos módulos; b) Auxiliar a coordenação do curso no processo de organização, fiscalização e aplicação das atividades avaliativas, teóricas e práticas; c) Auxiliar, sempre que possível e necessário, as atividades da equipe de coordenação, incluindo os professores pesquisadores; d) Prestar esclarecimentos sobre o regime de funcionamento do respectivo curso para o qual foi selecionado(a), além de normas que regulamentam o projeto pedagógico do curso; e) Elaborar relatórios mensais e participar de reuniões que objetivem o aperfeiçoamento das ações do curso. f) Acompanhar as atividades pedagógicas desenvolvidas pelos cursistas nas dimensões presencial e vivencial. g) Monitorar a permanência e o sucesso acadêmico dos cursistas. h) Aplicar e corrigir as atividades de reposição dos cursistas cujas ausências estejam amparadas por lei. i) Criar e manter blog da turma como mecanismo virtual de interação pedagógica entre os cursistas. 7.3. A partir da entrada em exercício, o(a) candidato(a) selecionado(a) fará jus à percepção de uma bolsa a ser paga mensalmente, no valor de R$ 765,00 (setecentos e sessenta e cinco reais) pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), em conformidade com a quantidade de meses que compreenderá os módulos curriculares do curso. 8. DO CRONOGRAMA DE ATIVIDADES, HORÁRIOS E LOCAIS DE REALIZAÇÃO DAS FASES DA SELEÇÃO 8.1. As atividades do presente certame serão realizadas em conformidade ao cronograma abaixo: CR/JP - 3/ 7
  • 4. ATIVIDADE Lançamento da Chamada Pública Período de inscrições 1ª fase 2ª fase 3ª fase Resultado final APRAZAMENTO 21 de outubro de 2013 22 a 24 de outubro de 2013 29 de outubro de 2013 1 de novembro de 2013 1 de novembro de 2013 1 de novembro de 2013 Quadro 3 – Cronograma do processo de seleção de tutores a 8.2 A prova escrita, correspondente à 1 fase, com duração de 2 (duas) horas, será realizada: ATIVIDADE POLO DE ATUAÇÃO POLO CAICÓ POLO JOÃO CÂMARA HORÁRIO LOCAL 14:00hs 09:00hs Sala B2, Ceres-Caicó Sala C4 (setor de Aulas II) CCHLA-Natal HORÁRIO LOCAL 09:00hs 09:00hs Sala B2, Ceres-Caicó Sala C4 (setor de Aulas II) CCHLA-Natal 8.3 As entrevistas serão realizadas: ATIVIDADE POLO DE ATUAÇÃO POLO CAICÓ POLO JOÃO CÂMARA 9. DAS COMISSÕES JULGADORAS 9.1. As comissões julgadoras do processo seletivo serão formadas pelos seguintes nomes: Polo de Caicó: Joel Carlos de Souza Andrade e Jailma Maria de Lima. Polo de João Câmara: Carmen Margarida Oliveira Alveal e Maria da Conceição Guilherme Coelho. 10. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 10.1. É de inteira e exclusiva responsabilidade do(a) candidato(a) manter seus dados atualizados junto à Coordenação do curso, na UFRN, para fins de convocação. 10.2. A aprovação do(a) candidato(a) no processo seletivo não implicará a obrigatoriedade da sua admissão, cabendo à equipe de coordenação o direito de aproveitar os candidatos de acordo com as suas necessidades, na estrita observância da ordem classificatória, na forma das listagens elaboradas pela comissão julgadora descrita no item 6.4 desta Chamada Pública. 10.3. O exercício das atividades de tutoria não gera vínculo empregatício do(a) candidato(a) selecionado(a). 10.4. O presente processo seletivo terá validade de 01 (um) ano contado da data da homologação dos resultados finais pela coordenação do Curso. 10.5. Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenação do Curso e/ou substitutos regimentais. Natal (RN), 17 de outubro de 2013 CR/JP - 4/ 7
  • 5. Prof. Dr. José Evangelista Fagundes Coordenador do Curso Mat.6350353 Prof. Dr. Herculano Ricardo Campos Diretor do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes/UFRN CR/JP - 5/ 7
  • 6. ANEXO A CHAMADA PÚBLICA 01/2013-CCHLA Formulário de Solicitação de Inscrição - (item 4.1) CANDIDATO(A) DATA NASCIMENTO SEXO ( ) Masc. ( ) Fem. CPF FONE CELULAR ( ) / RG ENDEREÇO RESIDENCIAL (logradouro/número/complemento/bairro) FONE RESIDENCIAL / MUNICÍPIO / UF ENDEREÇO ELETRÔNICO ( ) Vem requerer inscrição para o processo de seleção de tutores para atuação junto CURSO DE APERFEIÇOAMENTO: “ENSINO DE HISTÓRIA PARA OS ANOS FINAIS - OFERTA 2013 ”, ofertado pela REDE, nos termos da Chamada Pública n.º 01/2013-CCHLA, junto ao Município polo _______________________________________________________/RN. Declaro expressamente conhecer e aceitar tacitamente as regras reguladoras do presente certame. Nestes termos, Pede deferimento. ___________________,___/___/2013. ______________________________ (Local e data) (Assinatura do/a Candidato/a) Assinatura do Responsável pela inscrição: _________________________________________________________________ Documentos Entregues: ( ) RG, CPF, Comprovante de Residência ( ) Currículo comprovado PROTOCOLO DE SOLICITAÇÃO DE INSCRIÇÃO: Chamada Pública n.º 01/2013-CCHLA (para destaque e entrega ao candidato/a no ato da entrega da documentação no polo de apoio presencial) FONE RESIDENCIAL CANDIDATO(A) ( ) CPF OBSERVAÇÕES GERAIS FONE CELULAR ( ) RG INSCRIÇÃO PROTOCOLADA EM: / /2013 às RESPONSÁVEL PELO RECEBIMENTO (RUBRICA E CARIMBO) h Assinatura do Responsável pela inscrição: _________________________________________________________________ CR/JP - 6/ 7
  • 7. ANEXO B CHAMADA PÚBLICA 01/2013-CCHLA Tabela de pontuação da análise do curriculum vitae do candidato a tutor presencial (item 5.1. inciso III) CANDIDATO(A) Especificação CURSO/ÁREA Valor Na área do curso Área afim do curso 30 pontos 15 pontos POLO (MUNICÍPIO/UF) Pontos obtidos pelo(a) candidato(a) I. Título de doutorado ministrado por instituição de ensino superior reconhecido pelo Governo Federal (1) 10 pontos 05 pontos II. Título de especialização, com carga horária mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas, ministrado por instituição de ensino superior reconhecido pelo Governo Federal (1) III. Livro (autoria ou co-autoria) (2) IV. Livro (organização) (2) V. Capítulo de livro (2) VI. Trabalho científico completo publicado em periódico (inter) nacional ou anais de evento (inter) nacional (2) VII. Trabalho científico completo publicado em periódico regional/local ou anais de evento regional/local (2) VIII. Exercício de magistério em ensino superior. IX. Exercício de magistério em ensino básico X. Exercício de monitoria de ensino na área 08 pontos por livro até o máximo de 16 pontos 04 pontos por livro até o máximo de 08 pontos 06 pontos por livro 03 pontos por até o máximo de livro até o má16 pontos ximo de 06 pontos 02 pontos por 01 ponto por capítulo até o capítulo até o máximo de 08 máximo de 04 pontos pontos 02 pontos por trabalho até o máximo de 08 pontos 02 pontos por trabalho até o máximo de 08 pontos 10 pontos por semestre completo até o máximo de 30 pontos. 05 pontos por semestre completo até o máximo de 20 pontos. 04 pontos por semestre completo até o máximo de 16 pontos. TOTAL DE PONTOS CR/JP - 7/ 7
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks