Slides

Dionísio na Idade Mídia. Estética e Sociedade na Ficção Seriadalança data show 09.09.09

Description
1. DIONÍSIO NA IDADE MÍDIADIONÍSIO NA IDADE MÍDIA Estética e Sociedade naEstética e Sociedade na Ficção Televisiva SeriadaFicção Televisiva Seriada Cláudio…
Categories
Published
of 15
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. DIONÍSIO NA IDADE MÍDIADIONÍSIO NA IDADE MÍDIA Estética e Sociedade naEstética e Sociedade na Ficção Televisiva SeriadaFicção Televisiva Seriada Cláudio Cardoso de PaivaCláudio Cardoso de Paiva Universidade Federal da ParaíbaUniversidade Federal da Paraíba 20102010
  • 2. A televisão e oA televisão e o fantástico cotidianofantástico cotidiano  A teledramaturgiaA teledramaturgia  Imagens do BrasilImagens do Brasil real e virtualreal e virtual  Mitologia e HistóriaMitologia e História nas telenovelas enas telenovelas e minissériesminisséries  Forma apolínea eForma apolínea e conteúdo explosivoconteúdo explosivo  A mídia eletrônica àA mídia eletrônica à luz das tochasluz das tochas  ““O carnaval no futebolO carnaval no futebol das religiões”das religiões” Jomard Muniz de BrittoJomard Muniz de Britto
  • 3. Figuras e mitologias do masculinoFiguras e mitologias do masculino (Irmãos Coragem, 1970)(Irmãos Coragem, 1970)  O faroeste tupiniquim,O faroeste tupiniquim, o futebol e o garimpoo futebol e o garimpo  Anos de chumbo naAnos de chumbo na política, anos de ouropolítica, anos de ouro no mercadono mercado  Janete ClairJanete Clair & Dias Gomes& Dias Gomes  Melodrama e vidaMelodrama e vida inteligente nainteligente na televisãotelevisão
  • 4. Gênero e Mídia:Gênero e Mídia: Identidades da mulher na televisãoIdentidades da mulher na televisão  Malu Mulher (1980)Malu Mulher (1980)  TV MulherTV Mulher  Mulher 80Mulher 80  O divórcio, o sexo,O divórcio, o sexo, trabalho e atrabalho e a sociedade desociedade de consumoconsumo  Quem ama não mata!Quem ama não mata!
  • 5. Videoliteratura infanto-juvenil.Videoliteratura infanto-juvenil. Sítio do Pica Pau AmareloSítio do Pica Pau Amarelo  As três idades doAs três idades do homemhomem  Eros e Psiquê noEros e Psiquê no Jardim da InfânciaJardim da Infância  Monteiro LobatoMonteiro Lobato  Culturas Locais eCulturas Locais e Imagens universaisImagens universais  Ficção Seriada aFicção Seriada a serviço da educaçãoserviço da educação
  • 6. Dias Gomes: afinidades estéticasDias Gomes: afinidades estéticas no contexto da latinidadeno contexto da latinidade  SaramandaiaSaramandaia  O Bem AmadoO Bem Amado  O Fim do MundoO Fim do Mundo  Metamorfoses doMetamorfoses do realismo mágicorealismo mágico  O cotidiano deO cotidiano de “cabeça para baixo”“cabeça para baixo”  Mídia e latinidadeMídia e latinidade
  • 7. Roque Santeiro:Roque Santeiro: Dias Gomes, um novelista dionisianoDias Gomes, um novelista dionisiano  Atualização doAtualização do regional na culturaregional na cultura pop da televisãopop da televisão  Elementos folk-pop-Elementos folk-pop- midiáticosmidiáticos  Teatro, cinema, TV,Teatro, cinema, TV, DVD: processosDVD: processos intertextuais eintertextuais e convergênciaconvergência tecnológicatecnológica
  • 8. Jorge Amado na televisão:Jorge Amado na televisão: crônica de uma festa anunciadacrônica de uma festa anunciada  GabrielaGabriela,, TietaTieta,,  Porto dos MilagresPorto dos Milagres,,  Dona FlorDona Flor  Os personagensOs personagens literários e asliterários e as encarnaçõesencarnações audiovisuaisaudiovisuais  Paganismo ePaganismo e sincretismosincretismo afrobrasileiroafrobrasileiro
  • 9. Êxtase da Juventude,Êxtase da Juventude, estesia da televisãoestesia da televisão  Ciranda CirandinhaCiranda Cirandinha:: a repressão e aa repressão e a contracultura (anos 70)contracultura (anos 70)  Armação IlimitadaArmação Ilimitada:: jornalismo, quadrinhos,jornalismo, quadrinhos, esportes radicaisesportes radicais (anos 80)(anos 80)  MalhaçãoMalhação:: a fabricaçãoa fabricação do corpo na academia dado corpo na academia da televisão (anos 90)televisão (anos 90)  Narcisismo & ciberculturaNarcisismo & cibercultura
  • 10. O caos urbano eO caos urbano e a poética das cidadesa poética das cidades  O Rebu; O GritoO Rebu; O Grito;; Sinal deSinal de AlertaAlerta;; Avenida Paulista;Avenida Paulista; Selva de PedraSelva de Pedra  Mitologias urbanas,Mitologias urbanas, conflitos sociais econflitos sociais e laços comunitárioslaços comunitários  Histórias híbridas doHistórias híbridas do interior e da cidadeinterior e da cidade  Ecologia & MetrópoleEcologia & Metrópole  Mediações sociais: deMediações sociais: de Cabral a Blade RunnerCabral a Blade Runner
  • 11. O oriente políticoO oriente político da televisão (O Clone)da televisão (O Clone)  O pós-humano na TVO pós-humano na TV  Os seres vivos na épocaOs seres vivos na época da sua reprodutibilidadeda sua reprodutibilidade técnica (pós-humano)técnica (pós-humano)  A família, a clínica e oA família, a clínica e o merchandising socialmerchandising social  Os paraísos artificiais e aOs paraísos artificiais e a sociedade intoxicadasociedade intoxicada  O mercado mundial daO mercado mundial da teledramaturgiateledramaturgia
  • 12. Epifanias do sublime, do trágico e doEpifanias do sublime, do trágico e do maravilhoso (Hoje é dia de Maria)maravilhoso (Hoje é dia de Maria)  A simbologia da viagem eA simbologia da viagem e o processo deo processo de (auto)conhecimento(auto)conhecimento  Uma delicada abordagemUma delicada abordagem do femininodo feminino  A contemplação daA contemplação da experiência amorosaexperiência amorosa  Um novo olhar sobre osUm novo olhar sobre os sertõessertões  A obra de arte e oA obra de arte e o trabalho dos artistastrabalho dos artistas
  • 13. A história de 3 Gerações: memórias políticas,A história de 3 Gerações: memórias políticas, afetivas, sentimentais (Gilberto Braga)afetivas, sentimentais (Gilberto Braga)  Anos Dourados (50)Anos Dourados (50)  Anos Rebeldes (60/70)Anos Rebeldes (60/70)  Queridos Amigos (80)Queridos Amigos (80)
  • 14. Projeções da Geração 68 naProjeções da Geração 68 na minissérieminissérie Queridos AmigosQueridos Amigos  Do livro à telas,Do livro à telas, Itinerários da Geração 68Itinerários da Geração 68  O super-homem e oO super-homem e o fantasma da liberdadefantasma da liberdade  Da democracia à lutaDa democracia à luta pela cidadaniapela cidadania  Os indivíduos, as tribosOs indivíduos, as tribos urbanas e as revoluçõesurbanas e as revoluções molecularesmoleculares  As luzes da ficção e asAs luzes da ficção e as sombras da históriasombras da história
  • 15. claudiocpaiva@yahoo.com.brclaudiocpaiva@yahoo.com.br Obrigado a todos pela atenção!Obrigado a todos pela atenção!  PROJAC – RedePROJAC – Rede GloboGlobo  Rio de Janeiro 2006Rio de Janeiro 2006
  • Search
    Similar documents
    View more...
    Related Search
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks