History

ESCOLA UMA APOSTA NO FUTURO DE TODOS

Description
ESTA APRESENTAÇAO NÃO CONTEM TODAS AS PROPOSTAS PLANO DE FUGA PARA AS ESCOLAS O DOCUMENTO ORIGINAL CONTÉM 66 PROPOSTAS DISTINTAS E MUITO MAIS ESCOLA UMA APOSTA NO FUTURO DE TODOS dossier temático parcial
Categories
Published
of 27
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
ESTA APRESENTAÇAO NÃO CONTEM TODAS AS PROPOSTAS PLANO DE FUGA PARA AS ESCOLAS O DOCUMENTO ORIGINAL CONTÉM 66 PROPOSTAS DISTINTAS E MUITO MAIS ESCOLA UMA APOSTA NO FUTURO DE TODOS dossier temático parcial ( CONSULTE-NOS PARA CONHECER TODAS AS NOSSAS PROPOSTAS ) ano letivo 2014/2015 Caros professores e alunos, O conhecimento e compreensão de certos factos e acontecimentos, só é completo ou se torna coerente quando relacionado com outros factos e conhecimentos previamente adquiridos, a partir do momento que aqueles são constatados, observados ou mesmo experimentados in loco. Por outras palavras, a observação e a experimentação do que se apreende durante o período de formação escolar e ao longo da vida, facilita e clarifica a compreensão e o enquadramento desses conhecimentos e factos. Para a Plano de Fuga, colaborar na educação e formação da nossa sociedade é parte integrante do seu ADN. É um princípio de que não abdica e que constitui algo do qual muito se orgulha e na qual despende grande parte dos seus esforços e meios. Desde a sua origem que a Plano de Fuga assume essa vocação e o compromisso de, sempre e para qualquer viagem, propor às entidades ligadas ao ensino um serviço de qualidade, focado e completo capaz de satisfazer as exigências de professores, alunos e pais. Desta forma, é com enorme prazer e verdadeiro espirito de missão que toda a equipa da Plano de Fuga se associa a professores, educadores e alunos de escolas e instituições educativas por todo o país, no sentido de contribuir sempre para uma melhor educação das nossas crianças, jovens, adultos e seniores. A nossa abordagem ao tema das viagens escolares está longe de ser simplesmente a de propor soluções estandardizadas ou de pacotes turísticos previamente elaborados para escolas e estudantes. Mediante a apresentação de sugestões integradas de viagens, com base no conhecimento e amadurecimento daquilo que se pretende e sem nunca desviar do objetivo principal mas sim complementando-o, concretizamos as exigências e necessidades que possam ser colocadas pelas entidades que a nós recorrem, não abdicando de propor soluções e adaptações experimentadas de forma bem sucedida. Esta apresentação visa dar a conhecer algumas sugestões para viagens temáticas criadas pela Plano de Fuga em colaboração com professores e alunos de escolas de todo o país, organizadas pela duração de cada uma, sugerindo o grau e área de ensino a que mais se adequam. O nosso muito obrigado pelo esforço, dedicação e carinho com que professores e alunos têm conferido à nossa Escola. Queremos continuar a contribuir para o vosso sucesso que também é, sem dúvida absolutamente nenhuma, o sucesso de todos nós. UMA APOSTA NO FUTURO DE TODOS A viagem simboliza a aventura do homem, em busca da distância e do desconhecido. Alguns relatos de viagem tornaram-se modelos de referência e de reverência. Descrevem a nobreza dos afetos e a excelência das ações de homens exemplares, como Ulisses, Perceval ou Gawain. Outros, correspondendo a viagens que aconteceram no espaço e no tempo, produziram idêntico fascínio, mesmo quando suscitaram muitas dúvidas quanto à sua autenticidade. As notícias sobre as viagens de Marco Polo à Tartária, China e Indochina entre 1270 e 1295, ditadas a um companheiro de cárcere em 1298, devem ter causado a incredulidade e o riso a muitos dos seus contemporâneos. Porém, essa expedição teve consequências imediatas e decisivas para o mundo ocidental. Desde logo, permitiu confirmar e aumentar o poderio económico de Veneza Os Portugueses, reconhecendo-lhe o domínio sobre as rotas e portos do Mediterrâneo, procuraram outros caminhos para alcançar o Extremo Oriente, segundo um programa cuidadosamente delineado e executado. a viagem simboliza a aventura do homem As crónicas de cada viagem tornaram-se decisivas para a preparação das seguintes. É difícil determinar quando deixou de ser possível manter segredo sobre esses relatos. As notícias, mais ou menos deformadas, também viajavam para fora de Portugal, engrossando o número dos que queriam embarcar. E assim acabaram os «mares nunca de antes navegados» e deram-se «novos mundos ao mundo». Dos inúmeros relatos de viagens, manuscritos ou impressos, elegem-se dois: Os Lusíadas, de Luís Vaz de Camões, impresso em Lisboa, em 1572, poema épico sobre a descoberta do caminho marítimo para a Índia, e a Peregrinação de Fernão Mendes Pinto, impressa no mesmo local, no ano de 1614, sátira utópica a pretexto de relatar as viagens do Autor pelos mares e terras do Sudoeste asiático, China e Japão. Ao contrário de Os Lusíadas, centrado na heroicização de um projeto, a Peregrinação dá a ver o ponto de vista do outro: a inteligência, a humildade e a coragem de Fernão Mendes Pinto, proporcionaram-lhe uma consciência aguda dos erros próprios e alheios. Por isso, a sua peregrinação é uma reflexão filosófica sobre a moral e a política, expressão de um profundo sentimento de inconformismo e repugnância pelas consequências das políticas expansionistas e imperialistas. Muitos viajantes de hoje revêm-se nessa busca, «peregrinando» pelo mundo à procura de pontos de partida em busca da distância e do desconhecido UM NOVO PONTO DE PARTIDA Temo que os que quiserem medir o muito que há, pelas terras que eles não viram, com o pouco que vêem nas terras em que se criaram, queiram pôr dúvida ou porventura negar de todo o crédito àquelas coisas que se não conformam com o seu entendimento e com a sua pouca experiência. Fernão Mendes Pinto, Peregrinação, LXXXVIII PROPOSTAS DE 1 DIA BADOCA SAFARI PARK um verdadeiro safari no Alentejo CENTRO DE INTERPRETAÇÃO DA BATALHA DE ALJUBARROTA (CIBA) e, a14 de Agosto de 1385, no planalto de S. Jorge MELHOR PERÍODO Primavera, Verão e Outono GRAU DE ENSINO 1º, 2º e 3º Ciclo Secundário ÁREAS DE ENSINO Ciências PREÇO Até 50 euros Entre a planície e o oceano, em plena região do Alentejo, fica situado o Badoca Safari Park, um imenso espaço natural onde se pode apreciar a vida animal em plena liberdade. Um verdadeiro safari onde se convive de perto com girafas, tigres, cangurus, nandus, zebras, búfalos, iaques, lamas, veados, gamos, avestruzes e muitos outros animais e que constitui uma viagem ideal para sensibilizar os jovens para assuntos relacionados com o meio ambiente e a natureza. A Aldeia Africana é um espaço lúdico-didático que integra zonas de convívio, animais de madeira gigantes, baloiços africanos e um percurso pedestre de observação de vários animais domésticos e selvagens. Conheça o jardim das aves exóticas e deixe-se invadir pela alegria das cores das variadas espécies que aí habitam. MELHOR PERÍODO Todo o ano GRAU DE ENSINO 1º, 2º e 3º Ciclo Secundário ÁREAS DE ENSINO História e Geografia PREÇO Até 50 euros O CIBA foi desenhado atendendo à ligação com a paisagem circundante, que se pretende progressivamente recuperada e o mais próxima da existente em Visita ao campo da Batalha de Aljubarrota e uma oportunidade de conhecer os seus factos mais importantes. Os locais onde se encontravam colocados inicialmente o exército português e o exército franco-castelhano, o local onde se posicionou Nuno Álvares Pereira, D. João I, os arqueiros ingleses e a ala dos namorados e a posição dos trons (bombardas) utilizados pelo exército castelhano, da cavalaria castelhana, do Rei Don Juan I. Inserido neste conjunto patrimonial requalificado, encontrase ainda a Capela de São Jorge, mandada construir por Nuno Álvares Pereira em OUTRAS SUGESTÕES Lousal (Centro de Ciência Viva Museu Mineiro), Porto Covo (Ilha do Pessegueiro), Grândola e Sines (Costa Vicentina). OUTRAS SUGESTÕES Batalha (Mosteiro de Santa Maria da Vitória), Alcobaça (Real Abadia de Santa Maria de Alcobaça), Nazaré, Aldeia da Pia do Urso (Ecoparque Sensorial), Fátima (Santuário), Mira d Aire (grutas), Rio Maior (Salinas), Leiria (Castelo) e Porto de Mós (Castelo). OS MONGES BRANCOS testemunho da Ordem de Cister em Alcobaça MINAS DE ALJUSTREL mais de anos de mineração MELHOR PERÍODO Todo o ano GRAU DE ENSINO 1º, 2º, 3º Ciclo e Secundário ÁREAS DE ENSINO História PREÇO Até 50 euros Implantada em Portugal desde o século XII, a Ordem de Cister acompanhou a formação do território e a afirmação política da primeira dinastia. Graças à especial proteção régia, os monges brancos contribuíram de forma decisiva para a colonização e desenvolvimento das vastas áreas que ocuparam aplicando técnicas agrícolas inovadoras e intensivas e uma grande disciplina na organização do espaço. A Abadia de Santa Maria de Alcobaça constituiu um dos mais importantes marcos cistercienses da Península Ibérica. Fundada por D. Afonso Henriques em 1153, que também concede a Bernardo de Claraval a Carta de Couto, atribuindo à Ordem de Cister um Território de cerca de 44 mil hectares cujos limites iam da Serra dos Candeeiros até à costa marítima, avançando até Leiria e Óbidos. Este imenso território quase ermo enquadrava-se na vocação agrícola e povoadora dos cistercienses, que procuravam locais isolados, ricos em água e solos férteis. OUTRAS SUGESTÕES Visita ao Mosteiro de Santa Maria de Cós, antigo mosteiro de monjas cistercienses cujo sustento era assegurado pela Abadia de Alcobaça. Este monumento é afiliado na Ordem de Cister desde cerca de Dependendo, do tempo disponível, possibilidade de visita à Batalha, Nazaré, Caldas da Rainha ou Óbidos. MELHOR PERÍODO Todo o ano GRAU DE ENSINO 1º, 2º, 3º Ciclo e Secundário ÁREAS DE ENSINO Ciências Socioeconómicas PREÇO 50 a 100 euros Visita a Aljustrel com o seu casario arrumado em patamares e com a sua luz e serenidade típica das vilas alentejanas. A história de Aljustrel confunde-se com a história da mineração naquela região. As Minas de Aljustrel fazem parte da chamada Faixa Piritosa Ibérica e a sua exploração foi iniciada no século I a.c. A melhor forma de conhecer os seus mais de 2000 anos de exploração é visitando o Museu de Aljustrel. Esta ampla área museológica proporciona uma vasta amostragem da mineralogia e geologia das jazidas e das faixas de pirites da região. Inclui ainda as técnicas de subsolo e de superfície, assim como toda a maquinaria utilizada e as estruturas de apoio à mineração ao longo do tempo. As minas desativadas constituem um suporte importante de musealização. Destacam-se aqui, pelo seu valor patrimonial (equipamento e maquinaria), as minas de São João do Deserto e de Algares. OUTRAS SUGESTÕES Possibilidade de visita a Castro Verde onde se pode conhecer o Tesouro da Basílica Real de Nossa Senhora da Conceição integrado na rede de núcleos de arte sacra do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja. Poderá ainda conhecer o Museu da Lucerna. Outras alternativas são a cidade de Beja ou a Villa Romana de Pisões. PROPOSTAS OUTDOOR E RADICAIS 1 DIA CARAMULO escalada, rappel e slide Desde 1997 que o Complexo Turístico do Caramulo abre as suas portas às escolas, no âmbito de um projeto que vai ao encontro das necessidades e propostas de alunos e professores. Os estudantes com idades não inferiores a 12 anos, vivem aqui uma montanha de emoções com a máxima segurança. O programa pode incluir excursões em BTT (bicicletas e guias no local), passeios pedestres, uso das piscinas e jacuzzi, treino de escalada, rappel e paralelas no Rocódromo, e ainda um jogo de Caça ao Tesouro, com slide. RAFTING NO RIO MINHO emoções ao rubro A atividade de rafting é um desporto de equipa. Consiste em descer um rio, numa embarcação insuflável específica, o raft, e vencer os diversos obstáculos que aparecem: árvores, rochas, remoinhos, quedas, etc. Ideal para iniciação e formação o rio Minho é o mais indicado num primeiro contacto com a modalidade e está aconselhado a pessoas com idades compreendidas entre os 7 e os 77 anos, mesmo sem saber nadar. INICIAÇÃO À ESPELEOLOGIA pelas profundezas da terra Organizado pela Escola Portuguesa de Espeleologia, consiste na visita a uma gruta de pequena dificuldade para mostrar aos jovens as particularidades do ambiente subterrâneo, da paisagem das regiões calcárias e de educação ambiental. CAMINHADAS NA ARRÁBIDA em comunhão com a natureza Passeios pedestres com início na zona de Azeitão, percorrendo o sopé da Serra da Arrábida, contornando-a por carreiros antigos e atravessando quintas com áreas cultivadas e zonas de arbustos densos com pinheiros e carvalhos. Chegados ao alto da Serra, descobrimos um panorama espetacular em redor sobre a península de Troia, o Sado e o Mar. Descida por um caminho centenário, no meio de uma vegetação muito densa de arvoredo, arbustos e flores silvestres, com uma bonita vista de mar. CANOAGEM NO SADO uma experiência cheia de emoções Circuito de canoagem no estuário do Sado, subindo, ou descendo o rio Sado, entre Alcácer do Sal e Vale do Guizo, conforme as condições da maré. Águas calmas, por entre canaviais e arrozais, com excelentes condições para observação da fauna local da qual se destacam as cegonhas, as garças, e os patos. SERRA DA ESTRELA ski, snowboard, caminhadas, btt, canoagem, etc. Aventura para jovens de todas as idades no Parque Natural da Serra da Estrela. Em qualquer altura do ano encontra-se disponível o Ski Parque da Serra da Estrela com neve artificial. Aprendendo ou praticando ski e snowboard com a supervisão constante de monitores especializados. Um vasto conjunto de atividades, como passeios pedestres, passeios de BTT, canoagem, passeios de cavalo, slide, rappel, paintball, orientação e caças ao tesouro. Tomem os homens motivo de não desanimarem com os trabalhos da vida para deixarem de fazer o que devem, porque não há nenhuns, por grandes que sejam, com que não possa a natureza humana, ajudada do favor divino. Fernão Mendes Pinto, Peregrinação, I PROPOSTAS DE 2-3 DIAS ROMANCISTAS o mundo de Eça e Camilo MÉRTOLA a riqueza de um passado islâmico MELHOR PERÍODO Todo o ano GRAU DE ENSINO 3º Ciclo e Secundário ÁREAS DE ENSINO História e Humanísticas PREÇO 100 a 200 euros Visita à bela região de Terras de Bouro e Mondim de Basto, cenário privilegiado das novelas de Camilo Castelo Branco e à sua terra natal: S. Miguel de Ceide, concelho de Vila Nova de Famalicão. Aqui poderá ser conhecida a Casa Museu de Camilo, construída em finais do século XIX, onde se poderá observar o mobiliário que lhe pertenceu e à família, alguns objetos pessoais, e inúmeros documentos, bibliografias e outras obras. Continuação por Baião, o concelho mais oriental do distrito do Porto, e de seguida visita à Quinta de Tormes no Baixo Douro, local que serviu de cenário a um dos mais conhecidos romances de Eça de Queirós: A Cidade e as Serras. Trata-se de uma quinta vivida, com calor e conforto na qual se produz o mesmo vinho há 100 anos e habitam descendentes do escritor e trabalham descendentes dos seus empregados. Possibilidade de degustar um almoço típico queirosiano. OUTRAS SUGESTÕES Poderá ser incluída a vida e obra de Agustina Bessa-Luís que nasceu em Vila Meã, Amarante, a 15 de Outubro de A sua infância e adolescência são passadas nesta região, cuja ambiência marcará fortemente a obra da escritora. MELHOR PERÍODO Todo o ano GRAU DE ENSINO 2º, 3º Ciclo e Secundário ÁREAS DE ENSINO História e Humanísticas PREÇO De 100 a 200 euros A Mírtilis romana, ou a Mirtolah árabe, ou a portuguesa Mértola sobranceira ao rio Guadiana, é uma vila encantadora de grande interesse histórico. Com o seu casario branco é como um museu vivo com vestígios de diferentes períodos e culturas exibidos em zonas distintas. Destaca-se o Museu Islâmico que é considerado o primeiro e o maior museu islâmico da Europa, a Igreja Matriz (1292) de estilo árabe e o castelo. Os Itinerários Arqueológicos do Alentejo surgiram com a necessidade de estabelecer condições para a salvaguarda e dinamização turístico/cultural dos sítios arqueológicos, através da sua investigação, preservação, valorização e divulgação. Neste sentido, propomos viagem pelo conhecido Circuito Megalítico do Alentejo de onde se destacam as Antas d Elvas, o Cromeleques dos Almendres e o Dolmen de Pavia. OUTRAS SUGESTÕES Possibilidade de conhecer em Alcoutim o Roteiro Museológico de Alcoutim que é composto por oito museus, cinco dos quais em antigos edifícios de Escola Primária. Estão abertos a visitas, o Museu de Arqueologia, o Museu de Arte Sacra em Alcoutim, o Museu do Rio em Guerreiros do Rio e o Museu Escola Primária em Santa Justa, e os outros são abertos propositadamente. GUADIANA à conquista das tradições e da natureza SIZA VIEIRA a obra de um arquiteto MELHOR PERÍODO Primavera, Verão e Outono GRAU DE ENSINO 1º, 2º, 3º Ciclo e Secundário ÁREAS DE ENSINO História e Ciências Socioeconómicas PREÇO 50 a 100 euros Partida rumo a Vila Real de Santo António, cidade construída em menos de dois anos sobre o areal junto à foz do Guadiana. Embarque no cais desta bonita e geométrica cidade mandada construir de raiz pelo Marquês de Pombal após o terramoto de 1755, rio acima até avistar as muralhas de Castro Marim, sobranceiras ao casario que se estende por duas colinas. Chegada a Odeleite, uma pequena e deslumbrante aldeia onde as casas se despenham pela encosta até ao rio. Alcança-se Alcoutim e San Loucar, a sua irmã espanhola na outra margem. A visitar o seu castelo panorâmico do século XIV. Característica desta região são as lindas rendas de bilros executadas pelas rendeiras à soleira de suas portas e os bonecos de juta de Martilongo criados pelas artesãs da Flor da Agulha. MELHOR PERÍODO Todo o ano GRAU DE ENSINO 3º Ciclo e Secundário ÁREAS DE ENSINO História, Ciências Socioeconómicas e Arte PREÇO 100 a 200 euros Uma viagem destinada fundamentalmente a estudantes de arquitetura e arte. Visita à Igreja de Santa Maria e ao seu Centro Paroquial em Marco de Canavezes, projeto do arquiteto Álvaro Siza Vieira, edifício que apesar do seu cariz religioso é extremamente simples e depurado de modo a tirar partido da luz natural. Já no Porto, visita ao Museu de Serralves onde poderá ser conhecida a exposição permanente consagrada à arte contemporânea e outras exibições a decorrer. Poderá ainda ser visitada a Faculdade de Arquitetura do Porto, da responsabilidade do arquiteto e no qual ela se afirma em contradição com os projetos de grande escala. Visita às Piscinas de Marés de Leça da Palmeira, concluídas em 1966, caracterizadas pela sua atualidade. De grande interesse é ainda a Casa de Chá e o Restaurante Boa Nova em Matosinhos, terra natal do arquiteto. alvarosizavieira.com OUTRAS SUGESTÕES Possibilidade de incorporar na viagem a visita a Mértola já anteriormente incluída no programa. Pelo Algarve, para além da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e de Vila Real de Santo António, podemos conhecer o Parque Natural da Ria Formosa, não deixando de visitar Tavira, Olhão e Faro. OUTRAS SUGESTÕES Possibilidade de incluir visita panorâmica ao Porto e toda a costa a norte desde Leça da Palmeira, passando por Vila do Conde e Póvoa do Varzim até Esposende. A sul, possibilidade de conhecer toda a costa de Miramar, passando por Espinho e Esmoriz até Aveiro. Em alternativa visita à região duriense de Castelo de Paiva, Cinfães e Resende. A façanha portuguesa é testemunho do seu espírito empreendedor e força, da sua fé religiosa e entusiasmo; da sua capacidade de explorar os conhecimentos e técnicas mais recentes. Nenhum chauvinismo tolo; o pragmatismo em primeiro lugar. David S. Landes, A Riqueza e a Pobreza das Nações, Lisboa, 2001, p. 138 PROPOSTAS DE +3 DIAS VALENCIA E ALICANTE a Costa Blanca espanhola O GUGGENHEIM Bilbao e costa Cantábrica # DIAS Mínimo 6 dias MELHOR PERÍODO Todo o ano GRAU DE ENSINO 3º Ciclo e Secundário PREÇO 200 a 500 euros Apesar de fundada há mais de 2000 anos pelos Romanos, Valencia é hoje uma moderna cidade, projetada para o futuro, sendo uma das cidades mais visitadas de Espanha. A Cidade das Artes e das Ciências, o maior espaço cultural e lúdico da Europa, que combina os mais variados elementos científicos com elementos de diversão para todo o tipo de público. Os seus originais jardins e passeios, um edifício com a forma de olho humano palco do Planet
Search
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks