Slides

Fernada martis 1] ddesafios dos jovens

Description
1. Dilemas e Desafios Dosjovens no século XXi CRÔNICA: PUBERDADE ALUNA:Fernanda Martins ORIENTADOR:Eldison Cabral 2. O QUE É?ã A CRÔNICA É UM ESTILO DE TEXTO…
Categories
Published
of 13
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Dilemas e Desafios Dosjovens no século XXi CRÔNICA: PUBERDADE ALUNA:Fernanda Martins ORIENTADOR:Eldison Cabral
  • 2. O QUE É?• A CRÔNICA É UM ESTILO DE TEXTO PREDOMINANTEMENTE CURTO NO QUAL O CRONISTA ABORDA SITUAÇÕES COMUNS DO COTIDIANO.
  • 3. PARA QUEM?• A crônica pelo fato de ser acessível é destinada a todos os públicos.
  • 4. Como é feito?• A crônica pode ser manuscrita,digitada ou verbalizada.
  • 5. Quem é o público alvo?• Adolescentes.
  • 6. Qual veículo de comunicação?• Jornais, blogs,revistas, etc.
  • 7. Quais a informatividade?• A crônica Puberdade, ainda que de uma forma breve, retrata as dificuldades dos adolescentes durante esse período.
  • 8. Qual a situacionalidade?• A mãe da adolescente reclama pelo fato dela ter mudado o comportamento , e depois a mãe se lembra de que a filha esta na idade de passar pela puberdade e comenta isso com ela. A adolescente fica assustada pelo fato de não saber o que é a puberdade, mais a sua mãe lhe explica o significado de puberdade.
  • 9. Qual a aceitabilidade?• Acredito que será interessante, porque, a crônica Puberdade tenciona mostrar ainda que fictícia, as dificuldades enfrentadas pelos adolescentes nesse período de transição, ou seja, da infância para adolescência.
  • 10. Qual a intencionalidade?• Referisse as dificuldades que os adolescentes passam quando estão na puberdade.
  • 11. Puberdade• Chegueiiiiiii coroaaaaaaa• Isso é jeito de chegar em casa menina?• oxi, eu só conheço esse jeito, a senhora queria que eu chegasse como? Plantandando bananeira? Ou quem sabe pulando em um pé só igual a um saci?• não estol referindo a isso, mim refiro há bom, quando você era menorsinha, era você chegando em casa e já ia me abraçando e me dando mil beijos. E você
  • 12. era mas carinhosa. Lembrar?• Há não mainha a senhora quer que eu fique pagando esse mico pura ir? Com essas melasões, pegajosas? Nem pense, venha.• Esta vendo? É disso que eu estol falando, você não é mais a mesma.Há, agora mim lembrei.• Ainda bem, pensei que não ia lembrar de comprar aquela calça da “C&A” que eu
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks