Sports

Firs Roma-12 junho2016

Description
1. Luis Sénica 2. CONFERÊNCIA INTERNACIONAL O FUTURO DO HÓQUEI EM PATINS UMA IDEIA! LUIS SÉNICA 3. THE FUTUREOF RINK HOCKEY INTERNATIONALCONVENTION JUNE 12 de 2016…
Categories
Published
of 12
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Luis Sénica
  • 2. CONFERÊNCIA INTERNACIONAL O FUTURO DO HÓQUEI EM PATINS UMA IDEIA! LUIS SÉNICA
  • 3. THE FUTUREOF RINK HOCKEY INTERNATIONALCONVENTION JUNE 12 de 2016 FIRS ROME PLANO ESTRATÉGICO DE PROMOÇÃO, DESENVOLVIMENTO E DIVULGAÇÃO! Plano Estratégico de Promoção, Desenvolvimento e Divulgação que permita a reestruturação do Hóquei em Patins a nível Mundial e que possa servir de catalisador para as várias Federações Nacionais! Este Plano deve assumir três características: Carácter Progressista – pretende entender as necessidades e tendências evolutivas da Modalidade; Carácter Adaptativo – aos intervenientes da Modalidade (realidade); Experiência e Capacidade Intelectual – dos actores do programa (não se ensina o que não se sabe). Luis Sénica
  • 4. THE FUTUREOF RINK HOCKEY INTERNATIONALCONVENTION JUNE 12 de 2016 FIRS ROME PLANO ESTRATÉGICO DE PROMOÇÃO, DESENVOLVIMENTO E DIVULGAÇÃO! E pretende: Prever, de forma a preparar o futuro; Organizar, no sentido de obter todos os recursos humanos materiais e financeiros necessários; Comandar, tendo em atenção tirar partido das características individuais dos recursos humanos da estrutura; Coordenar, com o fim de integrar e harmonizar todas as políticas a desenvolver na estrutura; Controlar, para prever se tudo se passa como o planeado (avaliar, organizar e reorganizar). Luis Sénica
  • 5. THE FUTUREOF RINK HOCKEY INTERNATIONALCONVENTION JUNE 12 de 2016 FIRS ROME ANÁLISE PESTEL Pestel – Enquadramento político O Hóquei em Patins não é Modalidade Olímpica; O Hóquei em Patins não participa nos Jogos Mundiais; O Hóquei em Patins dentro da família da Patinagem (FIRS) não encontra grandes mecanismos de afirmação; A política desportiva da esmagadora maioria dos países que praticam Hóquei em Patins não integra a Modalidade nos seus Programas; Na esmagadora maioria dos países que praticam Hóquei em Patins não existe um incentivo político à transmissão em directo de todas as provas de interesse público nos canais nacionais; Os patrocínios são nulos ou escassos derivados do baixo grau de implementação e visibilidade da Modalidade; Luis Sénica
  • 6. THE FUTUREOF RINK HOCKEY INTERNATIONALCONVENTION JUNE 12 de 2016 FIRS ROME ANÁLISE PESTEL Pestel – Enquadramento político As Federações que praticam Hóquei em Patins na sua esmagadora maioria não têm uma organização administrativa adequada; As Federações que praticam Hóquei em Patins na sua esmagadora maioria não têm um programa integrado entre as várias áreas físicas, psicológica, médica, técnico/cientifica e não disponibilizam um conjunto de profissionais de elevada capacidade e conhecimento para implementar os programas de treino adequados à competição nacional e internacional; A crise económico-financeira acentua as dificuldades da Modalidade na Europa. Luis Sénica
  • 7. THE FUTUREOF RINK HOCKEY INTERNATIONALCONVENTION JUNE 12 de 2016 FIRS ROME ANÁLISE PESTEL Pestel – Enquadramento social Dificuldades de expansão geográfica; Assimetrias geográficas dentro dos próprios países que praticam o Hóquei em Patins; Países com número limitado de Infraestruturas adequadas à prática do Hóquei em Patins; Dificuldades na implementação e na facilidade de aquisição do material desportivo específico da modalidade. Luis Sénica
  • 8. THE FUTUREOF RINK HOCKEY INTERNATIONALCONVENTION JUNE 12 de 2016 FIRS ROME ANÁLISE PESTEL Pestel – Enquadramento tecnológico Baixo número de canais de TV que emitem jogos de Hóquei em Patins; A Web como ferramenta fundamental de comunicação com Federações, clubes, adeptos e comunicação social; Ligeiro avanço tecnológico na monitorização/avaliação do treino e na utilização de softwares de análise do jogo; Sinais de avanço tecnológico na área dos equipamentos específico da Modalidade. Luis Sénica
  • 9. THE FUTUREOF RINK HOCKEY INTERNATIONALCONVENTION JUNE 12 de 2016 FIRS ROME ANÁLISE PESTEL Pestel – Ambiente e leis O facto de o Hóquei em Patins ser uma Modalidade assumidamente Indoor faz com que as condições ambientais não tenham impacto na prática da Modalidade; Localização geográfica dos países que praticam o Hóquei em Patins em conjunto com a actual crise económica na Europa dificulta e onera a participação em competições internacionais e intercâmbios entre clubes; A legislação vigente nos países que praticam o Hóquei em Patins não impede a prática da Modalidade mas limita a sua acção muito pela ausência de incentivos estatais. Luis Sénica
  • 10. THE FUTUREOF RINK HOCKEY INTERNATIONALCONVENTION JUNE 12 de 2016 FIRS ROME FORÇAS FRAQUEZAS OPORTUNIDADES AMEAÇAS Know-how da FIRS Gestão proactiva do FIRS Trabalho actual do CERH Aplicação de um Programa de Desenvolvimento e implementação do Hóquei em Patins a médio longo prazo Actuais Regras de Jogo Pistas Materiais e equipamentos de prática Estrutura de suporte aos jogadores Baixo número de praticantes Qualidade e número insuficientes de árbitros Tecnologia, base de dados e monotorização inexistentes Ausência de uma política de comunicação e marketing Organização de Federações e Clubes Aproveitar os World Roller Games Criar uma relação proactiva entre as estruturas continentais Aproveitar o financiamento local e fundos estatais para o desporto de formação e alto rendimento Reorganização das provas A Web como ferramenta fundamental de comunicação Economia e a crise Mundial Número reduzido de países com prática regular Assimetrias geográficas dentro dos próprios países que praticam o Hóquei em Patins Elevado custo do Material Competição com outras modalidades ANÁLISE SWOT
  • 11. THE FUTUREOF RINK HOCKEY INTERNATIONALCONVENTION JUNE 12 de 2016 FIRS ROME PLANO 1 - REORGANIZAÇÃO DO CIRH PLANO 2- CARACTERIZAÇÃO DO HÓQUEI EM PATINS NO MUNDO- QUEM SOMOS E QUANTOS SOMOS? PLANO 3 - REGULAMENTAÇÃO PLANO 4 – ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS PLANO 5- QUADROS COMPETITIVOS PLANO 6 - FORMAÇÃO DE ATLETAS PLANO 7 – FORMAÇÃO DE TREINADORES PLANO 8 – ARBITRAGEM PLANO 9 – DOCUMENTAÇÃO PLANO 10- NOVOS PAÍSES – Países com prática de outras disciplinas da Patinagem PLANO 11 – PROJECTOS ESPECIAIS DE PROMOÇÃO E DESENVOLVIMENTO PLANO 12 – DOCUMENTAÇÃO PLANO 13- PROTOCOLOS COM UNIVERSIDADES PLANO 14- MATERIAL PLANO 15- PATROCÍNIOS PLANOS DE ACÇÃO
  • 12. THE FUTUREOF RINK HOCKEY INTERNATIONALCONVENTION JUNE 12 de 2016 FIRS ROME LUIS SÉNICA 08 12 Luis Sénica
  • Tissue Culture

    Jul 23, 2017
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks