Bills

Fundamentos das Demonstrações Financeiras 4 HA

Description
Fundamentos das Demonstrações Financeiras 4 HA Fazer com que o aluno entenda como as transações de uma empresa são contabilizadas (registradas, organizadas e reportadas) e que consiga elaborar as principais
Categories
Published
of 15
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
Fundamentos das Demonstrações Financeiras 4 HA Fazer com que o aluno entenda como as transações de uma empresa são contabilizadas (registradas, organizadas e reportadas) e que consiga elaborar as principais demonstrações financeiras. Ao final da disciplina, o aluno será capaz de elaborar o balanço patrimonial e demonstração de resultado de uma empresa a partir de uma série de transações (e ajustes contábeis), entendendo as relações entre as contas patrimoniais e de resultado. Enfoque no conhecimento da função da Contabilidade e da utilidade das demonstrações financeiras para avaliação do desempenho e gestão do negócio. Abordagem do conteúdo: entender os conceitos fundamentais da contabilidade e aplicá-los na elaboração das principais demonstrações financeiras: balanço patrimonial e demonstração de resultado. As aulas são conduzidas de maneira a levar o aluno a atingir os objetivos definidos para a disciplina. Para isso, são utilizadas diversas técnicas de ensino-aprendizagem que se alternam em função do assunto tratado na aula. O professor deve ser visto como um orientador dos alunos e não como um expositor permanente da matéria, pois a transmissão pura e simples dos seus conteúdos traz resultados bem menores ao aprendizado do que a discussão destes. Portanto, é solicitado leitura antecipada dos assuntos a serem abordados em aula e eventuais trabalhos de pesquisa realizado fora da sala de aula, discussão em grupos e a utilização de outros recursos facilitadores do processo de aprendizagem. CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO O professor irá avaliar o aprendizado dos alunos pela sua habilidade em reconhecer os conceitos abordados em diferentes contextos e pela sua capacidade de análise, através de trabalhos ou provas individuais. 1. Visão geral das atividades empresariais e as Demonstrações Financeiras 2. Elaboração de Demonstrativos Financeiros: 2.1. Balanço Patrimonial 2.2. Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) 3. Avaliação de Estoques (PEPS, UEPS e Custo Médio) FIPECAFI/USP. Manual De Contabilidade Societária: Aplicável a todas as Sociedades de Acordo com as Normas Internacionais e do CPC. 1 ed. São Paulo: Atlas, IUDÍCIBUS, Sérgio de, MARION, José Carlos. Curso de Contabilidade para não Contadores: Para as áreas de administração, economia, direito e engenharia (livro-texto). 6 ed. São Paulo: Atlas, Livro de Exercícios. 2 ed. São Paulo: Atlas, STICKNEY, C. P.; WEIL, R. L.; SCHIPPER, K.; FRANCIS, J. Financial Accounting, An Introduction to Concepts, Methods, and Uses. 13edition, Mason: South-Western Cengage Learning, 2010 BIBLIOGRAFIA COMPLR BEGALLI, Glaucos Antonio, PEREZ JR., José Hernandez. Elaboração das demonstrações contábeis. 4. ed. São Paulo: Atlas, ERNST & YOUNG, FIPECAFI. Manual de Normas Internacionais de Contabilidade: IFRS versus normas brasileiras. São Paulo: Atlas, HONG, Ching Yuh; MARQUES, Fernando; PRADO, Lucilene. Contabilidade & finanças para não especialistas. 3 ed. São Paulo: Pearson Education, NAGATSUKA, Divane Alves da Silva, TELES, Egberto Lucena. Manual de contabilidade introdutória. São Paulo: Thomson, 2002. REEVE, J.; WARREN, C. S. ; DUCHAC, J. Accounting Using Excel for Success. 2 nd. edition, Mason: South-Western Cengage Learning, 2011. DIREITO EMPRESARIAL 2 HA Identificar os instrumentos e os possíveis problemas jurídicos envolvidos na gestão de negócios, qualquer que seja o tipo de empreendimento. Conhecer e respeitar a legislação vigente no país no seu exercício profissional e em sua conduta cidadã. Estudo dos principais instrumentos jurídicos envolvidos na gestão dos negócios. Estabelecimento das relações entre ordenamento jurídico e a vida social. Desenvolvimento de uma abordagem que leve em conta os problemas jurídicos nas estratégias gerenciais. As aulas são conduzidas de maneira a levar o aluno a atingir os objetivos da disciplina por meio das seguintes estratégias didático-pedagógicas. 1- Exposições teóricas realizadas pelo professor; 2- Trabalhos individuais ou em grupo realizados em sala de aula; 3- Analise e discussão de casos concretos, simulando a identificação e resolução de problemas jurídicos nas organizações. 4- Pesquisas de temas solicitadas pelo professor, com indicação de bibliografia e entrega e/ou apresentação da pesquisa realizada. Introdução: O conceito de Direito 1- Direito Comercial e seus Elementos: 1.1- Teoria da Empresa 1.2- Empresário 1.3- Sociedade Empresária 2- Sociedades Empresárias: 2.1- Conceito 2.2- Sociedades regulares e irregulares 2.3- Contratos sociais - elementos gerais e específicos 2.4- Classificação das sociedades empresariais ( Ltda. e S/A) 2.5- Microempresas e EPP 3- Títulos de Crédito: 3.1- Conceito 3.2- Classificação 3.3- Principais Títulos e seus requisitos legais ( letra de câmbio, cheque, nota promissória, duplicata) 4- Recuperação de Empresa e Falência: 4.1- Estado de falência 4.2- caracterização da falência 4.3- pedido de falência 4.4- efeitos da falência 4.5- recuperação judicial 5- Noções Básicas de Direito do Consumidor: 5.1- Conceito de Consumidor e Fornecedor 5.2- Direitos básicos do consumidor 5.3- proteção contratual REIS, Henrique Marcelo dos; REIS, Claudia Nunes Pascon dos. Direito para Administradores. Vol. I. São Paulo: Thomson, BRANCATO, Ricardo Teixeira. Instituições do Direito Público e de Direito Privado. São Paulo : Saraiva, LEGISLAÇÃO: Constituição Federal (Direitos Fundamentais Individuais e Coletivos) e Código Civil (trechos selecionados pelo professor). BIBLIOGRAFIA COMPLR COTRIM, Gilberto Vieira. Direito Fundamental: Instituições de Direito Público e Privado. São Paulo: Saraiva, COELHO, Fábio Ulhoa. Manual de direito comercial. São Paulo: Editora Saraiva, BULGARELLI, Waldírio. Contratos mercantis. São Paulo: Editora Atlas,2001. JORNAIS DIÁRIOS: Estado de São Paulo, Folha de São Paulo, Gazeta Mercantil, Valor Econômico etc. REVISTAS DE INTERESSE GERAL: Exame, Veja, Isto É, Época. SITES DE INTERNET: Bancos de Dados : PROQUEST, EBSCO, BLACKWELL, etc. Ordem dos Advogados do Brasil (www.oab-sp.org.br) Associação dos Advogados de São Paulo (www.aasp.org.br) IOB (www.iob.com.br) Órgãos do Governo: Senado Federal (www.senado.gov.br); Ministérios etc. Diários Oficiais (da União, dos Estados, dos Municípios) (www.dou.gov.br) Organizações não-governamentais: ex.: Greenpeace (www.greanpeace.org), Rainforest (www.rainforest.org), Anistia Internacional,etc. LÓGICA MATEMÁTICA 2 HA Desenvolver competências e habilidades para que o aluno aprimore o raciocínio lógico-matemático e seja capaz de expressar-se com objetividade, clareza e precisão. Propiciar uma formação dedutiva e indutiva para efetuar pesquisas mais profundas em qualquer área do conhecimento. Introdução à lógica matemática, lógica proposicional (tratamento intuitivo e noções do tratamento formal), álgebra dos conjuntos, silogismos, predicados e lógica fuzzy. As aulas são conduzidas de maneira a levar o aluno a atingir os objetivos definidos para a disciplina. Para isso, são utilizadas diversas técnicas de ensino-aprendizagem que se alternam em função do assunto tratado na aula. O professor deve ser visto como um orientador dos alunos e não como um expositor permanente da matéria, pois a transmissão pura e simples dos seus conteúdos traz resultados bem menores ao aprendizado do que a discussão destes. Portanto, é solicitado trabalho de pesquisa realizado fora da sala de aula, discussão em grupos e a utilização dos recursos do data show e da Internet em sala. CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO A avaliação do aprendizado do aluno será efetuada de forma contínua, através de provas, trabalhos e listas de exercícios, e deverá identificar a capacidade do aluno em reconhecer os conceitos e aplicações discutidos no decorrer da disciplina. As avaliações deverão estimular o raciocínio crítico do aluno bem como proporcionar situações nas quais o aluno possa relacionar com o seu futuro ambiente de trabalho. 1. Introdução à Lógica: Histórico 2. Lógica Proposicional 3. Proposições e conectivos 4. Operações lógicas e tabelas de verdade 5. Construções de tabelas de verdade 6. Tautologias, contradições e contingências 7. Equivalência e implicação lógica 8. Substituição 9. Validade de argumentos 10. Falácias 11. A álgebra dos conjuntos : Operações básicas 12. Silogismos categórico 13. Sistemas Fuzzy (Tópico Complementar) ALENCAR FILHO, Edgard de. Iniciação à lógica matemática. 18.ed. São Paulo: Nobel, Baronett, Stan. Lógica: Uma introdução voltada para as ciências. São Paulo: ArtMed, MORTARI, Cezar. Introdução à Lógica. São Paulo: Editora UNESP,2001. BIBLIOGRAFIA COMPLR CASTRUCCI, Benedito. Introdução à lógica matemática. 5. ed. São Paulo: Geem, CURY, Marcia Xavier. Introdução à lógica. São Paulo: Érica, 1996. MACROECONOMIA 4 HA Conhecer e analisar os impactos das políticas macroeconômicas sobre os consumidores, organizações e governo, para planejar e realizar tomadas de decisões estratégicas. Estudo dos conceitos e fundamentos necessários para a análise macroeconômica. Análise dos cenários macroeconômicos e seus impactos sobre o comportamento dos consumidores, das empresas, das contas públicas e do valor do dinheiro para tomada de decisões estratégicas As aulas serão expositivas, devendo ocorrer em classe, discussões dos principais conceitos. Realização de exercícios para fixarem os conceitos. Estes podem ser resolvidos em classe, como modelo para explicação da matéria, e em casa, para fixação e desenvolvimento dos conceitos. 1. Introdução: Contas Nacionais, variáveis macroeconômicas 2. Análise de curto prazo Modelo IS LM 3. Análise de Médio Prazo Mercado de trabalho, Modelo AS AD, Desemprego, Inflação 4. Economia Aberta 5. Análise de conjuntura MANKIW, N. Gregory. Macroeconomia. 5ª. ed.são Paulo: Person, MOCHÓN, Francisco. Princípios de Economia. São Paulo: Pearson, 2007 FROYEN, R. Macroeconomia. São Paulo: Atlas, 1999 BIBLIOGRAFIA COMPLR TROSTER, Roberto; MOCHÓN, Francisco. Introdução à Economia. São Paulo: Makron Books, MANKIW, N. Gregory. Macroeconomia. 5ª. ed.são Paulo: Perason, 2003 PAULANI, Leda M. e BRAGA, Márcio B; A nova contabilidade Social. São Paulo: Saraiva, PASSOS, C. R. M.; NOGAMI, O. Princípios de Economia. São Paulo: Thomson, VASCONCELLOS, Marco Antonio Sandoval de. Economia: Micro e Macro. São Paulo: Atlas, 2004. MATEMÁTICA II 4 HA Habilitar o aluno ao uso das ferramentas do cálculo diferencial e integral, para resolver problemas da administração relacionados com problemas de minimização e maximização, bem como desenvolver no aluno a capacidade de formular ou construir modelos avançados que representem matematicamente algumas situações do cotidiano do administrador. Introdução ao cálculo diferencial partindo de noções de limites e as suas consequentes aplicações em derivadas. Aplicação das derivadas em problemas máximos, mínimos e estudo de comportamento de funções. Noções de integrais das suas aplicações em administração. As aulas são conduzidas de maneira a levar o aluno a atingir os objetivos definidos para a disciplina. Para isso, são utilizadas diversas técnicas de ensino-aprendizagem que se alternam em função do assunto tratado na aula. O professor deve ser visto como um orientador dos alunos e não como um expositor permanente da matéria, pois a transmissão pura e simples dos seus conteúdos traz resultados bem menores ao aprendizado do que a discussão destes. Portanto, é solicitado trabalho de pesquisa realizado fora da sala de aula, discussão em grupos e a utilização dos recursos do data show e da Internet em sala. CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO A avaliação do aprendizado do aluno será efetuada de forma contínua, através de provas, trabalhos e listas de exercícios, e deverá identificar a capacidade do aluno em reconhecer os conceitos e aplicações discutidos no decorrer da disciplina. As avaliações deverão estimular o raciocínio crítico do aluno bem como proporcionar situações nas quais o aluno possa relacionar com o seu futuro ambiente de trabalho. 1. Noções de Limites e continuidade. 2. Derivadas 2.1 Derivada de uma função num ponto. 2.2 Função derivada. 3. Aplicação das derivadas 3.1 Taxa de crescimento e decrescimento. 3.2 Pontos de mínimo e máximo. 3.3 Estudo da concavidade e das inflexões. 3.4 Construção e interpretação de gráficos 4. Problemas de máximos e mínimos (otimização). 5. Modelagem e solução de problemas aplicados à Administração. 6. Integrais 6.1 Definição da Integral. 6.2 A integração como um processo de Anti-derivação. 6.3 Técnicas de Integração (por substituição e por partes). 6.4 Integrais Definidas Cálculo de Áreas. 7. Aplicação das Integrais na Administração HAZZAN, Samuel.; BUSSAB, Wilton de Oliveira;MORETTIN, Pedro Alberto. Cálculo Funções de Uma e de Várias Variáveis. 2 ed São Paulo: Saraiva, GOLDSTEIN, Larry. J. Matemática aplicada à Economia Administração e Ciências Contábeis. Bookman, TAN, S. T. Matemática Aplicada à Administração Economia. Pioneira Thomson Learning, 2001. BIBLIOGRAFIA COMPLR GUIDORIZZI, Hamilton Luiz. Matemática para Administração. LTC. Rio de Janeiro, WEBER, Jean. Engler. Matemática para Economia e Administração. Harbra, GUIDORIZZI, Hamilton Luiz. Um Curso de Cálculo. Volume 1. LTC. Rio de Janeiro, CHIANG, Alpha Matemática para Economistas. Edusp/McGraw-Hill, 1982 VERAS, Lilia Ladeira. Matemática Aplicada à Economia. Editora Atlas, 1999. SOCIOLOGIA DAS ORGANIZAÇÕES 4 HA Conhecer os principais conceitos dos autores clássicos e contemporâneos da Sociologia e analisar as situações grupais e organizacionais de forma crítica e criativa. Demonstrar a capacidade de identificar e relacionar a cultura e as culturas organizacionais e tomar decisões com base no instrumental analítico adquirido. Estudo das relações entre a Sociologia e o mundo das organizações. Análise crítica das organizações e de suas dimensões culturais, éticas e de poder. As aulas são conduzidas de maneira a levar o aluno a atingir os objetivos da disciplina por meio das seguintes estratégias didático-pedagógicas. 1- Aulas expositivas com apoio de multimeios (vídeo, DVD, slides e internet); 2- Leitura e debate, com base nos textos selecionados na bibliografia; 3- Trabalhos em Grupo e/ou Seminários; 4- Pesquisas em Bibliotecas e 5-Elaboração de trabalhos individuais e ou coletivos sobre questões propostas no plano de ensino. 1. A relação entre a Sociologia e Administração: natureza e exigências e o conceito de organizações. 2. Ciências Sociais e Management: uma relação de natureza operacional 3. O poder nas organizações: as várias dimensões. 4. Cultura organizacional e cultura brasileira. CHANLAT, Jean-François. Ciências sociais e management. Reconciliando o econômico e o social. São Paulo: Atlas, MOTTA, Fernando C. Prestes; CALDAS, Miguel P. (Orgs.). Cultura Organizacional e Cultura Brasileira. São Paulo: Atlas, FLEURY, Maria Teresa Leme; FISHER, Rosa Maria. Cultura e poder nas organizações. São Paulo: Atlas, BIBLIOGRAFIA COMPLR GUIDDENS, Antony. Sociologia. São Paulo: Artmed, ALMEIDA, Alberto Carlos. A cabeça do brasileiro. Rio de Janeiro: Record, BARBOSA, Lívia. O jeitinho brasileiro. Rio de Janeiro: Campus BB, CHANLAT, J. F. Indivíduo nas organizações: dimensões esquecidas. São Paulo: Editora Atlas, 1999 (Volumes 1, 2 e 3). COUCHE, D. A noção de cultura nas ciências sociais. Bauru: Edusc, DaMatta, Roberto. O que faz o brasil, Brasil?. Rio de Janeiro: Rocco, DUPUIS, Jean-Pierre. Une approche sociologique de la dynamique interne de l entreprise. In: Dupuis, Jean- Pierre et Kuzminski, André (dir.). Sociologie de l économie, du travail et de l entreprise. Montreal, Gaetan Morin, (tradução em português, Pedro Jaime, mimeo). FOUCAULT, M. A microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, SROUR, Henry Robert. Poder, cultura e ética nas organizações. Os desafios das formas de gestão. Rio de Janeiro: Elsevier, WEBER, Max. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo: Companhia das Letras, WEBER, Max. Ensaios de Sociologia. São Paulo: LTC, 2002. Sustentabilidade e Responsabilidade Social nas Empresas 2 HA Capacitar o aluno a fim de que compreenda que a gestão nas organizações contemporâneas assenta-se sobre a necessidade de ações sustentáveis, bem como uma relação ética e socialmente responsável junto aos seus stakeholders. Contexto histórico do surgimento da Responsabilidade Social Empresarial (RSE). A RSE como diferencial competitivo no mundo contemporâneo. Ações de responsabilidade social de empresas no Brasil e seus impactos nas comunidades. O surgimento da questão da ética nos negócios. A empresa socialmente responsável e a relação com os seus stakeholders. A sustentabilidade da empresa e ações de sustentabilidade na sociedade. Aulas expositivas com apoio de multimeios (vídeo, DVD, slides e internet). Leitura e debate, com base nos textos selecionados na bibliografia. Trabalhos em Grupo e/ou Seminários. Pesquisas em Bibliotecas. Elaboração de trabalhos individuais e ou coletivos sobre questões propostas no plano de ensino. 1. Contexto histórico: panorama internacional (Guerra Fria, Estado de bem-estar social, neoliberalismo, globalização, et.) 2. Surgimento da Responsabilidade Social Empresarial: panorama mundial e Brasil. 3. O Terceiro Setor e as parcerias com empresas socialmente responsáveis: exemplos de ações de responsabilidade social de empresas. 4. Sustentabilidade e responsabilidade social: diálogo necessário. 5. A dimensão ética nas organizações. ASHLEY, Patrícia Almeida (Coord.). Ética e responsabilidade social nos negócios. São Paulo: Saraiva, GOLDSTEIN, Ilana. Responsabilidade Social: das grades corporações ao terceiro setor. São Paulo: Ática, YUNUS, Muhammad. Um mundo sem pobreza: a empresa social e o futuro do capitalismo. São Paulo: Ática, MELO NETO, Franciso Paulo de; BRENNAND, Jorgiana Melo. Empresas socialmente sustentáveis: o novo desafio da gestão moderna. São Paulo: Qualitymark, BIBLIOGRAFIA COMPLR ALMEIDA, Alberto Carlos. A cabeça do brasileiro. Rio de Janeiro: Record, ALMEIDA, Fernando. Os desafios da sustentabilidade. São Paulo: Campus, BARBOSA, Lívia. O jeitinho brasileiro. Rio de Janeiro: Campus BB, CABRAL, Eloísa H. de S.. Terceiro Setor: gestão e controle social. São Paulo: Saraiva, FIALHO, Francisco et al. Gestão da sustentabilidade na era do conhecimento. Florianópolis: Visual Books, GOMES, Adriano; MORETTI, Sérgio. A responsabilidade e o social: uma discussão sobre o papel das empresas. São Paulo: Saraiva, MELO NETO, Francisco Paulo de. Responsabilidade Social e Cidadania Empresarial. São Paulo: Qualitymark, PASSOS, Elizete. Ética nas organizações. São Paulo: Atlas, PIMENTA, Solange M.; SARAIVA, Luís A. S.; CORRÊA, Maria L.. Terceiro Setor: dilemas e polêmicas. São Paulo: Saraiva, 2006. SROUR, Henry Robert. Poder, cultura e ética nas organizações. Os desafios das formas de gestão. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005. TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES 4 HA Entender a evolução dos estudos sobre as organizações para aplicá-la na análise das situações atuais de negócios. Estudo dos conceitos mais característicos de cada escola da administração ao longo dos séculos 19 e 20. Compreensão sobre a realidade da época de cada escola e os conceitos desenvolvidos para reflexão sobre as razões de muitas teorias estarem presentes até hoje nas práticas organizacionais. As aulas são conduzidas de maneira a levar o aluno a atingir os objetivos definidos para a disciplina. Para isso, são utilizadas diversas técnicas de ensino-aprendizagem que se alternam em função do assunto tratado na aula. O professor deve ser visto como um orientador dos alunos e não como um expositor permanente da matéria, pois a transmissão pura e simples dos seus conteúdos traz resultados bem menores ao aprendizado do que a discussão destes. Portanto, é solicitado trabalho de pesquisa realizado fora da sala de aula, discussão em grupos e a utilização de outras técnicas didáticas 1. Antecedentes históricos da Administração 2. Administração Cientifica de Taylor 3. Teoria Clássica da Administração de Fayol 4. Modelo Burocrático de Organização 5. Teoria das Relações Humanas e suas decorrências 6. Teoria Neo
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks