Slides

Fundamentos de economia

Description
1. FUNDAMENTOS DE ECONOMIA 2. OBJETIVO GERAL Apresentar de forma geral os fundamentos e objetivos do estudo de sistemas econômicos, bem como os tópicos a serem…
Categories
Published
of 25
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. FUNDAMENTOS DE ECONOMIA
  • 2. OBJETIVO GERAL Apresentar de forma geral os fundamentos e objetivos do estudo de sistemas econômicos, bem como os tópicos a serem abordados durante os cursos de economia do IFMG – Ribeirão das Neves OBJETIVOS ESPECÍFICOS Apresentar o plano de ensino e tirar dúvidas. Identificar os tópicos gerais a serem abordados em um curso de economia para gestores. Apresentar e discutir sumariamente alguns dos principais princípios e conceitos econômicos.
  • 3. O QUE É ECONOMIA EM ESSÊNCIA Origem no grego “gerir ou administrar a casa”. Gerir uma casa ou a economia é enfrentar decisões... Estudo do comportamento humano no que tange entender como as pessoas interagem e tomam decisões. A economia seria o conjunto de pessoas interagindo e tomando decisões de forma simultânea. Sendo importante entender as “forças” que afetam a economia como um todo.
  • 4. CONCEITOS BÁSICOS E DISTINÇÕES Diferença entre relação e causa. Correlação: dois eventos não relacionados que se movem em conjunto Causa: dois eventos relacionados se movem em conjunto (na mesma direção ou em direção oposta)
  • 5. CONCEITOS BÁSICOS E DISTINÇÕES Gerenciar os recurso da sociedade e entender os comportamentos dos indivíduos que usam estes recursos em sociedade é importante !!!..... pois eles são escassos. Isso ocorre porque a sociedade têm menos a oferecer do que as pessoas são capazes de utilizar ou consumir.
  • 6. CONCEITOS BÁSICOS E DISTINÇÕES Necessidade Humana (Capacidade de consumir). Não há limites para as necessidades humanas, tanto em número quanto em variedade. Necessidades não-econômicas: Amor, Sabedoria, etc.. Necessidades econômicas: Bens e serviços.
  • 7. CONCEITOS BÁSICOS E DISTINÇÕES Bens e Serviços: Tudo aquilo que permite satisfazer às necessidades humanas. Quando é tangível chama-se de bem, e serviço quando é intangível. Bens “Livres”: Existem em quantidade ilimitada (pelo menos por enquanto) e podem ser obtido com pouco ou nenhum esforço. Exemplo: o ar, a luz do sol, o mar, etc...
  • 8. CONCEITOS BÁSICOS E DISTINÇÕES Bens Econômicos: São bens relativamente escassos e necessita esforço para adquiri-los.  Bens materiais  Ex.: Alimentos, roupas, aço, petróleo, carros, etc ..  Bens Imateriais (Serviços)  Consulta médica, viagem de avião, etc..
  • 9. CONCEITOS BÁSICOS E DISTINÇÕES Bens de Consumo: São aqueles utilizados diretamente para a satisfação das necessidades humanas. Bens de Capital: São aqueles bens utilizados na produção de outros bens Tanto os bens de capital como de consumo são chamados de Bens Finais (já estão acabados). Existem também bens intermediários, que ainda precisam ser transformados para atingir a sua forma definitiva. São também bens de capital. Exemplo: aço, vidro, petróleo, etc...
  • 10. CONCEITOS BÁSICOS E DISTINÇÕES Bens Privados: São produzidos e consumidos individualmente. Exemplo: ar condicionados, patinetes, bicicletas, etc... Bens Públicos: São aqueles consumidos por vários indivíduos. Exemplo: segurança pública, escolas, bibliotecas, hospitais, etc...
  • 11. CONCEITOS BÁSICOS E DISTINÇÕES Recursos Produtivos: São elementos utilizados no processo de fabricação dos mais variados tipos de bens. Também são escassos Exemplos clássicos:  Terra (ou Recursos naturais)  Trabalho  Capital
  • 12. CONCEITOS BÁSICOS E DISTINÇÕES Agentes Econômicos: indivíduos que tomam decisões e agem dentro de uma economia. Exemplos Clássicos:  Famílias: Detentoras dos recursos de produção. Fornecem às empresas esses recursos em troca de pagamento: aluguel, salário, juros e lucro.  Empresas: Unidades encarregadas de produzir e/ou comercializar os bens e serviços.  Governo: Entidade representativa que age para coordenar e direcionar as ações dos outros dois agentes.
  • 13. CONCEITOS BÁSICOS E DISTINÇÕES Mercado: Local ou contexto onde compradores e vendedores de bens, serviços ou recursos produtivos se encontram para comercializar.
  • 14. PRINCÍPIOS DE ECONOMIA Como as pessoas tomam decisões Como as pessoas interagem Como a economia como um todo funciona
  • 15. PRINCÍPIOS DE ECONOMIA - COMO AS PESSOAS TOMAMDECISÕES Pessoas enfrentam Trade-off’s  Problemas da Escolha (trade-off): Ao escolher alguma coisa abdicamos de outra.  “Não existe lanche grátis” (Nada é de graça).  Problema da “escolha” na sociedade:  Eficiência significa: Produzir ou obter o maior número de produtos dada a quantidade de recursos escassos disponíveis.  Igualdade significa: distribuir igualmente entre os membros da sociedade a prosperidade econômica ou bens disponíveis.  Eficiência x Igualdade.
  • 16. PRINCÍPIOS DE ECONOMIA - COMO AS PESSOAS TOMAMDECISÕES O custo de alguma coisa é o que você tem de desistir de ter, para ter esta coisa.  Decisões requerem comparar custos e benefícios de cada alternativa exemplo: ir a universidade x trabalhar.  Custo de Oportunidade: é o que você desiste de ter (de uma alternativa) para ter o que quer (de outra alternativa).
  • 17. PRINCÍPIOS DE ECONOMIA - COMO AS PESSOAS TOMAMDECISÕES Pessoas racionais tomam decisões comparando custos e benefícios na margem.  Mudanças marginais são pequenos ajustes incrementais em um plano de ação qualquer.  Benefício Marginal (BM) x Custo Marginal (CM).  Pessoas adotam um comportamento racional.
  • 18. PRINCÍPIOS DE ECONOMIA - COMO AS PESSOAS TOMAMDECISÕES Pessoas respondem à incentivos.  Incentivo: algo que busca influenciar ou induzir as pessoas a mudarem suas ações.  Incentivos alteram as relações de benefício e custo direcionando as pessoas a alterarem suas escolhas.  Ex.: Lei seca e diminuição de motoristas alcoolizados.
  • 19. PRINCÍPIOS DE ECONOMIA - COMO AS PESSOASINTERAGEM O comércio pode beneficiar a todos.  Indivíduos ganham por comercializar com outros indivíduos.  A competição resulta em ganho através da produção.  O comércio permite que indivíduos se especializem no que fazem melhor.
  • 20. PRINCÍPIOS DE ECONOMIA - COMO AS PESSOASINTERAGEM Mercados normalmente são boas formas de organizar a atividade econômica.  Em uma economia de mercado, indivíduos e firmas decidem o que comprar, para quem trabalhar, quem contratar e o que produzir.  Adam Smith (1776) identifica esta interação com se ela fosse guiada por uma “mão invisível”.  Indivíduos usam os preços para decidir o que comprar ou vender.  Como resultado, os preços levam os tomadores de decisão a alcançar objetivos que maximizam o bem-estar geral de uma sociedade.
  • 21. PRINCÍPIOS DE ECONOMIA - COMO AS PESSOASINTERAGEM Governos podem, algumas vezes, melhorar os resultados de mercados.  Quando mercados falham o Governo intervém para:  Promover eficiência  Promover igualdade  Falhas nos mercados causam ineficiência de mercado.  Falhas de mercado podem ser causadas por externalidades e/ou poder de mercado.
  • 22. PRINCÍPIOS DE ECONOMIA - COMO A ECONOMIAFUNCIONA O nível de vida de um país depende da sua habilidade de produzir bens e serviços.  O nível de vida pode ser medido de diversas formas:  Comparando as rendas dos indivíduos  Comparando o valor total de mercado da produção de um país.  As diferenças no padrão de vida de países ou indivíduos é atribuído à diferença de produtividade.  Produtividade é a quantidade de bens ou serviços que um indivíduo pode produzir em uma hora. Maior Maior produtividade Bem-estar
  • 23. PRINCÍPIOS DE ECONOMIA - COMO A ECONOMIAFUNCIONA Os preços sobem quando o governo imprime muito dinheiro.  Inflação é o aumento generalizado de preços de uma economia (uma de suas causas é quando há muito dinheiro circulando em uma economia). Excesso de emissão de Aumento generalizado de moeda preços (Muito dinheiro circulando) (Inflação)
  • 24. PRINCÍPIOS DE ECONOMIA - COMO A ECONOMIAFUNCIONA A sociedade enfrenta, no curto prazo, um trade-off (escolha) entre inflação e desemprego. Inflação Desemprego
  • 25. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS MANKIW, N. G. Introdução à Economia. São Paulo: Cengage Learning, 2009. 838 pg. VASCONCELLOS, M. S. Economia, Micro e Macro, Atlas, 2002.
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks