Health & Lifestyle

Helio Marcos Fernandes Viana

Description
1 UNtas de aulas de Estradas (parte 6) Heli Marcs Fernandes Viana UCnteúd da parte 6 Exercícis 1. ) Pede-se deterinar s eleents da curva circular hrizntal: T, D, E, 0, d, d, E(PC) e E(PT). Ainda, pede-se
Published
of 12
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
1 UNtas de aulas de Estradas (parte 6) Heli Marcs Fernandes Viana UCnteúd da parte 6 Exercícis 1. ) Pede-se deterinar s eleents da curva circular hrizntal: T, D, E, 0, d, d, E(PC) e E(PT). Ainda, pede-se a caderneta de lcaçã da curva para crda de lcaçã de 0. Dads: a) = 45,50 ; b) R = 171,98 ; e c) E(PI) = ,1. OBS(s). a) = 3,1416; e b) C R = 171,98 é uit próxi de 180, entã, adtar crdas de 0 para lcaçã desta curva. Respsta: Esquea d prblea e planta (nã é brigatóri para respsta d exercíci). i) Cálcul de T, D e E 45,50 a) T R. tan 171,98. tan 7,1.R..171,98.45,50 b) D 136, c) E R , ,51 45,50 cs cs 3 ii) Cálcul das estacas d PC e PT a) E(PC) = E(PI) - [T] E(PC) = estaca d pnt de curva; E(PI) = estaca d pnt de interseçã das tangentes; e [T] = valr da tangente e estacas. C: 0 1 estaca T = 7,1 X 7,1.1.(est..) X 3,606 est. 0 Send: 1 estaca 0 0,606 estaca Y Y 0,606.0.(est..) 1 est. 1,1 Entã: b) E(PT) = E(PC) + [D] E(PC) = ,1 - (3 + 1,1) E(PC) = ,1 - (3 + 1,1) E(PC) = ,00 E(PT) = estaca d pnt de tangente; e [D] = valr d desenvlvient e estacas. C: 0 1 estaca D = 136,57 X 136,57.1.(est..) X 6,89 est. 0 Send: 1 estaca 0 0,89 estaca Y 0,89.0.(est..) Y 16,58 1 est. 4 Entã: E(PT) = ,00 + (6 + 16,58) E(PT) = ,58 E(PT) = ,58 iii) Cálcul de 0, d e d 1145,9 1145,9 a) 0 6, ' R 171,98 Pis: ,663 X X 6,663.60' 1 400' 0 = grau da curva para crda de ' b) d 00' 3 0' Pis: Entã: X X 00'.1 60' 3, ,333 Y Y 0,333.60' 1 0' d = deflexã sbre a tangente crrespndente à crda c ' c) d 10'.c.c.0 d = deflexã pr etr. 5 iv) Cnstruçã da caderneta de lcaçã, para crda de lcaçã de 0 a) Cálcul da prieira deflexã sucessiva (ds 1 ) Esquea para cálcul: (0 a) = 8 = distância entre PC e a prieira estaca inteira dentr da curva (). Entã: 0 - a = 8 a = 1 Lg: 0 400' ds1 (0 a) '.c.0 1 0' b) Cálcul da últia deflexã sucessiva u deflexã crrespndente à estaca d PT (ds PT ) Esquea para cálcul: b = 8,58 = distância entre a últia estaca inteira dentr da curva e a estaca d PT (). Lg: ds PT b..c 0 8,58.400' 85,8' 1 6'.0 Pis: 85,8 = ,8. 6 c) Cálcul das deais deflexões para lcaçã da curva ds d 0 400' 00' 3, ' Pis: ,333 X X 0,333.60' 1 0' Entã, te-se a seguinte caderneta de lcaçã: Estacas Deflexões sucessivas (PC) ' ' ' ' ' ' ' ,58 (PT) 1 6' Ttal das deflexões 0 166' = 46' Cnferind s cálculs da caderneta de lcaçã C: 45,50,75 45' 46' (valr ttal das deflexões sucessivas). Entã, cálculs estã Ok!!. ) E u terren plan (i = 0), ua curva circular hrizntal de ua estrada te rai R C = 600. Pede-se calcular enr valr de M, de d que satisfaça a cndiçã ínia de visibilidade de parada. Dads: a) Velcidade de prjet = 100 k/h; e b) Ceficiente de atrit lngitudinal pneu/pavient = f L = 0,8. OBS. Cnsiderar a linha de percurs d lh d trista igual a eix da pista. 7 Respsta: Esquea d prblea e planta (nã é brigatóri para respsta d exercíci). i) Intrduçã Sabe-se que: D a) M 8.R R = rai de percurs d lh d trista (); D = distância de visibilidade de parada u de ultrapassage (); e M = afastaent hrizntal íni, e relaçã a bstácul visual lateral (talude de crte), u distância perpendicular da linha de percurs d lh d trista a bstácul lateral (). b) Para efeit de cálcul, pde-se cnsiderar R = R C, se err peracinal d pnt de vista prátic. R C = rai da curva. ii) Cálcul da distância de visibilidade de parada Utiliza-se a distância de visibilidade de parada (D P ), pis nã é usual ultrapassage e curvas. V (100) D DP 0,7.V 0,7.(100) (fL i) 55.(0,8 0) i = inclinaçã da rapa, / (+, se rapa fr ascendente; -, se rapa fr descendente); V = velcidade diretriz u de prjet (k/h); e f L = ceficiente de atrit lngitudinal pneu/pavient. iii) Deterinaçã de M D M 8.R C (10) , 8 3. ) Slucinar exercíci anterir, as, agra, cnsiderand-se: a) Rai da curva = rai íni; b) Superelevaçã áxia na curva de e ax = 10% = 0,10 /; e c) Pela tabela para V = 100 k/h, te-se f Tax = 0,13 (Cef. de atrit transversal pneu/pavient). Respsta: C: R in 17.(e V f ax T ax ) (100) 17.(0,10 0,13) 34,35 Entã: M D 8.R (10) 8.34,35 16,1 4. ) Pede-se cnceber a caderneta de lcaçã de ua curva circular hrizntal, se transiçã, send que a lcaçã da curva será c a utilizaçã da crda de 10. Dads de prjet: OBS. = 3,1416 Respsta: a) = 4 ; b) R = 190 ; e c) E (PI) = ,50. Esquea d prblea e planta (nã é brigatóri para respsta d exercíci). 9 i) Cálcul da tangente externa T R. tan tan 40,39 ii) Cálcul da estaca d PC E(PC) = E(PI) [T] E(PC) = estaca d pnt de curva; E(PI) = estaca d pnt de interseçã das tangentes; e [T] = valr da tangente e estacas. Te-se que: 0 1 estaca T = 40,39 X 40,39.1.(est..) X,0 est. 0 C: 1 estaca 0 0,0 estaca Y Y 0,0.0.(est..) 1 est. 0,40 Entã: [T] = + 0,40 Lg: E(PC) = E(PI) [T] E(PC) = ,50 - ( + 0,40) E(PC) = ,10 iii) Cálcul da estaca d PT E(PT) = E(PC) + [D] E(PT) = estaca d pnt de tangente; e [D] = valr d desenvlvient e estacas. C:.R. D ,59 10 Te-se que: 0 1 estaca D = 79,59 X 79,59.1.(est..) X 3,98 est. 0 Entã: 1 estaca 0 0,98 estaca Y Y 0,98.0.(est..) 1 est. 19,60 Lg: E(PT) = E(PC) + [D] E(PT) = ,10 + (3 + 19,60) E(PT) = ,70 iv) Cálcul d grau da curva () 180.c.R Te-se que: , 0 10 = grau u ângul crrespndente à crda de 10. C: ,0 X X 3,0.60' 1 181, ' Entã: = 10 = 3,0 = 181, v) Cálcul da deflexã sbre a tangente (crrespndente à crada c = 10 ) d ,' 90,6' Te-se que: 90,6 = ,6 = 1 30,6 vi) Cálcul da deflexã pr etr (d) d.c 10.c 181,'.10 9,06' / 11 vii) Cnstruçã da caderneta de lcaçã, para crda de lcaçã de 10 a) Cálcul da prieira deflexã para definiçã da prieira estaca inteira A estaca d PC é ,10, e a prieira estaca inteira n interir da curva é a estaca 375, para se chegar a estaca 375 é necessári ua crda de 0-19,10 = 0,90. Assi send, a deflexã crrespndente a crda de 0,90 é: 1 9,06 0,90 X X 9,06'.0,9 1 8,15' C base ns resultads até agra btids, é pssível preencher a caderneta de lcaçã até a estaca , c stra a Tabela.1 que representa a caderneta de lcaçã. b) Cálcul da últia deflexã para lcaçã da últia estaca, u estaca d PT O cprient da últia crda de lcaçã, entre a penúltia estaca e a últia (u estaca d PT), c base na caderneta de lcaçã é de 18,70-10 = 8,70. Assi send, a deflexã crrespndente a esta crda, c base na d = 9,06 / é: 1 9,06 8,70 X 8,70.9,06'. X 78,8' 1 Tabela.1 - Caderneta de lcaçã d exercíci 4 Estacas Alinhaent Deflexões sucessivas ,10 (PC) ,15' ,60' ,60' ,60' ,60' ,60' ,60' ,60' ,70 (PT) 78,8' Ttal das deflexões 71,17' = 1,0 1 Cnferind s cálculs da caderneta de lcaçã, c: 4 (valr ttal das deflexões sucessivas). 1 1,0 Entã, cálculs estã Ok!!
Search
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks