Documents

Historia Mundial

Description
Nascimento de Lao-tzu (Laozi), fundador do Taoísmo
Categories
Published
of 2
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  Nascimento de Lao-tzu (Laozi), fundador do Taoísmo   A edição srcinal desta obra foi descrita no catálogo anotado Dao zang mu lu xiang zhu (Catálogo do cânone taoísta com anotações detalhadas) como sendo composta de seis juan. A obra é uma biografia de Lao Zi, tradicionalmente considerado o autor de Dao de  jing  e fundador do taoísmo. A primeira referência a Lao Zi pode ser encontrada em Shi  ji  (Os registros do ilustre historiador), pelo historiador chinês Sima Qian (por volta de 145-186 a.C.). Lao Zi era frequentemente considerado um contemporâneo de Confúcio (551-479 a.C.). A longa frase, Tai shang hun yuan shang de huang di (O soberano dragão celestial) foi um título honorífico concedido a Lao Zi pelo imperador Zhenzong (reinou em 998-1022), da dinastia Song. Esta cópia do manuscrito fragmentado Ming consta de dois  juan  em dois volumes e, provavelmente, é uma cópia srcinária da biblioteca do príncipe Gaotang da dinastia Ming, já que cada volume tem uma impressão de selo em forma de quadrado da ex libris do príncipe: Gaotang Wang fu tu shu  (Biblioteca do palácio do príncipe Gaotang). Neto do Imperador Xianzong (reinou em 1465-1487), o príncipe Gaotang (1514-1583), cujo verdadeiro nome era Zhu Houying, era conhecido como um estudioso do conhecimento enciclopédico, um calígrafo e um colecionador de livros que muitas vezes tinha cópias de livros raros. Esta edição Ming foi copiada de um texto Song. O autor foi Jia Shanxiang, um famoso taoísta, conversador e tocador de cítara da dinastia Song do Norte (960-1127). Algumas de suas obras, entre elas You long zhuan  (Biografia de um mestre dragão), podem ser encontradas no  Zheng zong dao zang (Cânone taoísta ortodoxo). Nos contrafortes do Himalaia, nasce Siddhartha Gautama, fundador do budismo   Este texto é um exemplo representativo da coleção de manuscritos mongóis na Biblioteca Estatal da Baviera. É um manuscrito budista produzido no estilo de Pequim, no qual um tecido foi evolto em ambas as capas superior e inferior. Uma capa de seda de cores variadas protege o conjunto de folhas no recesso. Este tipo de capa de livro foi desenvolvido em Pequim para manuscritos tibetanos e mongóis e, às vezes, também é encontrado em encadernações de impressão xilográfica. Este exemplo é um dos Sutras Mahāyānas (Yeke kölgen Sudur): o p opular e difundido Vajracchedikā , um dos textos do Prajñāpāramitā. No lado esquerdo do fólio 1 há uma miniatura de Buda, e, na direita, um de seus devotos. Retratados na capa inferior, como ocorre com frequência em manuscritos mongóis, estão os quatro conhecidos como Grandes Reis, ou guardiões do mundo.   O sistema de castas é estabelecido na Índia   Este manuscrito ilustrado feito no sul da Índia em 1837 consiste de 72 imagens pintadas a mão totalmente coloridas de homens e mulheres de várias castas e religões e grupos étnicos encontrados em Madura, Índia, naquela época. Conforme é indicado na página de apresentação, o álbum foi compilado pelo mestre da escrita indiana numa escola Inglesa fundada por missionários Americanos em Madura, e dado ao Reverendo William Twining. O manuscrito mostra os trajes da região indiana de Madura e adornos de jóias, como apareciam antes do surgimento das influências ocidentais nos trajes e estilos do Sul da Ásia. Cada retrato ilustrado vem com legenda em Inglês e Tamil, e o título da página da obra inclui Inglês, Tamil, e Telegu.

Homework 5

Apr 16, 2018

3 - Cam Switches

Apr 16, 2018
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks