Slides

Jornal de outubro dia das Crianças

Description
1. Para manter sua cultura em alta!XVII- nº 997 - 20 de outubro de 2015- cruz alta - R$ 1,50 GERAL/12 Sucesso marca XII FENATRIGO Fé e devoção marcaram a 64ª Romaria…
Categories
Published
of 12
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Para manter sua cultura em alta!XVII- nº 997 - 20 de outubro de 2015- cruz alta - R$ 1,50 GERAL/12 Sucesso marca XII FENATRIGO Fé e devoção marcaram a 64ª Romaria de Fátima GERAL/11GERAL/3 Governo prorroga concurso do magistério Rafaela Mate Um doce de criança! VanusaGabrielaPhotos
  • 2. jornal evoluçãoCruz Alta, 20 de outubro de 20152 cidade 18 ANOSREGISTRANDO,EVENTOS,NOTÍCIAS, TALENTOS QUE VALORIZAM NOSSA CIDADE E REGIÃO jornal evolução Editorial Nossa Capa Unicruz RafaelaMatedaSilva-Umdocedecriança! “Quando se sonha sozinho é apenas um sonho.Quandosonhamosjuntoséocomeço da realidade.” D. Quixote (Miguel de Cervantes,1605) Com esta frase do clássico romance mo- derno começamos este editorial de outubro para demonstrar nossa crença de que para sobreviver em um mercado em plena crise é preciso inovar constantemente! É este o nosso objetivo, inovar para crescer. Para isso, estamos investindo cada vez mais no setor de mídia impressa. Mudamos o pro- jeto gráfico, estamos trazendo matérias e entrevistascadavezmaisinteressantespara os nossos leitores e mais novidades virão. Ao longo desses quase 19 anos de jornal, acompanhamos a evolução de cada edição do nosso Jornal e garantimos que de lá para cá muita coisa mudou e muita coisa ainda vai mudar, e o mérito de todo este sucesso é de VOCÊS queridos leitores. É com este projeto que estamos de mente aberta para melhorar cada vez mais, agradecendo o nosso pessoal que trabalha nos bastidores, jornalistas, revisores, fotó- grafos, colunistas, anunciantes, enfim, um time campeão. A capa do mês homenageia o dia das crianças e foram vocês, queridos leitores, que escolheram, através do Facebook, a criança que vai estampar a primeira página da edição de outubro do Jornal. O concurso “Leitor Escolhe a Capa” elegeu Rafaela Mate com mais de 5.000 visualizações. Parabéns Rafaela e feliz infância! Muitos eventos aconteceram na cidade e noBrasil,nossoradarestasemprecaptando tudo, moda, beleza e talentos. Na página da Moda trazemos tendências inspiradas em civilizações perdidas nos arredores do Oceano Indico e já que estamos por lá, aproveitamos e damos dicas de viagem às paradisíacas Ilhas Maldivas, confira! A Fenatrigo, uma das melhores feiras dos Estados do Rio Grande do Sul, semeou frutos que serão colhidos para enaltecer o nome de nossa cidade, mais de 60 mil pes- soas passaram pelo Parque de Exposições. Segundo a organização, cerca de R$ 16 milhõesforammovimentadosemnegócios, que venham as próximas edições. Não poderíamos deixar de registrar a 64ª. Romaria de Fátima. Mais de 150 mil fiéis participaram com fé e devoção da ca- minhada ao monumento de Nossa Senhora de Fátima. E com a estação mais colorida e perfu- mada encerramos mais uma edição do seu Jornal EVOLUÇÃO. Até a próxima! Rafaelatemumjeitoespontâneo,caracte- rístico de crianças da sua idade.Atualmente com 10 anos, é inteligente e vaidosa, estuda na escola GabrielAlvaro de Miranda onde é muito querida pelos professores e colegui- nhas do 4º ano. Rafaela também é prenda e integraoelencodedançapré-mirimdoCTG QuerênciadaSerrarepresentandoaentidade. Mas Rafaela é uma criança, e como toda criança, gosta mesmo é de brincar e comer brigadeiros! Assim, nas horas livres adora brincar na piscina com as amigas ou com suas bonecas Barbi. Já gosta de ler livros e, atualmente, seu preferido é a coleção Diário de um Banana. Sua preferência musical é de músicas regionais. Quando crescer pretende ser veterinária ejá“pratica”atendendoseusnovecachorros e seis gatos de estimação. RafaelafoieleitaacapadomêsdoJornal Evolução através do concurso “Leitor Esco- lhe a Capa”. O concurso teve mais de 5.000 visualizações no Facebook e a maioria dos votos garantiu o primeiro lugar a Rafaela que recebeu chocolates e flores de uma das madrinhas do Jornal, foi fotografada por Vanusa Gabriela Photos e vestida por Bom Sono Bebê. A pequena notável dá muita alegria e satisfação aos pais Regis Alexandre Me- Inovação CNPJ 11.312.825.0001-68 Rua Barão do Rio Branco, 2512 - Sala 100 - Cruz Alta - RS Fone: (55) 9913-6937 / 3322-3487 / 8129-3282 / 9994-0603 / 9963-4540 IMPRESSÃO: Editora Gráfica Gespi Rua Mauá 590 - Tapera/Rs - Fone: 54-3385.1735 Diretora / Editora: Solange Castilhos Colaboradora: Catarina Lopes Diagramação/Arte Final: Nilton Golle Tiragem: 3000 exemplares e-mail: jornalevolucao2013@gmail.com jornalevolucao@hotmail.com Palestra e oficinas marcam abertura da Semana Acadêmica de Arquitetura e Urbanismo Sob o tema “Conceito em arquitetura e urbanismo: aspectos, linguagem e desdobra- mentos”, teve início ontem (06), no Campus, a SemanaAcadêmica do curso deArquitetura e Urbanismo da Universidade de Cruz Alta. Com uma programação repleta de encontros teóricos e práticos, o evento teve como pri- meiras atividades três oficinas, que abordaram os temas ‘Paisagismo’, ‘Layout e impressão aplicados no Autocad’ e ‘Ladrilhos hidráuli- cos’. Conforme a professora e coordenadora da Semana Acadêmica, Angélica Schwanz, o objetivoétrazerdiscussõesteóricasquepossam ser ligadas a prática, sempre com o intuito de agregar conhecimento aos alunos. Miniauditório do CCHS lotado para a palestra da arquiteta Liege Garlet AaberturaoficialdaSemanaAcadêmicafoi realizada à noite, no Miniauditório do Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS), com umapalestrasobre“Oprocessobrasileirodeeti- quetagensdeedifícioscomerciais,deserviçose públicos:aaplicaçãodoRegulamentoTécnico daQualidadeparaEficiênciaEnergéticadeEdi- fíciosComerciais,deServiçosePúblicos(RTQ- C)”, ministrada pela arquiteta Liege Garlet. O manual elaborado pelo Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel) é utilizado como instrumento para requisitos técnicosemétodosdeclassificaçãodeedifícios, bem como especifica itens como envoltória e sistemas de iluminação e condicionamento de ar dos locais. “Objetivo do Regulamento é criar condições para a etiquetagem voluntária do nível de eficiência energética”, disse Liege. O encontro inaugural também reservou um momento para apresentação dos Trabalhos de ConclusãodeCurso(TCCs)dasegressasLaura Friedrich e Mariela Camago Masutti. As atividades seguem até sexta-feira (09) com palestras e oficinas. Nesta quarta-feira (07) acontecem pela parte da tarde as oficinas deAcessibilidadenoCampus,CurativosUrba- nos e CineAU ‘Mostra de Cinema’. No turno da noite, a palestra terá como tema ‘Conceito e Patrimônio Cultural’. Na quinta-feira (08) a tarde acontece a segunda etapa da oficina ‘Acessibilidade no campus’ e outra atividade sobre aprovação de projetos. À noite também acontecem oficinas com os seguintes temas: ‘Sketchup e V-Ray para renderização de maquete eletrônica’; ‘Graficação de projeto arquitetônico no Revit’ e ‘Passeio fotográfico na Rua Pinheiro Machado’. Garantir a segurança dos motoristas a partir da questão estrutural é uma variável essencial para aumentar a segurança em todo o sistema de trânsito. Na opinião do professor em legislação de trânsito, tenente-coronel Ordeli Savedra Gomes, em participação no 1º Encontro Regional de Trânsito durante a Expo Ijuí/Fenadi 2015. Além de cobrar uma maior importância por parte das pessoas, no que diz respeito a gravidade do tema trânsito, Savedra lembra que deve haver uma contrapartida dos órgãos fiscalizadores e demais poderes. “Começa lá na formação adequada no Centro de Forma- ção de Condutores. O maior problema é o comportamental, mas não é só ele. Temos a questãodaresponsabilidadedoórgãopúblico, da manutenção da via pública nas três esfe- ras. Temos que cobrar do órgão responsável um investimento na sinalização”, entende o professor. O tenente-coronel reiterou a necessidade Professor cobra estrutura contra tragédias no trânsito dequeaspessoassedeemcontaqueotrânsito e seus perigos tratam-se de um vértice grave. “Nós perdemos mais pessoas no trânsito brasileiro do que outros tipos de morte, e curiosamente são os outros tipos de morte que chocam mais. Qual a diferença de um condutor embriagado que atropela alguém, para um latrocínio?”, pondera. Outro especialista citado, trata-se do arquiteto e urbanista espanhol Francesc Ventura i Teixidor, presidente daAgrupación BarcelonaMovilidad,projetocentralizadona UniversidadePolitécnicadeCatalunhavoltado ao desenvolvimento de parcerias, pesquisas e ações para a mobilidade. Conforme sua tese, elevênocuidadoaopedestre,comoaprincipal manobra para a melhoria do trânsito como um todo. O espanhol diz que, ao melhorar a segurança para os pedestres, há estímulo ao deslocamento não motorizado e ao uso do transporte coletivo, além de ampliar a valorização e apropriação do espaço público. neguetti da Silva e Tatiana Freitas Mate da Silva que estão sempre de olho e orientando sua jornada.
  • 3. jornal evolução 3Geral Cruz Alta, 20 de outubro de 2015 Comissão de festeiros da 65ª Romaria de Fátima A65ª Romaria ao Monumento deFátimajátemseusfesteiros.Du- ranteanovena,foramsorteadosos nomesdaquelesqueirãoorganizar afestaem2016,sendoestesnomes indicadospelosfesteirosdesteano. Os sorteados foram: Alessandro Martins e Cristiane B. Martins Alex Lorini Rossato e Dariana Rubin Machado Cléo e Rosecléia Marangon Ederson A. da Silva e Renata da Silva EdsonNardonOliveiraePriscila Correia Espedito Barasuol Filho e Ma- ristela Copeti Getúlio de Souza Barros e Maria Cleonira Barros Gilnei e Gracieli Barbosa João Romeu e Suzineti Matheus Willes JuarezSilveiraeIolandaSilveira RodrigoScapineElisianeScapin Romulo Zanon De Bortoli eAna De Bortoli Suplentes: Carlos Henrique e Iara Reimonn Nem mesmo a chuva impediu que cerca de 150 mil fiéis par- ticipassem da 64ª Romaria ao Monumento de Fátima. Pessoas vindas de diversas localidades, caminharam,cantaramerezaram juntoaimagemdeNossasenhora de Fátima, sob o tema deste ano: “Com Maria, formamos comuni- dade servidora da vida” e lema: “OuvintesepraticantesdaPalavra de Deus (cf. Lc 8,21). O Bispo da Diocese de Cruz Alta, Dom Adelar Baruffi, que participou pela primeira vez da Romaria e celebrou, também, a missadas10h,paraumamultidão de fiéis. “Esperei com alegria a chegada da novena e da Romaria aomonumentodeNossaSenhora de Fátima. Tinha ouvido que era muitobelaecomumagrandepar- ticipação. Esta devoção a Nossa Senhora de Fátima é uma bela história que Cruz Alta construiu e nos herdou. Um grande louvor a todos os que se envolvem,de muitas maneiras, para que a Ro- Fé e devoção marcaram a 64ª Romaria de Fátima em Cruz Alta maria acontecesse”. Apesardachuva,dizCarlosAl- bertoFrantzMachado,quejuntoà esposa Sirlei coordenou a equipe defesteirosdesteano,oresultado foi positivo, em vários aspectos. “O objetivo principal, que era a evangelização e espiritualidade das pessoas, foi alcançado, plena e satisfatoriamente. Percebemos issononúmerodepessoaspartici- pando dos momentos de oração e bênção.Apartecomercialfuncio- noutambém.Claro,houvesobras de alguns produtos colocados à venda, onde fizemos promoções e, inclusive, doações de alguns produtoscomo,porexemplo:pães e carnes para o Hospital São Vi- cente de Paulo, AJEM, Cotefem, entre outros”, conta. Para Carlos Alberto e esposa, fazer parte da romaria foi gratifi- cante e realizador. Segundo ele, maisdoqueumaequipe,oscasais de festeiros tornaram-se hoje é um grupo de amigos. “Todos trabalhamosjuntos,desdeoinício procuramos ser uma equipe que partilhava todos os momentos, as atividades, as necessidades, o que tornou a tarefa mais fácil. Todos arregaçaram as mãos e trabalharam”, diz.
  • 4. jornal evoluçãoCruz Alta, 20 de outubro de 20154 geral Moradores participam de curso profissionalizante sobre maquiagem Durante um mês, a Noroeste Tintas dis- ponibilizou caixas receptoras de doações de brinquedos em seu estabelecimento, assim comotambémnaagênciadoBanrisul,Livraria Centenária e Mercado Pães e Massas. Todas as doações recebidas foram recolhidas pela equipe da Noroeste Tintas e no dia 17.10 as mesmas foram entregues à crianças carentes na Pastoral da Criança dos Bairros Progresso e Planalto. Foi uma tarde muito especial, de muita emoção e alegria. A Noroeste Tintas agradece de coração as empresas apoiadoras e a todos que fizeram suas doações. Nosso agradecimento especial à Coordenadora da Pastoral Sra. Neli Gambini, ministras e catequistas, Senhoras Sandra de Medeiros, Dara de Medeiros, Ines de Jesus, Eduarda de Jesus e Dilaine Diongo. A Mulher e o novo empreendedorismo A globalização impulsionou a mu- lher ao mercado de trabalho. Significa que, vários fatores determinaram este novo impulso como o fluxo interna- cional de materiais e informações exige mais profissionais no mercado. A mulher passa a ocupar, em maior número, diversos cargos inclusive a gestão das empresas. Ela passa a competir junto com o homem por uma vaga de emprego e o mais apto torna-se o colaborador. Durante o ex- pediente a mulher precisa de respeito como pessoa e profissional por parte dos colegas e da empresa. O assunto abordado neste artigo se debruça com essas duas questões que servem de norteadores à problemáti- ca da mulher-mulher-trabalhadora ou vice-versa, este axioma nos permite fazer algumas leituras e releituras da realidade desse mundo feminino que se impacta com a realidade do traba- lho gerenciada de forma programada pelos homens que limitam inclusi- ve o próprio homem nessa luta pelo domínio e poder, ou seja, tudo é pelo poder de dominar o outro exercendo posições que muitas vezes são anta- gônicas. Quando citamos de forma específi- ca esse problema que afeta a mulher no trabalho, nos deparamos com a seguinte questão: à discriminação nas sociedades humanas é prática tão dis- seminada quanto nefasta porque cria grandes assimetrias entre as pessoas. Onde existe a diferença, existem in- divíduos cujas vidas são prejudicadas por pertencerem a um ou outro grupo que foge a determinadas normas so- ciais, econômicas e politicas. Essas normas podem ser a cor da pele, a opção sexual, a religião, o sexo, a origem social ou quase qual- quer outra marca que se impõe aos indivíduos. A discriminação existe em todos os continentes, em inúmeros países, em muitas línguas e em várias culturas. O caminho traçado pela mulher nes- ta nova dinâmica econômica e social é relacionado às grandes conquistas por parte das mulheres nos últimos anos na sua luta diária de legitimar suas ações frente aos desafios constantes dos direitos sociais conquistadas pela mulher trabalhadora. Muitos desafios são enfrentados pe- las mulheres em áreas dominadas pre- ferentemente por homens e que hoje as mulheres tem avançados de forma significativa. O universo é comparti- lhado e todos em sua riqueza de di- versidade precisam conviver em har- monia para cumprir a missão da empresa. As trocas de informações entre esses dois universos tão distintos constitui elemento de suma importância para a inovação A mulher empreendedora, uma discussão importante e perma- nente sobre o novo papel da mulher no mercado de trabalho, ressaltando a importância deste tema sobre gestão, empreendedorismo e gênero, condu- zindo a busca de diversas referências sobre a participação da mulher e o mundo do trabalho, fazendo desde uma análise histórica e cultural até a realidade atual como a mulher enfren- ta os desafios para o futuro. A Secretaria de Habitação de Interesse Social de Cruz Alta está realizando de 13 a 27 deste mês em parceria com o Senac o curso de Técnicas Básicas de Maquiagem para 20 beneficiárias do programa Minha Casa Minha Vida, moradoras do Loteamento Vida Nova II – Setor I. OcursoémaisumadasatividadesprevistaspeloProjetodeTrabalho Técnico Social voltado às famílias beneficiadas com residências no setor I do Residencial Vida Nova II de Cruz Alta. Os encontros estão acontecendonoSalãoComunitáriodoLoteamentosendocoordenados pela instrutora do Senac, Marlanda Cunha. O objetivo do curso além de trabalhar a imagem pessoal busca ensinar técnicas que podem reverter em renda às famílias. Na capa- citação estão sendo trabalhadas procedimentos de preparação da pele, diferenciação de tipos de pele, tipos de rostos, aplicação de corretivos, base, blush, lápis, máscara para cílios, delineador, batom e sombra, além de técnicas de valorização, tratamento básicos de limpeza e fixação da maquiagem. MEU DESTAK Luis Chamorro Prof. e pesquisador das faculdades QI – Porto Alegre Na manhã do dia 07 de ou- tubro de 2015, os Comandantes do CRPO Alto Jacuí e 16ºBPM, demaisOficiasePraças,receberam o General Severino De Ramos Bento Da Paixão – Comandante da AD/3 Brigadeiro Gurjão e comitiva formada pelo Tenente Coronel Geder Távora Said – Comandante do 29GAC/AP, Sub Ten Luiz Fernando Schopf, Sub TenLucianoAzevedoDaFonseca, SubTenJoséHenriqueGuisso,Sgt JefersonColveroDeAlmeidaeSd Cristian Renan Porto Coffy. Na Oportunidade o General Paixão realizou a vistoria anual que o Vistoria anual que o Exército Brasileiro realiza nos quartéis da Brigada Militar lchamorro1@gmail.com O Projeto de Trabalho Técnico Social do Programa Minha Casa Minha Vida é vinculado à Caixa Econômica Federal sob a responsa- bilidade da Secretaria Municipal de Habitação. Exército Brasileiro deve realizar nos quartéis da Brigada Militar, ocasião onde houve uma explana- ção do Comandante do CRPO/AJ Ten Cel Medeiros sobre as ações da Brigada Militar na área de atuaçãodesteComandoRegional, bem como, assistiu apresentação com o uso de cães feita pelo POE do 16ºBPM e homenagem a Sd Josiane Pontes da Silva falecida neste ano. O General Paixão para- benizouoComandantedoCRPO/ AJ pela receptividade e reforçou que ocasiões como esta servem para estreitar os laços entre Exér- cito Brasileiro e Brigada Militar. Noroeste Tintas realiza entrega de brinquedos para criança carentes
  • 5. jornal evolução Cruz Alta, 20 de outubro de 2015 5MODA Tendências Prof. Dr. Argemiro Luís Brum (Ceema/Dacec/Unijuí) Esse paraíso, a República das Maldivas, é um pequeno país situado no Oceano Índico ao sudoeste do Sri Lanka e da Índia, ao sul do continente asiático, constituído por 1.196 ilhas, das quais 203 são habitadas, 100 delas por hotéis. Estão agrupadas em 26 atóis, um dos países mais dispersos e paradisíacos do mundo. São 90.000 km² de muito mar azul, recifes de corais e bancos de areias. EscreverdicassobreasMaldivasnãoéfácilnão,énaverdadeumdesafio paraesteespaçoporumúnicomotivo:asIlhasMaldivasnãorequeremmuitos macetes mirabolantes, mas sim, saber fazer as escolhas certas e isso inclui: escolher um bom resort e o resto praticamente estará incluso na estrutura do destino paradisíaco. Qual a melhor época para eu ir para as Maldivas? Senãofosseoclimaperfeito,“asMaldivas”nãoseriaconsideradoparaíso certo? 
As temperaturas variam entre 26°C e 30°C durante todo o ano.
 Há duas temporadas bem definidas: a alta temporada, de dezembro a abril, onde chove menos e os dias são mais longos, e a baixa, de maio a novembro, onde E já que a coluna de moda falou de Oceano Indico, vamos dar uma excelente dica de viagem para naquelas redondezas para vocês, as Ilhas Maldivas! Encerramos o comentário passado afirmando que a exclusão do Brasil do TPP (Parceria Trans- pacífica) não se dá por questões geográficas e sim por incapacidade de nossos governantes em perceberem os movimentos estratégicos das relações exteriores entre os países, no bojo de uma economia globalizada e cada vez mais integrada. O efeito sobre a economia brasileira deverá surgir nos próximos anos, na medida em que a Parceria for aprovada pelos Parlamentos dos diferentes países membros. Além do setor primário, o Bra- sil será atingido em outras áreas, já que 35% de nossas exportações de produtos manufaturados se direcionam para os países componentes dessa Parceria, os quais tenderão a desviar comércio, deixando de lado boa parte dos produtos bra- sileiros. E de pouco adiantou, pelo menos por enquanto, nossa presidente ter corrido aos EUA recentemente para abrir uma porta comercial maior com a economia líder do mundo, afirmando cinicamente que o Brasil sempre teve vocação para o livre-comércio. Por sua vez, os acordos recentemente fechados com a China (por iniciativa chinesa, diga-se de passagem)
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks