Slides

Linguagens Documentais, CDU e Cotação de Documentos - Parte 3

Description
1. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos Parte 3 Maria Eduarda Pereira Rodrigues IPCB, 2012 2. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos…
Categories
Published
of 22
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos Parte 3 Maria Eduarda Pereira Rodrigues IPCB, 2012
  • 2. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos SUMÁRIO  Classificação Decimal Universal (CDU) Considerações básicas Fundamentos da sua aplicação Boas práticas Exercícios de aplicaçãoIPCB - 2012
  • 3. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos CLASSIFICAÇÃO DECIMAL UNIVERSAL (CDU) CDU: O QUE É? Sistema Internacional de classificação de documentos. O conhecimento pode ser distribuído por 10 classes de assunto principais que podem ser divididas em subclasses, refletindo uma hierarquia decimal.IPCB - 2012
  • 4. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos CLASSIFICAÇÃO DECIMAL UNIVERSAL (CDU) DECIMALIDADE UNIVERSALIDADE CDU HIERARQUIA ANALÍTICO-SINTÉTICAIPCB - 2012
  • 5. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos CLASSIFICAÇÃO DECIMAL UNIVERSAL (CDU) DECIMALIDADE - A CDU divide o universo do conhecimento em dez grandes classes de assunto, que, por suas vez, são novamente subdivididos noutras tantas classes, num processo que, em teoria, se pode desenrolar infinitamente. UNIVERSALIDADE - Pretende representar todo o conhecimento existente e não apenas uma parte, prevendo espaço para armazenar outros ramos do saber não contemplados na tabela atual. Por outro lado serve-se do universalmente utilizado sistema de numeração árabe, bem como de símbolos não numéricos também utilizados à escala universal.IPCB - 2012
  • 6. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos CLASSIFICAÇÃO DECIMAL UNIVERSAL (CDU) HIERARQUIA – Reflete, em toda a sua extensão, uma visão sistemática da realidade, apresentando o mundo como uma unidade rigorosamente estruturada em partes subordinadas ao todo de que dependem. ANALÍTICO-SINTÉTICA - Harmoniza a rigidez do sistema hierárquico com a multifacetação permitindo tratar as diversas vertentes de um mesmo assunto com a mesma atenção e cuidado, tendo em linha de conta os diversos pontos de vista.IPCB - 2012
  • 7. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos CLASSIFICAÇÃO DECIMAL UNIVERSAL (CDU) ESTRUTURA DA CDU PARTES CLASSES UNIVERSO DO CONHECIMENTO SUBPARTES SUBCLASSES RELAÇÕES BASE 10 – CONHECIMENTO ESTRUTURADO EM 10 CLASSES CADA CLASSE SUBDIVIDE-SE E PODE FAZÊ-LO ATÉ AO INFINITOIPCB - 2012
  • 8. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos NA PRÁTICA… ESTRUTURA DA CDU Tabelas auxiliares Comuns Especiais RIGIDEZ ATENUAÇÃO Índice alfabéticoOrdem de apresentação, em regra: TIPOS DE FORMATO DE  Introdução EDIÇÃO:  Tabelas Auxiliares (comuns e especiais) • Completa  Tabelas Principais • Média  Índice Alfabético • Condensada • Abreviada • … IPCB - 2012
  • 9. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos NA PRÁTICA… ESTRUTURA DA CDU CLASSES DO CONHECIMENTO – Tabelas Principais 0 GENERALIDADES. CIÊNCIA E CONHECIMENTO. ORGANIZAÇÃO. INFORMAÇÃO. DOCUMENTAÇÃO. BIBLIOTECONOMIA. INSTITUIÇÕES. PUBLICAÇÕES 1 FILOSOFIA 2 RELIGIÃO 3 CIÊNCIAS SOCIAIS 4 (vaga) 5 MATEMÁTICA. CIÊNCIAS NATURAIS 6 CIÊNCIAS APLICADAS. MEDICINA. TECNOLOGIA 7 ARTE. DESPORTO 8 LÍNGUA. LINGUÍSTICA. LITERATURA 9 GEOGRAFIA. HISTÓRIAIPCB - 2012
  • 10. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos NA PRÁTICA…TABELAS AUXILIARES – Sinais e Subdivisões Auxiliares Comuns Adição. Extensão Relação. Subgrupos. Ordenação Auxiliares Comuns de Língua Auxiliares Comuns de Forma Auxiliares Comuns de Lugar Auxiliares Comuns de Raça, Grupo Étnico e Nacionalidade Auxiliares Comuns de Tempo Especificação de Assunto Através de Notações que não Pertencem à CDU Auxiliares Comuns de Características Gerais Auxiliares Comuns de Propriedades Auxiliares Comuns de Materiais Auxiliares Comuns de Pessoas e Caraterísticas PessoaisIPCB - 2012
  • 11. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos NA PRÁTICA…TABELAS AUXILIARES – Sinais e Subdivisões Auxiliares Especiais Séries com Hífen -1/-9 – Função analítica ou discriminativa. Séries ponto zero .01/.09 – Proporcionam conjuntos e subconjuntos que se repetem. Séries com apóstrofo ‘0/’9 – Função sintética ou interrogativa, assuntos compostos mediante notações compostas. OBS. 1 - O âmbito de utilização destes auxiliares é limitado, indicando as repetições de conceito na notação principal. OBS. 2 – Podem ser utilizados sozinhos ou combinados com outros auxiliares. 1- Citando um único auxiliar. 2- Citando vários auxiliares com o mesmo símbolo. 3- Citando vários auxiliares com diferentes símbolos.IPCB - 2012
  • 12. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos NA PRÁTICA…ÍNDICE ALFABÉTICO Relativo aos conceitos compreendidos pelas tabelas principais e auxiliares remetendo do assunto para a notação. EFICÁCIA EFICIÊNCIA QUALIDADEEstrutura alfabética Localização rápida da Diminuição do erropermite localizar classe, subclasse de Libertação mais rápida dofacilmente o assunto assunto item para utilizaçãoIPCB - 2012
  • 13. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos NA PRÁTICA… PARTICULARIDADES A NOTAÇÃO PODE ACOMPANHAR SEMPRE O NÍVEL DE DETALHE PRETENDIDO PELO CLASSIFICADOR O AUMENTO DO NÍVEL DE DETALHE FAZ-SE ATRAVÉS DO ACRÉSCIMO DE DÍGITOS DECIMAIS A PERCEÇÃO VISUAL E A LEITURA SÃO FACILITADAS PELO FACTO DE CADA CONJUNTO DE TRÊS DÍGITOS SER SEGUIDO POR UM PONTO A DIVISÃO PELO PONTO É IDÊNTICA NAS TABELAS PRINCIPAIS, AUXILIARES E NAS NOTAÇÕES COMPOSTAS. A CRIAÇÃO DE NOTAÇÕES MULTIFACETADAS EM TERMOS DE ASSUNTO É POSSÍVEL PELO ESTABELECIMENTO DE RELAÇÕES ENTRE OS TERMOSIPCB - 2012
  • 14. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos NA PRÁTICA… DIFICULDADES  CLASSIFICAR É UM PROBLEMA  Multiplicidade de aspetos do assunto principal  Multiplicidade de relações entre os assuntos  Nível de detalhe  ORDENAR É UM PROBLEMA  Hierarquia entre os assuntos  Determinação do local na tabela  Determinação do local no conjunto do fundo/estanteIPCB - 2012
  • 15. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos NA PRÁTICA… DIFICULDADES FUNDAMENTAL OU ACESSÓRIO GERAL PARTICULAR BIBLIOTECA UTILIZADOR NÍVEL MAIS FUNDO NÍVEL MAIS ELEVADO DOCUMENTAL ESPECÍFICOIPCB - 2012
  • 16. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos BOAS PRÁTICAS SOLUÇÕES RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS SÍNTESE ORDEM DE CITAÇÃO COMBINAÇÃO DE CLASSES DE  RESPEITO PELA ORDEM ASSUNTO – Grau de complexidade PREVISTA NA TABELA ESPECIFICAÇÃO DE NÍVEIS DE  PONDERAÇÃO DIFERENCIADA DETALHE DOS CONCEITOS ATRAVÉS DA SINTAXE RELAÇÃO COM RECURSO A AUXILIARESIPCB - 2012
  • 17. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos NA PRÁTICA… SOLUÇÕES RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS ORDEM DE ARRUMAÇÃO COTAÇÃOOBS. - Este mecanismo perdeu importância e relevância face à possibilidade derecuperação da informação e acesso aos documentos proporcionada pelos sistemasautomáticos de recuperação da informação.A sua importância era conferida pela organização ordenada das fichas no catálogomanual. No entanto pode ser importante para o estabelecimento da cota. IPCB - 2012
  • 18. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos NA PRÁTICA… BOAS PRÁTICAS PRINCÍPIOS BÁSICOS UTILIDADE EFICIÊNCIA COMPREENSÃO BIBLIOTECA ARRUMAÇÃO UTILIZADOR UTILIZADOR LOCALIZAÇÃO RECUPERAÇÃO INTELIGIBILIDADE UNIVERSAL DO SISTEMAIPCB - 2012
  • 19. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos NA PRÁTICA… BOAS PRÁTICAS EVITAR NOTAÇÕES MUITO LONGAS SE NÃO SABE NÃO PÕE NECESSIDADES DO SE NÃO TEM A CERTEZA PERGUNTA UTILIZADOR VERIFICAR A PERTINÊNCIA DO ASSUNTO NÃO CONSIDERAR SÓ A QUANTIDADE DE ASSUNTOIPCB - 2012
  • 20. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos NA PRÁTICA… CONCLUSÕES A CDU  Pretende abranger a totalidade do conhecimento.  Apresenta conjuntos de classes em ordem coordenada e subordinada.  Linguagem de tipo categorial com vocabulário controlado.  Transforma linguagem natural em controlada obedecendo à estrutura.  Parte do genérico para o específico.  É utilizada para a construção de cotas.IPCB - 2012
  • 21. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos NA PRÁTICA… Exercícios de aplicação.IPCB - 2012
  • 22. Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos Linguagens documentais, CDU e cotação de documentos Obrigada.IPCB - 2012
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks