Slides

Mapeamento Participativo

Description
Apresentação elaborada com o intuito de apoiar processos de mapeamento participativo de escolas e comunidades. Nela, as principais etapas do mapeamento são expostas e comentadas.
Categories
Published
of 27
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. MapeamentoMetodologia Passo a passo
  • 2. Objetivoso Reconhecer a comunidade – pessoas, espaços e sentimentoso Articulação com a comunidadeo Construção de uma rede social para melhorar a qualidade doensino e evitar a evasão escolar, envolvendo diferentes atores:poder público, iniciativa privada, meioacadêmico, comunicadores, rede pública de ensino, líderescomunitários, moradores e adolescentes;o Facilitação de acessos e abertura de novos caminhos nacomunidadeo Localizar potenciais parceiros e os outros espaços educativoso Construir um mapa que também seja de uso coletivo dacomunidade
  • 3. Para isso é preciso:Envolver toda escola e a comunidade noplanejamento e trabalho de campo:o Educadoreso Diretoreso Coordenadoreso Estudanteso Pessoas “amigas”, próximas da escolao Líderes comunitários
  • 4. OrganizaçãoPara garantir que o mapeamento dê certo, épreciso organizar bem o tempo das atividadesPLANEJAMENTOEXECUÇÃO(Trabalho decampo)Análise edivulgação dosdadosCONSOLIDAR PARCERIAS, DIVULGAR OS ESPAÇOS... FAZER USO DO QUE FOI MAPEADOMAPA = FERRAMENTA
  • 5. Atenção para a fase deplanejamento. Ela é a queincorpora o maior número deatividades do projeto
  • 6. PLANEJAR É FUNDAMENTAL
  • 7. COMUNICAÇÃO TAMBÉM
  • 8. PLANEJAMENTOFASE 1Reunião do grupo de pesquisa para:o Definir os objetivos do mapeamento (ex. articular potenciais dobairro)o Decidir e discutir qual local será mapeadoo Discutir qual a melhor forma de realizar esse mapeamento(troca de idéias e sugestões)o Definir as responsabilidades de cada umo Identificar possíveis parceiros e líderes comunitários para queparticipem das próximas etapaso Cronograma básico para o início das ações/ atividadesVocês dos grupos de pesquisa terão que juntos decidir quais ruas querem mapear e qual o temporeal que terão para realizar as atividades.Lembrem-se de que os mapeamentos podem e DEVEM ser refeitos periodicamente. Aspessoas, comércio e outros atores mudam constantemente e, de repente, podem ter algo novo aoferecer. Esse mapeamento é só o começo das ações na comunidade.
  • 9. PLANEJAMENTOÉ preciso decidir quais as ferramentas necessárias para a realização domapeamento:Quem participará do grupo? É fundamental chamar outras pessoas paraesta realização!Questionário? Carta de apresentação? Quantas cópias?Quantos espaços vocês esperam mapear?Que materiais vão precisar? Vão colocar um cartaz avisando que omapeamento vai acontecer em determinado dia? Vai rolar algum tipo deidentificação de que um determinado espaço foi mapeado?
  • 10. Adesivo desenvolvido pelos jovens do Ensino Fundamental do CEU Grajaú paraidentificar os espaços mapeados. Cada lugar visitado que respondesse aoquestionário, ganhava um adesivo.
  • 11. Carta de apresentaçãodo mapeamento àcomunidadedesenvolvida pelosjovens do EnsinoFundamental do CEUGrajaú.
  • 12. FASE 2Reunião com escola e comunidade (parceiros, líderes) para:oApresentar o projetooConversar sobre o que cada um espera da atividadeoTirar dúvidas sobre as atividades, objetivo e execução do projetooRealizar uma rodada de sugestões e mudançasoDefinir os próximos passos junto à comunidadeoAtribuir responsabilidades aos líderes comunitáriosoDefinir cronograma de reuniõesDefinir as áreas de mapeamento: comércio e serviços? Arte e cultura? Lazer e esporte?Saúde? Religião? Movimentos Sociais? Escolas? Meio ambiente? Moradores notórios?Espaços de circulação?PLANEJAMENTO
  • 13. PLANEJAMENTOOs mapaso Para desenvolver/organizar os mapas, vocêspodem partir de mapasdisponíveis na internet oupela aplicaçãoGoogleMapso Copie o mapa e recorteaquilo que vocêspretendem mapear
  • 14. PLANEJAMENTOÉ nessa etapa que vocês devem pensar nas possibilidades da comunidade edeterminar o que pretendem buscar no mapa.Quais são osESPAÇOS DETROCA(potenciaiseducativos)Quem podecontribuir com aescola?Existem cursos, oficinas ouatividades para os jovens? Ouexistem pessoas quepoderiam ajudar a formar osjovens?É importante definir oque se quer descobrirpara colocar noquestionário
  • 15. Por exemplo:A Dona Dirce é uma vovó super bem disposta.Ela adora fazer bolos, tortas e tem uma mão incrível paraquitutes!Em um mapeamento, um grupo de jovens cadastrou a boavelhinha. Ela era vizinha da escola, mas não tinha nenhumcomércio.Mesmo assim, os jovens identificaram a Dona Dirce como umapotencial parceira.Meses depois, na véspera da festa anual da escola, os jovensdecidiram convidar a dona Dirce a fazer bolos para vender ecombinaram com ela que o lucro seria repartido entre ela e umacomissão da escola, responsável pela pintura da quadra debasquete.
  • 16. LOGO ...É preciso lembrar que os possíveisparceiros nem sempre são donos de umestabelecimento comercial ou pessoasativas na comunidade.Muitas vezes, pessoas como a DonaDirce, quando identificadas têm MUITO acontribuir.
  • 17. FASE 3Definição do plano de comunicação/divulgação:o logoo carta de apresentaçãoo Cartõeso adesivosPLANEJAMENTO
  • 18. FASE 3Definição das atividades do dia do mapeamento junto aos apoiadores (escola ecomunidade), identificando:As responsabilidades de cada membro da equipeo Como será abordagem na comunidade(o que vão falar, vão bater de porta em porta?)o Os horários de início e término das atividadeso Definição da alimentação do dia (café da manhã e almoço)o Definição do material necessário para o projetoo Criação dos questionárioso Definições sobre a saída para campo, divisões dos grupos e subgrupos;o Definições dos membros de cada grupo para a pesquisa de campo;Vale até pensar em protetor solar/guarda-chuva, água para o trajeto,kit de primeiro socorros.PLANEJAMENTO
  • 19. Trilhe seu próprio caminho e de acordocom as condições e possibilidades dogrupo organizador.
  • 20. EXECUÇÃOPara o dia do mapeamento é preciso ter:o Um kit organizado com todos os materiais necessárioso Material para registro: câmeras fotográficas, câmeras decelular, papel e caneta para anotações, etc.o Horário e cronograma definidoso Grupos organizados e divididos por áreao Hora para começar e hora para encerrar a atividade
  • 21. EXECUÇÃOOs kits de mapeamento vão variar de acordo com o a sua comunidade e o que vocêsdecidiram em grupo. Logo, esta é apenas uma sugestão de que o kit tenha:o Mapa completo da comunidadeo Mapa da área dividida por grupos a exploraro Crachá de identificaçãoo Questionários para auxílio na identificação dos locaiso Textos de divulgação da atividade para distribuição pela comunidade (ex.cartas, logos, etc)o Caneta
  • 22. o Divisão dos membros do grupo nas atividades que precisam serdesenvolvidaso Se vocês fizerem crachás, é nessa hora que devem distribuí-loso Saídas e definição dos trajetos da pesquisa em campoo Entrevistas com a comunidade, utilizando o questionárioo Retorno e organização do materialEXECUÇÃO
  • 23. o Ainda como parte da execução, é importante avaliarcomo foi o mapeamento com os diferentes atoresenvolvidos.o Vale abrir uma “roda de discussões” para que aspessoas contem como foi participar da atividade; comofoi a organização, etc.o E ainda, é possível fazer cartões em que as pessoaspossam comentar: “que bom, que pena, que tal”.EXECUÇÃOQuebom!Quepena!Quetal!
  • 24. ENCERRAMENTOAnálise e discussão dos dadosDEVOLUTIVA PARA A COMUNIDADE: jornal mural, blog, cartazcom resultados, mapa completo e atualizadoATUALIZAÇÃO DO MAPA:Colocar, indicar cada ponto mapeado no mapaDigitar no Espaço Virtual todos os espaços mapeados, com ainformação de contato, dados sobre o espaço ou indivíduo epotencial contribuição/ parceriaOrganizar o registro: textos, fotos, vídeos e avaliações aserem colocados no espaço virtual
  • 25. Exemplo da área mapeada no Mapeamento do Grajaú: 5 grupos se dividiramnessa grande extensão.
  • 26. DICASo Resgate a história do seu bairro e da suacomunidadeo Identifique quem são as pessoas, indivíduoscomprometidos com a educação na suacomunidadeo Busque as lideranças políticas – elas podem eDEVEM ajudar
  • 27. Vamos ensaiar?Hora da prática aqui naVila Madalena
  • Search
    Related Search
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks