Slides

O Silencio De Cristo

Description
1. Uma antiga lenda norueguesa narra este episódio sobre um homem chamado Haakon, que cuidava de uma ermida à qual muita gente vinha orar com devoção.   Nesta ermida…
Categories
Published
of 13
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Uma antiga lenda norueguesa narra este episódio sobre um homem chamado Haakon, que cuidava de uma ermida à qual muita gente vinha orar com devoção.   Nesta ermida havia uma cruz muito antiga, e muitos vinham ali para pedir a Cristo que fizesse algum milagre.  
  • 2. Certo dia, o eremita Haakon quis também pedir-lhe um favor. Impulsionava-o u m sentimento generoso.   Ajoelhou-se diante da cruz e disse: - Senhor, quero padecer por vós.   Deixai-me ocupar o vosso lugar.
  • 3. Quero substituir-vos na Cruz. E permaneceu com o olhar pendente da cruz, como quem espera uma resposta. O Senhor abriu os lábios e falou.   As suas palavras caíam do alto, sussurrantes e admoestadoras: - Meu servo, cedo ao teu desejo, mas com uma condição. - Qual é, Senhor?, perguntou com acento suplicante Haakon.
  • 4. É uma condição difícil? Estou disposto a cumpri-la com a tua ajuda! - Escuta-me: Aconteça o que acontecer, e vejas tu o que vires, deves guardar s empre o silêncio. Haakon respondeu: - Prometo-o, Senhor! E fizeram a troca sem que ninguém o percebesse.
  • 5.   Ninguém reconheceu o eremita pendente da cruz; quanto ao Senhor, ocupava o l ugar de Haakon. Durante muito tempo, este conseguiu cumprir o seu compromisso e não disse n ada a ninguém. Certo dia, porém, chegou um rico.   Depois de orar, deixou ali esquecida a sua bolsa. Haakon viu-o e calou.
  • 6. Também não disse nada quando um pobre, que veio duas horas mais tarde, se a propriou da bolsa do rico.   E também não quando um rapaz se prostrou diante dele pouco depois para p edir-lhe a sua graça antes de empreender uma longa viagem.
  • 7.   Nesse momento, porém, o rico tornou a entrar em busca da bolsa. Como não encontrasse, pensou que o rapaz se teria apropriado dela; Voltou-se para ele e interpelou com raiva: - Dá-me a bolsa que me roubaste! O jovem, surpreso, replicou-lhe: - Não roubei nenhuma bolsa! - Não mintas; devolve-me já! - Repito que não apanhei nenhuma bolsa! O rico arremeteu furioso contra ele. Soou então uma voz forte:
  • 8. - Para! O rico olhou para cima e viu que a imagem lhe falava. Haakon, que não c onseguiu permanecer em silêncio diante daquela injustiça, gritou-lhe, d efendeu o jovem e censurou o rico pela falsa acusação.
  • 9.   Este ficou aniquilado e saiu da ermida. E o jovem saiu também porque t inha pressa para empreender a sua viagem. Quando a ermida ficou vazia, Cristo dirigiu-se ao seu servo e disse-lhe: - Desce da Cruz. Não serves para ocupar o meu lugar. Não soubeste g uardar silêncio. - Mas, Senhor, como podia eu permitir essa injustiça? Trocaram de lugar. Cristo voltou a ocupar a cruz e o eremita permaneceu d iante dela.
  • 10.   O Senhor continuou a falar-lhe: - Tu não sabias que era conveniente para o rico perder a bolsa, pois t razia nela o preço da virgindade de uma jovem.   O pobre, pelo contrário, tinha necessidade desse dinheiro; quanto ao rapaz que ia receber os golpes, a suas feridas o teriam Impedido de fazer a viagem que, para ele, foi fatal: faz uns minutos que o s eu barco acaba de soçobrar e que ele se afogou.
  • 11. Tu também não sabias isto; mas Eu sim. E por isso me calo. E o Senhor tornou a guardar silêncio.   Muitas vezes nos perguntamos por que Deus não nos responde. Por que Deus s e cala?
  • 12.   Muitos de nós gostaríamos que nos respondesse o que desejamos ouvir, mas Ele não o faz: responde-nos com o silêncio. Deveríamos aprender a escutar e sse silêncio.   O Divino Silêncio é uma palavra destinada a convencer-nos de que Ele,sim, sabe o que faz.   Com o seu silêncio, diz-nos carinhosamente: "Confia em mim, sei o que é p reciso fazer!
  • 13. Texto: autor desconhecido Musica: Tanto cara – Guido Renze Formatação: Ana Delia GRUPO ROSA MÍSTICA
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks