Slides

Portaria de lotação 2011

Description
1. DIÁRIO OFICIAL Nº. 31892 de 11/04/2011 SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO - CCC PORTARIA Nº 023/2011-GSNúmero de Publicação:…
Categories
Published
of 13
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. DIÁRIO OFICIAL Nº. 31892 de 11/04/2011 SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO - CCC PORTARIA Nº 023/2011-GSNúmero de Publicação: 220334 GABINETE DO SECRETARIO PORTARIA Nº 023/2011 – GSO Secretário de Estado de Educação, usando de suas atribuições e,CONSIDERANDO a necessidade de regulamentar a lotação dos servidores da Secretaria de Estado de Educação,RESOLVE:Art. 1º- Disciplinar a lotação de pessoal nas Unidades Administrativas e Escolares da Secretaria deEstado de Educação.Art. 2º- A lotação de pessoal será efetivada mediante a oferta gerada pelas Unidades Escolares, ademanda das Unidades SEDUC na Escola/USEs, Unidades Regionais de Educação/UREs e demaisUnidades Administrativas.Art. 3º- A Jornada de Trabalho é constituída de hora aula e hora atividade, sendo que a horaatividade corresponde a 20% (vinte por cento) da jornada de trabalho e deve ser cumprida na escola.Art. 4º- A lotação de pessoal nas Escolas e Unidades Administrativas da SEDUC será procedida deacordo com a seguinte ordem de prioridade:I – servidores que ocupam cargo efetivo;II – servidores que ocupam cargo suplementar permanente;III – servidores que ocupam cargo estatutário não estável;IV – servidores temporários.Art. 5º- A lotação dos professores na Educação Infantil e Ensino Fundamental e Médio será definidaconsiderando o número de alunos para formação de turmas, obedecendo aos seguintes critérios:I – Educação Infantil:a) Um professor para cada turma de no mínimo 05 (cinco) e máximo 08 (oito) alunos de 11 meses;b) Um professor para cada turma de no mínimo 10 (dez) e máximo 15 (quinze) alunos de 01 ano a01 ano e 11 meses;c) Um professor para cada turma de no mínimo 10 (dez) e máximo 15 (quinze) alunos de 02 anos a02 anos e 11 meses;d) Um professor para cada turma de no mínimo 10 (dez) e máximo 15 (quinze) alunos de 03 anos a
  • 2. 03 anos e 11 meses;e) Um professor para cada turma de no mínimo 15 (quinze) e máximo 25 (vinte cinco) alunos de 04anos a 04 anos e 11 meses;f) Um professor para cada turma de no mínimo 15 (quinze) e máximo 25 (vinte cinco) alunos de 05anos a 05 anos e 11 meses.II – Ensino Fundamental e Médio:a) Um professor para cada turma do 1º e 2º anos do Ensino Fundamental (crianças de 07 anos) e 1ªetapa da Educação de Jovens e Adultos, com o mínimo 15 (quinze) e máximo de 25 (vinte e cinco)alunos;b) Um professor, de acordo com a matriz curricular, para cada turma do 3º ao 5º anos do EnsinoFundamental (crianças de 10 anos) e 2ª etapa da Educação de Jovens e Adultos, com o mínimo de25 (vinte e cinco) e máximo de 35 (trinta e cinco) alunos;c) Um professor, de acordo com a matriz curricular, para cada turma do 6º ao 9º anos do EnsinoFundamental, 3ª e 4ª etapas da Educação de Jovens e Adultos, 1º ao 3º anos do Ensino Médio, 1ª e2ª etapas da Educação de Jovens e Adultos / Médio e 3º ano do Convênio Vestibular, com o mínimode 30 (trinta) e máximo de 40 (quarenta) alunos;d) Um professor para cada turma de Classes Multisseriadas, com o mínimo de 07 (sete) e máximode 20 (vinte) alunos;e) Um professor para cada turma de Aceleração da Aprendizagem, com o mínimo de 15 (quinze) emáximo de 25 (vinte e cinco) alunos;f) Um professor para cada turma de Classe Inclusiva, com o mínimo de 20 (vinte) e máximo de 25 (vinte e cinco) alunos, sendo 10% (dez por cento) com deficiência;g) Um professor para cada turma Classe de Dependência de Estudos, com o mínimo de 20 (vinte) emáximo de 40 (quarenta) alunos;h) Um professor, de acordo com a matriz curricular, para atendimento de até 20 (vinte) alunos doEnsino Personalizado Fundamental e Médio.Art. 6º- A lotação dos professores na modalidade de Educação Especial (Atendimento EducacionalEspecializado/AEE) será definida considerando o número de alunos para formação de turmas,obedecendo aos seguintes critérios:I - Um professor para cada turma de alunos surdos (DA), com o mínimo de 06 (seis) e máximo de10 (dez) alunos;II - Um professor para cada turma de alunos com deficiência intelectual/cognitiva (DI), com omínimo 06 (seis) e máximo de 10 (dez) alunos;III - Um professor para cada turma de alunos cegos ou com baixa visão (DV), com o mínimo de 06(seis) e máximo de 10 (dez) alunos;
  • 3. IV - Um professor para cada turma de alunos com deficiências múltiplas (DMU), com o mínimo de02 (dois) e máximo de 05 (cinco) alunos;V - Um professor para cada turma de alunos com altas habilidades (AH), com o mínimo de 06(seis) e máximo 10 (dez) alunos;VI - Um professor para cada turma de alunos com transtornos globais do desenvolvimento (TGD),com o mínimo de 02 (dois) e máximo de 05 (cinco) alunos;VII - Um professor para cada turma de alunos com deficiência física (DF), com o mínimo de 02(dois) e máximo de 05 (cinco) alunos;VIII - O professor itinerante poderá ser lotado com 20 (vinte) ou 40 (quarenta) horas semanais e alotação dependerá da identificação e registro de matrícula dos alunos atendidos, através do SistemaAcadêmico da SEDUC, obedecendo aos seguintes critérios:a) Um professor itinerante com 20 (vinte) horas semanais para atender até 04 (quatro) alunos comdeficiência auditiva ou visual;b) Um professor itinerante com 20 (vinte) horas semanais para atender até 06 (seis) alunos comdeficiência intelectual/cognitiva;c) Um professor itinerante com 20 (vinte) horas semanais para atender até 04 (quatro) alunos comtranstornos globais de desenvolvimento ou deficiência múltipla;d) Um professor itinerante com 20 (vinte) horas semanais para atender até 06 (seis) alunos comaltas habilidades/superdotado;e) Um professor itinerante com 20 (vinte) horas semanais para atender até 08 (oito) alunos emclasse hospitalar;f) Um professor itinerante com 20 (vinte) horas semanais para atender até 04 (quatro) alunos ematendimento domiciliar.Art. 7º - A lotação dos professores na modalidade de Educação Indígena será definida considerandoo número de alunos para formação de turmas, obedecendo aos seguintes critérios:I - Educação Infantil:a) Um professor para cada turma de no mínimo 10 (dez) e máximo 20 (vinte) crianças  de 02 anos a 3 anos;b) Um professor para cada turma de no mínimo 10 (dez) e máximo 20 (vinte) crianças de 04 anos a5 anos;II - Ensino Fundamental e Médio:a) Um professor para cada turma de 1ª à 4ª séries ou 1º ao 5º anos ou 1º e 2º ciclos do EnsinoFundamental, com o mínimo de 15 (quinze) e máximo de 25 (vinte cinco) alunos;b) Um professor para cada turma de 5ª à 8ª séries ou 6º ao 9º anos ou 3º e 4º ciclos do EnsinoFundamental, com o mínimo de 15 (quinze) e máximo de 40 (quarenta) alunos;
  • 4. c) Um professor, de acordo com a matriz curricular, para cada turma do Ensino Médio Normal(Magistério Indígena), com o mínimo de 15 (quinze) e máximo de 40 (quarenta) alunos;d) Um professor, de acordo com a matriz curricular, para cada turma de Ensino Médio ModularIndígena, Ensino Médio Regular e Educação de Jovens e Adultos/EJA, com o mínimo de 12 (doze)e máximo de 40 (quarenta) alunos;e) Um professor, de acordo com a matriz curricular, para cada turma 1ª à 4ª séries do Ensino MédioIntegrado com o mínimo de 15 (quinze) e máximo de 40 (quarenta) alunos;Art. 8º- A lotação dos professores na modalidade de Ensino Profissionalizante será definidaconsiderando o número de alunos para formação de turmas, obedecendo aos seguintes critérios:I - Um professor, de acordo com a matriz curricular, para cada turma do Programa de Integração daEducação Profissional à Educação Básica, na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos/PROEJA, com o mínimo de 20 (vinte) e máximo de 35 (trinta e cinco) alunos;II - Um professor, de acordo com a matriz curricular, para cada turma de Ensino Médio Integrado,com o mínimo de 25 (vinte e cinco) e máximo de 40 (quarenta) alunos;III - Um professor, de acordo com a matriz curricular, para cada turma subsequente (Pós Médio)com o mínimo de 25 (vinte e cinco) e máximo de 40 (quarenta) alunos;IV - Um professor, de acordo com a matriz curricular, para cada turma de Especialização , com omínimo de 30 (trinta) e máximo de 40 (quarenta) alunos.Art. 9º - A oferta de turmas com número de alunos inferior ao estipulado nos artigos 5º a 8º,somente será efetivada após entendimento da Direção da Escola com a respectiva Unidade Regionalde Ensino/URE ou Unidade SEDUC na Escola/USE, em conjunto com a Coordenação de Matrículae autorização da Secretaria Adjunta de Ensino/SAEN.Art. 10 - A lotação de Professores observará aos seguintes critérios:I – Independente do número de vínculos, a lotação dos professores será, prioritariamente, em sala deaula, e preferencialmente em uma única unidade de ensino, obedecida a carga horária mínima de 20(vinte) horas e máxima de 40 (quarenta) horas semanais.II – Em casos excepcionais, na carência de professor para atender à matriz curricular ou parasubstituição em pró-labore, poderá ser extrapolada a carga horária do professor em regência,mediante documento expedido pela escola que justifique a referida ação, desde que autorizado pelaCoordenadoria de Recursos Humanos/CRH, sendo que a carga horária extrapolada não integrará,em definitivo, a jornada do professor.III – Aos Professores, quando no exercício de atividades técnico-pedagógicas e administrativas, nasUnidades Escolares, USEs, UREs e SEDUC/Sede, será exigido o cumprimento das seguintescargas horárias diárias de trabalho: 08 (oito) horas para a jornada de 40 horas semanais; 06 (seis)horas para a jornada de 30 (trinta) horas semanais e 04 (quatro) horas para a jornada de 20 horas
  • 5. semanais, sem as vantagens do magistério.IV - A lotação dos ocupantes de 02 (dois) cargos, sendo 01 (um) de Professor e outro de Técnico,poderá ser efetivada, no cargo de Professor, com até 20 (vinte) horas semanais, desde que,exclusivamente em regência de classe, e, no cargo Técnico, com a jornada inerente ao respectivocargo.V – No interior do Estado, em situações de carência, a lotação de professores concluintes delicenciatura plena, graduados em licenciatura curta ou com curso superior não correspondente àlicenciatura objeto da docência, dependerá da análise e autorização da Secretaria Adjunta de Ensino/SAEN.VI – Os professores que atuam e no Sistema Modular de Ensino/ SOME, serão lotados com a cargahorária de 40 (quarenta) horas semanais, sendo que nas disciplinas que não totalizarem 40(quarenta) horas semanais, o professor cumprirá a carga horária complementar com atividadescorrelatas e identificadas no Projeto Político Pedagógico da Escola.VII – A lotação de professores nas turmas de dependência de estudos será solicitada anualmentepela direção da escola e encaminhada à Secretaria Adjunta de Ensino/SAEN, para devidaautorização.VIII – Os professores pertencentes ao quadro de servidores da extinta Fundação Educacional do Pará – FEP, terão assegurada a carga horária prevista na Portaria nº 372/89 – GS, de 16/08/1989, desde que haja disponibilidade de carga horária na oferta da matriz curricular no ano letivo e que a lotação seja em regência de classe.IX – Comprovada a formação específica, o professor lotado na função de diretor ou vice-diretorpoderá, também, em caráter excepcional, exercer atividade de docência na mesma Unidade Escolarde direção, desde que seja no contra turno e autorizado pela Secretaria Adjunta de Ensino/SAEN.X – O professor que atuava nas disciplinas específicas do Curso Médio Normal, curso em extinção, terá  assegurada sua lotação em atividade pedagógica na Unidade Escolar, desde que não possa assumir regência de classe.XI – Somente aos professores licenciados para cursarem Especialização, Mestrado ou Doutorado,que estiverem em regência de classe, será garantida as vantagens do magistério, respeitando a cargahorária do momento do afastamento, até o limite da jornada de 40 (quarenta) horas semanais, quecorresponde a 32 (trinta e duas) horas aula e 08 (oito) horas atividade, conforme disposto naPortaria nº 021/2011.XII – A lotação dos professores nas Unidades Especializadas / UEES ou Unidades Escolares, para oatendimento de pessoas com necessidades educacionais especiais, será feita com a carga horária de20 (vinte) ou 40 (quarenta) horas semanais, com as vantagens de magistério, de acordo com asações previstas no Projeto Político Pedagógico da Unidade, previamente autorizada pela
  • 6. Coordenadoria de Educação Especial / COEES.XIII – Nas Unidades de Educação Especializada / UEES e Unidades Escolares poderá ser lotado 01(um) professor por disciplina, na Sala de Recurso Multifuncional, com a carga horária mínima de20 (vinte) e máxima de 40 (quarenta) horas semanais, em atividades pedagógicas, para atendimentoaos alunos da Educação Básica, mediante autorização da COEES.XIV – Os professores que atuam no Ensino Personalizado Fundamental e Médio, no Centro deEstudos Supletivos/CES , serão lotados com carga horária de 40 horas (quarenta) semanais, com asvantagens do magistério.XV - Os professores que atuam no Ensino Personalizado Fundamental e Médio, nos NúcleosAvançados de Ensino Supletivo/NAES e nas Unidades de Ensino Supletivo/UES serão lotados comcarga horária de 30 (trinta) horas semanais, com as vantagens do magistério.XVI - Na Educação Profissional e Tecnológica, na função de Coordenador de Integração EscolaComunidade, será lotado 01 (um) professor com a jornada de 30 (trinta) ou 40 (quarenta) horassemanais, sem vantagens do magistério.XVII - Na Educação Profissional e Tecnológica, na função de Coordenador de Curso, será lotado 01(um) professor com jornada de 30 (trinta) horas semanais, sem as vantagens do magistério, podendoassumir até 20 (vinte) horas semanais em regência de classe.XVIII - No Núcleo de Tecnologia Educacional/NTE, os professores serão lotados com a cargahorária de 40 (quarenta) horas semanais, com as vantagens do magistério.§ 1° - O professor possuidor de um único vínculo lotado na Sede/SEDUC em atividade técnico-pedagógica com jornada de 30 (trinta) horas semanais poderá assumir carga horária de até 20(vinte) horas semanais, em regência de classe.§ 2° - A formação de turmas e a lotação dos professores previstas no inciso VI deste artigo,dependerá da identificação e registro de matrícula dos alunos atendidos através do SistemaAcadêmico da SEDUC.Art. 11 - A lotação de professores e Programas e Projetos, previstos no Projeto PolíticoPedagógico de cada Escola, deverá obedecer aos seguintes critérios:I - Possuir habilitação correspondente à natureza do ambiente e do programa ou projeto, medianteanálise e autorização da SAEN;II - Apresentar documento comprobatório de participação nos cursos promovidos pelos NTEsda SEDUC, para lotação de professores nos Laboratórios de Informática;III - Apresentar documento comprobatório de participação em cursos de capacitação , para a lotaçãode professores nos Laboratórios Multidisciplinares da SEDUC;IV - Será lotado um professor por turno, com as vantagens do magistério, com a carga horáriade 30 (trinta) horas semanais, nos turnos da manhã e tarde, e com a carga horária de 25 (vinte
  • 7. e cinco) horas semanais no turno da noite, devendo apresentar um Plano de Ação integrado aoProjeto Político Pedagógico da escola, devidamente autorizado pela SAEN;V - A permanência da lotação do professor e Programas e Projetos, fica condicionada àAvaliação Anual de Desempenho do Projeto que deverá ser realizada pela SAEN;VI - Nas Unidades Escolares que participam do Programa Mais Educação, a lotação do “ProfessorComunitário Coordenador” deverá ser com a jornada mínima de 20 (vinte) horas semanais em umturno, e máxima de 40 (quarenta) horas semanais em dois turnos, com as vantagens do magistério;VII - No Programa de Formação Inicial em Serviço dos Profissionais da Educação Básica dosSistemas de Ensino Público/ PROFUNCIONÁRIO , o professor orientador e o professor tutor serãolotados, respectivamente, com a jornada de 40 (quarenta) e 20 (vinte) horas semanais, com asvantagens do magistério;VIII - Na coordenação do Sistema de Organização Modular de Ensino/SOME, será lotado 01 (um)pedagogo ou 01 (um) professor licenciado pleno, na Escola Sede ou URE, com a jornada de 30(trinta) ou 40 (quarenta) horas semanais, quando professor, sem as vantagens do magistério;IX - Na coordenação do Ensino Médio Modular Indígena, será lotado 01 (um) professor indígena naEscola Sede ou URE, para atender um circuito com mais de 100 (cem) alunos, com a jornadamínima de 30 (trinta) e máxima de 40 (quarenta) horas semanais, sem as vantagens do magistério.Art. 12 - A remoção de Professores em regência de classe, bem como de Técnicos em Educação,será permitida ao término do período letivo e antes do início do próximo período, com anuência dosdiretores das escolas envolvidas, USEs, UREs e autorização da Coordenadoria de RecursosHumanos / CRH.§ 1º – A remoção dos demais servidores dependerá da anuência dos diretores das escolasenvolvidas, das chefias imediatas das Unidades Administrativas da SEDUC, USEs e UREs, comautorização da Coordenadoria de Recursos Humanos / CRH.§ 2º – A remoção ou lotação do servidor na educação especial deverá ser aprovada pelaCOEES/SAEN, mediante análise curricular com comprovado conhecimento ou experiência na área.Art. 13 - A lotação de Diretores de UREs, Gestores de USEs, Diretores e Vice-diretores de Escolas,obedecerá aos seguintes critérios:I – 01 (um) Diretor para cada Unidade Regional de Educação/URE ou Unidade SEDUC na Escola /USE;II – 01 (um) Diretor para cada Escola com no mínimo 300 (trezentos) alunos;III – 01 (um) Diretor para cada Unidade Técnica Educacional de Ensino Especial e UnidadesEducacionais Especializadas com no mínimo 70 (setenta) alunos;IV – 01 (um) Diretor para cada Escola de Ensino Fundamental e Médio, sediada no Interior doEstado, onde o Ensino Fundamental foi municipalizado, parcial ou totalmente, independente do
  • 8. número de alunos da Escola;V – 01 (um) Diretor para cada Escola de Educação Indígena, com o mínimo de 120 (cento e vinte)alunos;VI – 01 (um) Vice-diretor para cada Escola que funcione em mais de um turno, atendendo de 300(trezentos) até 499 (quatrocentos e noventa e nove) alunos;VII – 02 (dois) Vice-diretores para cada Escola que funcione em dois ou mais turnos, atendendo de500 (quinhentos) a 1.799 (um mil setecentos e noventa e nove) alunos;VIII – 03 (três) Vice-diretores para cada Escola que funcione em mais de dois turnos, atendendomais de 1.800 (um mil e oitocentos) alunos;IX – 01 (um) Vice-diretor para cada Unidade Escolar que funcione como Anexo, com o mínimo de100 (cem) alunos, independente dos turnos de funcionamento;X – Nas Unidades Educacionais de Ensino Especial, com um número inferior a 70 (setenta) alunose de Ensino Regular com número inferior a 300 (trezentos) alunos, será lotado 01 (um) ProfessorResponsável.§1º - Aos ocupantes de 02 (dois) cargos, sendo 01 (um) de Técnico e outro de Professor, adesignação para a função de Diretor ou Vice-diretor será efetivada no cargo de Técnico.§2º - Para assumir as funções de Diretor e Vice- diretor, o servidor deverá, cumulativamente:a) Ter formação de acordo com o disposto no Capítulo I do Artigo 3º da Resolução 530/01 –CEE/PA que fixa normas para o exercício das atividades educacionais nos estabelecimentos deEducação Básica e Educação Profissional do Sistema de Ensino do Estado do Pará;b) Pertencer ao quadro de pessoal efetivo da SEDUC.§3º - Os servidores já designados para as funções de Diretor e Vice-diretor e que não atendam aosrequisitos do §2º, permanecerão no exercício de suas atividades até ulterior deliberação daSecretaria Adjunta de Ensino /SAEN.§4º - Os servidores indicados para as funções de Diretor e Vice-diretor e que não atendam aosrequisitos do §2º, só serão designados mediante autorização da Secretaria Adjunta de Ensino /SAEN.§5º – O professor na função de Diretor ou Vice-diretor de Unidade Escolar, será lotado comjornada de 30 (trinta) ou 40 (quarenta) horas semanais, respeitados os turnos de funcionamento daUnidade Escolar.Art. 14 - A lotação de Técnico em Educação ou Especialista em Educação (Orientador Educacionale Supervisor E
  • Planejamento 2013

    Jul 12, 2018

    Reunião

    Jul 12, 2018
    Search
    Related Search
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks