Slides

Prospecto Da Visita De Estudo Ii Blog

Description
1. Acção de Formação: O Trabalho no Laboratório e na Oficina – Uma abordagem às Energias Renováveis VISITA DE ESTUDO Central de Valorização Energática da…
Categories
Published
of 3
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Acção de Formação: O Trabalho no Laboratório e na Oficina – Uma abordagem às Energias Renováveis VISITA DE ESTUDO Central de Valorização Energática da LIPOR II Casa -Laboratório Termicamente Optimizada e Parque Eólico da Serra da Boneca II 10 de Julho de 2009 LIPOR II Casa Solar Parque Eólico da Boneca II Itinerário 8:00h – Partida da Escola Secundária da Lixa 9:15h – Chegada à Central de valorização energética (LIPOR II) 9:45h - Visita à Central de valorização energética da LIPOR; 11h00 – Chegada à Casa - Laboratório Termicamente optimizada (Casa solar); 11:15h – Visita à Casa - Laboratório Termicamente optimizada; 13h30 – Almoço; 15H30 - Chegada ao parque eólico da Serra da Boneca II; 16H00 - Visita ao parque eólica da Serra da Boneca; 18H30 - Chega à Escola Secundária da Lixa.
  • 2. Objectivo  Identificar formas de aproveitamento e gestão sustentável dos recursos renováveis e não renováveis. I) Central de valorização energética (LIPOR II) A Lipor -Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, é a entidade responsável pela gestão de resíduos sólidos urbanos produzidos por Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde. A Lipor desenvolveu uma estratégia integrada de valorização, tratamento e eliminação dos RSU’s, denominada Via Múltipla, que inclui: - O Sistema de Reciclagem Multimaterial que tem como peça fundamental o Centro de Triagem Lipor. - O Processo de Compostagem que tem como objectivo a recolha e tratamento da fracção orgânica dos resíduos, para produção de fertilizantes. - A Central de Valorização Energética Lipor II, que produz energia eléctrica, com a fracção de resíduos que não pode ser valorizada através dos processos de compostagem e reciclagem. Do lixo à Luz! A Central de Valorização Energética, situada na Maia, tem como objectivo a valorização, na forma de energia eléctrica, da fracção de resíduos que não possa ser aproveitada através dos processos de compostagem e reciclagem. Com duas linhas de tratamento em operação contínua e praticamente automática, a Central trata cerca de 1000 toneladas de resíduos por dia, produzindo 25MWH de energia eléctrica, suficiente para abastecer um aglomerado populacional de 150 mil habitantes
  • 3. II) Casa-Laboratório Termicamente Optimizada A construção da Casa-Laboratório Termicamente Optimizada (CTO) iniciou-se em 1981, no Campus LNETI como primeiro laboratório na área da «Térmica de edifícios» em Portugal, num projecto pioneiro de cooperação institucional do INETI com a FEUP (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto) com a coordenação do Prop. Oliveira Fernandes. Esta casa foi projectada tendo em conta um conjunto de conceitos e de propostas de solução, válidas no hemisfério Norte, que permitem assegurar as melhores condições de conforto com um baixo consumo energético. A CTO tem as seguintes características: • Consome um mínimo de energia para o aquecimento ambiente, em condições de conforto e de utilização normal; • Utiliza ao máximo os recursos energéticos do ambiente (sol, temperatura do ar, protecção do terreno); • Tem em conta as fontes de energia ”gratuita” no ambiente interno (pessoas, equipamento, iluminação, etc..); • Recorre a outras formas de energias renováveis disponíveis, como por exemplo a lenha, para satisfação das necessidades de ponta (horas de mais frio) do aquecimento ambiente; • Tem em conta a adequada distribuição da construção e dos espaços para a optimização da gestão energética. III) Parque eólico da Serra da Boneca II O parque está localizado no alto da serra da Boneca, na freguesia de Sebolido, do concelho de Penafiel no distrito do Porto. A zona de implantação do Parque situa-se a uma altitude superior a 500 m, cujo ponto mais alto se identifica pela presença do marco geodésico designado por Boneca. A produção de energia eléctrica é feita através de 6 aerogeradores, tendo 4 uma potência unitária de 2000 KW pertencentes à Eólica da Boneca, outro uma potência de 600 KW pertencente à Enercancelos e ainda utro com uma potência de 800 KW da Enercancelos II. A potência total instalada nestes parques é de 9400 KW. Sites interessantes http://engenhocasrenovaveis.blogspot.com http://www.renovaveis.tecnopt.com www.adeporto.eu www.lipor.pt www.energiasrenovaveis.com
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks