Slides

Rec adaptados

Description
1. Ministério da EducaçãoSecretaria de Educação EspecialRECURSOS PEDAGÓGICOSADAPTADOS 2. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para…
Categories
Published
of 54
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Ministério da EducaçãoSecretaria de Educação EspecialRECURSOS PEDAGÓGICOSADAPTADOS
  • 2. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educaçãoPortal de ajudas técnicas para educaçãoEquipamento e material pedagógico especial para educação,capacitação e recreação da pessoa com deficiência físicaEDUARDO JOSÉ MANZINIUniversidade Estadual Paulista - Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília - SPMARIA CARMEM FIDALGO SANTOSObras Sociais Irmã Dulce/BA- Centro de Reabilitação e Prevenção de Deficiência(CRPD)RECURSOS PEDAGÓGICOS ADAPTADOSBRASÍLIA - DF2002
  • 3. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educaçãoB823p Brasil. Secretaria de Educação Especial.Portal de ajudas técnicas para educação: equipamento e materialpedagógico para educação, capacitação e recreação da pessoa comdeficiência física: recursos pedagógicos adaptados / Secretaria deEducação Especial - Brasília: MEC: SEESP, 2002, fascículo 1.56p.: il.ISBN 85-86738-22-01. Educação especial. 2. Inclusão. 3 Educação. I Secretaria deEducação Especial. II. Título.CDD 371.9Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial destelivro desde que citada a fonte.
  • 4. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educaçãoSUMÁRIOAPRESENTAÇÃO ..................................................................... 1INTRODUÇÃO ........................................................................ 3FUNDAMENTAÇÃO LEGAL ......................................................... 4O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DAS AJUDAS TÉCNICAS ............. 6BANCOS DE IDÉIAS ................................................................ 8EDUCAÇÃO INFANTIL .............................................................. 9MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO ........................................... 25LEITURA E ESCRITA ................................................................. 34
  • 5. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação1APRESENTAÇÃOEste trabalho é resultado do compromisso da Secretaria deEducaçãoEspecialdoMinistériodaEducaçãocomasSecretariasdeEducaçãodos Estados, Municípios e Distrito Federal, e com as Associações deDeficientes Físicos, no sentido de concretizar ações educacionais direcionadasaos alunos com deficiência física e a seus respectivos professores, atendendoassim, ao que orienta as Diretrizes Nacionais para a Educação Especial naEducação Básica.Foi constituído um grupo representativo de escolas, associaçõesde deficientes físicos, universidades e técnicos da SEESP/MEC para construiro Programa Nacional de Apoio ao Aluno com Deficiência Física. Uma das açõesdeste Programa, iniciada em 2002, foi a elaboração do Portal de AjudasTécnicas.O Portal tem como objetivo apoiar a escola e contribuir com oprofissional de educação, no sentido de encontrar soluções para sua práticapedagógica.A SEESP viabilizará a publicação do Portal em fascículos, e,também, em meio eletrônico, via internet.Os fascículos conterão ajudas técnicas que facilitam aaprendizagem dos alunos com deficiência física, no que se refere a:. recursos pedagógicos adaptados;. adaptadores manuais;. informática;. mobiliário adaptado;. mobilidade; e. recursos para comunicação alternativa.
  • 6. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação2Este ano estamos disponibilizando o primeiro fascículo: recursospedagógicos adaptados, estando prevista para 2003, a continuidade desteprojeto, com a publicação dos demais fascículos.Espera-se que o Portal de Ajudas Técnicas possa contribuir paraa melhoria da qualidade da educação de nosso país.Marilene Ribeiro dos SantosSecretaria de Educação Especial
  • 7. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação3INTRODUÇÃOEste primeiro fascículo do Portal de Ajudas Técnicas tem porfinalidade apoiar a escola e contribuir com o profissional de educação, nosentido de encontrar soluções para minimizar limitações funcionais, motorase sensoriais do aluno com deficiência física, no que se refere a recursospedagógicos adaptados a situações educacionais.O objetivodeste trabalho não se encerra na apresentação dessesrecursos, mas serve como ponto de partida para otimizar a eficiênciacooperativa entre educando e professor no processo de ensino-aprendizagem,ao valorizar a diversidade como agente de transformação de consciênciasocial, viabilizando o exercício da cidadania na construção de uma sociedadeinclusiva.Entendemos que o fato de a pessoa ter deficiência física, nãosignifica que o “outro” detenha o “poder” de lhe “completar ou assistir” nalimitação que apresenta. Significa que o aluno com deficiência física deveparticipar na escolha daquilo que lhe for “assistir”.A decisão de escolher um recurso é bilateral, deve auxiliar aoaluno e ao professor. Essa decisão pode ser totalmente diferente em setratando de dois alunos com a mesma deficiência, ou seja, para um a decisãosobre a ajuda técnica pode recair sobre o ato de escrever e para outro, aimportância pode focalizar o ato de ler.Asituaçãodaeducaçãoescolarinclusivanãoselimitaaoaspectodidático-pedagógico. A inclusão escolar é também socioafetiva. O educandodeve sentir-se acolhido e perceber que a diversidade não se constitui umobstáculo e sim um estímulo para a formação de consciência de todos osenvolvidos no processo socioeducacional e afetivo.
  • 8. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação4FUNDAMENTAÇÃO LEGALO presente documento fundamenta-se na Constituição daRepública Federativa do Brasil/1988, especialmente no inciso IV, do artigo208, na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (9.394/96),particularmente no artigo 59, inciso I e nas Diretrizes Nacionais paraEducação Especial na Educação Básica (Resolução número 2/2001).Neste documento, consideram-se ajudas técnicas os elementosque permitem compensar uma ou mais limitações funcionais motoras,sensoriais ou mentais da pessoa com deficiência, com o objetivo de permitir-lhe superar as barreiras da comunicação e da mobilidade.A definição de ajudas técnicas está conceituada no Decretonúmero 3298 de 20 de dezembro de 1999, em seu artigo 19, parágrafo único.Essa definição, no âmbito pedagógico,relaciona-se com a ajudaque pode ser proporcionada a alunos e professores e está contemplada noParecer CNE/CEB número 17/2001:[...] Todos os alunos, em determinado momento de suavida escolar podem apresentar necessidades educacionaisespeciais, e seus professores em geral conhecem diferentesestratégias para dar respostas a elas. No entanto, existemnecessidades educacionais que requerem, da escola, umasérie de recursos e apoios de caráter mais especializadosque proporcionem ao aluno meios para acesso aocurrículo.Conforme a Resolução número 2/2001, os alunos comnecessidades educacionais especiais aqui referidos são aqueles que durante oprocesso educacional, apresentam:I- dificuldades acentuadas de aprendizagem ou limitações no processo de
  • 9. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação5desenvolvimento que dificultam o acompanhamento das atividadescurriculares compreendidas em dois grupos:a) aquelas necessidades não vinculas a uma causa orgânica específica;b) aquelas relacionadas a condições, disfunções, limitações ou deficiências;II- dificuldades de comunicação e sinalização diferenciada dos demais alunosdemandando a utilização de linguagens e códigos aplicados;III- altas habilidades/superdotação, grande facilidade de aprendizagem queos levam a dominar rapidamente conceitos, procedimentos e atitudes.Para o auxílio a esses alunos, algumas ações estarão relacionadasao trabalho realizado por profissionais da educação, que necessitam estarpreparados para atuar em classes comuns com alunos que apresentam algumadeficiência. Nesse sentido, o artigo 18 da Resolução número 2/2001 apontaalgumas competências necessárias ao professor:√ perceber as necessidades educacionais especiais dos alunos;√ flexibilizar a ação pedagógica nas diferentes áreas de conhecimento;√ avaliar, continuamente, a eficácia do processo educativo;√ atuar em equipe, inclusive com professores especializados em educaçãoespecial.O Parecer CNE/CEB 17/2001 deixa claro que “cabe a todos”,principalmente aos setores de pesquisa e às universidades, o desenvolvimentode estudos na busca de melhores recursos para auxiliar/ampliar a capacidadedas pessoas com necessidades educacionais especiais de se comunicar, de selocomover e de participar de maneira, cada vez mais autônoma, do meioeducacional, da vida produtiva e da vida social, exercendo assim, de maneiraplena, a sua cidadania.
  • 10. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação6O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DAS AJUDASTÉCNICASO processo apresentado a seguir configura-se como orientaçãopara os profissionais da educação, no sentido de encontrarem soluções deobjetos que auxiliem o aprendizado de pessoas com necessidades especiais.Cada necessidade é única e, portanto, cada caso deve serestudado com muita atenção. A experimentação deve ser muito utilizada,pois permite observar como a ajuda técnica desenvolvida está contemplandoas necessidades percebidas.1 Entender a situação que envolve o estudante! Escutar seus desejos.! Identificar características físicas/psicomotoras.FIGURA 1 – fluxograma para desenvolvimento de ajudas técnicas.1 Entendera situação2 GerarIdéias3 Escolheralternativa4 Representara idéia5 Construiro objeto6 Avaliaro uso7 AcompanharO uso
  • 11. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação7! Observar a dinâmica do estudante no ambiente escolar.! Reconhecer o contexto social.2 Gerar idéias! Conversar com usuários (estudante/família/colegas).! Buscar soluções existentes (família/catálogo).! Pesquisar materiais que podem ser utilizados.! Pesquisar alternativas para confecção do objeto.3 Escolher a alternativa viável! Considerar as necessidades a serem atendidas (questões do educador/aluno).! Considerar a disponibilidade de recursos materiais para a construção doobjeto – materiais, processo para confecção, custos.4 Representar a idéia(por meio de desenhos, modelos, ilustrações.).! Definir materiais.! Definir as dimensões do objeto – formas, medidas, peso, textura, cor, etc.5 Construir o objeto para experimentação! Experimentar na situação real de uso.6 Avaliar o uso do objeto! Considerar se atendeu o desejo da pessoa no contexto determinado.! Verificar se o objeto facilitou a ação do aluno e do educador.7 Acompanhar o uso! Verificar se as condições do aluno mudam com o passar do tempo e se hánecessidade de fazer alguma adaptação no objeto.
  • 12. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação8BANCO DE IDÉIAS
  • 13. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação9EDUCAÇÃO INFANTIL
  • 14. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação10DOMINÓ DAS CORESDescrição:Este material é feitoem madeira,medindo 4 cm decomprimento, 9 cmde largura e 1 cm deespessura. Cadapeça possui duascores. A pintura éfeita com tintalavávelFonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”, Unesp,Marília, SP.Facilita a nomeação das cores, a discriminaçãovisual e a correspondência um a um. As peçasampliadas permitem melhor manuseio aos alunoscom dificuldade de preensão. O material pode serhigienizado devido a tinta lavável.Adaptação: Rosimeire Francisco Tabanez
  • 15. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação11DOMINÓ DE QUANTIDADES, EM RELEVOAuxilia na discriminação visual das quantidades.Sua espessura foi aumentada para que as criançasque possuem preensão prejudicada possammanuseá-lo. A identificação da quantidade, emfeltro, permite utilizar a sensibilidade tátil–sinestésica. A cor vermelha sobre o marrompermite um bom contraste visual.Descrição:Dominó de madeira,medindo 9 cm decomprimento, 4 cm delargura e 0,5 cm deespessura. Aidentificação daquantidade é feita comfeltro vermelho.Adaptação: Elaine Cristina de MoraesFonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”, Unesp,Marília, SP.
  • 16. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação12DOMINÓ DE FIGURAS GEOMÉTRICASPermite a discriminação visual e tátil das figurasgeométricas. O jogo pode ser manuseado sob acarteira ou na posição “em pé”, permitindomovimentos de flexão e extensão de braços. Aspeças com imãs facilitam a fixação sobre o tabuleiro,principalmente, aos alunos com dificuldade nomanuseio.Descrição:Este dominó é de madeira epossui as figuras geométricas(círculo, quadrado, triângulo)em relevo, pintadas nascores azul, vermelho,amarelo e verde. Sob cadapeça foi colada um imã. Aspeças são utilizadas sobreum tabuleiro de latãorevestido com papel contact.Adaptação: Mônica Gerdullo e Marilãine Bonaldo.Fonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”, Unesp,Marília, SP.
  • 17. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação13Permite o desenvolvimento da discriminação visualde padrões e discriminação tátil, requisitosimportantes para alunos que tenham alteraçõessensoriais e dificuldades para discriminar,perceptualmente, estímulos visuais. Pode serutilizado para viabilizar a alfabetização, que exigediscriminação apurada de símbolos na formagráfica.Descrição:Confeccionado em madeiracom aplicação de diferentestecidos: lã, veludo, malha,brim e seda.DOMINÓ DE TEXTURASAdaptação: Alessandra Cristina Gazeta de FrançaFonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”, Unesp,Marília, SP.
  • 18. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação14DOMINÓ DE QUANTIDADES E NUMERAISEM RELEVOPermite o desenvolvimento da discriminação visuale discriminação tátil. Auxilia no desenvolvimento darelação entre quantidade e numeral.Descrição:Dominó confeccionado emmadeira com aplicação dematerial emborrachado (E V A).Adaptação: Cláudia Cristina da SilvaFonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”,Unesp, Marília, SP.
  • 19. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação15DOMINÓ TEMÁTICO: MEIOS DETRANSPORTEPermite o desenvolvimento da discriminação visual.Auxilia o professor a trabalhar com temasdesenvolvidos em aula, no caso, meios detransporte. Os assuntos podem variar de acordocom o tema da aula. Já foram construídos dominóstemáticos sobre animais, frutas e vestuário.Adaptação: Eduardo José Manzini e Elaine Cristina de Morais.Fonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”, Unesp,Marília, SP.Descrição:Confeccionado emmadeira comaplicação de figurasque indicam meiosde transporte.
  • 20. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação16Fonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”, Unesp,Marília, SP.Adaptação: Elizabete Monteiro da SilvaPermite trabalhar com a percepção visual, preensãoe discriminação de figuras (parte/todo). Cada partedo cubo apresenta uma figura, sendo possível montar6 desenhos diferentes. O manuseio do cubo foiidealizado para a coordenação com ambas as mãos(bimanual). Indicado para alunos que apresentamdistrofia muscular. Por ser um material leve, não érecomendado para alunos com paralisia cerebral dotipo atetóide, que apresentam movimentosinvoluntários. No caso desses alunos, seriarecomendado cubos mais pesados.Descrição:Este quebra-cabeça éfeito de caixa de papelão,em formato de cubo,plastificado e comaplicação de figuras.QUEBRA-CABEÇA DE CUBOS
  • 21. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação17Auxilia no ensino de cores, na aquisição deconceitos como dentro e fora, abrir e fechar, tirar ecolocar. Auxilia, também, no treino dacoordenação viso-motora. Pode ser utilizado naposição sobre a carteira ou na posição “em pé”.Descrição:Este recurso é composto poruma caixa, dividida em quatrocompartimentos e cada umcom uma porta. Cada porta épintada de uma cor e cadauma possui uma fechaduradiferente. Dentro doscompartimentos é possívelcolocar objetos.CAIXA DE ESTÍMULOSAdaptação: Mônica Gerdullo e Marilãine BonaldoFonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”,Unesp, Marília, SP.
  • 22. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação18Descrição:Recurso composto por umaciaxa de madeira, com umaabertura na lateral, em formade círculo, onde é fixado umpé de meia de jogador defutebol. No fundo da caixa écolada uma tira de câmara dear de bicicleta, que serve comoantiderrapante e que ajuda afixar a caixa sobre a mesa.JOGO DE ADVINHAÇÃOPermite trabalhar com percepção tátil sinestésica,discriminação e identificação de formas e texturas.Dentro da caixa coloca-se um material comdeterminada textura ou forma e a criança deveráreconhecê-lo e procurar o correspondente fora dacaixa.Adaptação: Elaine Cristina de MoraesFonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”, Unesp,Marília, SP.
  • 23. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação19Descrição:Jogo feito com tampas demaionese e com pares defiguras coladas sobre atampa.JOGO DA MEMÓRIA IAuxilia o desenvolvimento da memória visualdentro de um espaço delimitado e permitetrabalhar com a atenção concentrada. Quando ojogo é realizado em grupo, pode-se trabalhar comregras sociais como, por exemplo, “um aluno decada vez”. O material simples, produz um visualestimulador e permite a higienização. A forma decada peça possibilita ao aluno manuseá-la compinça lateral, com pinça em dois ou mais dedos oumesmo utilizar ambas as mãos para empurrar evirar as peças.Adaptação: Míris Cordeiro BrantesFonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”, Unesp,Marília, SP.
  • 24. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação20Fonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”, Unesp,Marília, SP.JOGO DA MEMÓRIA IIAuxilia o desenvolvimento da memória visualdentro de um espaço delimitado e permitetrabalhar com a atenção concentrada. O material ésimples e resistente. A forma das peças possibilitaao aluno manuseá-las com pinça lateral, em doisou mais dedos ou mesmo utilizar ambas as mãospara empurrar e virar as peças.Adaptação: Ariane Cibele Evangelista de CarvalhoDescrição:Jogo feito com tampas defrascos de embalagenspara bolinhas de tênis ecom pares de figurascoladas sobre a tampa.
  • 25. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação21Descrição:A boneca é confeccionadacom lâmina de latão erevestida com papelãoplastificado. As peças deroupas possuem imãs. Aspeças são manuseadas sobreuma placa de latão revestidacom papel contact colorido.VAMOS VESTIR A BONECA?Possibilita a discriminação parte/todo. Pelo fato domaterial possuir um imã na parte detrás permite aoaluno acometido por deficiência física, comoparalisia cerebral, do tipo espástica ou atetóide, ummelhor manuseio.Fonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”, Unesp,Marília, SP.Adaptação: Adriana Rocetao Garcia
  • 26. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação22Fonte: Laboratório de Educação Especial “Prof. Ernani Vidon”, Unesp,Marília, SP.Descrição:O quebra-cabeça éconfeccionado em madeira comaplicação de figuras de animais.Cada animal representa umaletra do alfabeto. Por exemplo,Macaco, Zebra. As figuras estãosecionadas por um cortediagonal e coladas em umtabuleiro de latão. A outrametade possui um imã na partedetrás que gruda no tabuleiro.QUEBRA - CABEÇA IMANTADOAuxilia na discriminação de figuras parte/todo. Foiconfeccionado para um aluno com necessidade demelhorar a flexão e extensão de membrossuperiores. Pode ser utilizado com o aluno napostura em pé ou sentada.Adaptação: Elaine Bernadete de Almeida Bispo
  • 27. Recursos pedagógicos adaptadosPortal de ajudas técnicas para educação23Descrição:O recurso éconfeccionado comcâmara de pneus esobre ele é colado onumeral. Os dese
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks