Articles & News Stories

RELATÓRIO DE GESTÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO EXERCÍCIO DE PDF

Description
RELATÓRIO DE GESTÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO EXERCÍCIO DE 2012 Senhores Accionistas, De acordo com a Lei e os Estatutos, submetemos à Vossa apreciação, discussão e votação o Relatório, Balanço e Demonstração
Published
of 13
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
RELATÓRIO DE GESTÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO EXERCÍCIO DE 2012 Senhores Accionistas, De acordo com a Lei e os Estatutos, submetemos à Vossa apreciação, discussão e votação o Relatório, Balanço e Demonstração de Resultados da Pedro Arroja SGPS, S.A. referentes ao Exercício de ANÁLISE DOS RESULTADOS O Activo Líquido totalizou ,24 euros no final de Dezembro de 2012, valor inferior em 5,6% ao do final do ano Para esta evolução contribuíram, nomeadamente, o aumento dos custos com pessoal e, ainda, a perda registada pela transformação e redução de capital de umas das sociedades detida pela Pedro Arroja SGPS, SA. O Resultado Bruto de Exploração atingiu o valor negativo de ,03 euros, consequência, em parte, de um acréscimo dos custos operativos. A evolução dos custos com pessoal registou um acréscimo ,97 euros, comparativamente ao ano anterior, justificável pela reestruturação do Grupo Pedro Arroja, com a integração na sua estrutura do interna dos recursos humanos da socieadade, cujos estatututos se transformaram no exercício em análise. Nos Proveitos da sociedade, a rubrica de rendimentos de serviços e comissões apresenta o valor de ,35 euros, equivalente a um acréscimo de ,74 euros, quando comparado com o ano anterior. A razão desta evolução positiva prende-se com o aumento de rendimentos e comissões, pela prestação de serviços técnicos de administração e gestão à sociedade participada, que no ano de 2012 transformou os seus estatutos societários. Acresce, ainda, referir a redução drástica na rubrica dos gastos gerais administrativos, que desceram de ,36 euros para ,22 euros. As razões desta redução estão na internalização do serviço de contabilidade, e ainda na finalização do investimento efectuado no software do programa dedicado à gestão de fundos e de carteiras. No exercício de 2012, em termos operacionais, a sociedade obteve, a título de Receitas - registadas no Produto Bancário ,35 eur, enquanto os seus Gastos Operacionais registados nos custos com pessoal e nos gastos gerais administrativos - ascenderam a ,00 eur. Em face destes números, o resultado operacional anual é negativo em cerca de ,00 eur. Em 2012, os Capitais Próprios da empresa atingiram ,97 euros, registando um decréscimo de -6,5% comparativamente ao ano anterior, consequência do Resultado Líquido ter sido negativo. Contribuíram para o resultado do exercício ser negativo, a perda de ,94 eur, registada em outros resultados de exploração, pela redução do capital social e transformação social da anterior sociedade Pedro Arroja Consultores Financeiros, e ainda desencadeou-se a inserção da imparidade justo valor da avaliação das participações sociais nas outras sociedade financeiras também participadas. Em consequência deste reconhecimento, há uma perda de ,62 eur, equivalente à desvalorização no investimento efectuado nas sociedades participadas ou filiais. Acresce referir a quantia registada em imparidades de outros activos, no valor de ,14 eur, que corresponde ao valor remanescente do reconhecimento efectivo da perda do investimento, que a sociedade efectuou num projecto imobiliário desenvolvido por uma entidade filial de um participada. A gestão da liquidez está continua a ser efectuada em estratégias ou produtos de investimento de cariz especulativo e gerou, no exercício, uma perda de 7 785,00 eur. APLICAÇÃO DOS RESULTADOS Em conformidade com a lei e com os estatutos, e como a empresa apresentou um resultado negativo, o Conselho de Administração, propõe a transferência do prejuízo do exercício de ,03 eur para a conta de Resultados Transitados. INFORMAÇÕES RELEVANTES E NOTAS FINAIS O Conselho de Administração expressa o seu reconhecimento às suas sociedades participadas, accionistas e às Autoridades de Supervisão pela cooperação no acompanhamento da actividade. No exercício de 2012 não foram concedidas autorizações a negócios entre a sociedade e os seus administradores, a que se refere o Art.º 66.º do CSC, alínea e). A sociedade não adquiriu ou alienou durante o exercício acções próprias. A sociedade não tem qualquer dívida ou situação de mora para com o Estado e a Segurança Social. Porto, 14 de Maio de 2013 O Conselho de Administração, Pedro Arroja Fátima Pereira António Ferreira Neves Natália Gaspar Ricardo Arroja Balanço em base individual (NCA) em 31 de Dezembro Pedro Arroja - SGPS, S.A. ACTIVO Notas / Quadros anexos Valor antes provisões, imparidade e amortizações (EM EUR) Provisões, imparidade e amortizações Valor Líquido Valor Líquido Caixa e Disponibilidades em bancos centrais Disponibilidade em outras instituições de crédito 12, , , Activos financeiros detidos para negociação Outros activos financeiros ao justo valor através de resultados , , , Activos financeiros disponíveis para venda Aplicações em instituições de crédito Crédito a clientes Investimentos detidos até à maturidade Activos com acordo de recompra Derivados de cobertura Activos não correntes detidos para venda Propriedades de investimento Outros activos tangíveis 11 12, , , , Activos intangíveis Investimentos em filiais, associadas e empreendimentos conjuntos 6, 10 e 24 2,838, , ,721, ,827, Activos por impostos correntes 6, , , Activos por impostos diferidos , , , Outros activos 27, 31 e 41 18, , , Total do Activo 3,173, , ,051, ,233, PASSIVO Notas / Quadros anexos Recursos de bancos centrais Passivos financeiros detidos para negociação Outros passivos financeiros ao justo valor através de resultados Recursos de outras istituições de crédito Recursos de clientes e outros empréstimos Responsabilidades representadas por títulos Passivos financeiros associados a activos transferidos Derivados de cobertura Passivos não correntes detidos para venda Provisões Passivos por impostos correntes Passivos por impostos diferidos Instrumentos representativos de capital Outros passivos subordinados Outros passivos , , Total do Passivo 118, , CAPITAL Notas / Quadros anexos Capital 52 3,945, ,945, Prémios de emissão Outros instrumentos de capital Acções próprias Reservas de reavaliação Outras reservas e resultados transitados , , Resultado do exercício , , Dividendos antecipados Total do Capital Total do Passivo + Capital 2,933, ,137, ,051, ,233, RUBRICAS EXTRAPATRIMONIAIS Contas Extrapatrimoniais A Técnica Oficial de Contas Teresa Gouveia (T.O.C ) A Administração Pedro Arroja Fátima Pereira António Ferreira Neves Ricardo Arroja Natália Gaspar Demonstração de resultados em base individual (NCA) em 31 de Dezembro Pedro Arroja - SGPS, S.A. (Em EUR) Notas / Quadros anexos Juros e rendimentos similares Juros e encargos similares Margem financeira Rendimentos de instrumentos de capital Rendimentos de serviços e comissões 36, 38 e 47 97, , Encargos com serviços e comissões Resultados de activos e passivos avaliados ao justo valor através de resultados 17-7, , Resultados de activos financeiros disponíveis para venda Resultados de reavaliação cambial Resultados de alienação de outros activos Outros resultados de exploração 39-95, , Produto bancário -5, , Custos com pessoal 113, , Gastos gerais administrativos 19, , Amortizações do exercício 11 2, Provisões líquidas de reposições e anulações Correcções de valor associadas ao crédito a clientes e valores a receber de outros devedores (líquidas de reposições e anulações) Imparidade de outros activos financeiros líquida de reversões e recuparações 24 25, , Imparidade de outros activos líquida de reversões e recuperações 63, , Resultados antes de impostos -229, , Impostos Correntes Diferidos 51-39, , Resultados após impostos -190, , Do qual: Resultado líquido após impostos de operações descontinuadas A Técnica Oficial de Contas Teresa Gouveia A Administração Pedro Arroja Fátima Pereira António Ferreira Neves Ricardo Arroja Notas Anexas às Demonstrações Financeiras em 31 de Dezembro de 2012 (Instrução n.º 18/2005 do Banco de Portugal) Introdução A sociedade adopta a denominação de Pedro Arroja SGPS, S.A., é uma sociedade anónima, sediada na Avenida Montevideu, 282, no Porto, foi constituída por escritura pública lavrada no Terceiro Cartório Notarial do Porto em 22 de Maio de 2002, com número de identificação fiscal e pessoa colectiva , registada na Conservatória do Registo Comercial do Porto, cujo objecto social consiste na gestão de participações sociais noutras sociedades, como forma indirecta de exercício de actividades económicas. Em termos da legislação em vigor, a actividade da sociedade está sujeita à supervisão do Banco de Portugal. 3. Critérios valorimétricos e práticas contabilísticas Às diversas rubricas das demonstrações financeiras da Pedro Arroja - SGPS, S.A., foram aplicados os critérios valorimétricos e práticas contabilísticas estabelecidos a nível internacional para a actividade das Sociedades Gestoras de Participações Sociais, segundo as convenções do custo histórico e da continuidade das operações, e em conformidade com os princípios contabilísticos da consistência, prudência, especialização de exercícios, materialidade e substância sobre a forma. As contas foram preparadas de acordo com a Legislação aplicável até 31 de Dezembro de 2012, designadamente, as normas do Banco de Portugal e IAS em vigor. 6. Nome e sede das empresas nas quais a sociedade detém uma percentagem do capital igual ou superior a 20%, e montante dos capitais próprios e do resultado do último exercício da empresa em causa A Pedro Arroja - SGPS, S.A. detém 51% do capital da Pedro Arroja - Gestão de Patrimónios, S.A., sediada na Avenida Montevideu, 282, no Porto. A Pedro Arroja - Gestão de Patrimónios, S.A. finalizou o exercício de 2012, com os seguintes capitais próprios e resultados: - Capital: ,00 Euros - Reservas: ,88 Euros - Resultados transitados: ,30 Euros - Resultado líquido do exercício: ,11 Euros A Pedro Arroja - SGPS, S.A. detém ainda 51% do capital da Pedro Arroja - Gestão de Fundos de Investimento Mobiliário, S.A., também com sede na Avenida Montevideu, 282, no Porto. A Pedro Arroja - Gestão de Fundos de Investimento Mobiliário, S.A. finalizou o exercício de 2012, com os seguintes capitais próprios e resultados: - Capital: ,00 Euros - Reservas: ,34 Euros - Resultados transitados: ,52 Euros - Resultado líquido do exercício: ,40 Euros A Pedro Arroja - SGPS, S.A. detém ainda 51% do capital da Pedro Arroja - Consultores de Gestão e Contabilidade, Lda., também com sede na Avenida Montevideu, 282, no Porto. A Pedro Arroja - Consultores de Gestão e Contabilidade, Lda., finalizou o exercício de 2012, com os seguintes capitais próprios e resultados: - Capital: Euros - Reservas: ,06 Euros - Resultados Transitados: ,03 Euros - Resultado líquido do exercício: ,37 Euros 10. Inventário da carteira de títulos e participações financeiras em 31 de Dezembro de 2012 Natureza e espécie Quantidade Valor nominal Critério Valorimétrico Valor de cotação Valor de Balanço Instrumentos de capital Emitidos por residentes Unidades de participação do FFI (Imobiliário Logística e Distribuição) 4, Justo valor , Outros No País - Pedro Arroja - GP, S.A ,550, Pedro Arroja - GFIM, S.A Custo histórico , Pedro Arroja - CGC, Lda , Movimentos e saldos dos activos tangíveis Saldo do exercício anterior Aumentos Depreciações Valor líquido Valor Amortizações Aquisições do período em Bruto acumuladas Activos Tangíveis Equipamento informático 4, , Equipamento de transporte 5, , , , , , , , , Outros activos financeiros ao justo valor através de resultados Em outros activos financeiros, ao justo valor através de resultados, está incluída uma aplicação financeira de gestão de carteiras, na empresa do grupo - Pedro Arroja Gestão de Patrimónios, S.A. O perfil de investimento é de cariz especulativo, mitigado o risco por vários produtos ou estratégias de gestão. Adicionalmente a sociedade possui uma carteira de unidades de participação num fundo imobiliário fechado, com a denominação fundo logística e distribuição. Resultados de outros activos financeiros 69 Perdas em operações financeiras: ,73 Euros 83 Ganhos em operações financeiras: 8.190,99 Euros 24. Provisões Provisão para imparidade (NCA) para investimentos em filiais, associadas e empreendimentos conjuntos, no montante de ,62 Euros, com o objectivo de reflectir o justo valor dos investimentos nas empresas, Pedro Arroja Gestão de Fundos de Investimento Mobiliário, S.A. e Pedro Arroja - Consultores de Gestão e Contabilidade, Lda. Assim, o valor acumulado nesta rubrica, à data de encerramento do exercício, é de ,14 Euros. 27. Saldos das seguintes contas Despesas com encargo diferido: Euros Encargos a Pagar: ,31 Euros 31. Natureza e valor dos principais elementos patrimoniais das seguintes rubricas do Balanço Outros activos Devedores e outras aplicações: ,39 Euros Outros passivos Credores e outros recursos: ,96 Euros Encargos a pagar: ,31 Euros 34. Efectivo médio semestral de trabalhadores ao serviço Administradores: Elementos referentes aos órgãos de Administração, de Direcção e de Fiscalização Remunerações atribuídas no exercício à Administração: ,57 Euros Remunerações atribuídas no exercício ao Conselho Fiscal: 4.200,00 Euros Remunerações atribuídas no exercício à Assembleia Geral: 1.200,00 Euros 36. Rendimentos de serviços e comissões Na conta 81 Outras comissões recebidas - encontram-se registadas as comissões cobradas por serviços prestados a empresas do Grupo Pedro Arroja, que em 31 de Dezembro de 2012 totalizaram ,35 Euros. 38. Ventilação de alguns rendimentos/resultados por mercados geográficos Os rendimentos/resultados expressos na Demonstração de Resultados, durante o exercício de 2012, foram obtidos com operações realizadas exclusivamente em Portugal. 39. Principais componentes das seguintes rubricas Outros resultados de exploração 72 Outros encargos e gastos operacionais: ,52 Euros Nesta rubrica está incluída a perda efectivaque se cifra em ,00 Euros, pela transformação e consequente redução do capital social da filial Pedro Arroja - Consultores de Gestão e Contabilidade, Lda. 75 Outros Impostos: 1.250,00 Euros A quantia de 1.250,00 Euros é o resultado negativo referente à perda, pela impossibilidade de dedução em sede de IRC, do pagamento especial por conta, relativo ao ano de Outros rendimentos e receitas operacionais: 2.247,58 Euros. 41. Diferença entre a carga fiscal imputada ao exercício e aos dois exercícios anteriores e a carga fiscal já paga ou a pagar O imposto sobre lucros teve uma redução no exercício de 2012 de 152,03 Euros (29%) face ao exercício de 2011 e de 73,92 Euros (16%) face ao exercício de Durante o exercício de 2012, a Pedro Arroja - SGPS, S.A. esteve sujeita a retenções na fonte de terceiros no valor de 924,33 Euros e realizou pagamentos especiais por conta, em sede de IRC, no valor de 1.000,00 Euros. Não existem quaisquer dívidas fiscais à data de realização destas notas anexas, nem relativamente aos exercícios anteriores. 47. Montantes incluídos nos resultados provenientes de transacções realizadas com entidades em que existem relações de domínio Os valores de ,35 Euros relevado na conta 81 Outras comissões recebidas, referem-se às seguintes prestações de serviços efectuadas pela empresa, às suas participadas: Pedro Arroja - Consultores de Gestão e Contabilidade, Lda.: - Cedência de direitos adquiridos pela utilização do software Infologia, no montante de 160,86 euros; - Serviços técnicos de Administração e Gestão, no montante de ,43 euros. Critério utilizado para aferir o valor de cedência da licença de Infologia o critério de utilização. Para os serviços técnicos foi determinado o preço comparável de mercado. Pedro Arroja Gestão de Fundos de Investimento Mobiliário, S.A.: - Cedência de direitos adquiridos pela utilização do software Infologia e base oracle, no montante de 723,98 euros; - Cedência de direitos adquiridos pela utilização do software Binfólio, no montante de 5.993,65 euros; - Serviços especializados de contabilidade, no montante de 8.900,88 euros; Mantém-se os critérios utilizados para aferir o valor de cedência da licença de Infologia e Binfólio o critério de utilização e para os serviços especializados o preço comparável de mercado. Pedro Arroja Gestão de Patrimónios, S.A.: - Cedência de direitos adquiridos pela utilização do software Infologia e base oracle, no montante de 723,98 euros; - Cedência de direitos adquiridos pela utilização do software Binfólio, no montante de 5.993,65 euros; - Serviços especializados de contabilidade, no montante de 9.159,00 euros; - Serviços de assessoria/secretariado, no montante de ,92 euros; Mantém-se os critérios utilizados para aferir o valor: para a cedência de direitos adquiridos o critério de utilização; e para os serviços especializados o preço comparável de mercado. 51. Activos por impostos diferidos Os activos por impostos diferidos de prejuízos fiscais reportáveis e crédito de imposto são reconhecidos quando exista uma expectativa de lucros tributáveis futuros que vão compensar as perdas apuradas (ver quadro abaixo). Prejuízo fiscal Activos por impostos diferidos Data limite de utilização Gerados em Gerados em , , Gerados em , , Gerados em , , Gerados em , , Gerados em , , Gerados em , , , ,987.69 52. Explicitação e justificação dos movimentos ocorridos no exercício em cada uma das rubricas dos capitais próprios Rubricas Saldo inicial Movimentos no exercício Débito Crédito Saldo final Capital 3,945, ,945, Reservas Reservas Legais 4, , Outras Reservas 7, , Resultados Transitados -327, , , , Resultado Líquido do Exercício -492, , , , Totais 3,137, ,188, , ,933, Porto, 14 de Maio de 2013 A TÉCNICA OFICIAL DE CONTAS Teresa Gouveia (T.O.C. n.º 65468) A ADMINISTRAÇÃO Pedro Arroja Fátima Pereira António Ferreira Neves Ricardo Arroja Natália Gaspar Armando Meireles, Lopes Vinga & Associado Sociedade de Revisores Oficiais de Contas Telefone: ; Fax: Rua Júlio Dinis, º Dto Porto CERTIFICAÇÃO LEGAL DAS CONTAS OBJECTO 1. Examinámos as demonstrações financeiras de PEDRO ARROJA SOCIEDADE GESTORA DE PARTICIPAÇÕES SOCIAIS, S.A. as quais compreendem o Balanço em 31 de Dezembro de 2012, (que evidencia um total de ,24 euros e um total de capital próprio de ,97 euros, incluindo um resultado líquido negativo de ,03 euros), a Demonstração dos Resultados por Natureza do exercício findo naquela data e o correspondente Anexo. RESPONSABILIDADES 2. É da responsabilidade do Conselho de Administração a preparação das demonstrações financeiras que apresentem de forma verdadeira e apropriada a posição financeira da Empresa, o resultado das suas operações, bem como a adopção de políticas e critérios contabilísticos adequados e a manutenção de um sistema de controlo interno apropriado. 3. A nossa responsabilidade consiste em expressar uma opinião profissional e independente, baseada no nosso exame daquelas demonstrações financeiras. ÂMBITO 4. O exame a que procedemos foi efectuado de acordo com as Normas Técnicas e as Directrizes de Revisão/Auditoria da Ordem de Revisores Oficiais de Contas, as quais exigem que o mesmo seja planeado e executado com o objectivo de obter um grau de segurança aceitável sobre se as demonstrações financeiras estão isentas de distorções materialmente relevantes. Para tanto o referido exame inclui: - a verificação, numa base de amostragem, do suporte das quantias e divulgações constantes das demonstrações financeiras e a avaliação das estimativas, baseadas em juízos e critérios definidos pelo Conselho de Administração, utilizadas na sua preparação; - a apreciação sobre se são adequadas as políticas contabilísticas adoptadas e a sua divulgação, tendo em conta as circunstâncias; - a verificação da aplicabilidade do princípio da continuidade; e - a apreciação sobre se é adequada, em termos globais, a apresentação das demonstrações financeiras. Inscrita na Ordem dos Revisores Oficiais de Contas sob o n.º 3; Capital Social euros; Contribuinte n.º Armando Meireles, Lopes Vinga & Associado Sociedade de Revisores Oficiais de Contas Telefone: ; Fax: Rua Júlio Dinis, º Dto Porto 5. O nosso exame abrangeu também a verificação da concordância da informação financeira constan
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks