School Work

Resolva os grupos do exame em folhas separadas. O uso de máquinas de calcular e telemóveis não é permitido. Não se esqueça que tudo é para justificar.

Description
Eame em 6 de Jaeiro de 007 Cálculo ATENÇÃO: FOLHAS DE EXAME NÃO IDENTIFICADAS NÃO SERÃO COTADAS Cálculo / Eame fial 06 Jaeiro de 007 Resolva os grupos do eame em folhas separadas O uso de máquias de calcular
Categories
Published
of 12
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
Eame em 6 de Jaeiro de 007 Cálculo ATENÇÃO: FOLHAS DE EXAME NÃO IDENTIFICADAS NÃO SERÃO COTADAS Cálculo / Eame fial 06 Jaeiro de 007 Resolva os grupos do eame em folhas separadas O uso de máquias de calcular e telemóveis ão é permitido Não serão feitos esclarecimetos idividuais sobre questões durate a prova Não se esqueça que tudo é para justificar Os cálculos são para simplificar ao máimo NOTAS AFIXADAS Jaeiro, Quita às 5h00 CONSULTA PEDAGÓGICA ÚNICA Jaeiro, Quita a partir das 7h00 de Eame em 6 de Jaeiro de 007 Cálculo Grupo ( valores) Comete um máimo de 5 lihas (SE ESCREVER MAIS RISCAMOS!!) as seguites proposições: a) ( val) O facto de uma certa fução f () ão ser difereciável um poto 0 ão impede a sua aproimação por um poliómio de Taylor esse poto De facto, em vez de escrevermos f! ( ) ( ) f ( 0 ) f '( 0 )( 0 ) f ''( 0 )( 0) f ( 0 )( 0 Escreveremos apeas ( ) f ( ) f ( 0 ) f ''( 0 )( 0) f ( 0 )( 0 )!! A aproimação ão é tão boa mas podemos aumetar o valor de b) ( val) Uma sucessão divergete oscilate ão pode ter potos de acumulação De facto só sucessões covergetes os podem ter Grupo (5 valores) a) (05 val) Determie o domíio da fução f ( ) arcse( b) (05 val) Represete a fução graficamete c) (05 val) Diga porque ão faz setido calcular f '( ) )! ) Grupo 3 (3 valores) a) (05 val) Desehe o domíio plao A delimitado pelas lihas seguites: y e ; y e ; y 0 ; ; b) (5 val) Calcule a área de A c) Seja o cojuto B {(, y) : (, y) fra Q} ; c) (05 val) Qual o cardial de B? c) (05 val) Para cada (, y) B, é y racioal? Grupo 4 (55 valores) A relação etre a taa de juro média (j) para empréstimos à habitação e o ídice bolsista PSI0 (p) é dado pela fução j f( p) p plp a) (05 val) Idique o domíio de ) (p f b) ( val) Verifique que a fução é covea em todo o seu domíio de Eame em 6 de Jaeiro de 007 Cálculo c) (5 val) Idique, justificado sucitamete, em relação ao domíio de f (p) : - o iterior - os potos de acumulação - o máimo (caso eista) - o eterior - a froteira - o míimo (caso eista) d) (05 val) Supoha que o mercado está em equilíbrio em p e Qual é o valor de equilíbrio de j? e) (05 val) Pode admitir que eiste fução iversa de f (p), seja ela g (j), uma vizihaça do poto de equilíbrio? f) (05 val) Calcule a derivada de g(j) o poto de equilíbrio g) ( val) Calcule uma aproimação de primeira ordem ao ovo valor de p, após uma variação de 0 em j o poto de equilíbrio Grupo 5 (3 valores) a) ( val) Diga se a fução f( ) l pode ser prologada por cotiuidade o poto 0 e, caso seja, escreva a ova fução, g, que resulta desse prologameto b) ( val) Determie, caso eista, g '(0) c) ( val) Mostre que a fução f( ) h( ) tem um úico zero o itervalo [ e,e] Grupo 6 (5 valores) Calcule as primitivas seguites: si( ) a) (075 val) P cos( ) b) (75 val) ( l) P Grupo 7 (5 valores) u a sucessão real cujo termo geral é defiido da forma seguite: Seja ( ) N u ( ) ( ) a) ( val) Determie a primeira ordem, 0, a partir da qual N : u 00 (sugestão clássica: costrua os primeiros termos da sucessão e sita-a) b) (05 val) Comete a seguite afirmação: A alíea a) mostra que o limite de u é igual a c) ( val) Sem fazer ehum cálculo determie a mais baia ordem,, a partir da qual N : u 00 3 de Eame em 6 de Jaeiro de 007 Cálculo Cálculo / Eame fial 06 Jaeiro de 007 Tópicos de Correcção Grupo ( valores) Comete um máimo de 5 lihas ( SE ESCREVER MAIS RISCAMOS!!) as seguites proposições: ( valor) O facto de uma certa fução f () ão ser difereciável um poto 0 ão impede a sua aproimação por um poliómio de Taylor esse poto De facto em vez de escrevermos f! ( ) ( ) f ( 0 ) f '( 0 )( 0 ) f ''( 0 )( 0) f ( 0 )( 0 Escreveremos apeas ( ) f ( ) f ( 0 ) f ''( 0 )( 0) f ( 0 )( 0 )!! A aproimação ão é tão boa mas podemos aumetar o valor de! ) A proposição é FALSA Se a fução ão é difereciável um poto 0 ão tem a derivada de ordem um esse poto e cosequetemete as derivadas de ordem superior esse poto também ão eistem pois f '' ( f ')' Assim sedo, ão faz sequer setido pesar a aproimação por um poliómio de Taylor esse poto ( valor) Uma sucessão divergete oscilate ão pode ter potos de acumulação De facto só sucessões covergetes os podem ter A proposição é FALSA Cosidere-se a sucessão divergete oscilate u ( ) Os seus potos de acumulação são - e (os limites das subsucessões quado é ímpar e quado é par) Há biliões de cotra-eemplos mas se bem se lembra, um basta 4 de Eame em 6 de Jaeiro de 007 Cálculo Grupo (5 valores) a) (05 valores) Determie o domíio da fução f ( ) arc se( ) D f { R : } { R : 0} { 0} b) (05 valores) Represete a fução graficamete y π/ 0 c) (05 valores) Diga porque ão faz setido calcular f '( ) Não faz setido calcular f '( ), porque a fução está defiida um úico poto ão estado defiida uma vizihaça desse poto Ora o coceito de derivada tem em si a ideia de variação Se ão há variação 5 de Eame em 6 de Jaeiro de 007 Cálculo Grupo 3 (5 valores) a) (05 val) Desehe o domíio plao A delimitado pelas lihas seguites: y e ; y e ; y 0 ; ; b) (5 val) Calcule a área de A c) Seja o cojuto B {(, y) :(, y) fra Q} ; c) (05 val) Qual o cardial de B? c) (05 val) Para cada (, y) B, é y racioal? a) A área a determiar pode ser represetada graficamete da seguite forma: y y e y e - e - 0 b) Para determiar a área é ecessário achar a abcissa da itersecção das duas fuções epoeciais, isto é: y e y e e e /3 Assim sedo, / 3 / 3 [ e ] [ e ] Área e d e d c) / 3 / 3 ( ) ( ) ( ) / 3 [ ] / ( / e e e e ) e e [ ] e c) O cardial é Alef Um De facto os potos - e (racioais) geram dois segmetos cotíuos cujo cardial é Alef Um O restate da froteira tem cardial Alef Zero mas o outro cardial prevalece c) O valor de y será o que for Depede do próprio mas também da codição que gera a froteira Por eemplo para 0 a froteira tem os potos (0,0) e (0,), ambos de ordeada racioal mas para - a froteira cotém, etre muitos outros, os potos (-,0) e (-, e ), um de ordeada racioal, outro de ordeada irracioal Os eemplos são ifiitos e muito curiosos 6 de Eame em 6 de Jaeiro de 007 Cálculo Grupo 4 (55 valores) A relação etre a taa de juro média (j) para empréstimos à habitação e o ídice bolsista PSI0 (p) é dado pela fução j f ( p) p pl p a) (05 valores) Idique o domíio de f ( p) D f R b) ( valor) Verifique que a fução é covea em todo o seu domíio f '( p) p l p f ''( p) 0, p 0 p Logo f é covea em todo o seu domíio c) (5 valores) Idique, justificado sucitamete, em relação ao domíio de f ( p), o iterior o eterior os potos de acumulação a froteira o máimo caso eista o míimo caso eista it ( D f ) R ( D ) R et f potos de acumulação de fr ( ) { 0} D f D f R 0 Não eiste máimo (porque o cojuto ão tem majorates) em míimo (porque 0 ão pertece ao cojuto) d) (05 valores) Supoha que o mercado está em equilíbrio em p e Qual é o valor de equilíbrio de j? Quado p e, obtém-se j e el e e e O valor de equilíbrio de j é e e Ou seja, o mercado está o poto de equilíbrio ( p, j) ( e, e e) 7 de Eame em 6 de Jaeiro de 007 Cálculo e) (05 valores) Pode admitir que eiste fução iversa de f ( p), seja ela g ( j), uma vizihaça do poto de equilíbrio? f '( p) p l p f '( e) e l e e Logo para p Vε (e) temos f '( p) 0 dode a fução é ijectiva uma vizihaça de e, sedo etão ivertível f) (05 valores) Calcule a derivada de g( j) o poto de equilíbrio g ' ( e e) f '( e) e l e e g) ( valor) Calcule uma aproimação de primeira ordem ao ovo valor de p após uma variação de 0 em j o poto de equilíbrio Lembre : f : p j, ou j f ( p) g : j p, ou p g( j) No poto de equilíbrio ( p, j) ( e, e e) A aproimação de ª ordem este poto é ou seja g ( e e 0) g( e e) g' ( e e) ( 0) ( e e 0) e 0, g e e, portato, g ( e e 0) e 0e 0 8 de Eame em 6 de Jaeiro de 007 Cálculo Grupo 5 (3 valores) a) ( val) Diga se a fução f( ) l pode ser prologada por cotiuidade o poto 0 e, caso seja, escreva a ova fução g prologada por cotiuidade O domíio de f é R Para ser prologável por cotiuidade o poto 0 temos que obter lim f ( ) f (0) 0 Assim sedo, o primeiro passo é calcular o limite e se este eistir e for fiito, basta defiir como ordeada a origem este valor Etão lim 0 f ( ) lim 0 ( l ) 0 0 ( ) A seguda compoete deste limite leva a uma idetermiação 0 Vamos resolver apeas esta seguda compoete: lim l 0 l lim 0 que é outra vez idetermiação Vamos usar aqui a Regra de Cauchy (verifique que pode ser usada): l lim 0 ' ( l ) ' ( ) lim lim lim lim Visto que o limite eiste e é fiito, f pode ser prologável o poto de abcissa 0 Desigemos esta ova fução por g que pode ser escrita da seguite forma: g ( ) 0 l se se 0 0 b) ( val) Calcule, caso eista, g '(0) Pela própria defiição da fução só podemos pesar em g (0) g ' d g(0 h) g(0) h h l h 0 (0) lim lim lim ( h l h) 0 h 0 h h 0 h h 0 ' d 9 de Eame em 6 de Jaeiro de 007 Cálculo c) ( val) Mostre que a fução f( ) h( ) tem um úico zero o itervalo [ e,e] Primeiro escreve-se a ova fução h f ( ) h( ) l ª Parte: Provar que tem pelo meos um zero o itervalo pretedido Esta ova fução tem domíio R A fução h é cotíua o seu domíio (justifique) Logo em [ e,e] Mais Assim h ( e ) e l e 0 e h ( e) e l e e 0 h ( e ) h( e) 0 Logo pelo Corolário do Teorema de Bolzao, h tem pelo meos um zero o itervalo [ e,e] ª Parte: Provar que tem o máimo um zero o itervalo pretedido Para provar que tem o máimo um zero, faremos a demostração por cotradição Assuma que a fução tem dois zeros o itervalo [ e,e] Assim h( 0 ) 0 e h( ) 0 e, portato, h( 0 ) h( ) 0 Sejam eles 0 e A fução h é cotíua e difereciável em R (prove isto) Logo o itervalo ] [, 0 Assim pelo Teorema de Rolle c ] [, 0 tal que '( c) h 0, isto é, 0 c c 0 c Mas c ão pertece ao domíio e, por isso, ão eiste o tal c que o Teorema de Rolle afirma Logo chegámos a uma cotradição Cosequetemete, h ão tem dois zeros o itervalo [ e,e] itervalo [ e,e] Coclusão: h tem um úico zero o itervalo [ e,e] e, portato, tem o máimo um zero o Esta seguda parte também podia ser resolvida por ituição: sedo a fução cotíua, moótoa e difereciável, a ter um zero (que tem) ele é úico! 0 de Eame em 6 de Jaeiro de 007 Cálculo Grupo 6 (5 valores) Calcule as primitivas seguites: si( ) a) (075 val) P cos( ) b) (75 val) ( l) P si( ) a) P l( cos( ) ) cos( ) ; ote que ão precisa do módulo! b) A primitiva P( l ) dá mesmo votade de fazer por partes! f ' fácil de primitivar g l fácil de derivar f g' P( l ) P( f ' g) fg P( fg') P( l ) l P( ) l P( ) P( l ) l l C de Eame em 6 de Jaeiro de 007 Cálculo Grupo 7 (5 valores) Seja ( ) N u a sucessão real cujo termo geral é defiido da forma seguite: u ( ) ( ) a) ( val) Determie a ordem, 0, a partir da qual N : u 00 O que se pretede determiar é a ordem a partir da qual eistem termos da sucessão u a vizihaça de raio 00 de Se ímpar: u 4 4 4 { } Se par: u Assim, a ordem a partir da qual eistem termos de ordem par da sucessão u a vizihaça de raio 00 de, é 0 0 b) (05 val) Comete a seguite afirmação: A alíea a) mostra que o limite de u é igual a A afirmação é FALSA Como vimos a alíea aterior, a subsucessão dos termos de ordem ímpar de u ão tem limite O limite dessa subsucessão é -! O problema está a ausêcia do quatificador Ou seja, teria de ser para todos e ão para algus c) ( val) Sem fazer ehum cálculo determie a mais baia ordem,, a partir da qual N : u 00 Como vimos a alíea a), todos os termos de ordem par a partir da ordem 00 (ou seja 0), pertecem à vizihaça de raio 00 de ; pela estrutura da sucessão é claro todos os termos de ordem impar a partir da ordem 00 (ou seja 0), estão uma vizihaça de raio 00 de de
Search
Similar documents
View more...
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks