Slides

Sebrae oportunidades fronteiras 170815

Description
1. Mapeamento de Oportunidades e Interações Tríplice Fronteira Dionísio Cerqueira - S.C. Barracão - PR. Bernardo de Irigoyen – Arg. Insights e Estratégias…
Categories
Published
of 112
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Mapeamento de Oportunidades e Interações Tríplice Fronteira Dionísio Cerqueira - S.C. Barracão - PR. Bernardo de Irigoyen – Arg. Insights e Estratégias 20/08/2015 AGOSTO/2015
  • 2. MODELAGEM DA REGIÃO ARQUITETURA ESTRATÉGICA INSIGHTS CAPÍTULOS INTRODUÇÃO1 2 3 4 CAPTAÇÃO DE INVESTIMENTOS5
  • 3. ALINHAMENTO DE EXPECTATIVAS Este projeto objetiva trazer idéias competitivas para o desenvolvimento das oportunidades identificadas na região dos municípios da tríplice fronteira, empregando algumas das melhores práticas de modelagem integrada e auto sustentável de negócios. Este plano não está limitado ao cenário econômico, político e social atual, pois traça uma perspectiva para os próximos 10 anos. Também será AMBICIOSO e ANTECIPATIVO em relação aos movimentos do mercado, para buscarmos uma diferenciação competitiva efetiva. E finalmente, os impactos de sucesso serão maiores se as oportunidades forem implantadas de forma integrada e com o apoio do empresariado local e dos entes públicos da região. Introdução
  • 4. PROCESSO DE TRABALHO Este trabalho foi realizado segundo as ferramentas e modelos próprios de geração de Insights e Estratégias do grupo Ânima, construídos à partir da integração dos estudos, análises e cruzamentos das seguintes bases: • Estudos Etnográficos da região - Realizados por Ânima/Práxis; • Pesquisas Secundárias de mercado - Realizados por Ânima/Práxis; • Entrevistas em profundidade com empresariado local - Realizados por Ânima/Práxis; • Mapeamento de negócios na tríplice fronteira - Realizado por Ânima/Práxis; • Análise de Tempos e Movimentos - Realizado por Ânima/Práxis; • Mapeamento e Hierarquização das cadeias produtivas - FIEP/Fomento Desenvolvimento Introdução
  • 5. MODELOS Introdução Para desenvolver este projeto usaremos nossa ferramenta: Modelo de Relações Estratégicas de Negócios Ela nos permite entender como os 4 personagens fundamentais de um ambiente de negócios, a Gestão Pública, as Empresas, os Produtos e os Consumidores, interagem e interferem uns nos outros através de suas 4 interseções de relacionamento as quais denominamos de, Infraestrutura, Negócios, Compras e Consumo. A partir dai podemos propor ações para incrementarmos os resultados da região.
  • 6. AS RELAÇÕES ESTRATÉGICAS Consumidores Produtos AMBIENTE DE COMPRAS Compras Empresas Gestão Pública Consumo Infraestrutura Negócios Introdução PDV
  • 7. INSIGHTS Empregaremos aqui metodologia específica para cruzar as informações dos estudos etnográficos, com as pesquisas de consumidores e empresários já realizadas na região, mais informações externas do mercado, para construirmos um Mapa de Insights e capturarmos alguns deles fundamentais para suportar nossas estratégias competitivas.
  • 8. PERFIL TÍPICO - Shoppers Sou mulher da classe “B” do lado brasileiro da fronteira, com idade entre 25 e 40 anos, venho sozinha de carro, semanalmente ao comércio, onde fico quase meio dia na região pagando contas e fazendo compras, principalmente de vestuário e supermercados. Para melhorar minha experiência de compras no comércio brasileiro, eu gostaria de mais facilidade para estacionar, banheiros disponíveis, algumas opções de lazer. Um shopping na região seria bem vindo. Brasil Argentina Sou mulher da classe “B” principalmente das cidades da fronteira, com idade entre 40 e 60 anos, venho caminhando e visito mensalmente o comércio, muitas vezes acompanhada por amigos ou conjugês, onde faço compras em 2 horas, principalmente de alimentos, vestuário e produtos de beleza. Minha experiência de compras no comércio local, seria melhor, se tivessemos mais opções para estacionar e opções de lazer. Também seria importante que as lojas tivessem um melhor atendimento e um visual mais atraente e, se tanto as ruas quanto as lojas melhorassem a limpeza em geral.Fonte: Pesquisa Etnográfica Ânima
  • 9. Pontos Fortes e Fracos dos SERVIÇOS da região, segundo os Empresários SWOT Insights Acesso ao Mercosul; Aduana integrada; Mão de obra qualificada em importação e exportação; Cadeia de negócios de imp. e exp. já estruturada Capacidade da Aduana limitada; Ausência de um EADI Geral Fonte: Entrevista Profundidade Ânima
  • 10. Pontos Fortes e Fracos do COMÉRCIO da região central, segundo os Shoppers presentes SWOT Insights Qualidade dos produtos; Limpeza; Acesso. Banheiros; Lazer; Poucos negócios especializados. Brasil Fonte: Pesquisa Etnográfica Ânima
  • 11. Pontos Fortes e Fracos do COMÉRCIO da região central, segundo os Shoppers presentes SWOT Insights Preços competitivos; Referência em algumas categorias como vestuário, cosméticos, perfumaria e bebidas. Banheiros; Visual das lojas; Limpeza das ruas e lojas; Atendimento Nenhum negócio especializado. Argentina Fonte: Pesquisa etnográfica Ânima
  • 12. PERFIL TÍPICO - Comércio Temos um comércio voltado para atender principalmente o público local, com um mix de negócios pouco diferenciado, muito concentrado nas categorias vestuário e alimentos, mas com alguma especialização nas áreas financeira e de serviços aduaneiros. Quase nenhuma presença de marcas nacionais, o que poderia fortalecer a imagem da região perante os consumidores, mas com a presença de alguns estabelecimentos geradores de tráfego importantes, como Bancos, Financeiras e Farmácias. Para melhorar a experiência de compras para nossos “Shoppers” do centro comercial das 2 cidades, precisamos oferecer mais itens de conforto ao público como; banheiros, lazer e estacionamento. O que oferecemos tipicamente no comércio brasileiro... InsightsBrasil Fonte: Pesquisa Etnográfica Ânima
  • 13. PERFIL TÍPICO - Comércio O que oferecemos tipicamente no comércio argentino... Temos 2 propostas claras de comércio, uma voltada para atender principalmente o público local da tríplice fronteira, com itens de consumo básicos e de rotina como: alimentos, higiene e limpeza; e uma segunda proposta de negócios voltados para o consumo indulgente e sazonal para os consumidores brasileiros que vem praticar o turismo de compras, com Alimentos, Cosméticos, Bebidas e Vestuários, frequentemente para o público de um raio mais próximos de cidades e eventualmente de cidades mais distantes. No geral o mix de negócios é muito concentrado em 5 ou 6 categorias de negócios e nenhuma especialização definida, assim como nenhuma presença de marcas nacionais Argentina no comércio da região. Para melhorar a experiência de compras para nossos “Shoppers” do lado Argentino, temos grandes desafios estruturais, como; banheiros, visual das lojas, Limpeza das ruas e lojas, além do maior deles que é a melhora do atendimento no comércio. InsightsArgentina Fonte: Pesquisa Etnográfica Ânima
  • 14. Cidades da região ANÁLISE DA CONCORRÊNCIA + Variedades de negócios; + Variedade de produtos vendidos; + Algumas marcas Nacionais; + Especialização de negócios; - Deslocamento > 50 km; - Estacionamento Insights Como está a tríplice fronteira, em relação aos maiores centros da região Fonte: Pesquisa etnográfica Ânima Geral
  • 15. ImportânciaDescrição DESTINO (D) CONVENIÊNCIA © SAZONAL (S) • Boa penetração de consumo • Boa frequência de compras Atrai fluxo para região como objetivo principal de visita Também atrai para região, mas com uma frequência de compras menor Atrai fluxos em momentos específicos • Menor penetração de consumo • Boa frequência de compras ROTINA ® Quanto ao papel exercido por cada categoria de estabelecimento, sobre a dinâmica de negócios da região do ponto de vista do CONSUMIDOR? • Menor penetração de consumo • Menor frequência de compras • Boa penetração de consumo • Menor frequência de compras Consumo de Impulso, Emergência ou Necessidade imediata PAPÉIS DOS NEGÓCIOS Insights Fonte: Modelo Ânima
  • 16. Como se distribuem os papéis das 34 categorias de produtos presentes na área do projeto PAPÉIS DAS NEGÓCIOS Insights Penetração de consumo Frequência de Compras DestinoRotina ConveniênciaSazonal • Vestuário; • Móveis e Eletro; • Correios. • Super Mercados • Bancos; • Farmácia; • Serviços de Beleza. • Ótica, Rel e Jóias; • Aviamentos. + + - • Alimentos (consumo local); • Pet Shop. 34% 16% 47% 3% > Mensal< Mensal Brasil Fonte: Mapa de Negócios Ânima
  • 17. Qual o papel dos estabelecimentos na dinâmica de negócios da região, do ponto de vista das estratégias de negócios ImportânciaDescrição GERADORES DE TRÁFEGO (GT) GERADORES DE IMAGEM (GI) GERADORES DE CAIXA (GC) Chamariz para a região central Normalmente visitas planejadas Atraem o público para dentro da região, por necessidade ou espontâneo Contaminam os estabelecimentos ao redor com um bom público e imagem Emprestam uma imagem diferenciada ou notoriedade a região GERADORES DE NEGÓCIOS (GN) Negócios adicionais; Normalmente visitas por impulso Concentram grandes fluxos de consumidores Melhora a retenção do público na região Complementam o mix de vendas, geram vendas adicionais ESTRATÉGIAS COM OS NEGÓCIOS Insights EX.: Bancos, Farmácias, Beleza EX.: Franquias, Marcas Nacionais EX.: Lotéricas, Cartório, Restaurantes, Correios EX.: Demais marcas regionais e locais Fonte: Modelo Ânima
  • 18. Insights ESTRATÉGIAS COM OS NEGÓCIOS Brasil 77% 20,5% 2% 0,5%GN GT GI GC Como se distribuem as estratégias das 34 categorias de produtos presentes na área do projeto 60% 20% 10% GN GIGN GT 10% GC Distribuição mínima IDEAL para geração de negócios GAP’s Distribuição REAL dos negócios Fonte: Mapa de Negócios Ânima
  • 19. FLUXO DE ALIMENTAÇÃO DA ÁREA Hot Zone Fonte: Análise de Tempos e Movimentos Ânima InsightsBrasil
  • 20. FLUXO DE ALIMENTAÇÃO Fonte: Análise de Tempos e Movimentos Ânima InsightsArgentina
  • 21. ARQUITETURA ESTRATÉGICA Nesta etapa construiremos as bases e os pilares estratégicos competitivos, para o desenvolvimento auto sustentável dos negócios na região, focados na busca dos objetivos estratégicos e o de fazermos a região dos municípios da tríplice fronteira, mais competitiva e mais considerada nas escolhas de compras dos consumidores de todas as classes sociais e cidades da região. Estratégias
  • 22. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS DA REGIÃO Uma região mais conveniente para o turismo de compras e lazer Estratégias O que queremos proporcionar com este projeto
  • 23. SOLUÇÕES DE POSICIONAMENTO Diferenciação (+ Variedade) Nichos (+ Especializado) Quais estratégias de posicionamento vamos adotar para sermos mais competitivos no comércio e serviços? Líder de Custos (< Custos) CustoÚnico VANTAGEM ESTRATÉGICA DOS PRODUTOS/SERVIÇOS Todos Públicos PÚBLICOALVO Segmentos do Púbico FONTE: Porter Estratégias
  • 24. ESTRATÉGIAS DE PRODUTOS X CONSUMIDORES NOVOSATUAIS NOVOSATUAIS CONSUMIDORES PRODUTOS/SERVIÇOS • Mudar Imagem • Melhorar Comunicação • Criar novos “clusters” de produtos • Incrementar CAPTAÇÃO de novo público • Incrementar FREQUÊNCIA de compra • Incrementar a RETENÇÃO na área • Incrementar CESTA DE COMPRAS na região Estratégias Fonte: Modelo Ânima
  • 25. • Para construirmos nosso plano competitivo e atingirmos nosso OBJETIVO ESTRATÉGICO, agrupamos nossas estratégias em 3 pilares estratégicos que nos levarão ao sucesso e 1 base fundamental, sem a qual não conseguiremos sustentar as estratégias. • Para cada uma destas 4 frentes, poderemos desenvolver um Plano de ação inicial para a região da Tríplice Fronteira. • A seguir, arquitetura estratégica e algumas ações sugeridas. Estratégias ARQUITETURA ESTRATÉGICA GERAL
  • 26. ARQUITETURA ESTRATÉGICA GERAL Reposicionar o direcionamento de Imagem Melhorar a Experiência de Compras Construir uma Diferenciação e Especialização Agregar mais Valor para a região Uma região mais conveniente para o turismo de compras e lazer EstratégiasBasePilaresObjetivo Fonte: Modelo Ânima
  • 27. Direcionamento de Imagem ARQUITETURA ESTRATÉGICA GERAL Experiência de Compras Diferenciação e Especialização Mais valor para a região Uma região mais conveniente para o turismo de compras e lazer . Estratégias Ações que gerem um maior “valor” aos negócios da região, proporcionando: • Mais consumidores… • Comprando mais… • Com mais frequência. Ações que proporcionem a região tornar-se referência em alguns temas, para antecipar e evitar a concorrência com outras regiões de vendas. Ações que tornem a experiência de compras na região, mais confortáveis e que superem as principais resistências dos consumidores. Ações fundamentais que consigam construir uma marca forte, reposicionando a imagem da região na cabeça do público local e de toda região, e torná-la mais próxima destes consumidores na hora de fazerem suas opções de compras.
  • 28. Direcionamento de Imagem Experiência de Compras Diferenciação e Especialização Mais valor para a região Uma região mais conveniente para o turismo de compras e lazer.
  • 29. AS RELAÇÕES ESTRATÉGICAS Consumidores Produtos AMBIENTE DE COMPRAS Compras Empresas Gestão Pública Consumo Infraestrutura Negócios Introdução PDV Fonte: Modelo Ânima
  • 30. Direcionamento de Imagem Experiência de Compras Diferenciação e Especialização Mais valor para a região Uma região mais conveniente para o turismo de compras e lazer.
  • 31. UMA NOVA IMAGEM PARA A FRONTEIRA Precisamos reposicionar a imagem, atrair novos públicos e reter mais tempo os já frequentadores: VISITAÇÃO Usar da ferramenta “Turismo de compras" para fortalecer a imagem do comércio local como uma forma de ativarmos os negócios na fronteira. Direcionamento de Imagem COMUNICAÇÃO MARCA Precisamos construir uma marca que traduza tudo o que queremos entregar a nossos consumidores . Tudo que podemos oferecer só atingirá o público desejado se desenharmos um plano persuasivo de comunicação.
  • 32. “Atender ao público local com produtos de compras básicas, o púbico flutuante com produtos de oportunidade de custos e serviços aduaneiros em geral “. Diferencial competitivo Serviços aduaneiros qualificados; Mix de produtos básico; Preços competitivos.  Boas compras na Argentina, quando dólar favorável; Aduana própria e integrada ente Brasil e Argentina; CONSTRUÇÃO DA MARCA - Cenário Atual A área do projeto é uma típica região de fronteira, onde os 3 municípios, 3 estados e 2 países, estão intimamente ligados em sua economia, cultura e sociedade. O aspecto econômico de cada município, é frontalmente impactado pela taxa de câmbio do dólar e pelas políticas econômicas de cada estado e de cada país, fazendo com que a “balança” de negócios penda mais para um lado ou para outro, conforme o “humor econômico”. A única especialização clara identificada na região foi na cadeia de Serviços Aduaneiros, mas sofrendo algumas limitações operacionais devido ao porte da Aduana local, limitado. As vendas do comércio do lado Argentino, ocorrem pela oportunidade e não estruturada e integrada como, “Turismo de Compras”. Marca Impactos: Compras Missão Atual da Área Posicionamento Atual da Área
  • 33. Criar um grande Shopping a Céu Aberto nas cidades da região, usufruindo da facilidade aduaneira, mas também desenvolvendo o comércio de produtos em geral, importados ou não, incrementando também o formato Atacadista. Gerar maior relevância para a região para torná-la um centro importante do “Turismo de compras e lazer” Fortalecer alguns serviços especializados das cadeias de logística e de serviços aduaneiros, para melhor competir com outras aduanas e modais brasileiros. Diminuir a volatilidade dos negócios por conta das variáveis econômicas dos 2 países vizinhos. CONSTRUÇÃO DE MARCA - Visão Impactos: Compras A área do projeto é uma típica região de fronteira, onde os 3 municípios, 3 estados e 2 países, estão intimamente ligados em sua economia, cultura e sociedade. O aspecto econômico de cada município, é frontalmente impactado pela taxa de câmbio do dólar e pelas políticas econômicas de cada estado e de cada país, fazendo com que a “balança” penda mais para um lado ou para outro, conforme o “humor econômico”. A única especialização clara identificada na região foi na cadeia de Serviços Aduaneiros, mas sofrendo algumas limitações operacionais devido ao porte da Aduana local, limitado. As vendas do comércio do lado Argentino, ocorrem pela oportunidade e não estruturada integrada. Marca
  • 34. Proposta de Missão Atender ao público de várias regiões e estados, com mix de produtos variados no varejo e atacado e com serviços de alto padrão na cadeia logística e de serviços aduaneiros CONSTRUÇÃO DE MARCA - Missão Impactos: Compras “Atender ao público local com produtos de compras básicas, o púbico flutuante com produtos de oportunidade de custos e serviços aduaneiros em geral “. Missão Atual da Área Marca
  • 35. Proposta de Posicionamento  Um shopping a “Céu aberto” para compras no varejo e atacado;  Produtos e Serviços especializados de logística e aduaneiros;  Turismo de compras e lazer. CONSTRUÇÃO DE MARCA - Posicionamento Impactos: Compras  Serviços aduaneiros qualificados;  Mix de produtos básico;  Preços competitivos. Posicionamento Atual da Área Marca
  • 36. Impactos: Compras A MARCA DA REGIÃO Para fortalecer a imagem da região é fundamental a criação de uma marca de consumo, forte, que transmita os principais benefícios da região e represente bem este espaço na cabeça do consumidor. • O QUE FAZER: Criar marca, slogan e logomarca, que transmita o posicionamento desejado. • OBJETIVO: Fortalecimento de imagem da região. • IMPACTOS: Posicionar a região como uma forte opção de turismo de compras e lazer. • DESAFIOS: Investimento na marca para torná-la forte e reconhecida. • BENCHMARK: Bairro do Braz- SP, Foz do Iguaçu Marca
  • 37. A MARCA DA RUA - Sugestões “Fronteira Amiga” “Nova Fronteira”  Sugestões de marcas para o “Shopping a Céu aberto”: Tudo o que você precisa está aqui Sugestões de slogan: Muitos lugares, em um único lugar Impactos: Compras Marca
  • 38. MAPA DO SUCESSO
  • 39. Impactos: Compras TURISMO DE COMPRA E LAZER A região já possui um fluxo de turistas ligados as compras na zona da fronteira. Esta vocação ainda não é totalmente explorada e nem integrada, para gerar o maior incremento de receitas para região como um todo, ficando muito focada as visitas as poucas lojas e ao Cassino do lado Argentino, porém sendo um fluxo de baixa retenção, com permanência diária ou de até 2 dias. QUE FAZER: Desenvolver de forma integrada o Turismo de Compras com o Turismo de Lazer na região. Frentes principais: a. Mix de Comércio; b. Mix de atrativos turísticos; c. Serviços de conforto ao turista. Visitação
  • 40. Impactos: Compras TURISMO DE COMPRA E LAZER a. MIX DO COMÉRCIO Focado em 2 dimensões: 1. Varejista: Melhorar o mix de lojas de vendas no varejo que abastece os turistas principalmente das regiões mais próximas, trabalhando o conceito de Shopping a Céu Aberto; 2. Atacadista: Desenvolver a vocação de vendas no atacado, que é muito presente em regiões de fronteira: a) Explorar a vocação estabelecida de serviços aduaneiros para importados; b) Gerar um novo polo atacadista com alguns produtos nacionais. Visitação
  • 41. Impactos: Compras TURISMO DE COMPRA E LAZER b. ATRATIVOS TURÍSTICOS A região é pródiga em belezas naturais para desenvolver o ecoturismo e o turismo rural, com objetivo de reter por mais tempo turistas na região. • Do lado Argentino, a região de Misiones possui mais de 200 rios e vários atrativos naturais como o circuito das selvas, Salto Gramado e as margens do rio Paraná e seus afluentes, como,Salto Kuppers, Cascatas Yucuma e outros, favorecendo o turismo ecológico. • Do lado brasileiro muitas fazendas facilmente adaptáveis ao turísmo rural. Visitação
  • 42. Impactos: Compras TURISMO DE COMPRA E LAZER c. SERVIÇOS DE CONFORTO AO TURISTA Algumas oportunidades na cadeia do turismo a serem exploradas: • Hotelaria - Mais leitos de hoteis nas 3 cidades, particularmente em Bernando de Irigoyen; • Alimentação - Mais opções de restaurantes, franquias
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks