Slides

Trabalho

Description
1. TrabalhoDeLiteraturaColégio adventista de vila nova cachoeirinhaNome: João marcos Pacífico santosProf° CléiaData: 21/03/12 2. Introdução 3. LiteraturaEscanção…
Categories
Published
of 7
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. TrabalhoDeLiteraturaColégio adventista de vila nova cachoeirinhaNome: João marcos Pacífico santosProf° CléiaData: 21/03/12
  • 2. Introdução
  • 3. LiteraturaEscanção poética e metrificação rigorosaPara se entender a escanção poética e a metrificação, é necessário começar com oconceito da base, ou seja, a própria poesia.Prosa e PoesiaA composição poética pode assumir duas formas: a prosa e a poesia.Prosa: é a linguagem direta, usual, o veículo comum de comunicação do pensamento.Nela predomina a denotação.Poesia: é a linguagem subjetiva, emotiva, que representa um certo ritmo. Nela hápredominância da linguagem figurada, da conotação.É muito difícil definir poesia. Para a maioria, trata-se de uma criação rítmica emelódica, de conteúdo emotivo e lírico. Portanto, pode existir poesia mesmo num textoem prosa.Segundo Hênio U.C. Tavares, em seu livro Teoria Literária:“A poesia pode estar contida numa linguagem versificada ou em prosa. Quando ocorrea segunda oportunidade, dá-se o poema em prosa ou prosa poética.” De um modogeral, haverá prosa poética quando ocorrerem as seguintes característica:a) Conteúdo lírico ou emotivo;b) Recriação lírica da realidade;c) Utilização artística do poético;d) Linguagem conotativa;Versificação é a arte de fazer versos.Verso é a unidade rítmica de um poema. Corresponde a uma linda de uma estrofe.Estrofe é o agrupamento de versos.Poema é o agrupamento de estrofes ou versos. Pode, também, haver poemas deapenas uma estrofe.Métrica é a medida do verso (quantidade de sílabas poéticas).
  • 4. Escansão é a contagem das sílabas poéticas, que diferem das sílabas gramaticais.As sílabas poéticas ou métricas não se contam da mesma maneira que as sílabasgramaticais.Observe:As sílabas gramaticais, formadoras das palavras que usamos na linguagem comum,não são as mesmas que as sílabas métricas (ou poéticas), e por vezes não coincidem.Veja o exemplo:Sílabas gramaticais | Mi | nha | ter | ra | tem | pal | mei | ras |Nº de sílabas | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 |Sílabas métricas | Mi | nha | ter | ra | tem | pal |...
  • 5. Conclusão
  • 6. Bibliografiahttp://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Literatura/144525.html
  • 7. Bibliografia
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks