Documents

Tutorial - Recondionamento de Auto Falantes

Description
Tutorial - Recondionamento de Auto Falantes
Categories
Published
of 4
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
    Copyright  © Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas - SBRT - http://www.sbrt.ibict.br   1   RESPOSTA TÉCNICA     Título Recondicionamento de alto-falante Resumo Informações sobre recondicionamento de alto-falantes. Palavras-chave Recondicionamento de alto-falante; alto-falante; conserto de alto-falante  Assunto Manutenção e reparação de máquinas e equipamentos Demanda Quais os procedimentos técnicos para recondicionamento de alto-falantes? Solução apresentada Informações iniciais para o recondicionamento de Alto-falantes - Dimensões dos alto-falantes são dadas em polegada, medida internacional, sendo 1 polegada igual a 2,54 cm.   - No que se refere a desempenho e qualidade, são vários os tipos de alto-falantes disponíveis no mercado. Os profissionais são fabricados com maior qualidade, de modo a proporcionar um melhor desempenho em sua aplicação, na sonorização de ambientes. É um mercado em constante evolução, portanto, dada a qualidade do material, sua recuperação torna-se altamente vantajosa. - Alto-falante com borda ou suspensão de esponja ou fibra são, em geral, utilizados na instalação de som automotivo para obtenção de sons mais grave. Nesse caso não é aconselhável a troca do cone de borda por um cone comum de papel, porque poderá haver alteração tanto na potência como na qualidade do som. - Cada alto-falante tem uma impedância específica, ou seja, um valor em Ohms , e que pode ser de 3,2 Ohms, 4 Ohms , 6 Ohms , 8 Ohms , 16 Ohms , 25 Ohms, etc... Na falta de especificação da impedância no alto-falante, utilize um multímetro na escala de resistência e de preferência um multímetro digital.  - No próprio alto-falante encontra-se, estampada, a potência, que poderá vir com referência em P.M.P. O (potência máxima de pico de saída), ou em R.M.S (relação métrica quadrada), sendo está última, a potência real. Exemplo: um alto-falante de 1000 Watts P.M.P.O. tem potência de 277 Watts em R.M.S.  - Verifique de quantas polegadas é o alto-falante.  -  Retire o cone velho de modo a não danificar a bobina, pois nem sempre se encontra outra com a mesma impedância e diâmetro. Meça a altura do cone. - Meça a bobina. É comum a bobina vir sem a sua especificação em milímetros. - Retire agora a centragem. Meça o seu diâmetro e também a sua altura.  Obs: Na maioria dos alto-falantes importados, as bobinas e os cones são diferentes.Por isso às vezes torna-se necessário reutilizar esses componentes, desde que não estejam danificados.   -   Observe com atenção se o cone é liso ou frisado.   - Verifique se o protetor é de papel, alumínio ou de fibra e faça a substituição pelo mesmo tipo para manter a srcinalidade.    Copyright  © Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas - SBRT - http://www.sbrt.ibict.br   2-Se   for    necessário trocar o cone, mantenha o srcinal à mão como referência na hora da compra.   -   O imã é um componente muito importante, portanto verifique com atenção se o mesmo não está deslocado, quebrado ou mesmo trincado.   - Verifique, atentamente, se a bobina não está solta, quebrada ou desfiada dentro do sulco.   - Observe se a sujeira ou ferrugem não tomou conta do sulco.Caso isso ocorra, utilize uma fita crepe ou adesiva para efetuar a limpeza. Se necessário, desloque o imã e retire os resíduos, conforme explicaremos posteriormente.   fita   -   Antes da limpeza dos resíduos que ficaram na carcaça do auto-  crepe  falante é necessário colocar um pedaço de fita crepe fechando a parte central do imã do auto-falante.   -   Na limpeza da carcaça, utilize Thinner para amolecer a cola e um formão para retirar os resíduos.   - No caso de carcaça enferrujada, lixe e pinte, pois em certos Fonte: Equipetecnica tipos de alto-falantes, é interessante, do ponto de vista econômico, o aproveitamento para conservar a srcinalidade. - Observe bem os terminais de ligação. Caso estejam quebrados, estes deverão ser consertados cuidadosamente, arrebitando-os antes de colar o cone, ou qualquer outro material.   - Muita atenção na hora da montagem desses terminais para que não fiquem em curto com a carcaça. Coloque-os antes de arrebitar a bucha de isolação. - No momento da compra dos materiais, é aconselhável que se tenha em mãos a carcaça a ser recuperada, para comparação, pois o cone tem três medidas de profundidade: alta, média e baixa (reta). - A centragem ou aranha; também pode ser alta, média e baixa (reta). - Às vezes, quando o auto-falante é muito potente, é necessário colocar dois cones colados  juntos. O mesmo pode ocorrer com a centragem que, em certos casos convém colar duas centragens juntas, evitando assim que o alto-falante “pule” demais. Gabaritos de centralização O gabarito de centralização nada mais é que tiras de um plástico “PVC”, cortadas no dobro da altura da bobina. Fig. Abaixo: Alguns tipos de gabaritos de centralização e suas medidas Além da altura do gabarito, é também necessário saber qual é o comprimento do mesmo. Para isto há uma fórmula: C= Pi x D onde: C= comprimento da circunferência Ex.: Altura da bobina + ou – 40 mm. Gabarito terá o dobro da altura. Será de 80 mm. Qual o comprimento do gabarito? Usando a fórmula temos que: Pi = 3,14 D=38,00 portanto: C = 3,14 x 38,00 C = 119,32 mm, ou 12 cm (arredondados). Obs: - Para que o gabarito se ajuste bem,   dentro da bobina, seria bom cortá-lo com uns   dois milímetros a menos.   - Cada bobina tem sua medida, portanto seria bom que se tivesse, também, vários gabaritos de diferentes medidas. - Existem no mercado, PVC de diferentes medidas que são vendidos por metro, bem como alguns estabelecimentos que trabalham com enrolamento de motores que possuem retalhos de à venda, por preços mais acessíveis. As espessuras são: 0,075 mm; 0,125 mm; 0,19 mm; 0,25 mm; 0,35 mm. Qualquer um serve para trabalhar, no entanto, quanto mais fino mais gabaritos serão necessários para calçar a bobina. A figura abaixo, a esquerda mostra, em detalhes, as partes de um alto-falante, em vista    Copyright  © Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas - SBRT - http://www.sbrt.ibict.br   3explodida. À direita, os tipos de cones. F   onte: Equipetecnica Passos para o recondicionamento de auto-falantes 1.   Colocação da bobina e gabarito de centralização - Colocar a bobina no sulco do alto-falante e marcar a profundidade, lembrando que a melhor bobina deve ser aquela em que a altura do enrolamento da bobina fique rente em cima com o tarugo central do imã do falante.   - Cortar o furo da centragem e o furo do cone exatamente na medida da bobina. - Coloque a bobina, centragem e o cone, verificando se todos esses componentes estão na medida da carcaça e bem ajustados. Obs.: Ainda não use cola alguma, só estamos testando o material que esta sendo preparado. - Coloque a bobina no imã circular central do   Fonte: Equipetecnica alto-falante, afunde até que, a altura do enrolamento da bobina fique pareado no tarugo central do imã. - Coloque um ou mais gabaritos de centralização até que fiquem bem fixados e centralizados. - Observe cuidadosamente a profundidade da bobina quando estiver fixando. É preferível deixar algumas espiras para cima do tarugo central para que esta não bata no fundo do alto-falante. - Coloque o gabarito por dentro da bobina. 2. Corte e colocação da centragem - Coloque a bobina exatamente no centro da centragem e marque com a caneta retro-projetor circundando a bobina o local de corte na centragem. - Retire a bobina e, com uma tesoura de ponta fina, corte centragem exatamente em cima de onde você riscou. Aplique a cola BRASCOPLAST na centragem e na carcaça do auto-falante. - Aguarde pelo menos cinco minutos para uma boa adesão. (Cola de contato!) e depois cole, apertando bem com um pedaço de madeira. Fonte: Equipetecnica 3. Processo de colagem da centragem - Verifique se a bobina continua na posição correta. Caso contrário faça os devidos ajustes. - Prepare a cola ARALDITE RÁPIDA, em um pequeno pires. - Coloque uma camada de cola, em boa quantidade para que ela possa entrar pelos furos da centragem, e reforçando a colagem tanto do lado de cima da centragem como do lado de baixo.      Copyright  © Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas - SBRT - http://www.sbrt.ibict.br   4- Durante a secagem de qualquer fase dos passos de montagem, colocar o alto-falante de cabeça para baixo, evitando assim que a cola escorra para dentro do alto-falante e cole a bobina no imã. Caso isso ocorra, deve-se aquecer o falante em água quente, descolar tudo e recomeçar todo o trabalho. 4. Preparação dos cones - Fazer a marcação onde será feito o corte do cone. - Cortar o cone na marcação. - Veja se a bobina entra com certa facilidade Caso contrário passe a tesoura por dentro do cone e faça uma bainha alargando o cone. - Utilizando cola BRASCOPLAST passe-a na carcaça e no cone, tomando o cuidado de não deixar os fios no centro do cone e do lado dos terminais. - Após a fixação do cone, reforce a cola ARALDITE entre o cone e a bobina, do lado de dentro do cone, concluindo assim essa fase do trabalho. 5. Ligação do fio da malha entre o cone e os terminais - Primeiramente coloque, se necessário, o protetor no cone. Faça uma marcação, no cone, com lápis, onde serão os furos, retire o protetor e faça os dois pequenos furos no cone com uma punção. Por estes furos passarão os fios de malha. Esses orifícios deverão ficar próximos à bobina e do lado dos terminais. - Passe o fio de malha pelos furos e solde com o fio da bobina.Cole com ARALDITE RAPIDA. - Passe cola nos dois lados do cone, para que o cone e a malha não fiquem vibrando. - Solde também os fios de malha nos terminais do alto-falante não deixando os mesmos esticados. Ob.: Existem diversos tipos de protetores, tais como: protetor de tecido, de plástico, de acetato, de papel e de alumínio. O tipo de material a ser utilizado é uma opção pessoal. Fonte: Equipetecnica   Conclusões e recomendações  Recomenda-se consultar a página eletrônica: <http://www.equipetecnica.com.br/rec> para informações e dicas importantes na realização do trabalho de recondicionamento de alto falantes, tais como: ferramentas necessárias, peças de reposição e recondicionamento, medidas padrão, tipos de materiais existentes, enfim informações e instruções complementares.   Fontes consultadas Equipe Técnica. Disponível em: <http://www.equipetecnica.com.br/rec>. Acesso em 07 jan. 2007. Elaborado por   Magda das Graças Costa Nome da Instituição respondente USP/DT (Agência USP de Inovação - Disque-Tecnologia) Data de finalização 07 jan. 2007  
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks