Self-Help

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO SÓCIO ECONÔMICO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DEISY CRISTINA CORRÊA IGARASHI

Description
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO SÓCIO ECONÔMICO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DEISY CRISTINA CORRÊA IGARASHI UMA ESTRUTURAÇÃO DE UM MODELO HÍBRIDO DE AVALIAÇÃO PARA O PROGRAMA
Categories
Published
of 82
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO SÓCIO ECONÔMICO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DEISY CRISTINA CORRÊA IGARASHI UMA ESTRUTURAÇÃO DE UM MODELO HÍBRIDO DE AVALIAÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA: UMA PROPOSTA DE AUTOGERENCIAMENTO Florianópolis, 2007. DEISY CRISTINA CORRÊA IGARASHI UMA ESTRUTURAÇÃO DE UM MODELO HÍBRIDO DE AVALIAÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA: UMA PROPOSTA DE AUTOGERENCIAMENTO Dissertação de mestrado apresentada ao Programa de pós-graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal de Santa Catarina, como requisito parcial para obtenção do título de mestre em contabilidade. Profa. Sandra Rolim Ensslin, Dra. Orientadora Florianópolis, 2007. Ficha Catalográfica Elaborada pela Bibliotecária Eleonora M. F. Vieira CRB 14/786 I24u Igarashi, Deisy Cristina Corrêa Uma estruturação de um modelo híbrido de avaliação para o Programa de Pós- Graduação em Contabilidade da Universidade Federal de Santa Catarina: uma proposta de autogerenciamento / Deisy Cristina Corrêa Igarashi. Florianópolis, p. Dissertação (Mestrado) Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Contabilidade. 1. Avaliação de desempenho. 2. Autogerenciamento. 3. Programa de pós-graduação em consolidação. 4. Modelo híbrido. Título Pelo amor, compreensão e apoio dedico esta dissertação a Wagner Igarashi. AGRADECIMENTOS Aos meus pais Romildo Corrêa e Maria Inês Lara Corrêa, por compreenderem minhas ausências durante este período; A minha irmã Denise Virginia Corrêa Hercos e seu esposo José Brás Hercos Junior, por estarem ao lado de meus pais lhes confortando todas as vezes que não pude estar, e ao meu sobrinho Vitor Hugo Corrêa Hercos, por lhes proporcionar alegria; Ao meu esposo Wagner Igarashi, por ter me encorajado a cursar um segundo mestrado, por estar sempre ao meu lado me incentivando a construir uma carreira, e por acreditar em meu potencial quando nem eu mesma acreditava; À minha segunda família, por afinidade, por acolherem a mim e a meu esposo com tanto amor e consideração durante todos os anos que moramos em Florianópolis, especialmente a Antônio Medeiros, o qual disponibilizou tempo para ler toda a dissertação; Aos amigos Arlindo Agenor Clemente da Silva e Rosana Machado e a suas filhas Nicoli Machado da Silva e Larissa Machado da Silva, pelo carinho, pelos conselhos, pela paciência e por todos os momentos que passamos juntos. À Professora Sandra Rolim Ensslin, Dra., pelos momentos que compartilhamos, por todas as sugestões e contribuições que fez ao trabalho, pelos feriados e sábados que deixou de estar com sua família para me orientar e, ainda, pela confiança que me possibilitou cursar o mestrado em contabilidade e por aceitar me orientar; À família Dutra - Ademar, Vinícius e Arthur - pela paciência com que me recebeu em sua casa e pela gentileza com que dividiu comigo durante vários sábados, feriados e períodos de férias, sua esposa e mãe; Ao Programa de Pós-graduação em Contabilidade da Universidade Federal de Santa Catarina, especialmente à coordenação, ao Prof. José Alonso Borba, Dr. e à Profa. Sandra Rolim Ensslin, Dra., os quais participaram de diversas entrevistas durante o desenvolvimento do estudo, bem como aos docentes que, além de ampliarem meus conhecimentos nas disciplinas que cursei, responderam ao questionário da dissertação, colaborando, assim, com o desenvolvimento do estudo; Aos Professores Leonardo Ensslin, Phd. e Sérgio Murilo Petri, Dr., os quais ministraram as disciplinas de Metodologia Multicritério em Apoio à Decisão e, mesmo após o término das mesmas, foram sempre atenciosos e prestativos, tirando minhas dúvidas. São as nossas escolhas, que revelam o que realmente somos muito mais do que as nossas qualidades. J. K. Rowling RESUMO Este estudo tem como objetivo estruturar um modelo híbrido de avaliação para o Programa de Pós-Graduação em Contabilidade (PPGC-UFSC) em consolidação que integre as preocupações a ele inerentes associadas aos quesitos da instância avaliadora (CAPES), com vistas a auxiliar o programa no gerenciamento de seu desempenho. Este estudo, de caráter exploratório, é organizado em dois momentos: (i) plataforma teórica; e (ii) estudo de caso. A plataforma teórica visa apresentar a construção de conhecimentos referente: ao conceito de avaliação de instituições educacionais, mais especificamente no âmbito nacional; às tendências emergentes verificadas em estudos de avaliação de desempenho institucional com enfoque no gerenciamento de programas de pós-graduação revisados, no contexto internacional e nacional; e à perspectiva do órgão avaliador no país. O estudo de caso focaliza a construção do modelo, para o qual foram utilizados os seguintes instrumentos: pesquisa documental (CAPES: Ficha de Avaliação Critérios e Acompanhamento, PRÓ-COLETA e documentos intrínsecos ao PPGC-UFSC); questionário aberto e entrevistas semi-estruturadas (junto aos docentes e à coordenação do PPGC-UFSC). A ferramenta de intervenção selecionada para a construção do modelo foi a metodologia Multicritério de Apoio à Decisão Construtivista (MCDA-C), cuja preocupação central é auxiliar a modelar o contexto decisional, a partir das convicções, percepções e valores dos decisores (PPGC-UFSC e CAPES) e gerar aprendizagem ao PPGC-UFSC, à medida em que participa da construção do modelo, promovendo uma linguagem comum, a partir de um processo participativo. O modelo híbrido de avaliação do PPGC-UFSC foi construído com base na ferramenta selecionada, que possibilitou a identificação dos objetivos segundo os quais o PPGC-UFSC pode ser avaliado, a construção de escalas ordinais para os objetivos identificados e a delimitação dos níveis de referência. A partir do conhecimento gerado e do modelo híbrido construído foi possível demonstrar a proposta de autogerenciamento para o PPGC-UFSC. Em virtude de sua natureza, o modelo híbrido conseguiu (i) identificar e integrar as percepções internas e perspectivas externas, configurando-se como um modelo válido e legítimo; (ii) detectar a convergência de objetivos oriundos dos dois pilares (CAPES e PPGC-UFSC), reiterando a importância destes; (iii) identificar as especificidades do PPGC-UFSC, contribuindo, assim, para seu diferencial; e, (iv) identificar e salientar os quesitos advindos do órgão avaliador externo (CAPES), antes não considerado pelo PPGC-UFSC. Em linhas gerais esta dissertação, buscou oferecer um instrumento para auxiliar a Coordenação do Programa de Pós-graduação em Contabilidade da Universidade Federal de Santa Catarina, no gerenciamento do programa, bem como oferecer a outros programas de pós-graduação em consolidação um procedimento para a construção de modelos híbridos ad hoc nos moldes aqui propostos. Palavras-chave: Avaliação de desempenho. Autogerenciamento. Programa de pós-graduação em consolidação. Modelo híbrido. ABSTRACT This study aims to structure a hybrid evaluation model for the graduate program Programa de Pós-Graduação em Contabilidade (PPGC-UFSC) an unconsolidated integrating both the concerns inherent to the program and the categories of the evaluation instrument of CAPES (the official organ of higher education responsible for graduate program evaluation in Brazil), with a view to aiding PPGC-UFSC in the management of its performance. The study, of an exploratory nature, is organized into two moments, namely: (i) the theoretical framework, and (ii) a case study. The theoretical framework presents the knowledge basis informing the understanding of the concept of evaluation in educational institutions in the Brazilian context, the identification of the trends emerging in the review of the state of the art in institutional performance evaluation with a focus on the management of graduate programs both in the national and in the international contexts and the perspective of CAPES. The case study focus on the construction of the model, to which the following research procedures were used: documental research (CAPES: Ficha de Avaliação Critérios e Acompanhamento, PRÓ-COLETA and documents belonging to PPGC-UFSC); open questionnaire and semi-structured interviews (with faculty and coordination of PPGC-UFSC). The methodological framework selected the methodology Multi-Criteria Decision-Aid Constructivist (MCDA-C), whose main concerns are to aid in the modeling of the decisional context from the perspective of decision-makers system of beliefs, perceptions and values (PPGC-UFSC and CAPES) and to generate knowledge to PPGC-UFSC as it participates in the model construction by furthering a common language resulting from the participative process. The hybrid evaluation model for PPGC-UFSC was constructed on the basis of the methodology MCDA-C, which made it possible to identify the objectives according to which PPGC-UFSC is to be evaluated and the construction of the ordinal scale for the objectives identified as well as the delimitation of the reference levels. On the basis of the knowledge thus generated it was possible to demonstrate the proposal put forward in this study for the self-management of PPGC-UFSC. By force of its nature, the hybrid model was able to: (i) identify and integrate the inner perceptions (PPGC-UFSC ) and the outer perspectives (CAPES) thus complying with the characteristics of a valid and legitimate model; (ii) detect the convergence of objectives stemming from the two pillars (CAPES e PPGC-UFSC) thus reiterating their importance; (iii) identify the specificities of PPGC-UFSC thus contributing to its differential; and (iv) identify and highlight those categories stemming from (CAPES), which otherwise went unnoticed. In summary, this piece of research sought to propose an instrument to aid the Coordination of PPGC-UFSC in the management of the program as well as to offer other unconsolidated graduate programs a procedure for the construction of hybrid ad hoc models on the basis here put forward. Key words: Performance evaluation. Self management. Graduate Programs in consolidation. Hybrid Model. LISTA DE FIGURAS Figura 1: Estrutura de enquadramento metodológico do trabalho...61 Figura 2: Links utilizados para obtenção dos dados nas CAPES...80 Figura 3: Listagem de áreas de CAPES que divulgam o relatório de acompanhamento anual (2004 e 2005) relativo ao triênio Figura 4: Processo Decisório sob as perspectivas da MCDA-C...92 Figura 5: Estrutura hierárquica de valor da subárea 2.2 Transmissão de conhecimentos Figura 6: Estrutura hierárquica de valor contemplando os aspectos internos e externos Figura 7: Desempenho do PPGC-UFSC relativo à subárea transmissão de conhecimentos Figura 8: Projeção de novo desempenho do PPGC-UFSC, em caso implementação bem sucedida de ações de melhoria relativas à subárea transmissão de conhecimentos LISTA DE QUADROS Quadro 1: Tendências emergentes em estudos, nacionais e internacionais, de avaliação de desempenho institucional com enfoque no gerenciamento...31 Quadro 2: Tendências emergentes em estudos nacionais que enfocam a pós-graduação...38 Quadro 3: Aspectos passíveis de avaliação extraídos dos Critérios de Avaliação Trienal ( )...42 Quadro 4: Categorização dos elementos avaliados pela CAPES relativa à Proposta do Programa Critérios de avaliação trienal ( ) em pontos fortes e fracos...43 Quadro 5: Categorização, em pontos fortes e fracos, dos elementos apresentados pela CAPES, relativos à Proposta do Programa Resultados de avaliação continuada (2004) e (2005) concernentes aos programas de contabilidade...44 Quadro 6: Categorização dos elementos avaliados pela CAPES relativa ao corpo docente Critérios de avaliação trienal ( ) em pontos fortes e fracos...46 Quadro 7: Categorização, em pontos fortes e fracos, dos elementos apresentados pela CAPES, relativos ao Corpo docente Resultados de avaliação continuada (2004) e (2005) concernentes aos programas de contabilidade...46 Quadro 8: Categorização dos elementos avaliados pela CAPES relativa a Corpo Discente, Teses e Dissertações Critérios de avaliação trienal ( ) em pontos fortes e fracos...49 Quadro 9: Categorização, em pontos fortes e fracos, dos elementos apresentados pela CAPES, relativos a Corpo discente, teses e dissertações Resultados de avaliação continuada (2004) e (2005) concernentes aos programas de contabilidade...50 Quadro 10: Categorização dos elementos avaliados pela CAPES, relativa à Produção Intelectual Critérios de avaliação trienal ( ) em pontos fortes e fracos...53 Quadro 11: Categorização, em pontos fortes e fracos, dos elementos apresentados pela CAPES, relativa à Produção intelectual Resultados de avaliação continuada (2004) e (2005) concernentes aos programas de contabilidade...54 Quadro 12: Categorização dos elementos avaliados pela CAPES relativa a Inserção Social Critérios de avaliação trienal ( ) em pontos fortes e fracos...56 Quadro 13: Categorização, em pontos fortes e fracos, dos elementos apresentados pela CAPES, relativos à Inserção Social Resultados de avaliação continuada (2005) concernentes aos programas de contabilidade...56 Quadro 14: Categorização, em pontos fortes e fracos, dos elementos apresentados pela CAPES, relativa a Linha de Pesquisa e Formação Resultados de avaliação continuada (2004) concernentes aos programas de contabilidade...58 Quadro 15: Periódicos/CAPES identificados no contexto nacional, que contém o termo avaliação em seu título...65 Quadro 16: Artigos identificados no Periódico - Ensaio a partir da busca do termo avaliação institucional, avaliação do ensino e avaliação educacional...66 Quadro 17: Classificação dos artigos publicados no periódico Ensaio, segundo sua natureza, seu enfoque e presença de indicadores...66 Quadro 18: Periódicos CAPES/QUALIS classificados como A Nacional, na área Administração, Contabilidade e Turismo...67 Quadro 19: Artigos identificados no Periódicos CAPES/QUALIS, A nacional de área administração/turismo, a partir da busca do termo avaliação institucional, avaliação do ensino e avaliação educacional...68 Quadro 20: Artigos publicados, no contexto nacional, CAPES/QUALIS, classificados segundo enfoque abordado...69 Quadro 21: Artigos identificados no SCIELO, a partir da busca do termo avaliação institucional, avaliação do ensino e avaliação educacional...70 Quadro 22: Artigos publicados, no contexto nacional, SCIELO, classificados segundo enfoque abordado...72 Quadro 23: Amostra selecionada a partir das buscas realizadas com contexto nacional...72 Quadro 24: Amostra selecionada a partir das buscas realizadas com contexto nacional, limitadas apenas a artigos que enfocavam a pós-graduação...73 Quadro 25: Periódicos/CAPES do contexto internacional, a partir da busca pelo termo evaluation...74 Quadro 26: Artigos identificados em Periódicos/CAPES a partir da busca do termo teaching evaluation, education evaluation e institutional evaluation...75 Quadro 27: Artigos do contexto internacional, entre 2001 a 2005, com enfoque empírico...77 Quadro 28: Comparação entre os critérios de avaliação trienal ( ) e o resultado de avaliação de acompanhamento anual, avaliação continuada 2004 e Quadro 29: Comparação entre os critérios de avaliação trienal ( ) e o resultado de avaliação de acompanhamento anual, avaliação continuada Quadro 30: Respostas obtidas juntos aos docentes relativa a Questão Quadro 31: Construção do pólo presente e do pólo oposto e agrupamento por afinidade das preocupações Quadro 32: Hierarquização do pólo presente e oposto em áreas e Subáreas de Preocupação107 Quadro 33: Cotejamento dos aspectos identificados no modelo híbrido do PPGC-UFSC, identificados para a área Corpo Docente, com as instâncias externa e interna Quadro 34: Descritor do eixo de avaliação Socialização de conhecimentos entre os docentes Quadro 35: Descritor do eixo de avaliação Voluntariado Quadro 36: Descritor do eixo de avaliação Socialização interna de conhecimentos. 118 Quadro 37: Ações de melhoria sugeridas para a alavancagem dos aspectos com desempenho abaixo do nível neutro em LISTA DE SIGLAS ADs Atributos Desejáveis CAPES Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CSLA Continuous Systems-Level Assessment CTC Conselho Técnico e Científico CVA Comparative Value Added EFQM European Foundation for Quality Management EPAs Elementos Primários de Avaliação HEFCE Alto Conselho de Consolidação de Educação de Inglaterra ICT Information and Communication Technology IES Instituições de Ensino Superior IEs Instituições de Ensino IIEP Institute of Educational Planning INEP Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais MCDA-C Metodologia Multicritério em Apoio à Decisão Construtivista MCDM Multiple Criteria Decision Making MEC Ministério de Educação e Cultura MPA Modalidade Profissional em Administração PFV s Pontos de Vista Fundamentais PNPG Plano Nacional de Pós-graduação PO Pesquisa Operacional PPGC-UFSC Programa de Pós-graduação em Contabilidade da Universidade Federal de Santa Catarina PVEs Ponto de Vista Elementar QAA Agência de Assessoramento da Qualidade QAS Quality Assurance System SCIELO Scietific Electronic Library On line SMDO Sistemas de Medição de Desempenho Organizacional SNPG Sistema Nacional de Pós-graduação SOS Student Outcome Statements SSM Soft System Methodology TQM Total Quality Management SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO CONSIDERAÇÕES INICIAIS TEMA E PROBLEMA QUESTÃO DE PESQUISA OBJETIVOS Objetivo geral Objetivos específicos PRESSUPOSTO DE PESQUISA JUSTIFICATIVA E RELEVÂNCIA DO ESTUDO DELIMITAÇÃO DA PESQUISA AUDIÊNCIA DA DISSERTAÇÃO ESTRUTURA DA DISSERTAÇÃO PLATAFORMA TEÓRICA CONCEITUAÇÃO DE AVALIAÇÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO ESTUDOS DE AVALIAÇÕES DE DESEMPENHO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO COM ENFOQUE NO GERENCIAMENTO: CONTEXTO NACIONAL E INTERNACIONAL PÓS-GRADUAÇÃO NO BRASIL E SUA AVALIAÇÃO Aspectos avaliados pela CAPES na área de Administração, Contabilidade e Turismo relação entre os Critérios de Avaliação e o Documento da Área PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS ADOTADOS ENQUADRAMENTO METODOLÓGICO TÉCNICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DA PESQUISA BIBLIOGRÁFICA Procedimentos de pesquisa para a revisão da literatura no âmbito nacional Procedimentos de pesquisa para a revisão da literatura no âmbito internacional Procedimentos de pesquisa para a revisão da literatura da instância regulatória METODOLOGIA DE MULTICRITÉRIO DE APOIO À DECISÃO CONSTRUTIVISTA: O INSTRUMENTO DE INTERVENÇÃO PARA CONSTRUÇÃO DO MODELO Pesquisa Operacional...88 3.3.2 Pesquisa Operacional Soft Metodologia Multicritério em Apoio à Decisão Construtivista (MCDA-C) IMPLEMENTAÇÃO DO MODELO PROPOSTO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTABILIDADE PPGC-UFSC CONSTRUÇÃO DO MODELO PROPOSTO: ESTRURURAÇÃO E PROCESSO PARA O AUTOGERENCIAMENTO Fase de Estruturação Demonstração do processo de autogerenciamento para PPGC-UFSC CONSIDERAÇÕES FINAIS QUANTO AO MODELO HÍBRIDO CONSTRUÍDO CONCLUSÕES DA PESQUISA REFERÊNCIAS APÊNDICE A Aspectos passíveis de avaliação extraídos dos Critérios de Avaliação Trienal ( ) APÊNDICE B Questionário APÊNDICE C Respostas obtidas APÊNDICE D Elementos primários de avaliação, conceitos e opostos APÊNDICE E Aspectos que identificam o hibridismo do modelo APÊNDICE F Estrutura hierárquica de valor APÊNDICE G Descritores ANEXO A Critérios de avaliação trienal 16 1 INTRODUÇÃO Este capítulo apresenta os aspectos que contextualizam o estudo, incluindo algumas considerações iniciais sobre avaliação institucional como instrumento de autoconhecimento e melhoria, o tema e problema específico da investigação, a questão de pesquisa, os objetivos geral e específicos, a hipótese de pesquisa, a justificativa e relevância do estudo, sua delimitação, a audiência da dissertação e, finalmente, sua organização estrutural. 1.1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS A qualidade do ensino, segundo as discussões realizadas por Freitas (1995), Durham (1990), Belloni (1995) e Mattos (1990), tornou-se preocupação constante, tanto das instituições quanto de docentes, discentes e da comunidade n
Search
Similar documents
View more...
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks