Documents

1 - exercicios lei 8112-90 nº 1 ao 177-1

Description
Prof. Fábio Lopes Título I Das Disposições Preliminares 1 ao 4 1 (FCC-TRT-23ª Região AJAA 06/2007) Quanto ao regime jurídico dos servidores públicos, considere: I. Cargo público é o conjunto de atribuições e responsabilidades previstas na estrutura organizacional que devem ser cometidas a um servidor. II. Os cargos públicos, acessíveis a todos os brasileiros natos, são criados por lei ou decreto, para provimento exclusivo em caráter efetivo. III. São requisitos básicos para investidura em cargo
Categories
Published
of 20
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  Prof. Fábio Lopes Título I Das Disposições Preliminares 1 ao 41 (FCC-TRT-23ª Região AJAA 06/2007)Quanto ao regime jurídico dos servidores públicos,considere: I. Cargo público é o conjunto de atribuições eresponsabilidades previstas na estrutura organizacionalque devem ser cometidas a um servidor.II. Os cargos públicos, acessíveis a todos os brasileirosnatos, são criados por lei ou decreto, para provimentoexclusivo em caráter efetivo.III. São requisitos básicos para investidura em cargopúblico, dentre outros, a idade mínima de 21 anos.IV. A investidura em cargo público ocorrerá com anomeação do servidor, quando publicada no Diário Oficialda União.V. A nomeação far-se-á em caráter efetivo, quando setratar de cargo isolado de provimento efetivo ou decarreira.Está correto o que se afirma APENAS em(A) I e V. (B) I, II e IV. (C) III e V.(D) II, III e IV. (E) II e III. 2 (FCC-TRF2ª R Aux .Jud ADM 07/2007)Considere os seguintes requisitos: I. Nacionalidade brasileira.II. Inexistência de dívidas fiscais e pessoais.III. Quitação com as obrigações militares.IV. Quitação com as obrigações eleitorais.V. Idade mínima de vinte e um anos.De acordo com a Lei no 8.112/90, em regra, sãorequisitos básicos para investidura em cargo público osindicados APENAS em(A) III, IV e V. (B) I, II, III e V. (C) I, II, III e IV.(D) I, II, IV e V. (E) I, III e IV. 3 (FCC–TRF 1ªR Tec ADM 08/2007) As instituições depesquisa científica e tecnológica federais poderãoprover seus cargos com (A) professores, técnicos e cientistas, brasileiros ouestrangeiros, dispensado o gozo dos direitos políticos.(B) técnicos e cientistas estrangeiros, de acordo com asnormas e procedimentos legais.(C) técnicos e cientistas, desde que brasileiros e quitescom as obrigações militares.(D) professores brasileiros e estrangeiros, estando, ounão, no gozo dos direitos políticos.(E) professores, desde que brasileiros natos ounaturalizados, excluída a quitação das obrigaçõesmilitares. 4 (FCC–TRT 20ª Região AJAA 07/2002) É elementocompatível com o regime jurídico dos servidorespúblicos civis da União, traçado pela Lei no 8.112/90, (A) a criação de cargos públicos sem denominaçãoprópria.(B) a impossibilidade de provimento em comissão em setratando de cargos públicos.(C) a prestação de serviços gratuitos, desde que previstaem lei.(D) a criação de cargos públicos por ato administrativo.(E) o pagamento dos vencimentos decorrentes de cargopúblico com verbas da iniciativa privada. 5 (FCC-TRT-11ª Região Juiz Substituto. 08/2007) Éelemento estranho ao rol de requisitos básicos parainvestidura emcargo público, nos termos da Lei no 8.112/90, (A) a aptidão física e mental.(B) o gozo dos direitos políticos.(C) a quitação com as obrigações militares.(D) a quitação com as obrigações eleitorais.(E) a idade mínima de 16 anos. 6 (FCC-TRT- 24ª Região AJ Biblioteconomia 08/2003)Observe as proposições abaixo: I. Cargo público é o conjunto de atribuições eresponsabilidades previstas na estrutura organizacionalque devem ser cometidas a um servidor.II. Os cargos públicos, acessíveis a todos os brasileiros,são criados por lei, com denominação própria evencimento pago pelos cofres públicos, para provimentoem caráter efetivo ou em comissão.III. Para os efeitos da Lei no 8.112/90, que dispõe sobre oregime jurídico dos servidores públicos civis da União, dasautarquias e das fundações públicas federais, servidor équem, embora transitoriamente ou sem remuneração,exerce cargo, emprego ou função pública.Está correto SOMENTE o que se afirma em(A) I e II. (B) II e III. (C) III.(D) I e III. (E) I. 7 (FCC-TRT- 22ª Região AJAJ 11/2004)Para o provimento dos cargos públicos de técnico judiciário, requisitos devem ser satisfeitos pelosinteressados, dentre os quais podem serdestacados: (A) a nacionalidade brasileira, a quitação com asobrigações militares e idade mínima de dezoito anos,para fins da investidura.(B) aptidão física e mental e nível de escolaridadecompatível com as atribuições do cargo, no ato em que oservidor for iniciar o exercício.(C) o gozo dos direitos políticos e a regularidade com asobrigações eleitorais, a serem comprovados no prazo de15 (quinze) dias contados da publicação do ato deprovimento.(D) a apresentação da declaração de bens e valores queconstituem o respectivo patrimônio, por ocasião doexercício, que deverá ocorrer no prazo de 30 (trinta) diascontados do ato de posse.(E) idade mínima de dezoito anos e nível de escolaridadeexigido para o exercício do cargo, até (cinco) dias após aposse e antes do efetivo desempenho das atribuições docargo. 8 (FCC-TRT- 22ª Região AJAJ 11/2004) Emconformidade com a Lei Federal no 8.112, de 11 dedezembro de 1990, e suas posteriores alterações,indique, dentre as alternativas a seguir, aquela quecontém, respectivamente, uma afirmaçãoINCORRETA (1) e outra CORRETA (2): (A) (1) Os cargos públicos, acessíveis a todos osbrasileiros, são criados por lei, com denominação própriae vencimento pago pelos cofres públicos, paraprovimento em caráter efetivo ou em comissão;(2) Para efeitos do diploma legal supracitado, servidor éa pessoa física ou jurídica legalmente investida em cargopúblico, emprego, função ou mediante delegação.(B) (1) Cargo público corresponde ao conjunto deatribuições e responsabilidades previstas na estruturaorganizacional que devem ser cometidas a um servidor;(2) Os cargos públicos são criados por lei ou decretoregulamentar, para provimento em caráter efetivo ou emcomissão.(C) (1) Servidor é a pessoa legalmente investida emcargo público; (2) Cargo público corresponde ao conjuntode responsabilidades, poderes e deveres estabelecidosmediante ato normativo individual, de competênciaexclusiva dos Chefes dos Poderes Executivo, Legislativo eJudiciário.(D) (1) O diploma legal supracitado veda a prestação deserviços gratuitos, podendo essa regra ser excepcionada 1  por lei; (2) O mesmo diploma legal instituiu o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, exclusiveos da administração indireta.(E) (1) O citado diploma legal dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União e dasautarquias federais, excluídas aquelas sob regime especiale as fundações públicas federais e distritais; (2) Servidoré a pessoa legalmente investida em cargo público. 9 (FCC-TRT 21ª Região Téc. Adm. 04/2003)Os cargos públicos (A) podem ter seus vencimentos pagos somente peloscofres públicos.(B) podem ter seus vencimentos pagos pelos cofrespúblicos e privados.(C) são acessíveis aos brasileiros natos e naturalizados,mas não aos estrangeiros.(D) serão criados por ato administrativo, não sendonecessário que constem da estrutura organizacional.(E) são remunerados por lei, sendo proibida, em qualquerhipótese, a prestação de serviços gratuitos. Título IIDo Provimento, Vacância, Remoção, Redistribuição eSubstituição 5 ao 39 Disposições Gerais10 (FCC–TRF3ª R AJAJ 08/2007) Considere asseguintes assertivas a respeito do provimento decargo público: I. Reintegração é o retorno à atividade de servidoraposentado por invalidez, quando, por junta médicaoficial, forem declarados insubsistentes os motivos daaposentadoria.II. Reversão é a reinvestidura do servidor estável nocargo anteriormente ocupado, quando invalidada a suademissão por decisão administrativa ou judicial, comressarcimento de todas as vantagens.III. Em regra, as universidades e instituições de pesquisacientífica e tecnológica federais poderão prover seuscargos com professores, técnicos e cientistasestrangeiros.IV. O retorno à atividade de servidor em disponibilidadefar-se-á mediante aproveitamento obrigatório em cargode atribuições e vencimentos compatíveis com oanteriormente ocupado.De acordo com a Lei no 8.112/90 está correto o que seafirma APENAS em(A) III e IV. (B) I e II. (C) I, II e III.(D) I e IV. (E) II, III e IV. 11 (FCC-TRT-23ª Região AJAJ 06/2007)Considere: I. A investidura em cargo público ocorrerá com anomeação.II. A exoneração de cargo em comissão e a dispensa defunção de confiança dar-se-á, dentre outras hipóteses,quando não satisfeitas as condições do estágio probatório.III. Os servidores ocupantes de cargo de naturezaespecial terão substitutos indicados no regimento internoou, no caso de omissão, previamente designados pelodirigente máximo do órgão ou entidade.IV. O servidor ocupante de cargo em comissão poderá sernomeado para ter exercício, interinamente, em outrocargo de confiança, sem prejuízo das atribuições do queatualmente ocupa, hipótese em que deverá optar pelaremuneração de um deles durante o período daV. A reversão é a reinvestidura do servidor estável nocargo resultante de sua transformação, quando invalidadaa sua demissão por decisão judicial, semressarcimento de vantagens.Estão corretas APENAS as afirmativas(A) I, II e III. (B) I, IV e V. (C) I e V.(D) II, III e IV. (E) III e IV. 12 (FCC-TRF 1ªR Tec ADM 2007) No que diz respeitoao regime jurídico do servidor público federal, élegal e tecnicamente correto afirmar que (A) as vantagens consistem em indenizações egratificações, e sempre se incorporam ao vencimento.(B) o exercício é o efetivo desempenho das atribuições docargo público ou da função de confiança.(C) o salário é a retribuição pecuniária pelo exercício decargo público, com valor fixado em lei.(D) o funcionário público é a pessoa que ocupa cargopúblico criado por decreto do Poder Executivo.(E) a remuneração é o valor-base do cargo em exercício,não acrescido das vantagens pecuniárias. 13 (FCC-Analista Leg. Nutricionista/ Câmara/Dep2007) Mariana, servidora pública federal estável,retornou ao cargoque anteriormente ocupava, uma vez que suademissão foi invalidada por decisão judicialtransitada em julgado. Jaqueline, servidora públicafederal estável, estava ocupando o cargo deMariana, tendo que retornar ao cargo queanteriormente ocupava em razão do retorno daservidora.Neste caso, ocorreu a (A) reintegração de Mariana e a reversão de Jaqueline.(B) recondução de Mariana e a reintegração de Jaqueline.(C) reintegração de Mariana e a recondução de Jaqueline.(D) reversão de Mariana e a recondução de Jaqueline.(E) reversão de Mariana e a reintegração de Jaqueline. 14 (FCC-Analista Leg. Mat. e Patrimônio–Câmara/Dep2007) Analise: I. É de quinze dias o prazo para o servidor empossado emcargo público entrar em exercício, contados da data daposse.II. Recondução é o deslocamento do servidor, a pedido oude ofício, no âmbito do mesmo quadro, com ou semmudança de sede.III. O servidor habilitado em concurso público eempossado em cargo de provimento efetivo adquiriráestabilidade no serviço público ao completar 4 (quatro)anos de efetivo exercício.IV. Em regra, ter nacionalidade brasileira é um dosrequisitos básicos para investidura em cargo público.É correto o que consta APENAS em(A) III e IV. (B) I e II. (C) I e III.(D) I e IV. (E) II e III. 15 (FCC- TRF3ª R Tec ADM 08/2007) Mário, servidorpúblico federal estável, teve invalidada a suademissão por decisão judicial, fazendo jus a serreinvestido no cargo que anteriormente ocupava.Encontando-se provido o cargo, o seu eventualocupante será a) readaptado ao cargo de srcem, com direito áindenização, ou aproveitado em outro cargo, ou ainda,posto em disponibilidade.b) reconduzido ao cargo de srcem, com direito àindenização, ou aproveitado em outro cargo, ou, ainda,posto em disponibilidade.c) obrigatoriamente posto em disponibilidade, não sendopermitida sua reversão ao cargo de srcem, por expressavedação legal.d) reconduzido ao cargo de srcem, sem direito àindenização, ou aproveitado em outro cargo, ou, ainda,posto em disponibilidade.e) revertido ao cargo de srcem, com direito àindenização, ou aproveitado em outro cargo, ou, ainda,posto em disponibilidade. 2  16 (FCC- TRT- 23ª Região Téc. Adm.06/2007) Quantoao provimento de cargo público, prevê a Lei no8.112/90 que (A) o exercício ocorrerá no prazo de quinze dias contadosda publicação do ato de nomeação.(B) só haverá posse nos casos de provimento de cargopor comissão.(C) a investidura em cargo público ocorrerá com aentrada em exercício, ainda que não tenha tomado posse.(D) o servidor estável só perderá o cargo em virtude desentença judicial transitada em julgado ou de processoadministrativo disciplinar no qual lhe seja asseguradaampla defesa.(E) é de trinta dias o prazo para o servidor nomeado emcargo público tomar posse, contados da data do início doseu exercício. 17 (FCC- TRF3ª R Tec. ADM 08/2007) De acordo coma Lei no 8.112/90, com relação ao estágio probatórioé correto afirmar que (A) o estágio probatório não ficará suspenso na hipótesede participação em curso de formação, por expressadeterminação legal.(B) o servidor em estágio probatório não poderá exercerquaisquer funções de direção, chefia ou assessoramentono órgão ou entidade de lotação.(C) o servidor em estágio probatório não poderá exercerquaisquer cargos de provimento em comissão, porexpressa vedação legal.(D) a avaliação do desempenho do servidor, seis mesesantes de findo o período do estágio probatório, serásubmetida à homologação da autoridade competente.(E) em regra, o servidor não aprovado no estágioprobatório será exonerado ou, se estável, reconduzido aocargo anteriormente ocupado. 18 (FCC- TRF2ª R Téc. ADM 07/2007)Considere as seguintes assertivas a respeito doestágio probatório: I. Não será objeto de avaliação para o desempenho docargo o fator relacionado à capacidade de iniciativa.II. Seis meses antes de findo o período do estágioprobatório, será submetida à homologação da autoridadecompetente a avaliação do desempenho do servidor.III. Em regra, o servidor não aprovado no estágioprobatório será exonerado ou, se estável, reconduzido aocargo anteriormente ocupado.IV. O servidor em estágio probatório poderá exercerquaisquer cargos de provimento em comissão ou funçõesde direção, chefia ou assessoramento no órgão ouentidade de lotação.Segundo a Lei no 8.112/90, está correto o que constaAPENAS em(A) III e IV. (B) I e II. (C) I, II e III.(D) II e III. (E) II, III e IV. 19 (FCC-TRT 24ª Região AJ Biblioteconomia 08/2003)A reversão é forma de (A) investidura em cargo efetivo.(B) investidura em cargo público.(C) provimento de cargo público.(D) investidura em cargo em comissão.(E) transferência para universidades e instituições depesquisa científica. 20 (FCC-TRT- 24ª Região AJ Bibliotec. 08/2003)É INCORRETO afirmar que (A) a idade mínima de dezoito anos é um dos requisitosbásicos para investidura em cargo público.(B) a nomeação far-se-á em caráter efetivo, quando setratar de cargo isolado de provimento efetivo ou decarreira.(C) a nomeação far-se-á em comissão, inclusive nacondição de interino, para cargos de confiança vagos.(D) a nomeação para cargo de carreira ou cargo isoladode provimento efetivo depende de prévia habilitação emconcurso público de provas ou de provas e títulos,obedecidos a ordem de classificação e o prazo de suavalidade.(E) o servidor ocupante de cargo em comissão, quandonomeado para ter exercício interinamente em outro cargode confiança, sem prejuízo das atribuições do que ocupa,terá direito à remuneração de ambos. 21 (FCC–TRE/BA Tec ADM 09/2003) Para retomar oefetivo desempenho das atribuições do cargo, oservidor que devater exercício em outro município, em razão de tersido requisitado, terá prazo de (A) 10 dias, no mínimo, e 30 dias, no máximo.(B) 15 dias, em qualquer hipótese.(C) 20 dias, no mínimo, e 40 dias, no máximo.(D) 30 dias, se no mesmo Estado, e 60 dias, se emEstado diverso.(E) 30 dias, em qualquer hipótese. 22 (FCC–TRE/BA Tec ADM 09/2003) Ao servidor emestágio probatório é vedada a licença (A) para o serviço militar.(B) por motivo de doença em pessoa da família.(C) para desempenho de mandato classista.(D) por motivo de afastamento do cônjuge oucompanheiro.(E) para atividade política. 23 (FCC–TRT 23ª Região AJAA 10/2004) A investidurado servidor público estável em decorrência: I − do retorno à atividade do servidor aposentado porinvalidez, quando junta médica oficial declararinsubsistentes os motivos da aposentadoria;II − de limitação sofrida em sua capacidade física oumental verificada em inspeção médica;III − do retorno ao cargo anterior por inabilitação emestágio probatório relativo a outro cargo;corresponde, respectivamente, a(A) readmissão, aproveitamento e transposição.(B) readaptação, reversão e recondução.(C) reversão, readaptação e recondução.(D) aproveitamento, readaptação e redistribuição.(E) recondução, reversão e readmissão. 24 (FCC–TRT 19ª Região Tec Transp.01/2003) NÃO éforma de provimento do cargo público (A) a recondução.(B) a exoneração.(C) a promoção.(D) a nomeação.(E) o aproveitamento. 25 (FCC–TRT-5ª Região Téc. Adm. 04/2003) João eAntônio, após regular aprovação em concurso parapreenchimento de cargos públicos efetivos, sãonomeados. Todavia, João não comparece para tomarposse no prazo legal. Antônio, por sua vez, tomaposse, porém não entra em exercício no prazo legal.Nessa situação, (A) ambos devem ser exonerados.(B) ambos devem ter sua nomeação tornada sem efeito.(C) João deve ter sua nomeação tornada sem efeito eAntônio deve ser exonerado.(D) Antônio deve ter sua nomeação tornada sem efeito eJoão deve ser exonerado.(E) João deve ser exonerado, mas Antônio poderá entrarem exercício a qualquer tempo, sem sofrer sanção pela 3  inobservância do prazo, apenas não computando tempode serviço para nenhum efeito. 26 (FCC–TRE/AC Tec ADM 10/2003) A investidura emcargo público está sujeita a alguns requisitosbásicos, valendo destacar que (A) não há exigência de nacionalidade, srcinária ouderivada, para se ocupar qualquer cargo público.(B) somente brasileiros natos podem ser contratados porinstituições de pesquisa científica federal.(C) todos os cargos das instituições de pesquisatecnológica devem ser ocupados por brasileiros, natos ounaturalizados.(D) os cargos, empregos e funções públicas da esferafederal de governo devem ser ocupados somente porbrasileiros.(E) uma universidade federal pode prover seus cargos,segundo normas específicas, com professoresestrangeiros. 27 (FCC–TRT 21ª Região Téc. Adm.04/2003) No quese refere ao provimento de cargos públicos, écorreto afirmar que (A) a reversão é a reinvestidura do servidor estável nocargo anteriormente ocupado quando invalidada suademissão.(B) a nomeação far-se-á, em caráter interino, quando setratar de cargo isolado de provimento efetivo.(C) a recondução é o retorno à atividade do servidor emdisponibilidade para o cargo de carreira.(D) a readaptação será efetivada em qualquer modalidadede cargo vago e, não havendo, o servidor ficará emdisponibilidade.(E) a promoção não interrompe o tempo de serviço, que écontado do novo posicionamento na carreira a partir dadata da publicação do ato que promover o servidor. 28 (FCC–TRT 24ª Região Téc. Adm.08/2003) NÃO émais considerada forma de provimento de cargopúblico: (A) ascensão.(B) reversão.(C) reintegração.(D) aproveitamento.(E) recondução. 29 (FCC–TRF 1ª Região Téc. Adm. 10/2001)Em matéria de cargo público observa-se que (A) a readaptação é forma de provimento e vacância decargo público.(B) a investidura no cargo ocorre somente após oexercício pelo servidor.(C) a posse é o efetivo desempenho das atribuições docargo ou função.(D) a nomeação é destinada exclusivamente aos cargosem comissão.(E) este é criado obrigatoriamente por decreto do Chefedo Executivo. 30 (FCC–TRF 1ª Região AJEM 10/2001)Considerando o cargo público, é INCORRETO afirmarque sua posse (A) poderá dar-se mediante procuração específica.(B) só ocorrerá nos casos em que o provimento for pornomeação.(C) depende de prévia inspeção médica para o cargoefetivo, dispensada esta para o cargo em comissão.(D) terá seu prazo também contado do término da licençapara capacitação.(E) ocorrerá, de regra, no prazo de trinta dias contadosda publicação do ato de provimento. 31 (FCC–TRF4ª R Tec ADM 03/2007) “X”,servidorpúblico federal, foi nomeado para o cargo de técnico judiciário, sendo que, na data da publicação do atode provimento,estava afastado de suas funções por estar a serviçodo tribunal do júri de sua comarca. Nesse caso, oprazo para a sua posse será contado (A) da data de entrada em exercício.(B) a critério da administração.(C) a partir do pedido do servidor.(D) a partir do término do impedimento.(E) a partir do décimo dia após a realização do júri. 32 (FCC–TRF 4ª R AJEM 05/2004) O provimentoderivado de cargo público compreende, dentreoutras formas, a (A) promoção e a readmissão.(B) transposição e o aproveitamento.(C) ascensão e a transferência.(D) ascenção e a readaptação.(E) reversão ex officio e a reintegração. 33 (FCC–TRF 4ª R AJ Contadoria 05/2004) A respeitodos institutos relacionados com o provimento decargos públicos, observe as situações: I. A investidura em cargo público de provimento efetivo.II. O retorno à atividade de servidor em disponibilidade.III. O deslocamento do servidor, a pedido ou de ofício, noâmbito do mesmo quadro, com ou sem mudança de sede.Essas hipóteses estão direta e imediatamenterelacionadas, respectivamente, com a(A) readmissão de ofício, a reintegração e a readaptação.(B) promoção, a reversão de ofício e a transferência.(C) posse, o aproveitamento e a remoção.(D) nomeação, a recondução e o aproveitamento.(E) reversão a pedido, a readmissão e a transferência. 34 (FCC–TRF 5ª R Tec Transp. 06/2003)Após a aprovação em concurso público, paraprovimento de cargo efetivo, o interessado deverá,nesta ordem, (A) tomar posse, ser nomeado e entrar em exercício.(B) ser nomeado, ser exonerado e tomar posse.(C) ser exonerado, entrar em exercício e tomar posse.(D) ser nomeado, tomar posse e entrar em exercício.(E) entrar em exercício, tomar posse e ser nomeado. 35 (FCC–TRF 5ª R AJAA 06/2003) Aexoneração de servidor que ocupa cargo emcomissão, por decisão da autoridade superior, (A) depende da oitiva prévia do servidor.(B) deve ser precedida de regular processoadministrativo.(C) depende da verificação de hipótese previstataxativamente na lei.(D) é sanção aplicável aos casos de falta grave noexercício da função.(E) é ato administrativo discricionário. 36 (FCC–TRT- 2ª Região AJAJ. 02/2004)Paulo, servidor público estável, é ocupante de umcargo cuja desnecessidade acaba de ser declaradaem reforma administrativa. Nesse caso, ele (A) ficará em disponibilidade, com remuneraçãoproporcional ao tempo de contribuição, até suareadaptação ou reintegração.(B) permanecerá em seu cargo, que só poderá ser extintoquando se vagar, por qualquer uma das modalidadesprevistas em lei.(C) ficará em disponibilidade, com remuneraçãoproporcional ao tempo de serviço, até seu adequadoaproveitamento em outro cargo.(D) aposentar-se-á, com proventos proporcionais aotempo de serviço, salvo se manifestar interesse em serreadaptado em outro cargo. 4
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x