Legal forms

Boletim Informativo. Actividade Presidencial Presidente da República analisa situação na Côte D Ivoire

Description
N o 09 Janeiro 2009 Boletim Informativo Consulado Geral da República de Angola Região Administrativa Especial de Macau República Popular da China Actividade Presidencial Presidente da República analisa
Categories
Published
of 12
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
N o 09 Janeiro 2009 Boletim Informativo Consulado Geral da República de Angola Região Administrativa Especial de Macau República Popular da China Actividade Presidencial Presidente da República analisa situação na Côte D Ivoire Luanda O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, analisou em Luanda, com um enviado especial do seu homólogo ivoirense, Laurent Bagbo, os últimos desenvolvimentos da situação prevalecente na Côte d Ivoire. No Palácio Presidencial à Cidade Alta esteve o Conselheiro Especial para a Defesa e Segurança do Presidente ivoirense, Kadet Bertin, que entregou uma mensagem cujo conteúdo não foi revelado à comunicação social. No final da audiência, Kadet Bertin disse que o Presidente angolano apreciou de forma positiva o evoluir da situação no seu país, que igualmente prepara-se para realizar eleições gerais em data ainda por definir. Estamos a realizar tarefas atinentes à preparação destas eleições, entre as quais o registo de eleitores, explicou. A sua deslocação a Angola, com alguma regularidade, tem como objectivo colher experiências, nos mais variados domínios, recordando que este país realizou recentemente eleições legislativas. O enviado do Presidente Laurent Bagbo disse ainda que as relações entre os dois países são excelentes. Actividade Presidencial PR recebeu em audiência Director Regional para a África da OMS luanda O Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, recebeu em Luanda, do Director Regional para a África da Organização Mundial da Saúde (OMS), Luís Gomes Sambo, a garantia de que não existem evidências de propagação em Angola do vírus de Ébola, que assola parte do território da República Democrática do Congo (RDC). Este facto foi dado a conhecer a jornalistas por Luís Gomes Sambo, angolano de nacionalidade, no final de um encontro com o Presidente da República, José Eduardo dos Santos. Contudo, recordou que o Ministério angolano da Saúde tomou as medidas, juntamente a outros organismos, para a protecção sanitária das fronteiras do país, sobretudo na província da Lunda Norte, fronteiriça com o Kassai Ocidental (RDC). Neste momento não há razões para alarme, asseverou. Aproveitei a ocasião para apresentar a sua excelência os cumprimentos de ano novo e igualmente informar-lhe sobre a minha actividade na Organização Mundial da Saúde, disse. Também se abordou no encontro, disse Luís Gomes Sambo, a possibilidades da sua recandidatura, uma vez que o seu mandato neste cargo, de quatro anos, termina em Janeiro do próximo ano. As eleições para a Direcção Gegional da OMS deverão ocorrer em Agosto do corrente ano, enquanto as candidaturas serão entregues até finais do próximo mês, explicou o médico. A reacção do Senhor Presidente da República, relativamente a esta recandidatura, foi positiva, referiu Luís Gomes Sambo, o país e o Governo vão continuar a apoiar-me. política Governadora de Luanda efectua trabalhos na Samba luanda A Governadora de Luanda, Francisca do Espírito Santo, efectuou uma visita de Serafim do Prado: Contamos com a dedicação e afinco do efectivo do Governo da província, dos agentes económicos e todos os empreendedores da sociedade, assim de outros parceiros sociais como igrejas e ONG Kwanza Sul 2 auscultação ao Município da Samba, no âmbito do seu programa de trabalho. De acordo com o programa de visita, a governante inteirou-se da situação social do Município, do plano de intervenção municipal, dos recursos humanos, dentre outros assuntos. Constou ainda da agenda de trabalho uma reunião com os Administradores comunais, com os chefes de repartições e secções municipais, assim como visitas aos projectos concluídos e em curso, financiados pelo Fundo de Apoio de Gestão as Administrações. O Município da Samba possui uma superfície de 345 quilómetros quadrados e é composto por cinco comunas e 38 bairros. Tem uma população estimado em 583 mil habitantes. Governo do Kwanza Sul aposta na fiscalização das instituições públicas sumbe O Governo da Província do Kwanza Sul vai priorizar para este ano o melhoramento dos instrumentos de inspecção e fiscalização das instituições públicas, com vista a fazer cumprir os deveres e obrigações dos funcionários públicos e do Estado para com os cidadãos. Segundo o Governador do Kwanza Sul, Serafim do Prado, que falava aos membros do Executivo local e convidados durante a cerimónia de cumprimento do ano novo, apontou fundamentalmente as Administrações Municipais, Comunais e hospitais como as que requererão melhor acompanhamento. O povo espera de nós, enquanto governantes, as soluções para o bem das suas vidas, a resolução de problemas dai a razão do meu apelo à uma maior consciência nacional, patriótica e humanista, asseverou. A formação e capacitação reforçadas de forma contínua, persistente e obrigatória em todas instituições, o melhoramento do fornecimento de água, energia eléctrica, ordem pública, serviços de justiça, bem como o sector produtivo para o asseguramento da dieta alimentar dos cidadãos, constam das acções a serem desenvolvidas pelo Governo da província. Para o presente exercício económico referiu que tudo será feito para a realização a execução dos grandes desafios que o Governo de Angola se propôs efectivar para o bem estar de todos. Frisou que o desafio para 2009/2013 irá exigir o redobrar de esforços na reconstrução nacional e desenvolvimento nacional, porquanto o Kwanza Sul é uma das Províncias estratégicas no cômputo das demais do país pela sua posição geoestratégica, bem como do potencial económico. Contamos com a dedicação e afinco do efectivo do Governo da província, dos agentes económicos e todos os empreendedores da sociedade, assim de outros parceiros sociais como igrejas e ONG, sublinhou. 3 política Itália considera Angola interlocutor privilegiado no quadro da Presidência do G-8 luanda Angola é considerada como interlocutora privilegiada nas questões ligadas ao Continente pela Presidência italiana do grupo de países mais industrializados do Mundo (G-8), segundo o Embaixador, Torquato Cardilli. O diplomata, falava em entrevista exclusiva à Angop, disse que o facto de Angola ser o país que mais cresce ao nível da África ao sul do Sahara e o maior produtor de petróleo da região, faz com que desempenhe um papel particular não só no seio da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) como em todo o continente. Este facto, de acordo com o embaixador, assume ainda maior relevância uma vez que um dos temas principais do G-8, integrado pela Alemanha, França, Estados Unidos da América, Reino Unido, Itália, Japão Canadá e Rússia, é África. Neste contexto, o ministro italiano dos Negócios Estrangeiros, Franco Frattini, enquanto presidente do grupo de homólogos da organização, desde o principio deste mês, efectuará contacto com as autoridades angolanas numa deslocação ao país prevista para o princípio do mês de Fevereiro. De acordo com Torquarto Cardilli, no plano bilateral a Itália, nestes 34 anos da Independência de Angola, sempre demonstrou ser um país amigo, de confiança e generoso, mesmo durante os períodos mais De acordo com Torquarto Cardilli, no plano bilateral a Itália, nestes 34 anos da Independência de Angola, sempre demonstrou ser um país amigo, de confiança e generoso, mesmo durante os períodos mais violentos de guerra, quando muitos outros Estados tinham já abandonado os angolanos violentos de guerra, quando muitos outros Estados tinham já abandonado os angolanos. Este facto faz com que hoje os dois países possuam uma relação de cooperação boa tanto no plano político, como económico. Entre outros aspecto, resultantes da cooperação entre os dois Estados, apontou os quatros projectos na área de desminagem executados por uma ONG italiana, isto só em 2008, avaliados em quase um milhão e 200 mil euros. Estas operações de desminagem permitiram eliminar ou destruir mais de mil engenhos, entre minas e outros explosivos, não só ao longo das estradas mas também nos campos adjacentes, para permitir a dinamização agrícola no Kwando Kubango. Porém, considerou ser importante que durante a visita do responsável da diplomacia italiana se examinem as possibilidade de aplicação concreta de outros acordos já existentes entre os dois Estados ao nível económico (investimentos), cultural (como o intercâmbio de bolsas de estudos) e militar. Em relação a este último aspecto, deu a conhecer que a Itália abriu, há cinco meses, um escritório de adido militar em Angola, que é igualmente responsável por outros países da zona, cujo centro operativo de maior interesse é Luanda. De acordo com o Embaixador, em 2008 o intercâmbio entre os dois países cresceu 48 porcento em relação a 2007, o que faz com que actualmente seja de 380 milhões de dólares. Porém, explicou que o objectivo da Itália é de chegar, até 2010, a um bilhão de dólares. 4 política Ministro do Território enaltece feitos dos Mártires da Repressão Colonial bengo O Ministro da Administração do Território, Virgílio de Fontes Pereira, enalteceu na comuna do Úcua, Município do Dande, Província do Bengo, os feitos protagonizados pelos heróis angolanos que se bateram pela independência de Angola. O governante discursava em representação do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, no acto político central de massas em alusão ao 04 de Janeiro, Dia dos Mártires de Repressão Colonial, que decorreu no dia 4 de Janeiro em todo o país. Fontes Pereira recordou o brutal massacre perpetrado pelas forças coloniais úcua portuguesas contra os trabalhadores dos campos de algodão na Baixa de Cassanje, a 4 de Janeiro de 1961, que reivindicavam por um tratamento mais condigno. Estamos aqui no Úcua, outra localidade histórica onde muitas populações preferiram sacrificar as suas vidas do que colaborar com o sistema colonial fascista, para recordar uma das datas mais trágicas para o povo angolano, disse. Aos Mártires da Repressão Colonial em geral e da população da Província do Bengo, em especial a do Úcua, rendemos neste dia a nossa justíssima homenagem, reconheceu Virgílio de Fontes Pereira. Virgílio de Fontes Pereira destacou o actual momento político caracterizado pela tolerância, paz e reconciliação nacional, que já permite as crianças, os jovens e idosos se deslocarem pelas ruas, praças e caminhos sem receio ou medo do troar dos canhões Segundo o governante, o sacrifício consentido pelos heróis da Pátria não foi em vão, porquanto a sua bravura inspirou gerações e graças a essa postura patriótica, Angola é hoje um país independente e pacificado. Virgílio de Fontes Pereira destacou o actual momento político caracterizado pela tolerância, paz e reconciliação nacional, que já permite as crianças, os jovens e idosos se deslocarem pelas ruas, praças e caminhos sem receio ou medo do troar dos canhões. Cada um de nós procura reconstituir a sua vida e ao fazê-lo, lançamos individualmente um alicerce no edifício da reconstrução nacional, sublinhou o Ministro. Precisou que todo este ambiente político, económico, social e cultural que decorre de modo seguro, empenhado e responsável rumo ao desenvolvimento sustentado do país, representa o merecimento tributo que rendemos ao esforço e exemplo de todos os mártires angolanos que se bateram pela conquista da nossa independência e liberdade. O acto político foi antecedido de visitas e inaugurações de empreendimentos sociais erguidos em várias localidades da Província do Bengo, no âmbito do Programa de Gestão Municipal (PGM). 5 economia BPC prevê abrir cinco novos balcões no interior da província da Huíla huíla lubango O Director Regional Sul do Banco de Poupança e Credito (BPC), Pedro Elvas, anunciou na cidade do Lubango, a abertura, este ano, de mais cinco balcões da sua instituição no interior da Província da Huíla. Falando à Angop, o responsável salientou que as agências serão abertas nos Municípios de Caluquembe, Jamba e Chibia, Matala e na sede Provincial, Lubango, no âmbito do programa de expansão da instituição no país, cujo projecto iniciou em Outubro de Adiantou que no final do mês em curso será inaugurado um segundo balcão no Município da Malata, que irá priorizar o atendimento dos militares afectos à primeira brigada de infantaria motorizada das Forças Armadas Angolanas (FAA) destacados naquela localidade. Pedro Elvas deu a conhecer que o BPC tem em carteira projectos de abertura de novos balcões na periferia da cidade do Lubango, bem como nas Províncias do Cunene e do Namibe, por formas a aumentar o número de dependências e melhorar a prestação de serviço público. Para o normal funcionamento destes balcões, o responsável disse que serão empregados 40 novos técnicos, cujo processo de recrutamento já decorre nas referidas sedes municipais. O BPC na província da Huíla conta com sete balcões na cidade do Lubango e um no Município da Matala. economia ENE estende rede eléctrica nos bairros periféricos da cidade huambo A Empresa Nacional de Electricidade (ENE) no Huambo vai expandir, a partir deste mês (Janeiro), a rede eléctrica nos bairros periféricos desta cidade, no quadro do projecto de melhoria de fornecimento de energia à população. De acordo com o Director Técnico da ENE no Huambo, Gilberto Pessoa, as condições técnicas e materiais estão criadas para que se inicie a reposição dos cabos de electricidade nos bairros periféricos da urbe. Os trabalhos, de acordo com o director técnico da ENE, incluem também a colocação de postos de iluminação pública, bem como a instalação de postos de transformação de corrente eléctrica. Frisou que o Governo local trabalha no sentido de melhorar o fornecimento de energia eléctrica na cidade do Huambo e arredores, enquanto conclui-se a barragem hidroeléctrica do Ngove, no município da Caála. Nos meados de 2008, a ENE instalou 10 novos grupos geradores de mil 250 KVA cada, na Central Térmica do Benfica, localizada nos arredores da cidade do Huambo. Actualmente estão disponíveis na central 12 megawatts, nove dos quais estão a ser explorados em termos de consumo. Devido ao avançado estado de degradação da rede de distribuição de energia que existe há vários anos, a empresa assiste apenas seis mil 453 consumidores, dos 11 mil 142 cadastrados nas cidade do Huambo e Caála, de acordo com director da empresa para a área comercial, Francisco Miranda. De acordo com, Francisco Miranda, o número de consumidores tem estado a aumentar a medida que são recuperados a rede de distribuição de corrente eléctrica. 6 7 Sector económico cresce com implementação de projecto LNG em 2009 luanda Ministro angolano da Indústria, O Joaquim David, perspectivou para 2009 um maior crescimento do sector com a implementação dos projectos Angola LNG (Gás Natural Liquefeito) e de construção de novas refinarias, o que permitirá maior abertura e impulso à indústria petroquímica. O governante falava após a cerimónia de cumprimentos de ano novo do Ministério da Indústria, na qual adiantou a pretensão do Estado em ocupar os espaços abertos no domínio da petroquímica para criar mais postos de trabalho e incrementar maior capacidade tecnológica aos angolanos. O Ministro disse acreditar que o país se encontra numa era capaz de levar ao surgimento de maiores indústrias na área da petroquímica, a par de outras iniciativas capazes de assegurar para 2009 um impulso dos índices de desenvolvimento alcançados em De acordo com Joaquim David, há bastante optimismo em relação ao futuro, pois foram identificadas as acções capazes de impulsionar o investimento privado, bem como gizou-se um programa a submeter ao Conselho de Ministros, que, em caso de aprovação, poderá resultar em investimentos privados superiores aos do ano de economia Mais de 80 milhões de dólares empregues no sector da indústria huambo Oitenta e sete milhões 312 mil e 292 dólares estão a ser investidos, na província do Huambo, por empresários nacionais e estrangeiros, visando a instalação de novas indústrias e a consequente reabilitação de outras. Deste montante, disse o Pirector Provincial da Indústria, Geologia e Minas, Manuel Chieque, destaca-se o investimento que está a ser feito na reabilitação da cervejeira CUCA (42 milhões e 600 mil dólares), uma cerâmica de tijolos e telhas (16 milhões e 708 mil e 160 dólares) e a indústria de painéis modulares (12 milhões). O responsável provincial do sector da indústria anunciou, por outro lado, que os restantes investimentos estão a ser aplicados na instalação de três indústrias de engarrafamento de água (14 milhões 877 mil e 81 dólares), três panificadoras (906 mil e 907 dólares) e uma serração/carpintaria (220 mil e 144 dólares). Citou que dos 11 empreendimentos industriais oito estão a ser erguidos pela primeira vez, enquanto outros três, incluindo a cervejeira CUCA, estão a ser reabilitados. Além destes investimentos, esclareceu, está também em curso a construção de uma cerâmica, orçada em 17 milhões e 196 mil e 18 euros. Sublinhou ainda que grande parte destes empreendimentos entrará em funcionamento já no primeiro semestre de 2009, enquanto os outros estarão concluídos em finais deste ano ou no início de 2010, prevendo-se a criação de 707 novos postos de trabalho. Manuel Chieque disse também que estas novas indústrias estão a ser erguidas nos municípios do Huambo (capital da província), cinco, Tchikala-Tcholohanga (três), Caála (dois) e Londuimbali (um empreendimento industrial). Actualmente, frisou, estão em funcionamento 128 unidades de produção, contra as 222 existentes antes de 1991, altura em que se intensificou o conflito armado que destruiu, por completo, as infra-estruturas industriais do Huambo. Para ele, tal número de indústrias ainda não satisfaz cabalmente a grande procura dos consumidores, devido ao débil fornecimento de água e energia eléctrica às unidades de produção. 8 economia Ponte Cais de Cabinda recebe navio de grande porte pela primeira vez cabinda A ponte-cais de Cabinda que nos últimos dez anos tem vindo a ganhar a categoria de pequeno porto para atracagem de navios com cargas contentorizadas, recebeu o seu primeiro navio de grande porte, com mais de 132 metros de comprimento e 15 metros de largura. A atracagem do navio proveniente da República do Brasil demonstra os esforços que a direcção do Porto de Cabinda tem vindo a empreender na requalificação da pontecais, alargamento da área de parqueamento das cargas contentorizadas bem como na segurança da acostagem dos navios e na dragagem do largo de manobra e não só. O navio tem um calado de 7m 20 cm e possui uma capacidade de transportar contentores de 20 a 40 pés, com cargas, numa escala de 8 toneladas e meia, o que vem demonstrar a segurança que a ponte Cais de Cabinda vai ganhado para a categoria de Porto, sem riscos de maior nas descargas e cargas deste tipo de navio. O navio, cujo nome a nota não refere, tem uma tripulação Ucraniana e o seu agenciador ou armador é a empresa de Shipping angolano, Manubito. O navio transportou do Brasil para o porto de Cabinda, 19 autocarros do governo da Província, e as operações de descargas e acostagem, bem como as manobras desde o alto mar para o cais decorreram da melhor forma, conforme O navio tem um calado de 7m 20 cm e possui uma capacidade de transportar contentores de 20 a 40 pés, com cargas, numa escala de 8 toneladas e meia, garantem as autoridades da pilotagem da barra de Cabinda. O acto da chegada do navio junto a ponte-cais de Cabinda foi testemunhado pelo Vice- Governador de Cabinda para Área Técnica, António Manuel Gime, Director do Porto, Osvaldo Lobo de Nascimento, e o Piloto de Barra da Capitania de Cabinda, Santos Domingos. A ponte-cais de Cabinda foi construído em 1956 e possui uma estrutura metálica que data até aos dias de hoje, estando a sofrer várias remodelações. 9 REconstrução nacional Sentido ascendente da via expresso Luanda/Viana recebe novo asfalto luanda Parte dos dez quilómetros do segundo lote da via expresso Luanda/Viana, no seu sentido ascendente, conta com um novo tapete asfáltico, na sequência da intervenção iniciada em Dezembro de 2008, depois de asfaltado o lado esquerdo. Dos dez quilóm
Search
Similar documents
View more...
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x