Magazine

Boletim Informativo Nº 6_ Setembro 2012

Description
RECICLEAINFORMAÇÃO;PENSEANTESDEIMPRIMIR OMEIOAMBIENTEAGRADECEDirector: Camilo Ussene ã Editor: Vasco Davane ã Ano III /Nº 6 ã Setembro 2012…
Categories
Published
of 8
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
RECICLEAINFORMAÇÃO;PENSEANTESDEIMPRIMIR OMEIOAMBIENTEAGRADECEDirector: Camilo Ussene • Editor: Vasco Davane • Ano III /Nº 6 • Setembro 2012 BOLETIMINFORMATIVO Num acto carregado de maior solenidade e festividade, a Universidade Pedagógica (UP) graduou no dia 27 de Julho de 2012, no Estádio Nacional do Zimpeto, 2500 profissionais em diversas áreas do saber científico. O Presidente da República Armando Guebuza, inaugurou no passado dia 2 de Julho do corrente ano, o Campus Universitário, da Universidade Pedagógica (UP), Delegação de Montepuez; um empreendimento de raiz erguido no bairro de Ncoripo, arredores daquela Cidade, uma cerimónia ímpar que coincidiu com a primeira graduação de bacharéis. Boletim Mensal/ Registo: DISP.REG/GABINFODEC/2008; Proprietário - Universidade Pedagógica * Director: Camilo Ussene * Editor: Vasco Davane Redacção: Hortênsio Eliseu Sueia, Diogo Homo, Célia Chemana, Armando Mutombene, Yolanda Dambi, João Maurício e Daniel Siquisse * Design e Grafismo: GCI UP (Gabinete de Comunicação e Imagem da Universidade Pedagógica) * Direcção, Redacção e Administração: Rua João Carlos Raposo Beirão 135 * Email: boletiminfoup@gmail.com * Telefone: 21 303827, Fax: 21 305090 FichaTécnica O sonho tornado realidade, foi testemunhado por diversas personalidades da vida política e académica, entre eles o Governador da Província de Cabo Delgado, Eliseu Machava e o Magnífico Reitor da UP, Prof. Doutor Rogério Uthui. Dirigindo-se aos presentes, o Chefe de Estado enalteceu as realizações da UP, como instituição pública que tem vindo a responder de forma positiva aos desafios do governo, no que concerne à formação de quadros superiores para o sector de educação, que constitui uma espinha dorsal do combate à pobreza, um dos pontos basilares plasmados no plano de governação. Segundo o estadista moçambicano, quando o país ficou independente, só existia uma universidade, baseada em Maputo, mas, hoje, mais de 40 universidades estão instaladas em todo o país. “De quarenta alunos moçambicanos que estavam na universidaA Universidade Pedagógica está em todo o País Cont. Pág. 03 Cont. Pág. 02 Segundo o magnífico Reitor Em Montepuez - A UP é UMA EScolA dE UnidAdE nAcionAl PRESidEntE GUEbUzA inAUGURA cAMPUS UnivERSitáRio dA UP Acompanhado dos directores dos órgãos centrais, das faculdades, das delegações e de outros convidados, o Reitor da UP, Prof. Doutor Rogério Uthui disse que a UP é uma escola de unidade nacional, uma vez que, está implantada em todo o país, tendo apelado aos graduados a contribuírem com o seu saber científico adquirido na universidade para impulsionar o desenvolvimento do país e serem capazes de enfrentar os desafios que lhes esperam pela frente. Ainda na sua locução, o Reitor disse que a universidade está aberta para receber o contributo dos mesmos na qualidade de profissionais em diversas áreas. Por seu turno os graduados dirigindoMembro do Conselho do Estado António Muchanga recebendo o seu Diploma do Reitor Prof. Doutor Rogério José Uthui PR Armando Guebuza inaugurando o Campus da UP-Montepuez UNIVE RSIDADE PEDAGÓ GICA M OCAMBIQUE 02 BOLETIMINFORMATIVO AUPestáemtodooPaís Setembro 2012 - A UP é uma escola de unidade nacional *CONTINUAÇÃO UP-nAMPUlA cElEbRA 17º AnivERSáRio dA SUA ExiStênciA onP-FcnM SolidáRiA coM o cEntRo dE AcolhiMEnto do inFUlEnE Intervindo na ocasião, o Prof. Doutor Mário Jorge Brito, director da UP-Nampula, lembrou aos presentes, dos ganhos que a delegação vem empreendendo desde a sua criação há dezassete anos, em prol do desenvolvimento da província em particular e do país em geral. Num outro desenvolvimento, o director da UP-Nampula frisou que os dezassete anos significam inovação, na medida em que a instituição aposta no empreendedorismo e formação dos seus quadros ao nível do país como alavanca para o desenvolvimento. O Prof. Doutor Mário Jorge Brito mostrou a sua satisfação pelos ganhos que a delegação tem vindo a registar, com mais destaque para as áreas de formação, como forma de proporcionar o emprego aos estudantes que se formam na UP-Nampula. De referir que, a delegação de UP-Nampula conta com um efectivo estudantil de pouco mais de sete mil estudantes, distribuídos em trinta e dois cursos, dos sete departamentos existentes, a destacar: Educação e Psicologia; Ciências Sociais; Ciências de Linguagem, Comunicação e Arte; Ciências Naturais e Matemática; Educação Física e Desporto; Escola Superior Técnica e; Escola Superior de Contabilidade e Gestão. A UP-Nampula tem em manga a construção de mais um edifício em Muahivire-Expansão, e projecta igualmente, a aquisição e apetrechamento de um centro de recursos em Nacala, Angoche e Ribawe, locais onde a Universidade funciona, e tem interesses nos distritos da mesma Província de Nampula. Hoje a UP aposta no futuro de seus formandos e, é intitulada “o espelho da nação moçambicana”. Por: Yolanda dambi -se aos familiares, docentes, e aos demais que se fizeram presentes no estádio, afirmaram que, estão dispostos a trabalhar arduamente para dignificar a instituição que os viu a crescer durante 4 anos, para além de dar o seu auxílio, através do saber para o desenvolvimento de país. No entanto, estes lamentaram o insucesso de alguns dos seus colegas, que não chegaram ao fim devido a vários factores. Para dar mais calor e ânimo à cerimónia, desfilaram músicos de gabarito na praça, nomeadamente: Chico António, Roberto Xitsondzo, Jó Malú e Lorena Nhate, que para além de cantar e encantar foi uma das graduadas. Por: diogo homoProfª. Doutora Bendita Donaciano, Mestre Sansão Timbane e Prof. Doutor Rogério José Uthui drª Anabela Mabuaingo, Prof. Doutor Daniel Nivagara e drª Célia Chemana Graduados da UP-Sede no estádio nacional do Zimpeto A Universidade Pedagógica, UP, delegação de Nampula celebrou nos dias 10 e 11 de Agosto do corrente ano, o 17º aniversário da sua fundação. O acto foi coroado por diversas actividades, designadamente: marcha que partiu do Destacamento Feminino até ao Anfiteatro da Academia Militar Marechal Samora Machel, localizado na mesma cidade, ginástica aeróbica, futebol, exposições, feira de saúde, feira gastronómica, e uma palestra. A Faculdade de Ciências Naturais e Matemática (FCNM), através da Organização Nacional de Professores (ONP) da Universidade Pedagógica (UP) procedeu à entrega de diversos kits de roupa e material didáctico (330 peças de roupas, 12 pares de calçado, material didáctico: livros, canetas, réguas, afiadores, brinquedos), ao Centro de Acolhimento do Infulene. O gesto constitui um marco para a história daquela organização ao nível da Faculdade, uma vez que, é pela primeira vez que abraça a actividade de responsabilidade social. Cont. Pág. 03 A representante da ONP na FCNM, Dr.ª Kátia Mariana Monteiro, afirmou que o material doado resultou das contribuições da AUPestáemtodooPaís BOLETIMINFORMATIVO 03Setembro 2012 Presidente Guebuza inaugura Campus Universitário da UP *CONTINUAÇÃO ONP-FCNM sOliDária COM O CeNtrO De aCOlhiMeNtO DO iNFuleNe *CONTINUAÇÃO comunidade estudantil, docentes, Corpo Técnico Administrativo, tendo em vista a garantia das condições básicas dos petizes, bem como participar no processo de ensino-aprendizagem das crianças necessitadas naquele centro. Num outro desenvolvimento, a nossa fonte garantiu que este acto de solidariedade será uma actividade continuada, devendo se alargar para mais centros de acolhimento, escolas comunitárias, visando minorar o sofrimento das crianças que são o futuro do país. O Centro de Acolhimento de Infulene “D”, reabilitado e ampliando em 2007 pela Associação Mozal para o Desenvolvimento da Comunidade, neste momento acolhe cerca de 60 crianças desfavorecidas e órfãs, assistidas por 6 educadoras. Estas crianças têm a educação escolar garantida na Escola Primária de Patrice Lumumba, Escola Primária 19 de Outubro e Escola Secundária de Infulene, na base de um acordo entre o Centro e o Ministério de Educação, sendo que em contrapartida o Centro concedeu algumas salas de aulas à Escola Secundária de Infulene. Para além da educação escolar, as crianças também recebem a educação religiosa através da Igreja Católica. Por: daniel Siquisse de, formados ao longo de 500 anos de dominação estrangeira, hoje temos acima de 100 mil estudantes. Temos consciência que isto é pouco, tendo em conta o número de habitantes de Moçambique, mas também temos consciência de que com muito pouco se faz muito”, disse Guebuza. O presidente da república mostrou-se convicto de que, como aconteceu com o regime colonial português, um dia a pobreza será vencida, passando por conseguinte para história. Para o efeito, o mais alto magistrado do Estado moçambicano, orientou aos presentes para a necessidade de auto-estima, tendo como estandarte a nossa moçambicanidade e que cada um faça sua parte para o desenvolvimento do país, porque, a sorte procura-se trabalhando e não de mãos cruzadas. “Cumpri-nos trabalhar para consolidar a nossa unidade como moçambicanos. Quando a universidade vem para Montepuez, significa que a preocupação do governo é de que em todo o país haja instituições de produção de saber, instituições que farão a diferença no desenvolvimento de Moçambique, um Moçambique cada vez mais capaz de fazer face aos desafios que se colocam: unidade, produção de saber, trabalharmos para que a pobreza recue, e o bem-estar prospere”, enfatizou o presidente da república. Por seu turno o reitor da UP, Prof. Doutor Rogério Uthui, indicou que o local onde se localiza o Campus de Montepuez, estava projectada a fábrica de peixe de Montepuez, foram edificadas cinco salas de aulas, dois laboratórios, sala de informática, biblioteca, anfiteatro, dois blocos administrativos de direcção, além de infra-estrutura social, incluindo o apetrechamento do mobiliário, num investimento global de 60 milhões de meticais, provenientes do Orçamento do Estado, e do apoio do governo de Cabo Delgado. O “cancro” de falta de salas que a UP Montepuez padecia, ficou para história e o compromisso é, a partir de agora, superar o aproveitamento pedagógico dos anos anteriores, porque, as condições já estão criadas para que o processo de ensino e aprendizagem decorra sem sobressaltos. Para atingir o patamar que a delegação almeja terá que trilhar por caminhos considerados sinuosos porquanto, existem muitos desafios que se colocam pela frente que dependem da união e sacrifício de todos, pois o Campus de Ncoripo apenas constitui o início de uma longa jornada, que culminará com a criação de condições técnico-financeiras para responder cabalmente à demanda e exigência sociais que as instituições de ensino superior do sector público enfrentam em Moçambique. A cerimónia de inauguração do Campus, coincidiu com a graduação dos primeiros 116 bacharéis em ensino de língua portuguesa, Inglês e Química, sendo os dois últimos cursos ministrados a distância. Refira-se que a Delegação da Universidade Pedagógica, em Montepuez, situada na região sul de Cabo Delgado, foi criada a 19 de Maio de 2008, ao abrigo do Despacho nº 129/GR/UP/2008. Em 2009 abriu portas para leccionação na Escola Secundaria de Montepuez, com 153 estudantes, sendo 119 homens e 34 mulheres, assistidos por 11 docentes. Decorridos quatro anos, a delegação, conta com 1255 estudantes e 50 docentes. Por: João Maurício PR visita biblioteca da UP-Montepuez Cesta bássica do conhecimento oferecida ao PR 04 BOLETIMINFORMATIVO AUPestáemtodooPaís Setembro 2012 A Universidade Pedagógica (UP), Delegação da Beira, graduou no presente ano, 785 técnicos superiores, 778 licenciados e sete mestres. O evento que decorreu no pavilhão do Clube Ferroviária da Beira, constitui a 13ª cerimónia de graduação na história da delegação e foi honrada pela presença do Ministro da Educação, Dr. Zeferino Martins, acompanhado pelo Reitor da UP, Prof. Doutor Rogério Uthui, Governador da província de Sofala, Dr. Carvalho Muária, corpo docente e demais convidados. Decorreu no passado dia 23 de Julho do ano corrente a inauguração do Centro Universitário de Cultura e Artes (CUCA), na Delegação da Universidade Pedagógica, Beira, UP-Beira um acto que foi orientado pelo Ministro da Educação, Dr. Zeferino Martins, na companhia do Reitor da UP, Prof. Doutor Rogério Uthui, do governador da província de Sofala, Dr. Carvalho Muária, docentes e demais convidados. UP-bEiRA REAlizA 13ª GRAdUAção Durante a cerimónia, o Reitor da UP instou aos graduados a enveredarem pelo empreendedorismo, serem dinâmicos nos locais de trabalho, empenhados e, terem iniciativa com vista a solucionarem problemas de vária ordem o que contribuirá na criação de mais postos de trabalho rumo ao desenvolvimento. Por sua vez, o Governador disse contar com a UP na formação de quadros com capacidades de ultrapassar desafios que o país se debate, e para dar resposta às consequentes descobertas de recursos naturais, que devem ser transformados em recursos de combate à pobreza. Muária, instou a UP-Beira a continuar a assumir com mais vigor o seu papel de parceiro do Governo de Sofala na implementação do Plano Estratégico de Desenvolvimento 2010-2020, documento que expressa a imagem objectiva do que se pretende alcançar a médio e longo prazo, tendo como principal meta reduzir os actuais índices de pobreza para um nível abaixo de 40%. Os 785 técnicos superiores graduados na UP-Beira, espelham o mosaico cultural de Moçambique, e são originários de diferentes províncias, a destacar: Maputo, Gaza, Inhambane e Tete, o que fortalece a unidade nacional através do encontro das várias culturas de que Moçambique dispõe. Por: daniel Siquisse Graduados da UP Beira Da esquerda para direita, Drs. Carvalho Muária e Zeferino Martins; Prof.Doutores Rogério Uthui e Zacarias Ombe na beira cUcA Já é UMA REAlidAdE Falando na ocasião, o Ministro da Educação afirmou que com inauguração do CUCA, a UP soube interpretar e concretizar as aspirações do povo, naquela província, oferecendo mais um espaço das artes, um dos maiores do país, onde a sociedade pode exprimir e valorizar a arte e cultura. “Com a reinauguração deste edifício, testemunhamos o quanto, o nosso país vai se edificando rumo ao desenvolvimento, à harmonia social, ao domínio da ciência e da tecnologia e, à valorização da nossa cultura e arte”, disse Martins. Por seu turno o Reitor indicou que, o CUCA vem consolidar a intenção de tornar a UP um espaço de referência na construção e disseminação da arte e cultura moçambicanas e da cultura universal. “Pretende-se que seja um espaço de criação e de divulgação da ciência, da arte e da cultura através de conferências, seminários, simpósios, espectáculos, teatro, gastronomia, e de outros eventos de cunho científico, nacional e internacional”, frisou o Reitor tendo lançado para UP e para a Delegação da Beira o desafio de melhor enquadrar a cultura e a arte nos seus temas, no processo de ensino, pesquisa e extensão, pois só assim o empreendimento assumirá o seu mais amplo significado. De referir que o CUCA que outrora serviu de cinema, comporta uma grande sala de espectáculos com capacidade para 1200 espectadores, uma esplanada e espaço de restauração com bar e comunicação interna, para além de um espaço para exposição de trabalhos artísticos e salas de reuniões. No presente ano a UP já inaugurou três infra-estruras, nas delegações de Montepuez, Gaza e Beira, tendo em vista a melhoria das infra-estruturas em locais onde a UP está presente. Por: daniel Siquisse Inauguração do CUCA pelo Ministro da Educação Dr. Zeferino Martins AUPestáemtodooPaís BOLETIMINFORMATIVO 05Setembro 2012 A Universidade Pedagógica (UP) e a empresa de telefonia móvel MOVITEL, assinaram no dia 01 de Agosto de 2012, um Contrato de Serviço de IP Alugadas – IPLL, com objectivo de fornecer serviços da MOVITEL às delegações da UP, nomeadamente, UP Montepuez, UP Tete, UP Manica, UP Massinga e UP-Sede. O Contrato foi rubricado pelo Reitor da UP, Prof. Doutor Rogério Uthui, e Duong Quoc Chinh, Director da MOVITEL. UP invEStE UM Milhão dE dólARES PElA inFoRMAtizAção A UP há quatro anos iniciou o projecto de modernização, tendo como maior componente a informatização, este projecto que custou um investimento de perto de um milhão de dólares norte americanos, neste período. Intervindo na ocasião, o Reitor afirmou que o acordo assinado reveste-se de maior importância na medida em que a UP está presente em todo o país. “O aspecto de comunicação é muito importante, teremos facilidades em termos de troca de documentos e sua gestão, e a pesquisa é a nossa prioridade. Com a montagem da espinha dorsal de comunicação dentro do país, as redes das delegações ficaram ligadas entre si, através de uma ligação directa”, disse. No âmbito de desenvolvimento tecnológico, a UP já tem a telefonia sobre a internet designada de VOIP, para além de estar ligado através de vídeo-conferência na maioria das delegações, faltando apenas duas ou três delegações para estabelecer, uma plataforma que serve para a melhoria da qualidade de educação, através da leccionação e também para a gestão da própria universidade, promovendo encontros tendo em vista o desenvolvimento do sector. Segundo o Prof. Doutor Rogério Uthui, a parceria com a Movitel reveste-se de uma importância acrescida, pois, a Movitel é provedora de telefonia móvel e de Internet, e devido ao investimento que fez nos últimos anos torna o país na rota de comunicação no mundo. “O país tem no momento a terceira maior espinha dorsal de comunicação em África, em termos de fibra óptica, o que abriu oportunidades únicas para UP que trabalha em cada um dos distritos do país”, referiu o reitor. Por seu turno, Duong Quoc Chinh afirmou que cooperar com a maior universidade do país reveste-se de uma importância acrescida para a Movitel e a UP. “É um passo significativo para a educação e para a empresa. A nossa infra-estrutura chega a todos os distritos do país. Estaremos felizes se a universidade usar a nossa internet”, indicou Duong Quoc Chinh, para depois acrescentar que no presente momento a Movitel oferece internet a 4200 escolas em todo o país, e nesta parceria vai fornecer o sistema de vídeo-conferência à UP em todo o país e um sistema de software para a UP desenvolver melhor o ensino. Este acordo vai permitir uma ligação mais larga do que se tinha em termos de comunicação e, consegue-se a um preço bonificado, esperando-se a ampliação da cooperação para outros domínios. A cooperação entre o Vietname e a UP tem atravessado bons momentos, salientando-se a visita do embaixador vietnamita em Moçambique à UP, em Março último, para além da ida de um docente da Língua portuguesa para o Vietname, e a vinda de estudantes vietnamitas para frequentarem cursos na UP. Por: vasco davane nos últimos quatro anos Duong Quoc Chinh, Director da MOVITEL e Prof. Doutor Rogério Uthui, Reitor da UP Duong Quoc Chinh, Director da MOVITEL 06 BOLETIMINFORMATIVO AUPestáemtodooPaís Setembro 2012 O Vice-ministro da Educação, Prof. Doutor Arlindo Chilundo, em representação do Primeiro-Ministro, acompanhado pelo Reitor da UP, Prof. Doutor Rogério Uthui, inaugurou o IV bloco multifuncional, da Universidade Pedagógica, Delegação de Gaza, UP-Gaza, localizado no Campus de Venhene, distrito de Xai-Xai, em Gaza, que veio a melhorar as condições de trabalho e de ensino e aprendizagem da Delegação. Participaram ainda nesta efeméride, directores das delegações e dos órgãos centrais da UP, docentes, estudantes, corpo técnico administrativo, comunidade local e demais convidados. Em Gaza UP inAUGURA MAiS UMA inFRA-EStRUtURA UP-nAMPUlA GRAdUA MAiS dE SEiScEntoS PRoFiSSionAiS O empreendimento é constituído por um bloco de três pisos, com três salas de aulas, laboratório, biblioteca, sala de reuniões, economato, centro social, uma sala de informática, sala para docentes, núcleo de pesquisas e um compartimento administrativo onde funcionarão os gabinetes de directores de cursos, adjuntos administrativos e pedagógicos e, gabinetes das Repartições de Planificação, e de Património, e custou aos cofres da UP cerca de três milhões de meticais. Fal
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x