Documents

Bovinos Leite Avaliação Indicadores

Description
Pretende-se com este artigo sensibilizar e estimular produtores e técnicos a adotarem medidas adequadas para o controle e avaliação dos indicadores técnicos da propriedade leiteira, para serem usados na elaboração de diagnósticos e identificação de restrições ao aumento da produção e à melhoria da produtividade e renda
Categories
Published
of 10
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  Indicadores técnicos de eficiência e rendana propriedade leiteira José Ladeira da Costa 1 Embrapa Gado de Leite Introdução Pretende-se com este artigo sensibilizar e estimular produtores e técnicos aadotarem medidas adequadas para o controle e avaliação dos indicadores técnicosda propriedade leiteira para serem usados na elaboração de diagn!sticos eidenti icação de restriç#es ao aumento da produção e $ mel%oria da produtividadee renda& Com essa inalidade são prestadas in ormaç#es sobre dez indicadorestécnicos que e'ercem orte impacto sobre a produção e renda os quais emvirtude de acilidade de determinação e interpretação deveriam ser acompan%adose avaliados rotineiramente pelos produtores de leite&( impacto dos principais indicadores de desempen%o sobre a produção erenda de uma propriedade leiteira é mostrado na )abela 1&   *eri ica-se queaumentos na produção de leite e em conseq+,ncia na receita podem ser obtidoscom a mel%oria de quatro ndices. lotação das pastagens intervalo de partosduração da lactação e produção por vaca orden%ada& /este e'emplo aumentos naprodução de leite de duas a cinco vezes oram obtidos com a evolução dosindicadores de desempen%o zootécnico tpicos de um sistema de produçãotradicional 02 para sistemas mel%orados 03 e C2& 4uanto ao saldo parcial obtido0 Receita  menos despesas 2 é a etado principalmente pelos gastos comconcentrados e pela produtividade da mão-de-obra sendo estes os principaiscomponentes de despesas nas propriedades leiteiras especializadas& 5 importantedestacar que o preço do leite é uma vari6vel dependente do mercado7 contudogan%os adicionais podem ser obtidos com o aumento da produção e a mel%oria daqualidade do leite& (s dados da )abela 1 indicam que aumentos da produção e produtividadee mel%oria da renda ou se8a os grandes desa ios dependem e'clusivamente da irme decisão do produtor de evoluir da de inição clara dos ob8etivos e metas e daadoção de medidas necess6rias para alcanç6-los& Para isso é preciso maiordedicação do produtor a atividades tpicas de gerenciamento entre as quais seinclui o controle e avaliação dos indicadores técnicos da propriedade& 1.Porcentagem de vacas em lactação  porcentagem de vacas em lactação 09*L2 é um bom indicador dae ici,ncia produtiva do reban%o por combinar os e eitos do intervalo de partos eda duração da lactação ndices req+entemente descon%ecidos dos produtores eque t,m orte impacto na produção de leite con orme mostrado na )abela 1&)rata-se de um indicador de 6cil determinação bastando saber o n:mero devacas em lactação 0*L2 e o n:mero total de vacas do reban%o 0*)2 ou se8a 9*L; *L<*)=1>>& 1  Palestra apresentada no ?@ Aio Bul Leite  )r,s Aios AJ em D1<><D>>?& E&mail. ladeiraFcnpgl&embrapa&br     1  )abela 1& Evolução na produção de leite na receita e no saldo parcial dosubsistema vacasH em unção da mel%oria dos indicadores técnicos&= Indicadoresnidade3CPastagens para as vacasKa>>>1& Lotação das pastagens*acas<Ka11?D  Vacas (Total)Nº304560  D& Intervalo de partosM,s1N1?1O  Partos no anoNº233651 & uração da lactaçãoM,sQR1>  Vacas em lactação50!060!0 1!4 O& Produção por vaca orden%adaL<iaNR1D  Prod#ção de leite$%&ia'0243514 Receita com a enda de leiteR%*+s1,3 2!503, 05! 5 ,-42!-6  ?& Aelação leite produzido<concentrado para vacasL<SgN?O  &espesa com concentradoR%*+s12-! 5 41!151,'60! 1 N& Produtividade da mão-de-obraL<KN>1>>1?>  &espesa com mão.de.o/raR%*+s6-6!251,111! 31,56-!5 aldo parcialR%*+s55 !501,-52!- 4,313!5- = Considerando. leite ; AT >?><litro7 concentrado ; AT >?><Sg7 mão-de-obra; AT 1?>>< ia de serviço& variação na 9*L em unção do intervalo de partos e duração da lactação émostrada na )abela D& ( n:mero médio de vacas em lactação é calculadodividindo-se o total de vacas do reban%o pelo intervalo de partos 0meses2resultando no n:mero de vacas que dever6 parir a cada m,s7 e multiplicando-seeste valor pelo perodo de lactação 0meses2 obtém-se o n:mero de vacas emlactação& E'emplo. num reban%o com 1>> vacas IP; 1O meses e L ; 1>meses tem-se. 1>><1O=1> ; 1 vacas em lactação& /o total de vacas não oram includas as novil%as em reprodução pois para esta categoria de animais aidade ao primeiro parto é o indicador mais apropriado para se avaliar a e ici,nciado sistema de criação&lgumas conclus#es sobre a )abela D re erentes $ ta'a de vacas emlactação são.  lta 9*L resulta de intervalo de parto 0IP2 curto combinado com lactaçãolonga indicando boa e ici,ncia produtiva7  Pode ocorrer bai'a 9*L em reban%os com e'celente IP quando as lactaç#essão curtas em razão do grande impacto causado pela duração da lactação0L2 sobre a 9*L7  Aeduzindo-se de 1? para 1 meses o IP no reban%o e mantendo-se em dezmeses a L %aver6 um crescimento de 1?9 no n:mero de vacas emlactação no n:mero de crias e possivelmente na produção de leite7  umentando-se de oito para dez meses a L e mantendo-se em 1O meses oIP obt,m-se gan%os adicionais de DO9 no n:mero de vacas em lactação epossivelmente na produção de leite por dia7 2   Aeduzindo-se de 1? para 1 meses o IP e aumentando-se de oito para dezmeses a L pode-se obter aumentos de 19 no n:mero de crias e de O?9no n:mero de vacas em lactação 0de ? para 2 e possivelmente naprodução de leite&)abela D& *ariação na porcentagem de vacas em lactação em unção do intervalo departos e da duração da lactação&Intervalo departos0m,s2uração da lactação 0m,s2QR1>*acas em lactação 0921D?QN?Q1?ONDNR1O?>?NO11?O?N>N1NOO?>?NN1O1?>??R1QROO?>?N porcentagem de vacas em lactação pode variar ao longo do ano devido $concentração de partos em determinadas épocas do ano decorrentes de alguns atores. a2 di erença de mane8o alimentar do reban%o principalmente entre asépocas das c%uvas e da seca7 b2 interesse do produtor em concentrar a parição noincio da época da seca devido ao maior preço do leite neste perodo7 c2di iculdades de concepção das vacas no verão por causa do estresse provocadopelas altas temperatura e umidade do ar& Portanto é importante avaliar-se aevolução mensal da porcentagem de vacas em lactação para se ter umdiagn!stico mais preciso da propriedade& duração e a persist,ncia da lactação ou se8a a manutenção da produçãorelativamente est6vel por v6rios meses são caractersticas importantes a seremavaliadas e adotadas como critérios para a seleção e descarte das vacas doreban%o& 2. Relação produção de leite/consumo de concentrado ( gasto com a aquisição de concentrados para vacas em lactação é quasesempre o maior componente da despesa na atividade leiteira& ( percentual dedespesas com concentrados em relação $ receita obtida com a venda de leiteapresenta grande variação em unção das relaç#es litros de leite prod#ido por 1!0  de concentrado cons#mid  o bem como  preço de 1!0 litro de leite e de 1!0  de concentrado  con orme mostram os dados da )abela  em que podem sertiradas as seguintes conclus#es.  dotando-se uma suplementação com 1> Sg de concentrado para cada >litros de leite produzidos a despesa com concentrado ser6 igual a 9 dareceita obtida com a venda de leite caso o leite e o concentrado ten%am omesmo valor7 esta despesa ser6 de D9 ou OD9 caso o preço do leite se8aigual a D>9 acima ou abai'o do preço do concentrado respectivamente7  4uando avor6vel a relação de preços leite<concentrado o ornecimento demaior quantidade de concentrado pode ser compensado pela maior receita coma venda de leite& 3  lém do acompan%amento peri!dico das relaç#es leiteproduzido<concentrado consumido e preços de leite<concentrado é importante oprodutor adotar medidas que assegurem. a2 o erta de orragem de mel%orqualidade para as vacas em lactação visando reduzir a necessidade desuplementação com concentrados7 b2 ornecer concentrado em unção daprodução de leite do est6gio de lactação e da condição corporal das vacas& )abela & *ariação no percentual da receita despendido com concentrado para asvacas em lactação em unção das relaç#es leite produzido<concentrado consumidoHe preço do leite<preço do concentradoH&Aelação Litros de leiteproduzido por 1> Sg deconcentrado consumidoHAelação preço do leite<preço do concentradoH1. >Q1 . 1>Q.19 da receita com concentradosD?DO>?>DOD?DDQDQN?OD>D?1?1ND>D? 3.Produtividade da mão-de-obra  produtividade da mão-de-obra 0PM(2 é um indicador apropriado para sea erir o gasto com mão-de-obra 0M(2 considerado um dos maiorescomponentes do custo de produção de leite devendo ser usado para se avaliar ae ici,ncia da propriedade leiteira ou mesmo comparar di erentes propriedades& PM( pode ser acilmente determinada quando e'pressa em litros de leiteproduzido por trabal%ador por dia. basta dividir a quantidade de leite produzida nodia ou m,s pelo n:mero de serviços 0M( permanente e eventual pr!pria oucontratada2 gastos na atividade leiteira 0orden%a plantio col%eita preparo da orragem alimentação do reban%o roçada etc&2 no perodo avaliado&  in ormaçãoé mais precisa quando obtida acompan%ando-se a evolução mensal da PM(durante um semestre 0secasH e 6guasH2 ou ano& ( monitoramento eacompan%amento da evolução mensal deste indicador são recomend6veis mesmonaquelas propriedades onde se az uso da M( amiliar& PM( tem um grande impacto sobre o custo da mão-de-obra na atividadeleiteira con orme mostrado na )abela O& (s dados indicam que a bai'a PM(pode inviabilizar a produção de leite mesmo com um nvel salarial bai'o& Mostramtambém que mel%orias da PM( proporcionam orte redução na despesapodendo viabilizar mel%orias na remuneração do trabal%ador& mel%oria da PM( depende de condiç#es avor6veis para o trabal%o0instalaç#es m6quinas e equipamentos apropriados2 da mel%oria da produtividadedo reban%o e da pr!pria mão-de-obra adotada 0capacitação qualidaderacionalização do uso2 sendo a etada pelo sistema de alimentação do reban%o0e'clusivamente a pasto ou pasto mais suplementação com volumoso no coc%o2 esistema de orden%a 0manual ou mecUnica2& Em acompan%amento de propriedades com di erentes taman%os e nveistecnol!gicos realizado pela Emater-MG e Cooperativa de Curvelo ondepredominava a produção de leite a pasto com reban%os mestiços Koland,s-Vebuobservou-se uma produtividade média de 11> litros de leite por trabal%ador pordia com variação de ?D a DDD entre propriedades& lguns atores que podem ter 4
Search
Similar documents
View more...
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x