Recruiting & HR

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

Description
ENTIDADE: [ / ] FUNDACAO SISTEL DE SEGURIDADE SOCIAL PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [ ] CELPREV AMAZÔNIA ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO 31/12/2014 Atuário Responsável
Published
of 14
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
ENTIDADE: [ / ] FUNDACAO SISTEL DE SEGURIDADE SOCIAL PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [ ] CELPREV AMAZÔNIA ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO 31/12/2014 Atuário Responsável ANTONIO FERNANDO GAZZONI MIBA: 851 MTE: 851 DA transmitida à Previc em 31/03/2015 às 19:00:35 Número de protocolo : INFORMAÇÕES CADASTRAIS ENTIDADE Código: CNPJ: / Sigla: SISTEL Razão Social: FUNDACAO SISTEL DE SEGURIDADE SOCIAL PLANO CNPB: Sigla: CELPREV AMAZÔNIA Nome: PLANO CELPREV AMAZÔNIA Situação: ATIVO / EM FUNCIONAMENTO Característica: PATROCINADOR Modalidade: CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA Legislação Aplicável: LC 109 ATUÁRIO Nome: ANTONIO FERNANDO GAZZONI MIBA: 851 MTE: 851 Empresa: GAMA CONSULTORES ASSOCIADOS LTDA INFORMAÇÕES SOBRE A AVALIAÇÃO ATUARIAL Motivo da Avaliação: ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO Data do cadastro: 30/09/2014 Data da Avaliação: 31/12/2014 Tipo: Observações: D.A. Simplificada, tendo em vista a divulgação, pela PREVIC, da Portaria nº 696/2014, que classificou o Plano CELPREV AMAZONIA como de baixa probabilidade e impacto, segundo critérios da Supervisão Baseada em Risco adotada pela PREVIC. Além da Instrução MPS/PREVIC nº 12/2014, observou-se, para o preenchimento deste Demonstrativo Atuarial, a Análise Técnica Nº 187/2011/CGMA/DIACE/PREVIC, além de orientações divulgadas pela PREVIC através de seu sítio eletrônico e por meio de palestras, bem como mensagens eletrônicas orientações da PREVIC, pertinentes às inconsistências operacionais e técnicas apresentadas pelo Sistema DAWeb. Destacamos, que conforme informado pela Entidade, as patrocinadoras do Plano são: / TELEMAR NORTE LESTE S.A / TNL PCS S.A. Relatórios Complementares apresentados pelo Atuário (não enviados à PREVIC): GAMA 01 - PA 030/15; GAMA 01 - RE 164/14; GAMA 01 - MA 016/15; GAMA 01 - PC 012/15; GAMA 01 - MA 053/15; GAMA 01 - RE 128/14. Quantidade de Grupos de Custeio: 1 INFORMAÇÕES SOBRE A DURATION DO PASSIVO DO PLANO DE BENEFÍCIOS Duration do Passivo (em meses): 97 Observações: A duração do passivo conforme metodologia prescrita na Resolução CNPC nº 15/2014 e Instrução Previc nº 19/ CARACTERÍSTICAS DOS BENEFÍCIOS Benefício: ABONO ANUAL Benefício Programado: SIM BSD*(K/12); ONDE: BSD - BENEFÍCIO SISTEL PERCEBIDO NO MÊS DE DEZEMBRO; K - NÚMERO DE MESES DO ANO CIVIL EM QUE O PARTICIPANTE TENHA RECEBIDO O BENEFÍCIO SISTEL. CASO O ABONO ANUAL SEJA ORIUNDO DE BENEFÍCIO PROGRAMADO O MÉTODO DE FINANCIAMENTO É CAPITALIZAÇÃO FINANCEIRA, CASO SEJA ORIUNDO DE BENEFÍCIOS DE RISCO DE AUXÍLIO-DOENÇA O MÉTODO DE FINANCIAMENTO É PRÊMIO NIVELADO INDIVIDUAL. Benefício: APOSENTADORIA ANTECIPADA Benefício Programado: SIM TRANSFORMAÇÃO DE 100% DO SALDO DE CONTA TOTAL EM RENDA MENSAL. SALDO DE CONTA TOTAL= CONTA DE PARTICIPANTE + CONTA DE PATROCINADORA. A TRANSFORMAÇÃO PODERÁ SER FEITA DE ACORDO COM UMA DAS OPÇÕES: I- RENDA MENSAL POR PRAZO DETERMINADO DE, NO MÍNIMO, 10 ANOS E DE, NO MÁXIMO, 20 ANOS; II- RENDA MENSAL ENTRE (0,5% E 1,5%) DO SALDO DE CONTA TOTAL; III- RENDA MENSAL VITALÍCIA CONTRATADA FORA DA SISTEL. CASO A RENDA MENSAL SEJA INFERIOR A 1 (UMA) UNIDADE DE REFERÊNCIA DO PLANO, PODERÃO, EM QUALQUER MOMENTO, EM COMUM ACORDO ENTRE A FUNDAÇÃO E O PARTICIPANTE OU BENEFICIÁRIO, SER TRANSFORMADOS EM UM PAGAMENTO ÚNICO DE VALOR EQUIVALENTE AO SALDO DE CONTA REMANESCENTE. Benefício: APOSENTADORIA NORMAL Benefício Programado: SIM TRANSFORMAÇÃO DE 100% DO SALDO DE CONTA TOTAL EM RENDA MENSAL. SALDO DE CONTA TOTAL= CONTA DE PARTICIPANTE + CONTA DE PATROCINADORA. A TRANSFORMAÇÃO PODERÁ SER FEITA DE ACORDO COM UMA DAS OPÇÕES: I- RENDA MENSAL POR PRAZO DETERMINADO DE, NO MÍNIMO, 10 ANOS E DE, NO MÁXIMO, 20 ANOS; II- RENDA MENSAL ENTRE (0,5% E 1,5%) DO SALDO DE CONTA TOTAL; III- RENDA MENSAL VITALÍCIA CONTRATADA FORA DA SISTEL. CASO A RENDA MENSAL SEJA INFERIOR A 1 (UMA) UNIDADE DE REFERÊNCIA DO PLANO, PODERÃO, EM QUALQUER MOMENTO, EM COMUM ACORDO ENTRE A FUNDAÇÃO E O PARTICIPANTE OU BENEFICIÁRIO, SER TRANSFORMADOS EM UM PAGAMENTO ÚNICO DE VALOR EQUIVALENTE AO SALDO DE CONTA REMANESCENTE. Benefício: APOSENTADORIA POR INVALIDEZ Benefício Programado: NÃO TRANSFORMAÇÃO DE 100% DO SALDO DE CONTA TOTAL EM RENDA MENSAL. SALDO DE CONTA TOTAL= CONTA DE PARTICIPANTE + CONTA DE PATROCINADORA. A TRANSFORMAÇÃO PODERÁ SER FEITA DE ACORDO COM UMA DAS OPÇÕES: I- RENDA MENSAL POR PRAZO DETERMINADO DE, NO MÍNIMO, 10 ANOS E DE, NO MÁXIMO, 20 ANOS; II- RENDA MENSAL ENTRE (0,5% E 1,5%) DO SALDO DE CONTA TOTAL; III- RENDA MENSAL VITALÍCIA CONTRATADA FORA DA SISTEL. CASO A RENDA MENSAL SEJA INFERIOR A 1 (UMA) UNIDADE DE REFERÊNCIA DO PLANO, PODERÃO, EM QUALQUER MOMENTO, EM COMUM ACORDO ENTRE A FUNDAÇÃO E O PARTICIPANTE OU BENEFICIÁRIO, SER TRANSFORMADOS EM UM PAGAMENTO ÚNICO DE VALOR EQUIVALENTE AO SALDO DE CONTA REMANESCENTE. 3 Benefício: AUXÍLIO RECLUSÃO Benefício Programado: NÃO TRANSFORMAÇÃO DE 100% DO SALDO DE CONTA TOTAL EM RENDA MENSAL PELO PRAZO DE 10 ANOS. SALDO DE CONTA TOTAL= CONTA DE PARTICIPANTE + CONTA DE PATROCINADORA. CASO A RENDA MENSAL SEJA INFERIOR A 1 (UMA) UNIDADE DE REFERÊNCIA DO PLANO, PODERÃO, EM QUALQUER MOMENTO, EM COMUM ACORDO ENTRE A FUNDAÇÃO E O PARTICIPANTE OU BENEFICIÁRIO, SER TRANSFORMADOS EM UM PAGAMENTO ÚNICO DE VALOR EQUIVALENTE AO SALDO DE CONTA REMANESCENTE. Benefício: AUXÍLIO-DOENÇA Benefício Programado: NÃO AGREGADO 80%SP - INSS; ONDE: SP - SALÁRIO DE PARTICIPAÇÃO QUE O PARTICIPANTE TERIA DIREITO NA DATA DO INÍCIO DO BENEFÍCIO; INSS - BENEFÍCIO DE AUXÍLIO-DOENÇA DEVIDO PELA PREVIDÊNCIA SOCIAL. Benefício: BENEFÍCIO PROPORCIONAL DIFERIDO Benefício Programado: SIM TRANSFORMAÇÃO DE 100% DO SALDO DE CONTA TOTAL(SCT) EM RENDA MENSAL. O SCT CORRESPONDERÁ AO SOMATÓRIO DAS SEGUINTES PARCELAS: I- 100% DO SALDO DA CONTA DE PARTICIPANTE; II- 50 % DO SALDO DA SUBCONTA ESPECÍFICA, ACRESCIDO DE 10/12% DO SALDO DA REFERIDA SUBCONTA, PARA CADA MÊS COMPLETO CONTADO A PARTIR DA DATA EFETIVA DO PLANO, ATÉ O MÁXIMO DE 100%; III- 50% A 70% DO SALDO DAS SUBCONTAS DE PATROCINADORA NORMAL BÁSICA, NORMAL ADICIONAL, EVENTUAL E ESPECIAL CONFORME O SOMATÓRIO DA IDADE COM O SERVIÇO CREDITADO EM ANOS NA DATA DO TÉRMINO DO VÍNCULO COM O PATROCINADOR. (45 ANOS= 50%; 55 OU MAIS ANOS= 70%), NA RAZÃO DE 2%. A TRANSFORMAÇÃO DE 100% DO SCT EM RENDA MENSAL PODERÁ SER FEITA DE ACORDO COM UMA DAS OPÇÕES: I- RENDA MENSAL POR PRAZO DETERMINADO DE, NO MÍNIMO, 10 ANOS E DE, NO MÁXIMO, 20 ANOS; II- RENDA MENSAL ENTRE (0,5% E 1,5%) DO SALDO DE CONTA TOTAL; III- RENDA MENSAL VITALÍCIA CONTRATADA FORA DA SISTEL. Benefício: PENS. POR MORTE DO PARTIC. ATIVO, A. DOENÇA OU EM ESPERA DE BPD Benefício Programado: NÃO TRANSFORMAÇÃO DE 100% DO SALDO DE CONTA TOTAL EM RENDA MENSAL PELO PRAZO DE 10 ANOS. SALDO DE CONTA TOTAL= CONTA DE PARTICIPANTE + CONTA DE PATROCINADORA. CASO A RENDA MENSAL SEJA INFERIOR A 1 (UMA) UNIDADE DE REFERÊNCIA DO PLANO, PODERÃO, EM QUALQUER MOMENTO, EM COMUM ACORDO ENTRE A FUNDAÇÃO E O PARTICIPANTE OU BENEFICIÁRIO, SER TRANSFORMADOS EM UM PAGAMENTO ÚNICO DE VALOR EQUIVALENTE AO SALDO DE CONTA REMANESCENTE. Benefício: PENSÃO POR MORTE DO PARTICIPANTE APOSENTADO OU EM BEN. PROP. DIFERIDO Benefício Programado: NÃO A 100% DO BENEFÍCIO QUE O PARTICIPANTE PERCEBIA POR OCASIÃO DO FALECIMENTO, PELO PRAZO REMANESCENTE. CASO A RENDA MENSAL SEJA INFERIOR A 1 (UMA) UNIDADE DE REFERÊNCIA DO PLANO, PODERÃO, EM QUALQUER MOMENTO, EM COMUM ACORDO ENTRE A FUNDAÇÃO E O PARTICIPANTE OU BENEFICIÁRIO, SER TRANSFORMADOS EM UM 4 PAGAMENTO ÚNICO DE VALOR EQUIVALENTE AO SALDO DE CONTA REMANESCENTE. 5 DEMONSTRATIVO DA AVALIAÇÃO ATUARIAL GRUPO DE CUSTEIO: 1 - GERAL Patrocinadores e Instituidores CNPJ Razão Social / AMAZONIA CELULAR S/A / TELE NORTE CELULAR PARTICIPACOES S.A. Participantes Ativos: 27 Tempo médio de contribuição (meses): Folha de Salário de Participação: R$ ,71 Tempo médio para aposentadoria (meses): HIPÓTESES ATUARIAIS Hipótese: Fator de Determinação Valor Real ao Longo do Tempo Salários Valor: 98,12 Hipótese: Hipótese sobre Rotatividade (Percentual) Valor: 6,18% Hipótese: Indexador do Plano (Reajuste dos Benefícios) Valor: INPC (IBGE) Hipótese: Projeção de Crescimento Real de Salário Valor: 3,40 Hipótese: Taxa Real Anual de Juros Valor: 3,80 Hipótese: Tábua de Morbidez Valor: GAMA EXPERIÊNCIA SISTEL HIPÓTESES ATUARIAIS NÃO UTILIZADAS NESTA DEMONSTRAÇÃO Fator de Determinação do Valor Real Longo do Tempo Ben INSS Fator de Determinação Valor Real Longo do Tempo Ben Entidade Hipótese de Entrada em Aposentadoria Hipótese sobre Composição de Família de Pensionistas Hipótese sobre Gerações Futuras de Novos Entrados Projeção de Crescimento Real do Maior Sal Ben INSS Projeção de Crescimento Real dos Benefícios do Plano Tábua de Entrada em Invalidez Tábua de Mortalidade de Inválidos Tábua de Mortalidade Geral Quantidade de benefícios concedidos: 5 Valor médio do benefício (R$): 4.443,84 Idade média dos assistidos: 57 Custo do Ano (R$): ,78 Custo do Ano (%): 3,52 Provisões Matemáticas Benefícios Concedidos Contribuição Definida Benefício Definido Benefícios a Conceder Contribuição Definida Benefício Definido Capitalização Programado Benefício Definido Capitalização não Programado R$ ,10 R$ ,55 R$ ,55 R$ ,55 R$ ,29 R$ ,26 6 PROVISÕES MATEMÁTICAS A CONSTITUIR E CONTRATOS Contabilizado no Ativo Déficit equacionado Serviço passado Outras finalidades Contabilizado no Passivo Déficit equacionado Serviço passado Outras finalidades PATRIMÔNIO DE COBERTURA Patrimônio de Cobertura: R$ ,79 Insuficiência de cobertura: FUNDOS PREVIDENCIAIS ATUARIAIS Finalidade FUNDO DE COBERTURA ESPECIAL Saldo R$ ,27 Finalidade FUNDO OSCILAÇÃO DE COBERTURA BENEFICIOS DE RISCOS Saldo R$ ,43 FUNDO PREVIDENCIAL DE DESTINAÇÃO E UTILIZAÇÃO DE RESERVA ESPECIAL PARA REVISÃO DE PLANO Saldo R$ ,84 FONTE DOS RECURSOS Participantes Assistidos Patrocinador Valor (%) Valor (%) Valor (%) Contribuições previdenciárias 2,07 1,44 Normais 2,07 1,44 Extraordinárias Déficit equacionado Serviço Passado Outras Finalidades Data Início de Vigência: 01/04/2015 7 PARECER ATUARIAL DO GRUPO DE CUSTEIO Principais riscos atuariais: O Risco Atuarial surge, especialmente, pela inadequação de hipóteses e premissas atuariais, as quais trazem volatilidade aos planos de benefícios, sendo que para o Plano CELPREV AMAZÔNIA, caracterizam-se, basicamente, como, Biométricas e Econômico-financeiras, aplicáveis exclusivamente ao benefício de Auxílio Doença, avaliado atuarialmente pelo Método Agregado. Salienta-se que as hipóteses atuariais utilizadas para fins de Avaliação Atuarial anual de 2014 do Plano CELPREV AMAZÔNIA, e seu reposicionamento para 31 de dezembro de 2014, foram aprovadas pela SISTEL, sendo que a Entidade estava subsidiada pelos testes de aderência das hipóteses e premissas atuariais executados por esta Consultoria, cujos resultados foram formalizados à Entidade por meio do Relatório GAMA 01 RE 128/14, observando assim, no que nos pertine, os ditames da Resolução MPS/CGPC nº 18/2006. Ressalta-se que as hipóteses adotadas influenciam exclusivamente no cálculo do custo, custeio e Provisões Matemáticas relativas ao Benefício de Auxílio Doença. 8 INFORMAÇÕES CONSOLIDADAS Participantes ativos do plano: 27 Tempo médio de contribuição do plano (meses): 188 Tempo médio para aposentadoria do plano (meses): 159 TOTAL DAS RESERVAS Provisões Matemáticas R$ ,10 Benefícios Concedidos Contribuição Definida Benefício Definido Benefícios a Conceder Contribuição Definida Benefício Definido Capitalização Programado Benefício Definido Capitalização não Programado R$ ,55 R$ ,55 R$ ,55 R$ ,29 R$ ,26 9 PROVISÕES MATEMÁTICAS A CONSTITUIR E CONTRATOS Contabilizado no Ativo Déficit equacionado Serviço passado Outras finalidades Contabilizado no Passivo Déficit equacionado Serviço passado Outras finalidades RESULTADO DO PLANO Resultado do exercício Déficit Técnico Superávit Técnico Reserva de Contingência Reserva Especial para Revisão de Plano R$ ,44 R$ ,69 R$ 8.981,82 R$ ,88 10 FONTE DOS RECURSOS Participantes Assistidos Patrocinador Contribuições previdenciárias Normais Valor (%) Valor (%) 2,07 2,07 Valor (%) 1,44 1,44 Extraordinárias Déficit equacionado Serviço Passado Outras Finalidades 11 PARECER ATUARIAL DO PLANO Qualidade da base cadastral: A base cadastral encaminhada pela SISTEL, posicionada em 30 de setembro de 2014, foi submetida a testes de consistência e, após ratificações e retificações da Entidade, em relação às possíveis inconsistências verificadas, os dados foram considerados suficientes e exatos para fins da Avaliação, não sendo necessária a elaboração de hipóteses para suprir deficiências da base de dados para fins da Avaliação Atuarial anual. Regras de constituição e reversão dos fundos previdenciais: No que diz respeito aos Fundos Previdenciais, o valor acima mencionado, em 31 de dezembro de 2014, subdivide-se em: i) Fundo de Cobertura Especial, que montava R$ ,27, constituído com valores correspondentes ao saldo da Conta de Patrocinadora que não foram considerados no cálculo dos Benefícios do Plano, sendo atualizado pela cota do Plano e sua utilização dependerá de parecer do responsável técnico-atuarial, conforme previsão em Plano de Custeio anual, devidamente aprovado pela Entidade; ii) Fundo de Revisão de Plano, que monta R$ ,84, tendo como origem os valores de destinação da Reserva Especial referentes aos exercícios de 2009, 2010 e 2011, todos em caráter obrigatório, subdividido entre as parcelas devidas aos Participantes e Assistidos e à Patrocinadora, conforme proporções contributivas atribuíveis a cada uma das partes, bem como à parcela referente à recomposição da reserva de contingência; iii) Fundo de Cobertura dos Benefícios de Risco, que montava R$ ,43 e foi criado por ocasião da Avaliação Atuarial anual de 2008, pelo desmembramento do então Fundo de Oscilações Atuariais, sendo a partir de então atualizado pela cota do Plano, e tem por finalidade garantir a cobertura das oscilações da Provisão Matemática de Benefícios de Riscos. Variação do resultado: Os comentários acerca da variação entre os resultados das Avaliações Atuariais de 30 de setembro de 2014 e 30 de setembro de 2013 constam, de forma pormenorizada, do Relatório GAMA 01 RE 164/14. Considerando os valores reposicionados para a data de encerramento do exercício de 2014, temos que, na confrontação do Passivo Atuarial, dado pelas Provisões Matemáticas, no montante total de R$ ,10, com o Patrimônio de Cobertura do Plano, no montante de R$ ,79, verifica-se que o Plano CELPREV AMAZÔNIA apresentou Superávit Técnico-Atuarial acumulado de R$ ,69, em 31 de dezembro de Da análise, verifica-se que o Superávit do Plano aumentou no exercício de 2014, passando de R$ ,25 em 31 de dezembro de 2013 para R$ ,69 em 31 de dezembro de 2014, representando variação positiva de 107,29%, ou R$ ,44. Esta variação deveu-se, primordialmente, ao fato da redução das provisões matemáticas calculadas atuarialmente, motivada principalmente pela alteração da premissa de rotatividade, ter sido superior à perda atuarial motivada pelo não cumprimento da meta atuarial. No período compreendido pelo exercício completo de 2014, a meta atuarial do Plano foi de 10,26% (INPC mais taxa de juros 3,80%), enquanto que a rentabilidade do exercício foi de 6,56%, conforme informado pela SISTEL, representando uma perda atuarial equivalente a 3,36%. Ressalta-se que as hipóteses são aplicáveis apenas à parcela do Plano estruturada na modalidade de Benefício Definido (BD) do Plano, a saber, o benefício de Auxílio Doença. Neste caso, para a parcela estruturada em Contribuição Definida (CD), não se caracteriza perda atuarial, uma vez que todo rendimento auferido é repassado para os respectivos Saldos de Conta dos Participantes. Natureza do resultado: Na Avaliação Atuarial de 2014, observa-se que o Plano apresentou superávit, o qual foi resultante de causas conjunturais, sendo oriundo, sobretudo, da superação da meta atuarial do Plano em exercícios pretéritos. Tendo em vista que não é possível assegurar que esse fato tem caráter perene, - tal como se pôde observar no exercício ora encerrado - atribui-se natureza conjuntural ao resultado. Desde o exercício de 2009, o Plano vem apresentando sucessivos resultados superavitários. Em razão disso, na Avaliação Atuarial de encerramento de exercício de 2014, foi destinado o valor da Reserva Especial para Revisão de Plano constituída no exercício de 2011, destinação esta de caráter obrigatório, em consonância com as disposições da Resolução MPS/CGPC nº 26/2008. Para tanto, foi criado Fundo Previdencial de Revisão do Plano, 12 destinando-se os valores correspondentes ao exercício de 2011, observando-se as proporções contributivas atribuíveis aos Participantes e Assistidos e aos Patrocinadores. Do Superávit apurado em 31 de dezembro de 2014, o montante de R$8.981,82 foi alocado em Reserva de Contingência e R$ ,87 em Reserva Especial para Revisão do Plano, em conformidade com a Resolução MPS/CGPC nº 26/2008. Soluções para equacionamento de déficit: O Plano CELPREV AMAZÔNIA não apresentou Déficit Técnico na data da Avaliação Atuarial anual e nem no encerramento do exercício de a que se refere a este Parecer. Adequação dos métodos de financiamento: O Plano CELPREV AMAZÔNIA possui o benefício de Auxílio Doença estruturado na modalidade de Benefício Definido (BD) e os benefícios programados estão em estruturados em Contribuição Definida (CD), tanto na fase de captação, quanto na de concessão. Portanto, adota-se para o financiamento do benefício de Auxílio Doença, o Método de Financiamento Agregado, enquanto que o Método de Capitalização Financeira é utilizado para o financiamento dos benefícios estruturados na modalidade de Contribuição Definida (CD). Desta forma, considerando o disposto na Resolução MPS/CGPC nº 18/2006, em nosso entendimento, os Métodos de Financiamento utilizados estão adequados e devem continuar sendo utilizados para os cálculos das Provisões Matemáticas dos benefícios do Plano, à luz da legislação previdenciária vigente. Outros fatos relevantes: 1) As hipóteses atuariais utilizadas na Avaliação Atuarial anual do Plano CELPREV AMAZÔNIA, e no seu reposicionamento para 31 de dezembro de 2014, foram definidas pela SISTEL, cuja decisão foi formalizada por meio da Ata da 164ª Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo, estando estas subsidiadas pelos testes de aderência das hipóteses e premissas atuariais executados por esta Consultoria, sendo os resultados formalizados à Entidade por meio do Relatório GAMA 01 RE 128/14; 2) Dentre as hipóteses atuariais adotadas na Avaliação Atuarial do exercício de 2014 para o Plano CELPREV AMAZÔNIA, comparativamente às adotadas para o exercício de 2013, destacam-se as alterações da projeção de Crescimento Real dos Salários de Participação, de 3,13% a.a. para 3,40% a.a.; alteração do Fator de Capacidade, de 0,9819 para 0,9812; e a adoção de uma Taxa de Rotatividade de 6,18%, observando-se que estas hipóteses só influenciam no cálculo do custo, custeio e Provisões Matemáticas referentes ao benefício de Auxílio Doença; 3) Para fins da Avaliação Atuarial anual de 2014, posicionada em 30 de setembro de 2014, e seu reposicionamento para 31 de dezembro de 2014, foram considerados os valores de patrimônio, ativos de investimentos e exigíveis do Plano informados pela Entidade, conforme constam dos Balancetes Contábeis do Plano nos respectivos meses, bem como, conforme declarado pela Entidade, os ativos de investimento estão avaliados e contabilizados a valor de mercado, pelo que consideramos, para fins das Avaliações, que tais valores refletem a realidade dos fatos; 4) De acordo com os Balancetes Contábeis de setembro e dezembro de 2014, verifica-se que a totalidade do Patrimônio de Cobertura do Plano encontra-se integralizada, assim como o valor presente dos benefícios do Plano estão integralmente cobertos pelos recursos garantidores do Plano CELPREV AMAZÔNIA; 5) O Plano possui R$ ,34 registrados em Fundos, sendo R$ ,54 referentes a Fundos Previdenciais, R$ ,04 referentes à Fundo Administrativo e R$80.704,76 referentes ao Fundo dos Investimentos, em 31 de dezembro de 2014; 6) Em 30/12
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x