Magazine

jornal sem Censura nº 177

Description
É crônico Outros problemas virão e se resolverão, enquanto o hospital Marieta estará lá, como há anos, sobrevivendo diariamente com esse problema crônico,…
Categories
Published
of 16
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
É crônico Outros problemas virão e se resolverão, enquanto o hospital Marieta estará lá, como há anos, sobrevivendo diariamente com esse problema crônico, que de tão conhecido, infelizmente passou a ser ignorado Pág. 2 Itajaí, Balneário Camboriú e Região - 10 de maio de 2017 - Edição - 177 - ano 5 - DISTRIBUIÇÃO GRATUITA - www.jornalsemcensura.com.br Balneário Camboriú Construtora Carelli e vereadores são alvos de investigação reprodução Pág. 5 A PEDIDO trabalho social Emenda Carta Aberta aos Instituto Deputado tucano Excelentíssimos Senhores Reciclavale precisa destina R$ 500 mil ao Desembargadores do Tribunal de Justiça de de apoio Hospital Marieta Pág. 5 Pág. 6 SantaPág.Catarina 3 2 10 de maio de 2017 - Edição - 177 Judicialização da Saúde É crônico * Emerson Gonçalves va, ações de média e alta comple- A A semana começou movimentada na região. Greve xidade que não atendem a demanda no transporte coletivo de Itajaí, operação policial envol- s liminares garantin- de um sistema universal como o do o acesso a medica- nosso, dentre outras anomalias. vendo políticos em Balneário Camboriú, além do grave mentos, exames etc. É importante entender que não estado de saúde do prefeito de Navegantes. Os assuntos no Sistema Único de Saúde podemos colocar esta situação preocupantes mudam e se atualizam a cada minuto, mas (SUS), tem gerado grandes como a predominante, já que muitas um que sempre será constante é o relacionado ao Hospital debates em torno desse tema. decisões judiciais têm seu funda- Marieta. Muitos doutrinadores veem a mento legal e são sustentadas pelas Esta semana esteve em Itajaí o Deputado Federal Mar- judicialização como uma for- necessidades dos usuários. ma de consolidação das desigualdades de Várias comarcas já estão se adequando co Tebaldi (PSDB) garantindo através de emenda parla- acesso ao sistema de saúde. as orientações do Sistema Único de Saúde, mentar o valor de R$ 500 mil ao Hospital e Maternidade Claro que essa judicialização aliada ao com experiências exitosas, ou seja, uma Marieta Konder Bornhausen. despreparo do Poder Judiciário com rela- aproximação do Poder Judiciário com a Nos dias de hoje o valor passa longe de ser irrisório, ção ao tema, tem criado vários problemas, Gestão do SUS. mas sabe-se que a realidade financeira do Hospital é tão como decisões de fornecimento de medica- Já temos várias decisões judiciais, que crítica, que a quantia rapidamente se dissolve perante mentos não liberados pela Agência Nacio- antes da antecipação de tutela, o Judiciário nal de Vigilância Sanitária para comerciali- consulta a Gestão do SUS sobre a demanda tantos problemas. zação, exames não previstos em protocolos solicitada e pede parecer a respeito da soli- O Hospital Marieta vem lutando bravamente para e que em nada favorecem o usuário etc. citação do usuário, antes de tomar qualquer manter suas portas abertas e dar um mínimo de tratamento Realmente em algumas situações, essa decisão. aos pacientes mesmo sendo o hospital regional que menos judicialização está favorecendo o interes- Isso tem demonstrado que o Judiciário recebe repasse financeiro do governo do estado. se privado, da indústria farmacêutica etc. está buscando essa aproximação e orienta- Dentre tantos desa- Por outro lado, é importante olhar para as ção, a fim de ter respaldo para a tomada da origens do problema, sendo uma delas, a melhor decisão possível, garantindo assim fios, está a compra de "Se a mais um aparelho de lentidão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária em registrar produtos na área da os interesses dos usuários do SUS, aliado a sua real necessidade, evitando a indústria pergunta angiografia que é uti- lizado para visualizar saúde. A judicialização é uma forma de a so- das liminares, que em nada favorece o usu- ário e o sistema de saúde, apenas os inte- for se 500 a parede das artérias e localizar entupimen- ciedade cobrar seus direitos constitucio- nais e previstos também na legislação in- resses privados mercantilistas presentes no setor de saúde. mil vindo de tos. Os dois aparelhos fraconstitucional. Os governos também têm que olhar os dados, criar informações A discussão sobre a judicialização da saúde é carregada de tensões, onde vários apenas um que o Hospital utiliza já ultrapassaram a e analisá-las, bem como buscar uma forma de garantir esse acesso, que não seja por interesses estão envolvidos. Fazer gestão na Saúde é uma obrigação de qualquer go- deputado vida útil e possuem manutenção caríssima meio de ação judicial, e não apenas ficar com o discurso que a judicialização é uma verno, a fim de garantir um direito cons- titucional, bem como para contribuir para federal ajuda, (última custou cerca de maldição para o sistema. E a inércia dos governos frente a questão da saúde, por o fortalecimento do sistema, eliminando gradativamente essa tensão e outras ano- a resposta é: 300 mil), não podendo se dar ao luxo de ficar acaso ela não existe? Os serviços de saúde ainda apresentam malias que corroem o nosso SUS. muito" sem o aparelho, que avalia cerca de 300 problemas estruturais, de gestão, que con- tribuem para essa judicialização. Temos * Cientista Político e palestrante em gestão pública. pacientes por mês. ainda uma Atenção Básica pouco resoluti- Outro agravante é o centro cirúrgico que há tempos tem sido o motivo que levou os representantes do hospital apelarem junto aos políticos e a sociedade por ajuda finan- Expediente ceira. Para se fazer uma reforma simples e de qualidade, o DMCM EDITORA E PRODUTORA Direção: Delma Cristofolini Martins JORNALISTICA EIRELI – ME. Tiragem: 3000 custo alcançará 3 milhões de reais. redacao@jornalsemcensura.com.br Impressão: GRÁFICA ITAPEMA Se a pergunta for se 500 mil vindo de apenas um depu- CNPJ: 21.686.669/0001-59 Circulação: Itajaí, Balneário Camboriú, Endereço Postal: Rua 600, nº 596 – Navegantes, Penha tado federal ajuda, a resposta é: muito. Mas Santa Catarina Balneário Camboriú *Os textos assinados pelos colunistas tem outros quinze deputados federais que poderiam lem- CEP: 88.330.622 não são de responsabilidade do JSC e não brar que nunca é demais investir em saúde. Que o Hos- refletem a opinião do Jornal pital Marieta atende indistintamente todos os cidadãos da região e que cada um deles foi eleito para olhar por todos os catarinenses, indiferente o reduto eleitoral. Outros problemas virão e se resolverão, enquanto o hospital Marieta estará lá, como há anos, sobreviven- Para anunciar do diariamente com esse problema crônico, que de tão ou sugerir conhecido, infelizmente passou a ser ignorado, como uma pauta um morador de rua, vivendo de migalhas e despercebido para o perante a multidão. Essa é a realidade triste e atual e é nossa obrigação não ser omisso e trabalhar para mudar esse quadro. MANDE UM E-MAIL redacao@jornalsemcensura.com.br 10 de maio de 2017 - Edição - 177 3 4 10 de maio de 2017 - Edição - 177 Tribuna Livre João Martins joao@joaomartins.com.br Pensando Bem... A OAB Em Chamas OAB/SC Em Chamas III ... De repente o itajaiense acordou sabendo Onze conselheiros estaduais estão prontos Entretanto, por mais que pode se virar sem as latas velhas dos ônibus para oficializar a renuncia de seus cargos que se esforçasse, da Coletivo. junto a OAB estadual, envergonhados e como João Paulo não forma de protesto devido à derrubada de uma conseguiu impedir a das principais bandeiras da campanha eleitoral renuncia, no dia de dos presidentes Tullo Cavallazzi Filho e Paulo ontem, do conselhei- Marcondes Brincas que era exatamente de não ro relator do processo Greve Burra admitir interferência político partidária para a de impugnação contra Que ninguém se iluda. A greve da Coletivo é uma escolha da lista sêxtupla para Quinto Constitu- o candidato que não greve patronal, ou seja, atende mais os interesses cional. Coisa bem diferente do que aconteceu preenche as condicio- da empresa do que os dos empregados. recentemente. nantes constitucionais, Dr. Leandro Kornich Greve Burra I (foto), de Joinville, talvez o mais indignado de Pela experiência que tenho nessa área posso afir- OAB Em Chamas I todos os conselheiros, pois por causa da relatoria mar que se a empresa realmente não quisesse que O problema maior é que eles, Brincas e Tullo, se obrigou a estudar profundamente toda a a greve acontecesse, ela não aconteceria, pois na não dimensionaram a repercussão negativa documentação do candidato e viu que não era Coletivo, a exemplo das greves anteriores, não se e o desgaste político que isso causou perante minimamente aceitável o esquema oficial impos- consegue 100% de adesão dos empregados em ne- seus conselheiros, presidentes de subseções e to à Ordem. Kornich, advogado criminalista de nhuma paralisação até hoje acontecida. nos advogados em geral, que ostensivamente Joinville é respeitadíssimo por todos os conselhei- condenam a orquestração do esquema oficial ros dado seus posicionamentos coerentes. para incluir na Lista Sextupla advogado que não Greve Burra II preenche as condicionantes mínimas exigidas na Outro fato que chama a atenção é que quando o Constituição Federal, apenas para prestigiar um OAB/SC Em Chamas IV patrão não quer a greve, por ser uma concessio- cacique político estadual que se acha fazedor de No dia 15 os desembargadores do Tribunal nária de serviço público, a primeira coisa que faz Desembargadores, algo bastante perigoso e que Regional de Santa Catarina escolherão três é chamar a polícia para garantir a ordem e quem precisa ser contido. candidatos dentre os seis que compõem a quer trabalhar, além de proteger o seu patrimônio. Lista Sêxtupla votada pela OAB/SC. Res- Então, meus caros, se não tiver tropa de choque ta ainda a esperança que eles corrijam o ameaçando trabalhador, se não tiver gás lacrimo- OAB Em Chamas II equívoco cometido pela OAB, evitando gênio, se não tiver cães policiais rosnando, podem Enquanto isso o conselheiro federal, Dr. João constrangimentos e questionamentos iguais acreditar que a greve é do patrão, que está utilizan- Paulo Tavares Bastos Gama, esforça-se para direcionados ao judiciário, além de pacificar do os seus empregados para forçar uma situação conter a renúncia dos conselheiros, alertando-os os ânimos entre os advogados catarinenses. junto à prefeitura, que vai do aumento da tarifa a da importância de permanecerem nos cargos e Afinal, um erro não justifica outro erro e nem concessão de subsídios. resistirem a esse tipo de investidas contra a advo- deve ser eterno. cacia e contra o judiciário catarinense. Greve Burra III Mas não nos esqueçamos que a situação de hoje é culpa do atual prefeito, que na gestão anterior “Pau Pegando” forçou a barra em um edital de concorrência exa- Federal e A turma da cocada, gente que parece que tem o tamente para privilegiar a empresa Coletivo. Tanto Gaeco em Ação ouvido colado nas paredes de tanto que sabe, diz que é verdade que o Tribunal de Justiça anulou a con- E lá foram a Polícia Federal e o o “pau ta pegando” entre, segundo eles também, as corrência e determinou que fosse feita uma nova, Gaeco atrás de vereadores, empre- “quadrilhas” que lotearam a administração pública em no entanto, a coisa vai sendo empurrada com a sários e gente que vive só de rolo Itajaí. Como o dinheiro atualmente é pouco e mal dá barriga prejudicando toda a população. em Balneário Camboriú e Itajaí, para cobrir a folha de pagamento dos servidores, os enfim uma penca de gente que humores se agitam e as brigas são inevitáveis, afinal vive na região, em busca de provas eles têm que pagar certas dívidas que assumiram e que os incriminem em rolos com ainda juntar uns troucos para a turma seguir adiante, afinal ano que vem tem eleições. Danou-se za o transporte coletivo a construção civil. Viva a Polícia A turma do PDT (sempre em Itajaí, já que é uma Federal! Viva o Gaeco! Viva a Lava eles) estão rindo de orelha concessão pública? Afinal, Jato! E viva a toda iniciativa que a orelha com a nomeação do Dedé da Murta para em suas veias corre ainda sangue petista, portanto, busque passar o Brasil a limpo! Agora, quem deve estar cabreira Que Papelão!!! devaneios estatizantes ele com essa história é a Porshe, que Esse Sandro Garcia que se auto-intitula escritor, a secretaria de obras de pensador, filósofo contemporâneo, apresentador, re- Itajaí. Ele será o secretário, deve ter, né, não? vê seu nome envolvido em rolos que não são de sua alçada. pórter, dono de TV na Internet, radialista, demago- mas toda a diretoria não go e nas horas vagas trabalha como servidor público tem a menor afinidade Feito Estátua municipal no Centreventos é um figura mesmo. com o chorão, além de O filho do prefeito raivi- Estapar, Estopô! Ele para fazer média concedeu várias cortesias de que o prefeito raivinha nha, o vereador caras e O que tem de itajaiense irado com entrada, pulseirinhas, para amigos prestigiarem um nomeou algumas pessoas bocas Thiago Morastoni, a empresa Estapar, aquela que ex- evento meia boca, no Centreventos, de aficcio- barra pesada para aquela anda sumidinho, sumi- plora o estacionamento rotativo em nados em gibis e figurinhas. Não é que os amigos secretaria. Dizem que dinho. A turma do PDT Itajaí não é brincadeira. Primeiro do Sandro Garcia passaram a maior vergonha de o melhorzinho deles, o (sempre eles) diz que ela anunciou a suspensão temporá- suas vidas, pois foram barrados porque os ingressos Andrezão, já pediu o boné recebeu ordens para ria da cobrança do estacionamento eram falsos? Isso mesmo, falsos! Que papelão, meu de lá. ficar de bico calado e rotativo por causa da greve do senhor do céu. Se um evento meia boca desses feito estátua, para evitar transporte coletivo. No entanto, “as tem ingresso falsificado entregue por alguém que é Municipalizar as cacas que dizem que moças da zona azul” lascaram no- servidor público e trabalha no local aonde se realiza Perguntinha básica! Porque ele costuma fazer. Se os tificações a torto e a direito contra o evento, o que não deve rolar nos grandes eventos. que o prefeito raivinha em brizolistas assim dizem, os motoristas que não ostentavam Bem, convenhamos, se bem que em Itajaí grandes um daqueles seus ataques porque deve ser verdade, a cartela da empresa nos painéis eventos é coisa rara de acontecer mesmo. de fúria não municipali- lógico. dos veículos. 10 de maio de 2017 - Edição - 177 5 Bafão em Balneário Camboriú Construtora Carelli e vereadores são alvos de investigação FOTOS: divulgação Nesta terça-feira, 9, a cons- está sendo objeto de apuração. Porsche). Eles serão qualificados trutora Carelli se tornou alvo de O montante movimentado esti- e indiciados e terão que responder uma fase ostensiva da Operação mado até o momento está em torno às acusações no Brasil pelos crimes Conexão Miami, da Polícia Fede- de R$ 13 milhões, que seria referen- praticados. ral. Duas pessoas foram presas em te ao uso da marca. O valor que dei- Balneário Camboriú, mas até o fe- xou de ser pago de imposto ainda Vereadores no rolo chamento desta edição os nomes não foi apurado. Na mesma manhã foram cum- não haviam sido revelados pela O ponto de partida da Operação pridos mandados de busca e apre- polícia. Miami foi a Operação Ex Câmbio, ensão na Câmara de Vereadores de Há cerca de um ano a construto- deflagrada em 2015, e que investi- Balneário Camboriú e nos endere- ra anunciou um grande empreendi- gou quatro organizações criminosas ços dos vereadores Asinil Medei- mento na Praia Brava em Itajaí que compostas por doleiros que realiza- ros, Moacir Schmidt, Elizeu Perei- levaria o nome da Porsche Design vam evasão de divisas mediante ra e Roberto Souza Jr na chamada Towers Brava, porém, de acordo fraude cambial, gestão fraudulenta Operação 30º. com a Polícia Federal, a empresa de instituição financeira e lavagem Em coletiva de imprensa, os usou meios ilícitos para fazer o pa- de dinheiro. integrantes do Grupo de Atuação gamento do direito de uso da mar- Especial de Combate às Organi- ca. O esquema envolvia doleiros e Investigados zações Criminosas (Gaeco) infor- ao Poder Legislativo municipal, em A operação foi denominada 30º contratos de câmbio (operações de Nesta fase da operação nove maram que a Operação é resultado especial, alterações no plano diretor em face de negociação de projeto importação) por meio de empresas pessoas estão sendo investigadas de investigação iniciada no ano de de Balneário Camboriú. de lei de uso e ocupação do solo fantasmas e laranjas, com objetivo inicialmente: os presos em Balne- 2016 com base em notícias e de- Estão sendo apurados crimes que alterou o índice de declividade de burlar os canais formais de envio ário, dois doleiros, dois corretores poimento de empresário ligado ao contra a administração pública, es- de 30% para 30º, visando atender de valores ao exterior. de imóveis e os três empresários ramo da construção civil, dando pecialmente atos de corrupção ativa exclusivamente interesses relacio- Se a operação fosse feita da for- estrangeiros, sendo dois norte ame- conta de exigências efetuadas por e passiva, lavagem de dinheiro e nados a um único empreendimento ma regular teria tributos maiores, ricanos e um alemão (empresários vereadores, visando a obtenção de outros crimes correlatos, envoltos particular, pois propiciou aumento com controle do estado e até da ori- que trabalham com direitos de vantagens indevidas, para o trânsito na defesa de interesses privados em de área construída nas cotas altas do gem dos recursos, e tudo isso ainda marcas e ligados à multinacional e aprovação de projetos de lei junto detrimento do interesse público. terreno. Mobilidade Urbana Trabalho social Vereador Rubens Angioletti apresenta propostas à Instituto Reciclavale prefeitura O vereador Rubens Angio- letti (PSB) entregou na última “A obra irá beneficiar o deslo- precisa de ajuda Itajaí - O Instituto Recicla- camento de pessoas, como ala- semana ao prefeito de Itajaí, vancar o desenvolvimento eco- vale de Itajaí corre o risco de Volnei Morastoni, sugestões para nômico, com a possibilidade de fechar as portas. A instituição melhorar a mobilidade urbana na instalação de novas empresas na que atende hoje 16 crianças, cidade. região”, comenta Angioletti. mas que tem capacidade para O vereador levou ao conheci- Entre as ações propositivas abrigar mais de 30 pequenos no mento do prefeito a oportunidade sobre mobilidade, o vereador contra turno escolar, perdeu pa- de abertura de um acesso ao bairro apresentou também, pedidos para trocinadores e agora pede ajuda Canhanduba, com entrada e saída construção de ciclovia na Rodo- para continuar o trabalho social. pela BR 101 no viaduto próximo via Osvaldo Reis, na rua Expe- A principal dificuldade é manter a Dicave. dicionário Aleixo Maba, término em dia o aluguel da sede e o pa- Com a nova a rua, visitantes e da ciclovia da rua Campos Novos gamento dos funcionários. Com o moradores da localidade evitarão integrando com a ponte Vilson caixa apertado, o instituto recebe um deslocamento de aproximada- Kleinübing e a ciclofaixa na rua e aceita todo tipo de doação. mente 12 km de ida e volta até o Carlos Mafra, no bairro Cidade Criado em 2014 para atender Instituto precisa de ajuda para continuar trevo de Balneário Camboriú para Nova. os filhos dos cooperados, hoje o atendendo crianças carentes fazer o retorno a Itajaí. O proprie- O prefeito recebeu projeto para instituto abriga crianças carentes principais apoiadores, o Instituto de um ano para o outro, mas lá no tário do terreno concordou em criação de bicicletários modelos, da comunidade do bairro Cordei- passou a ter problemas para pagar Instituto vai fazer a diferença para ceder parte do imóvel para cons- em formato de contêiner. “Alia- ros, das 7h30 às 18h30 de segun- as contas. Atualmente, para manter as nossas crianças”, afirma. trução da via. mos a necessidade de guardar as da a sexta-feira. “Atualmente os a casa alugada, pagar os salários Atualmente o Instituto Recicla- Outra proposta apresentada é a bicicletas em locais seguros com pais da maioria das nossas crian- de
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x