Presentations

O papel dos antiaderentes nas indústrias de pneus e compostos de borracha

Description
Os agentes antiaderentes exercem uma função crucial no processamento de compostos de borracha não vulcanizados, prevenindo a adesão entre mantas, tiras, pellets e calandrados empilhados, evitando perda de eficiência nas operações de fábrica. O propósito deste artigo é examinar o papel específico desempenhado por uma auxiliar de processo, que geralmente recebe pouca atenção: os produtos antiaderentes ou banhos. A despeito disso, a falha ou fraco desempenho desses produtos pode ficar muito cara em termos de produção ou qualidade do produto.
Categories
Published
of 3
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  O PAPEL DOS ANTIADERENTES NAS INDÚSTRIAS DE PNEUS E COMPOSTOS DE BORRACHA Os agentes antiaderentes exercem uma função crucial no processamento de compostos de borracha nãovulcanizados, prevenindo a adesão entre mantas, tiras, pellets e calandrados empilhados, evitando perda deeficiência nas operações de fábrica.O propósito deste artigo  examinar o papel espec!fico desempenhado por uma auxiliar de processo, uegeralmente recebe pouca atenção# os produtos antiaderentes ou banhos. $ despeito disso, a falha ou fracodesempenho desses produtos pode ficar muito cara em termos de produção ou ualidade do produto. Perspectiva Histórica  %os &ltimos '()*( anos, muitas mudanças têm ocorrido na ind&stria da borracha, particularmente no estágioinicial de sua composição. +om a necessidade de aumentar a produção, foram desenvolvidos sistemas uetransportavam a borracha na fábrica para secar e resfriar. ra bastante eficiente na retirada do calor dointerior dos compostos- contudo o sistema era lento e ocupava muito espaço. osteriormente, formaconstru!dos /batch off0 menores, na forma de e uipamento mais moderno, como ho1e se vê com aincorporação de ventiladores, o ue trouxe uma aplicação essencial para os antiaderentes.2m dos primeiros mtodos para melhorar a barreira de não)aderência entre as mantas dos compostos nãovulcanizados, foi a aplicação de pó de minerais como argila, giz ou talco, em ambos ou em um dos lados dasmantas retiradas diretamente do misturador, esperando um tempo para ue as mantas resfriem, antes de seuempilhamento. %o entanto, este mtodo  muito pulverulento. 2m mtodo ue provoca a formação menor de pó, e a agitação da argila, giz ou talco com água, fazendo)se uma dispersão simples.$s mantas são então mergulhadas na pasta- espera)se o resfriamento e a evaporação da água superficial, paradepois fazer o armazenamento. m ambos os casos, tanto no chão da sala de mistura como na atmosferahaverá pó espalhado.$lguns dos produtos l! uidos, ou sabões simples eram feitos de ácidos graxos de óleos vegetais nãoselecionados ou de soluções dos detergentes dispon!veis. stes permitiam ao fabricante de compostostrabalhar num ambiente com menos pó. $s maiores desvantagens com estes produtos, forma os problemasde deslizamento3colagem, associados 4s variações de superf!cie do composto- no caso dos sabões simples, o problema era a variação na composição dos óleos vegetais. O filme formado com soluções de detergentes,eram fracos demais para prevenir a aderência entre os compostos. Por que usar atia!erete $ntes da vulcanização, muitos compostos de borracha são macios e pega1osos, aderindo uns aos outros, casonão sofram algum tratamento. $ adesão em si  uma propriedade inerente da borracha, mas em algumasaplicações  fundamental para a produção de um artigo acabado- por exemplo, a construção dos pneus. $adesão resulta da mobilidade das cadeias na superf!cie do pol!mero. 5uando duas superf!cies são colocadasem contato, estas cadeias polimricas tornam)se emaranhadas, atravs da união entre as duas superf!cies,resultando na adesão borracha 4 borracha. 6ependendo do grau de emaranhamento, pode surgir uma ligação permanente entre as superf!cies. 6evido aos compostos de borracha serem feitos em bateladas relativamente pe uenas, alguns compostos de borracha precisam ser armazenados por vários dias ou semanas antes de seu processamento. 6urante o armazenamento, as mantas podem apresentar deformação sob seu próprio peso. $extensão da área superficial significa ue o filme antiaderente deve ter flexibilidade para ser eficiente. Os atia!eretes atuais e o processo !e se#e$%o  O antiaderente selecionado deve oferecer a melhor compatibilidade com os compostos e com o ambiente damanufatura.Os fatores mais considerados durante a seleção são#7.ficiência da desmoldagem 8.conomia 9.:impeza '.;eração de espuma *.<edimentação =.+ompatibilidade do composto >.feito3<ensação tátil da superf!cie ?.+orrosão da má uina @.$brasão mecAnica$ lista não se esgota, nem tem ordem de importAncia, com exceção da Beficiência da desmoldagemB, uedeve ser vista como ob1etivo primário a ser alcançado.Os antiaderentes ho1e dispon!veis são todos base)água ou dispers!veis em água- são comercializados em 9formas básicas# l! uidos, dispersões e pós. 6eve)se focar a atenção nas caracter!sticas de produtos uereduzam a formação de espuma, ue tenham tolerAncia 4 altas ou baixas concentrações, facilidade de uso,secagem fácil, fornecimento de filmes mais resistentes, alm de levar em consideração os cuidados com asa&de e meio ambiente. Ecoo&ia ara o entendimento ue pode ser obtida, outros fatores devem ser examinados#)reço 3 tonelada do ingrediente ativo)$celeração)fetividadeComando o preço3tonel do ingrediente ativo, podemos achar ue os pós são a opção mais barata- no entanto,uma comparação deve ser feita entre as taxas de aceleração nas concentrações ue serão utilizadas numaavaliação real. $ concentração será determinada pela eficiência do antiaderente. Os testes mostraram ue adiferença entre os tipos particulados e os l! uidos, pode ser de aproximadamente 7((D.Eas ressaltamos ue esta comparação só  economicamente vanta1osa, uando se sabe se o cliente pode usar algum tipo. Opções de maior custo fre Fentemente têm ue ser feitas com fundamentos tcnicos e dedesempenho. m ual uer caso, enfatizamos ue o custo do antiaderente  normalmente muito pe ueno uando comparado a outras matrias)primas.5ual uer ue se1a o tipo de produto finalmente selecionado, todos devem ter uma coisa em comum# ue  anecessidade de formar um filme uniforme na superf!cie da borracha e secar dentro do sistema confinado do/batch off0,$ formação do filme depende da eficiência de umedecimento da solução do antiaderente. Gsto  função doantiaderente em si, mas sob um per!odo de tempo pode ser afetada pelo fraco controle de concentração ou ageração de res!duos de borracha.$pós a passagem atravs do banho ou 1ateamento, a velocidade de secagem  uma função dos seguintesfatores# 7.temperatura de superf!cie do composto  8.temperatura de banho de solução do antiaderente9.temperatura ambiente e umidade'.n!vel de aceleração*.fluxo de ar =.natureza do antiaderente>.relevo da superf!cie do composto5ual uer ação ue a1ude ou impeça a evaporação alterará o tempo de secagem do filme antiaderente.+ertamente a temperatura da borracha, a solução em si e o ambiente, todo podem causar algum efeito, assimcomo o fluxo de ar em torno da superf!cie da borracha.$ taxa de aceleração neste estagio  influenciada pelo relevo da superf!cie do composto e do Angulo no ualo composto passa atravs do tan ue H um baixo Angulo de sa!da da unidade de banho ou 1ateamento resultaráem mais material sendo carregado e necessitando ser seco na superf!cie da borracha.$ natureza do antiaderente em si tambm tem um efeito. sta  função do sistema umectante utilizado, bemcomo dos tipos de cargas incorporadas ao produto. Coc#us%o or en uanto, nenhum fornecedor de antiaderente criou um produto universal ue satisfaça a todos osre uisitos.6e fato, a tendência á a criação de mais e mais produtos individuais. Euitos fornecedores são agora produtores por encomenda de antiaderentes para fábricas e tipos de compostos.O consumidor final pode at ditar a classe de antiaderente re uerida. +omo exemplo# um fabricante decomposição em uma fábrica pode ser solicitada a aplicar um tipo espec!fico, tal como uma dispersão deestearato de zinco ou uma dispersão de um pó ue deixe um revestimento vis!vel no composto da borracha,simplesmente por ue o cliente /precisa0 ver ue existe a aplicação de um antiaderente. m muitos casos, o produto l! uido pode trabalhar tão bem ou melhor, e tambm melhora a limpeza da fábrica- mas outrosfatores tomam precedência.O desempenho máximo deste auxiliar de processo pode somente ser obtido pelo exame acurado do processoe dos materiais. O produto antiaderente não  normalmente visto como um ingrediente do composto, mascomo um mal necessário- de fato ele desempenha um papel espec!fico ue, se não ade uadamenteaproveitado, pode levar a problemas maiores na fábrica e, subse Fentemente, ao produto acabado.  Re'er(cias 7.Iole of anti)tacJs in the tire industrK, eter 6. <utcliffe, <tephenson rocess +hemical, 2L, CireCechnologK Gnternational @>.8.:iteraturas $lJon anti)tacJs <tephenson rocess +hemical
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x