Magazines/Newspapers

Os Fazedores de Letras #73

Description
Novembro/Dezembro 2012
Published
of 44
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  JORNAL DA ASSOCIAÇÃO DE ESTUDANTES DA FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DE LISBOA Nº73 DISTRIBUIÇÃO GRATUITANOVEMBRO / DEZEMBRO 2012 OFL OS FAZEDORES DE LETRAS  É possível que a primeira direcção não sonhasse que um dia Os Fazedores de Letras tomasse estaforma. Os milhares de exemplares que se seguiram, designers gráficos com  software exigente, qual semanas afio de labor, leitores de norte a sul do país e ilhas, bem como restantes membros dos PALOP. O primeiro exem-plar, de 1993 (relíquia que guardamos cuidadosamente entre o pó da redacção), é um artefacto modesto,mas de igual ambição à de hoje, criado para vingar na sua conjuntura. Vinte anos depois, a imprensa estu-dantil mudou. De então para cá, a linha entre esta e a, vulgo, especializada, torna-se cada vez mais ténue ou,em alguns casos, inexistente. O que também prova o quão ambicioso se pode ser   sem fins lucrativos . E isto nãosem razão. Sabemos que o espectro socioeconómico, que nos assola directa ou indirectamente, teriatambém de chegar aos Fazedores . Decidimos, por isso, diminuir os custos e, em contrapartida, subir a fasquia.Aumentámos o número de páginas, oferecendo mais material de leitura e reflexão. Procurámos revistar vinteanos de história com alguns textos anteriormente publicados, que merecem ser recordados, tendência que semanterá ao longo deste ano lectivo, de modo a dar-te a conhecer alguns dos melhores momentos do que por cá se escreveu. Os Fazedores estão menos descartáveis, com matéria que incentiva ao colecionismo. E,seguindo esta linha, diminuímos a tiragem, para que haja menos desperdício e maior zelo pelo exemplar,levando Os Fazedores com mais rigor a quem nos quer ler e lê, quiçá, desde o ínicio. Este é um jornalreinventado. Não to damos como garantido, e queremos, por isso, que construas a presente e próximasedições connosco. Hoje, e com orgulho, somos menos jornal efémero e mais publicação literária da Facul-dade de Letras da Universidade de Lisboa.  A Direcção EDITORIAL    E   D I   T   O   R I   A   L ERRATA  #72 * Créditos BD  Ilustração: Catarina SilvaGuião: Nelson P. Ferreira Correcção na capa:  “estudandes” (estudantes) UL - 4 AEFLL & Timor LesteCorrespondente OFL Mundo OPINIÃO - 8 Algumas notas sobre o direito ao passado  ARTES - 10 Subtilmente cruaDo papel para a tela  AUTORES - 16 EsperaEla acha/Ele achaAmo um sonho deixar de fumar Qualquer dia acordo de manhãIstoPoema AnalfabéticoCadáver esquisito ortodoxoHoje apeteceu-me uma paz/ De rã, de charcoRicardoO criador dos criadores de TlönPoem for the U.S. Department of AgricultureDentro de ti há um vazio e dois ninjas  AGENDA CULTURAL - 32 BANDA-DESENHADA - 38 FICHA TÉCNICA DIRECÇÃO: Maria Palma TeixeiraMarta GilNelson P. Ferreira ESCREVEM: Alfredo Magalhães Júnior Anita escreve no OFLBalva ResCarlos Cabral Nunes e Mário CesarinyConceição Ramos-LopesFSLJoana MatiasLuís ÉneMaria Palma TeixeiraMark YakichMartim HortaMiguel BarcelosMiguel Castro CaldasNelson P. FerreiraRafael Coelho do NascimentoRaquel LimaVítor Bruno Pereira  AGENDA CULTURAL: Maria Palma Teixeira BD: Texto: Nelson P. FerreiraIlustração:Catarina Silva DESIGN: Francisco Ferreira LOGO: Bruna Hessel REVISÃO: Júlia Andrade BLOG/FACEBOOK: Bibliotecário pobretanasDirecção OFL TIRAGEM: 1000Custo total do númeroPercentagem suportada pela AEFLUL IMPRESSÃO E APOIO À DISTRIBUIÇÃO: Litografia Amorim – Artes gráficas &Design, Lda.  APOIOS:CONTACTOS: Os Fazedores de LetrasAssociação de Estudantes de Universidade deLisboaAlameda da Universidade, 1600-214 LisboaTlf: 217 990 530Email: osfazedores@gmail.comBlog: osfazedoresul.blogspot.comFacebook: facebook.com/osfazedoresdeletrasRegisto na Entidade Reguladora para aComunicação Social: 121256Depósito Legal: 128598/98Os artigos assinalados são da responsabilidadeexclusiva dos autores.  ULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULULUL UL A AEFLL, na qual existe um Grupo de Trabalho para Timor, tem contribuído para, ouacompanhado, certas movimentações favoráveis ao afirmar o direito do povo de Timor Lesteà AUTODETERMINAÇÃO e, se esta for a sua escolha, à assumpção da independência.Assim, cumpre registar a participação em certos actos públicos:- 09.NOV.92. Apresentação e tomada de posse do Conselho Consultivo da Fundação Austroné-sia Borja da Costa, em Lisboa. A FABC, que é, talvez, o mais forte instrumento para defesa eprojecção da história, cultura e identidade leste-timorenses no exterior, que goza da simpatiade políticos de todo o leque parlamentar português e de personalidades (nacionais eestrangeiras) de igreja, de cultura da economia, convidou uma colega da DAEFLL a estar presente no evento entre as personalidades ligadas aos meios culturais ou educacionais, foinotada a presença de vários docentes da Faculdade de Letras de Lisboa.Recordamos que das iniciativas da FABC constam a edição da revista de cultura, deTemática Timorense, intitulada CORAL e o desenvolvimento de um programa de bolsas paraestudantes de Timor Leste, além de outras actividades.-25.NOV.92. Entrega de 30 000 assinaturas à pessoa do Sr. Carlos dos Santos, diplomata cabo-verdiano, representante da ONU em Lisboa, dirigidas ao citado organismo internacional – prot-estando pela ocupação e atrocidades indonésias em Timor Leste e exigindo a libertação deXanana Gusmão. Parte muito significativa desta quantidade de assinaturas foi recolhida emestabelecimentos do Ensino Superior de Lisboa. A FLL contribuiu com várias centenas.Aproveitamos esta nota para protestarmos contra a rebeldia do escritor leste-timorenseFernando Sylvan – sendo homem de idade considerável e de lutas muitas (inclusivamentedesenvolveu actividades de parceria com o nosso saudoso Professor L.F. Lindley Cintra naoposição ao regime anti-democrático anterior ao 25 de Abril de 1974 …), estando a recuperar-se de um problema cardio-vascular, desafiou as ordens médicas para se expor, convalescente,fisicamente enfraquecido, ao calor da “manif” que acompanhou a entrega do abaixo-assinado e à humidade fria da noite …Caro Professor Fernando Sylvan – jovens de Portugal e jovens de Timor Leste consideramque a sua tarefa mais urgente é restabelecer a sua saúde! Para si um abraço e votos de felizcumprimento desta tarefa.-03.DEZ.92. Documento colectivo. Em Lisboa, no Sindicato dos Jornalistas, a AEFLL, juntamentecom várias organizações juvenis-académicas (de vários pontos do país), sindicais, partidárias,culturais, etc., assinaram documento atinente a Timor Leste.O acto foi seguido pelos órgãos de comunicação, inclusive pela televisão.É possível que as organizações signatárias, em conjunto, venham a encontrar formas de actu-ação úteis, eficientes. Serão capazes? Consegui-lo-ão? 4UL
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x